Booking.com

 
 
 

Férias em San Pedro de Atacama

 

San Pedro de AtacamaA simpática localidade de San Pedro de Atacama, com uma população inferior a 2.000 habitantes é um excelente ponto de partida para a descoberta do deserto de Atacama.

 

San Pedro de Atacama localiza-se a 2.400 metros de altitude e é um lugar ímpar numa região inóspita como o Atacama, é denominada de oásis de San Pedro de Atacama.

Originalmente um centro de paragem dos colonizadores espanhóis, San Pedro de Atacama começou a desenvolver-se a partir de sua Igreja de San Pedro, construída pelos jesuítas espanhóis no início do século XVIII.

Apesar dos esforços do Governo chileno, este local permanece ainda hoje como um lugarejo bem aprazível no deserto do Atacama. Foi o principal centro da cultura atacamenha, e atualmente é um grande centro turístico no Atacama. Da cidade saem as principais excursões para o deserto organizados pelo Governo Chileno ou agências de turismo especializadas.

 

Como chegar a San Pedro de Atacama:

Aeroportos em destaque próximo de San Pedro de Atacama

Aeroporto Internacional de El Loa (CJC) 86 km

Procurar Voos baratos para San Pedro de Atacama

 

Onde Ficar em San Pedro de Atacama:

 

Férias em San Pedro de Atacama

San Pedro de Atacama

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em San Pedro de Atacama

banner 320x50 pt 

 

 

Atrações turísticas em San Pedro de Atacama:

Disponibilizamos aqui a melhor seleção de excursões e actividades em San Pedro de Atacama

Escursões

Museu Arqueológico R. P. Gustavo Le Paige

Museu Arqueológico R. P. Gustavo Le Paige

O Museu Arqueológico Le Paige RP Gustavo é um bom lugar para começar a exploração de San Pedro de Atacama: uma visita serve como uma atividade quase relaxante, enquanto você se acostuma com a altitude e o clima seco da área. O museu foi fundado por um padre belga que se instalou na região em 1955 e o abriu, oito anos depois, com a ajuda de uma universidade local, a Universidad Católica del Norte, que atualmente é proprietária e opera o local.

O museu anteriormente abrigava restos mumificados de uma jovem garota, mas devido à pressão da comunidade indígena local Atacameño, os restos mortais foram removidos e substituídos por uma réplica. Este também é o caso de todos os restos mortais do museu. O museu exibe um curta-metragem que explica como a decisão de mudar as exposições foi tomada. Além das réplicas, tudo que está no local é genuíno, incluindo 1000 amostras descobertas na região.

 Escursões

 

 

O Deserto de Atacama

Férias no Deserto de Atacama no Chile

O deserto do Atacama localiza-se na região norte do Chile. Com cerca de 200 km de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo, pois chove muito pouco na região, em consequência das correntes marítimas do Pacífico não conseguirem passar para o deserto, por causa de sua altitude.

Assim, quando se evaporam, as nuvens húmidas descarregam o seu conteúdo antes de chegar ao deserto, podendo deixá-lo durante épocas sem chuva. Esta a razão da sua aridez.

 

As temperaturas no deserto variam entre 0ºC à noite e 40ºC durante o dia. Em função destas condições existem poucas cidades e vilas no deserto; uma delas, muito conhecida, é San Pedro do Atacama, que tem pouco mais de 3 000 habitantes e está a 2 400 metros de altitude. Por ser bem isolada é considerada um oásis no meio do deserto e o principal ponto de encontro de viajantes do mundo inteiro, fotógrafos, astrónomos, cientistas, pesquisadores, motociclistas e aventureiros. Aqui, podem-se encontrar casas tipicamente coloniais, praças, igrejas centenárias e museus.

 

As principais atracões da região de Atacama são de cariz natural, nomeadamente o Salar de Atacama, o Vale da Lua e da Morte, os Géisers del Tatio (jatos de vapor de dez metros de alto, que ultrapassam os 85 graus centigrados) e os Geoglifos (enormes desenhos que se podem observar nas ladeiras das colinas).

 

Escursões 

 

 

 

Reserva Nacional Los Flamencos

Reserva Nacional Los Flamencos

A Reserva Nacional Los Flamencos em San Pedro de Atacama é apropriadamente nomeada, já que esta zona abriga e alimenta três espécies distintas de flamingos: o andino, o chileno e o James. Mas os 72 mil hectares de terra preservada não são apenas lar dos flamingos; existem sete áreas de interesse para eco-turistas. A parte mais isolada da reserva fica 4500 metros acima do nível do mar e inclui o Salar (salina) de Pujsa, bem como as duas salinas de Tara e Aguas Calientes. A Salina do Atacama também é parte dessa reserva e é a maior de todas na área.

