Booking.com

 
 
 

Férias na China

Mais do que um simples país, a China é um outro mundo…, uma autêntica joia da arqueologia humana e natural….

Aqui encontra apenas algumas das inúmeras atrações deste magnifico país asiático.

 

Pequim – Férias em Pequim

Férias em Pequim

Capital da Republica Popular da China, centro político e económico e cultural, Pequim é mundialmente conhecida pela sua cultura milenar.

Com uma população de mais de 10 milhões de habitantes e mais de 3.000 anos de existência, Pequim é uma das 5 capitais mais antigas da China.

As dinastias Liao, Jin, Yuan, Ming e Qing respectivamente, consideraram Pequim como capital durante um período de mais de 800 anos. Em 01 de Outubro de 1949, proclamou-se a fundação da Republica Popular da China.

 São imensas as atrações ou locais de interesse que irá encontrar na espetacular cidade de Pequim, dos inúmeros locais a não perder:

 

O Palácio Imperial ou Cidade Proibida

Pálácio Imperial - Pequim, China

Situado no centro da cidade, o Palácio Imperial ou Cidade Proibida foi o palácio de 24 imperadores nas duas últimas dinastias (Ming e Qing).

 

Durante a sua edificação, entre 1406 e 1420, foram construídas 9.999 (número que simboliza a paz eterna) salas e aposentos numa superfície de 150.000m², nas quais estão concentradas a expressão do estilo tradicional da arquitetura chinesa e representam as estruturas palacianas mais completas que existem nos dias de hoje.

 

Converteu-se num museu em 1925 onde é possível encontram incontáveis relíquias de incalculável valor e preciosos objetos artísticos.

 

Um dos marcos da História da China a não perder durante a sua viagem de férias em Pequim.

 

 

Praça Tian Anmen

Praça de Tian Anmen

A Praça de Tian Anmen fica situada no centro da cidade e é uma das maiores praças do mundo. No centro da praça, está o Monumento dos Heróis do Povo. Ao norte, regue-se a majestosa Tribuna de Tian Anmen, ao sul o Palácio Comemorativo ao Presidente Mao, a leste o Museu de Historia da China e a Revolução da China e a oeste o Grande Palácio do Povo

 

 

Palácio de Verão

Palácio de Verão

Situada a noroeste de Pequim, aproximadamente a 15km do centro da cidade, o Palácio de Verão foi o palácio de veraneio da casa imperial da dinastia Ming e é um dos parques imperiais mais majestosos da China. Construído em 1764 e incendiado em 1860 pela tropa da aliança anglo-francesa, o Palácio de Verão converteu-se num parque público. O barco de Mármore, o jardim Xiequ, o quiosque Zichun e a ponte de 17 arcos são os pontos turísticos mais interessantes.

 

A Grande Muralha da China

A Grande Muralha da China

Símbolo do espírito nacional da China, a Grande Muralha é o cristal de inteligência e de saber do povo da China antiga. Esta muralha constituiu um sistema completo de defesa militar durante a época das armas frias. Nos tempos modernos apresenta-se como um espaço remarcado de aventuras transformando-se desta forma numa importante atracção turística, tanto para chineses como para turistas estrangeiros.

A Grande Muralha da China

A Grande Muralha estende-se por cinco mil quilómetros de leste a oeste no norte da China como um imenso dragão percorrendo seu caminho pelos desertos e montanhas. Considerada uma das sete maravilhas do mundo, despertou a curiosidade, o interesse e a admiração de todo o planeta. A Grande Muralha figura no catálogo de relíquias culturais e foi incluída em 1987 no Património Cultural Mundial da UNESCO.