Outras atrações de Los Flamencos incluem as Lagoas Altiplânicas, Miscanti e Minique, que ficam 4100 metros acima do nível do mar. Estas lagoas e suas águas azuis brilhantes proporcionam um contraste visual impressionante com a paisagem gramada amarela na volta e as montanhas cobertas de neve à distância.

Escursões 

 

 

 

 

Vale da Lua

Vale da Lua Nem uma única gota de água caiu sobre o Vale da Lua em centenas de anos, portanto, as estátuas de sal esculpidas pelo vento que habitam a sua bacia misteriosa continuaram a sua lenta, dança secular ininterruptamente. Venha ao nascer da lua, quando um pouquinho do sal e minerais metálicos brilham ao redor do vale, você pode muito bem vê-los se movimentar.

O espetáculo impressionante é uma das excursões mais populares a partir de San Pedro de Atacama, e ao pôr do sol as dunas de areia podem estar cobertas de turistas, todos encantados com a qualidade da luz. Menos pessoas visitam pela manhã, assim que o sol nasce, o que pode ser uma experiência mais tranquila.

Escursões 

 

 

 

Lago Salgado de Atacama

Lago Salgado de Atacama

O Deserto mais seco do mundo é o do Atacama. Preso em altitudes extremas na bacia Andina, protegido da chuva vivificante. Não há água aqui, exceto nos gêiseres e fontes termais em ebulição das profundezas vulcânicas, rios alimentados a partir de picos nevados, e o rico em lítio, lago salgado.

A superfície de sal crepitante do Salar de Atacama, a segunda maior salina do mundo, obscurece parcialmente a extensão desse mar de sal mineral azul. Quando as águas ricas rompem formações cristalinas, flamingos e outras aves marinhas combinam sua plumagem com as colinas pintadas de rosa e roxo.

Há várias lagoas principais, incluindo Lagunas Miscanti, Chaxa, e a mais famosa Cejar, um sumidouro que ostenta uma concentração de sal tão alta que "você pode fazer yoga na superfície". Enquanto você pode explorar estes ambientes agressivos em sozinho, a maioria dos visitantes reservam viagens de vários dias através do deserto.

Escursões 

 

 

 

Gêiseres de El Tatio

Gêiseres de El Tatio

Subindo para as estrelas e desaparecendo no alto dos Andes, os gêisres de El Tatio emergem em mais de 80 aberturas como nuvens de algodão, que dançam nítidas nos primeiros raios dourados do amanhecer. Não é exatamente o maior campo de gêiseres do mundo (é o terceiro), ou o mais elevado (mas quase), mas combinado com os vulcões nevados que circundam a paisagem de vapor, talvez seja o mais magnífico de se ver.
Além das fumarolas e gêiseres, o campo tem algumas características geológicas mais convidativas. Uma terma de 35°C permite um mergulho agradável para espantar o frio teimoso dos Andes, enquanto os potes de barro borbulhantes oferecem o tratamento perfeito para o corpo depois de enfrentar as estradas empoeiradas. Relaxe!
 
 Escursões
 
 
 
 
Laguna Chaxa
Laguna Chaxa
 

A Laguna Chaxa muitas vezes serve como uma introdução às salinas para os visitantes. O solo aqui é uma crosta de sal (não comestível), e na parte da manhã, uma luz rosada colore o horizonte ao nascer do sol. O solo cristalino é fascinante e intrigante, mas são os flamingos selvagens da área que trazem os visitantes ao local.

A presença de flamingos não deveria ser nenhuma surpresa, já que a Laguna Chaxa é um dos pontos de entrada mais acessíveis para a Reserva Nacional de Flamingos do Chile e um ótimo lugar para fotógrafos com bons reflexos (e zoom, pois as aves mantêm uma boa distância).

À medida que a luz rosada se dissipa e o ar se aquece, grupos de pássaros voam sobre o lago. Três espécies diferentes residem aqui: os flamingos chilenos, andinos e de James. Uma variedade de outras aves pode ser vista aqui também, incluindo a tarambola puna e um tipo de borrelho, um pequeno pássaro com um bico longo que se alimenta de pequenos organismos da água rica em minerais.

Escursões 

 

 

  Lagunas Altiplânicas

Lagunas Altiplânicas

Para ver lagos a essa altura acima do nível do mar, você tem que vir para o altiplano, a própria definição do que é "planalto", uma área entre os picos dos Andes no Chile, Argentina, Bolívia e Peru. Estes dois lagos, Miscanti e Miñique, estão localizados a cerca de 13.500 pés de altura e estão dentro de uma distância de carro de San Pedro de Atacama.

Os dois lagos são de um azul profundo, apoiados por vulcões cobertos de neve e cercados por uma grande planície de grama amarelada que chicoteia no vento. Esta grama é um dos alimentos preferidos da vicuña, o mais tímido da espécie de lhama da área, e se você tiver sorte, você poderá ver um pequeno rebanho por aqui. Também é bastante comum ver uma raposa ou duas e emas às vezes em corrida. Os lagos protegidos podem fazer de paisagem de fundo para as fotos, mas a natação não é permitida.

Os lagos são geridos por uma comunidade indígena localizada em Socaire, uma cidade frequentemente visitada por seus artesanatos.

Escursões 

 

 

 

 

Laguna Tebinquiche

Laguna Tebinquiche

Esta lagoa é frequentemente visitada em uma viagem para ver a Laguna Cejar e os Ojos del Salar. Você poderia até pensar que visitar uma série de lagoas do deserto seria repetitivo, mas Tebinquiche vai lhe provar o contrário com a sua estranha paisagem lunar. É uma lagoa rasa, por vezes com apenas 12 centímetros de água, e por baixo encontra-se uma salina com uma paisagem de outro mundo que é claramente visível da superfície. Como há tão pouca água e, muitas vezes tão pouco movimento, a lagoa fica como um espelho, refletindo as montanhas circundantes e o vulcão Lincancabur.

No sol brilhante, esta área é perfeita para tirar fotos de ilusão de ótica na qual os sujeitos da fotos vão muito longe do fotógrafo e fingem interagir com algo em primeiro plano, dando a impressão de que eles estão de pé sobre algo minúsculo. No final da tarde, o lento pôr do sol dissipa as longas sombras com os tons vermelhos, amarelos e rosas que dominam o céu.

Escursões 

 

 

 

Ojos del Salar

Ojos del Salar

Para entender o significado das palavras Ojos de Salar, você só precisa saber que um salar é uma salina e o ojo é o seu olho. Neste caso, os olhos da salina são dois pequenos lagos de água doce perfeitamente redondos, que aparentemente se abrem no meio do nada, a cerca de 32 quilômetros da cidade de San Pedro de Atacama. Eles são acessíveis através de uma estrada de areia, e estes dois lagos de água doce são comumente visitados como parte de uma viagem maior para os dois outros lagos na área, a Laguna de Cejar e a Laguna Tebenquiche.

Em dias claros, Ojos del Salar mais parecem dois espelhos perfeitos refletindo o deserto. Tours para a área normalmente começam na parte da tarde e param aqui antes de passar pelos outros lagos, incluindo Cejar, no qual você pode dar um mergulho e desfrutar dos últimos raios de sol com um coquetel na mão - se você conseguir largar a sua câmera por alguns minutos.

Escursões 

 

 

 

Valle Arcoiris

Valle Arcoiris

Quando você vê as cores gritantes e brilhantes de San Pedro de Atacama e seus arredores, você pode até indagar o quanto realmente diferente seria o Valle del Arcoiris. Mas esse vale, situado a cerca de 80 quilômetros da cidade, é o lar de uma enorme variedade de coisas para ver e vistas para admirar.

Os depósitos minerais deixaram, ao longo de milhares de anos, colorações vibrantes de vermelhos, marrons, roxos, verdes e amarelos sobre as rochas nesta área e, além disso, o vento e, muito ocasionalmente, a chuva esculpiram formas interessantes, pináculos rochosos e pequenos cânions no vale. 3500 metros acima do nível do mar, explorar esta área pode ser desafiador, mas vale a pena.

Além das cores brilhantes e fotogênicas, Hierbas Buenas também é um ponto de parada popular para os visitantes, com seus milhares de petroglifos esculpidos em pedra pelos primeiros habitantes do Atacama, há cerca de 11 mil anos atrás.