 

 

Túmulos da Dinastia Ming

 Tumbas Ming (Ming Shisan Ling)

Encontram-se aqui enterrados 13 imperadores da dinastia Ming. A construção do primeiro túmulo começou em 1409 e o ultimo em 1644. No túmulo Dingling, único túmulo aberto, de Zhu Yijun, decimo terceiro imperador da mesma, tem um palácio subterrâneo com 1.195m² de superfície, a 27m abaixo do solo, composto de uma sala dianteira, uma central, uma posterior e duas laterais, que contem uma grande quantidade de relíquias.

 

 

Templo do Céu

Templo do Céu

Situado na parte sul da cidade, o Templo do Céu foi construído em 1420 com uma superfície de 267ha. É o maior templo da China no género onde os imperadores das dinastias Ming e Qing rendiam o culto ao céu e pediam por abundantes colheitas. As suas construções principais são: Sala de Súplicas por abundantes colheitas, Abóbada Celeste Imperial, Muro do Eco e Altar Circular.

 

 

Yonhegong

Templo Lama (Yonghegong)

Famoso templo lamaísta, situado a nordeste da parte antiga da cidade, foi construído no século XVII. Ao longo dos seus 6.600m² de superfície construíram-se mais de 1.000 salas e aposentos onde se encontram numerosas estátuas de Buda, incluindo a extraordinária estátua do Buda Maltreya, esculpida em uma única peça de madeira de sândalo branco, com 26m de altura e 3m de circunferência.

 

Templo de Confúcio

Templo de Confucio

Mais uma filosofia moral e de pensamento do que uma religião, teve considerável influência na China, Kunf Fu Zi, ou "Mestre Kung" (no ocidente chamado Confúcio) desenvolveu com os seus discípulos a filosofia que se tornou uma força potente por mais de 2000anos. Confúcio nasceu na província de Shandung em 551 a.C. As éticas de Confúcio foram adoptadas pelas escolas oficiais e tornaram-se a ideologia essencial assegurando a unidade política na China.

 

Entretanto, como era neutro em termos religiosos, não apelava para os sentimentos religiosos do povo. Foi apenas no século XIX que o confucionismo desenvolveu-se como religião, e mesmo com o apoio do Estado, tornou-se uma religião popular. Entretanto continua como fonte da ordem moral da China.

 

Xian - Férias em Xian

Férias em Xian

Designada de “Chang’na" (paz eterna), a cidade de Xian está localizada na Planície de Guanzhong, província de Shaanxi. Guarda os mais importantes achados arqueológicos da antiga civilização. Esta cidade tem mais de 3000 anos de história e serviu como capital de 11 dinastia durante 1.100 anos, destacando-se por ter sido o ponto da milenar "Rota da Seda", desde a dinastia Han até hoje. Hoje em dia não só é um importante centro de intercâmbio económico e cultural entre a China e demais países, mas também um dos berços da civilização chinesa.

 

 

Túmulo de Qin e o Museu de Guerreiros e Cavalos de Terracota

Túmulo de Qin

O Túmulo do Primeiro Imperador Qin, situada a 5km de Lintong, a noroeste da cidade, tem 76m de altura e 2000 de contorno.

Em 1974 a 1976, a leste do túmulo descobriram-se sucessivamente Galerias de figuras de terracotas da dinastia Qin, sendo a galeria primeira, a maior de todas. Dentro desta galeria encontram 6.00 figuras de guerreiros de terracotas, assim como numerosas armas antigas. Entre as figuras de guerreiros, a mais alta mede 1.95m e mais baixa 1.75m, por sua vez as figuras de cavalos são de tamanho natural.

 

Dayanta - Grande Pagode do Ganso Selvagem

Dayanta

Em forma de pirâmide quadrangular com 7 andares e 64m de altura, foi erguida no ano de 652, no recinto interior do santuário Dacien a 4km ao sul da cidade. Neste pagode guardavam-se sutras budista trazidas da Índia pelo monge Xuan Zang da dinastia Tang.