Escursões

 

 

 

 

Quitor

QuitorO Monumento Nacional Pukara de Quitor tem vista para o fértil vale do rio San Pedro, do topo de um estratégico penhasco. Suas grossas paredes de pedra têm defendido o oásis verdejante desde por volta de 1100 d.C. Hoje em dia, a impressionante arquitetura da fortaleza e o seu significado histórico trazer um outro tipo de riqueza: visitantes ansiosos para ver as mais importantes ruínas do Chile.

Pouco se sabe sobre o povo de Ayllu de Quitor que originalmente construiu a fortaleza, usada para defender a cidade agrícola dos Incas e posteriormente, dos espanhóis. Mas a sua obra é impressionante, e se destaca como um excelente lugar para contemplar a vida no planalto do Atacama.

Escursões

 

 

 

Lagoa Cejar

Lagoa Cejar

Localizado a pouco mais de 30 quilômetros de San Pedro de Atacama, este local incomum atrai muitos visitantes. Cheia d'água, a Lagoa Cejar é popular para mergulhos em meio ao deserto. A água pode ter até 30% de concentração de sal, o que torna o ato de boiar não só fácil, mas praticamente impossível de evitar. Por isso, o lago é muitas vezes comparado ao Mar Morto, e às vezes chamado de "lago flutuante". A água da superfície é normalmente quente do sol, mas há correntes frias abaixo, tornando a experiência de natação mista.

Mesmo se você decidir não nadar neste "lago flutuante", aprecie a vista e como a superfície reflete o cenário em volta, incluindo a cordilheira Domeyko. Flamingos ocasionalmente voam sobre o lago, e ele é branco em volta, por causa do sal residual, enquanto o azul da água contrasta com a vegetação amarela que cresce em volta.

Escursões

 

 

 

 

Termas de Puritama

Termas de Puritama

 

As noites estreladas andinas, combinadas com os ventos frios do Atacama, podem fazer os turistas desprevenidos tremerem de frio. Felizmente, no entanto, estas montanhas são vulcânicas, e o calor de dentro do planeta se faz presente em uma série de piscinas fumegantes, as Termas de Puritana.

O nome "Puritama" significa simplesmente "água quente" em uma língua antiga anterior aos incas, sugerindo que estas fontes medicinais têm sido usadas há milênios. Com altas concentrações de lítio relaxante e minerais que trazem vários tipos de benefícios para a saúde, um pulo aqui certamente vai lhe agradar. As temperaturas ficam em torno de 33°C, então não são tão quentes assim, fazendo das visitas diurnas um deleite. Embora a maioria das piscinas tenham sido deixadas em um estado relativamente natural, há vestiários, restaurantes, parques de campismo, trilhas, vendedores de artesanato e outras facilidades ao redor.

Escursões

 

 

 

 

Toconao

 

Toconao

 

Toconao é uma pequena e tranquila aldeia, com um nome que significa "lugar de pedras" na língua indígena Kunza (Atacameño). Acredita-se que os primeiros assentamentos remontem a 12 mil anos atrás, e há evidências da presença humana na área há 10 mil anos, tornando-a histórica e de grande importância arqueológica. Seu nome parece estar relacionado ao fato de que as casas em Toconao são feitas de uma rocha vulcânica chamada liparita (pedra-pomes). As estruturas são de pedra e lama, com elementos de madeira instalados somente com artifícios naturais, em vez de pregos. A construção mais conhecida da cidade não é a sua igreja como esperado, mas sim a vizinha torre sineira de 1750, que fica do outro lado da praça.

A cidade tem alguns restaurantes, agricultura de pequena escala (principalmente frutas) e criação de animais alimentados com a água do riacho nas proximidades. A maioria das pessoas, no entanto, visita em busca do artesanato local, como tecelagens de lã de alpaca.

Escursões

 

 

 
Tulor
Tulor

Embora possa parecer quase impossível, considerando o clima extremamente quente desta região incrivelmente seca e de grande altitude, o deserto do Atacama já foi ocupado por seres humanos durante milhares de anos. A Aldeia Tulor, como é conhecida, é um dos indícios arqueológicos mais convincentes que esses primeiros colonizadores misteriosos deixam para trás.

Apenas cerca de 10% da aldeia, uma "colmeia" de tamanho humano de estruturas quadradas e redondas de argila, foi escavado. A cidade foi ocupada por volta de 800 a.C., e em seu auge tinha várias centenas de habitantes. Há poucos artefatos no local, mas os fotógrafos encontram no enigmático terreno um tema interessante, especialmente de manhã ou no final da tarde.

Escursões

 

 

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 81 visitantes e 0 membros em linha