 

 

Xangai - Férias em Xangai

Férias em Xangai

Local de origem do Sistema Comunista Chinês (1921) e paraíso dos aventureiros contra o forte imperialismo, Xangai desenvolveu-se graças ao forte comércio, logo após a abertura oficial do seu porto marítimo. Deferindo um pouco das demais cidades que carregam legados históricos, esta cidade voltou-se para a industrialização, pesquisa científica e comercio. Mas não deixa de ter sua essência original, com seus belos templos e jardins.

 

Jardim Yuyuan

Situado na avenida Fugu do antigo bairro, foi construído entre 1559 a 1577 e tem uma Superfície de mais de 20.000m² com cerca de 30 cenários paisagísticos. O salão Dianchum é uma das construções mais apreciadas na arquitectura chinesa, de onde a "Associação Anti-Drogas"estabeleceu o seu quartel-general em 1853.

 

Templo Yufo

A Estatua do Buda de Jade, que foi trazida de Myanmar (ex-Birmânia) pelo monge Weigeng, a princípio encontrava-se posto num templo no bairro de Hongwan em Xangai. Em 1928 foi transferido para o actual templo "Buda de Jade". A construção deste templo, que se iniciou em 1918 e terminou em 1928, encontrava-se na avenida Anyuan, a 3km da cidade. Esta estátua está lapidada numa única peça de jade verde-claro.

 

Guilin - Férias em Guillin

 

A cidade de Guilin está situada a nordeste da região de Guangxi, nas margens do rio Lijiang. As cadeias montanhosas verdejantes, as águas transparentes, as rochas graciosas e as grutas fantásticas justificam a sua beleza, tão soberana e harmoniosa. A história desta cidade antiga remota há mais de 2.000 anos. O nome "Guilin" (Bosque de Osmanthus perfumados) deve-se a uma grande extensão desta planta na zona.

 

Paisagem do Rio Lijiang

Paisagem do Rio Lijiang

Abrangendo uma zona de paisagens com 83km de extensão e chegando até Yangshuo, a agua clara do Rio Lijian serpenteia por entre as montanhas. Em ambas as margens do rio vêm-se cadeias de picos e panoramas pitorescos, pelo qual é denominado o "panorama celestial da Terra".

 

Gruta da Flauta de Cana

Gruta da Flauta da Cana

Está no lado sul da montanha Guangming, no subúrbio a noroeste da cidade de Guilin. Tem este nome, devido ao redor da gruta crescer uma espécie de cana, da qual se podem fazer flautas. É uma gruta, em formato de cálice, exótica e maravilhosa com um lago de 500m, e dentro da qual é possivel observar um grande numero de estalactites e estalagmites de cores vivas e formas fantásticas.

 

 

Guangzhou (Cantão) - Férias em Guangzhou

Guangzou

Esta cidade, situada ao sul do país, tem cerca de 2.800 anos e foi uma das primeiras a ser aberta ao comércio estrangeiro. Famosa principalmente pela "Feira de Cantão", celebrada duas vezes ao ano (em Abril e Outubro) e com duração de 15 dias. Também é conhecida como "a cidade das flores".

 

Palácio Comemorativo do Dr. Sun Yat-Sem

O auditório em forma octogonal foi construído em 1931 com capacidade para 5.000 espectadores. A sua engenhosa arquitectura consegue manter esta imensa sala sem nenhuma coluna. Na praça do palácio ergue-se a imponente estátua de bronze do doutor.

 

Templo da Família Chen

Construído entre 1890 e 1894, o Templo da Família Chen é uma das típicas estruturas bem conhecidas da arquitectura artesanal da província de Guangdong. Sobre uma superfície de 8.000m² levantam-se três grupos de pavilhões intercalados por pátios e conectados por galerias. Toda a obra está ornamentada de primorosas e poli-cromadas esculturas em madeira, em pedra, em ladrilho e em ferro.

 
Promoções
 
Hotéis

 

ref-booking-large
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Excurses

 

 

Online

Temos 89 visitantes e 0 membros em linha

Voos

 

My Hotelbooking