Booking.com

 
 
 

XangaiLocal de origem do Sistema Comunista Chinês (1921) e paraíso dos aventureiros contra o forte imperialismo, Xangai desenvolveu-se graças ao forte comércio, logo após a abertura oficial do seu porto marítimo.

Férias na China / Xangai

Hotéis em Xangai

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Xangai

banner 320x50 pt

Xangai conta com uma vasta e variada oferta de alojamento para férias, cerca de 1252 propriedades divididas em Hotéis de Negócios, Hotéis com piscina, Hotéis de Luxo, Apartamentos, Hotéis Design, Hotéis para Famílias, Apart-hotéis, Hotéis Românticos, Hotéis com Spa, Hotéis para Turistas de Mochila às Costas, Hostels, Estalagens, Quartos em Acomodações Particulares, Alojamentos de Acomodação e Pequeno-almoço, Resorts e Villas.

Perante enorme variedade certamente que não existirá grande dificuldade em encontrar um alojamento para férias que satisfaça os seus requisitos e orçamento.

 

Xangai é simplesmente a maior cidade da República Popular da China e uma das maiores áreas metropolitanas do mundo, com mais de 20 milhões de habitantes. Localizada na costa central da China oriental, na foz do rio Yangtze, a cidade é administrada como um município chinês, com estatuto de nível de uma província.

 

Deferindo um pouco das demais cidades que carregam legados históricos, esta cidade voltou-se para a industrialização, pesquisa científica e comercio.

Apesar de todo o desenvolvimento, Xangai não deixa de ter sua essência original, com seus belos templos e jardins.

 

Aeroportos em destaque em Xangai

Aeroporto Internacional de Shanghai Pudong (PVG) 32,5 km; Aeroporto Internacional de Shanghai Hongqiao (SHA) 14,5 km

Procurar voos baratos para Xangai, China

 

 

Locais de interesse em Xangai:

Centros de convenções: Novo Centro de Exposições Internacional de Xangai

Estações de comboios: Shanghai Railway Station

Estações de metro: Jing'an Temple Station, East Nanjing Road Station, Lujiazui Station, Estação Jardim Yuyuan, People's Square Station, Century Avenue Station, Xintiandi Station, Shanghai Railway Station Metro Station, Yuanshen Stadium Station, Changshu Road Station, Changshou Road Station, Shanghai Maglev Longyang Road Station, Shanghai Indoor Stadium Station, Hongqiao Road Station, Xujiahui Station, Zhongshan Park Station, Jiangsu Road Station, Dongchang Road Station, Dashijie Station, South Huangpi Road Station, West Nanjing Road Station, North Xizang Road Station, Hanzhong Road Station, Hongkou Football Stadium Station, Pudian Road Station, North Zhongshan Road Station, Lancun Road Station

Ferries: Shanghai East Jinling Road Ferry Station, Shanghai Dongchanglu Ferry Station, Shanghai Dongjiadu Ferry Station, Shanghai International Ferry Station

Locais de interesse: Oriental Pearl Tower, Jin Mao Tower, IFC Shanghai International Financial Center, Shanghai World Financial Centre SWFC, Shanghai Urban Planning Exhibition Centre

Monumentos ou locais de interesse: Jing'an Temple, Longhua Temple

Museus: Shanghai Science and Technology Museum

Teatros: Shanghai Grand Theatre

Áreas comerciais: Superbrand Shopping Mall Shanghai, Mercado Fengxiang - Taobao e Fengxiang, Cloud Nine Shopping Mall

Áreas populares: Praça do Povo, Jardim Yu, Xintiandi, Pedestrian Street of East Nanjing Rd., Jade Buddha Temple

 

A melhor seleção de Excursões em Xangai

Excursões

 

Distritos de Xangai: Bund, Centro de Xangai, Xuhui, Jing'an, Zhabei, Huangpu, Hongkou, Yangpu, Pudong, Putuo, Changning, Minhang, Wujiaochang, Huaihai Road Commercial Area, Xujiahui, Old French Concession, Lujiazui

 

 

Atrações Turísticas de Xangai:

 

Centro Histórico de Xangai (Nanshi)

Centro Histórico de Xangai (Nanshi)

À primeira vista, o centro histórico de Xangai pode parecer apenas mais uma armadilha para turistas, mas Nanshi, como costumava ser chamado (ou Southern Town, como a maioria dos nativos o chamam) tem uma história verdadeiramente fascinante.

Esta parte da cidade é anterior à presença colonial em Xangai. É limitada por Renmin Lu e Zhonghua Lu, estradas que seguem a linha das muralhas construídas no século 15 - e já demolidas - para manter os piratas japoneses distantes. Você vai ter uma ideia de como é um tipo de vida urbana chinesa que está rapidamente desaparecendo - e pode até encontrar algumas barganhas pelo caminho.

Excursões

 

 

Templo do Buda de Jade (Yufo Si)

Templo do Buda de Jade (Yufo Si)

Yufo Si é uma comunidade budista - uma das poucas na China - mas as atrações de maior destaque do Templo do Buda de Jade são duas figuras trazidas para Shanghai por um monge birmanês no século 19.

O mais impressionante é o Buda Sentado, um gigante de 1,90m incrustado com pedras semi-preciosas. Este Buda está sentado em uma pose que capta o momento da sua iluminação através da meditação. O outro Buda é menor e no estilo 'repouso feliz', enquanto segue pacificamente para a morte. Ambos os budas são esculpidos em jade branco. De frente para o Buda Reclinado fica uma grande réplica em pedra, trazida para o mosteiro de Cingapura. Estas são as principais atrações de uma visita ao templo, mas dê uma olhada nas salas enquanto você estiver por lá, especialmente no Grand Hall com o seu dourado 'Deuses dos Vinte Céus'. Há também um restaurante que serve os visitantes, mais simples no térreo e mais chique no andar de cima.

Excursões

 

 

Nanjing Lu (Nanjing Road)

Nanjing Lu (Nanjing Road)

Nanjing Lu (Nanjing Road) é uma rua comercial com uma história própria. Quando os britânicos começaram a trabahar em Xangai, após as Guerras do Ópio do século 19, este era um dos seus centros comerciais. Naquela época, era chamada Nanking Road, o 'k' sendo uma forma mais popular de anglicização.

Hoje não é somente o frenético centro de compras e turismo de Shangai, mas o maior centro comercial do mundo (com 6 quilômentros de ação). Já nos seus primeiros dias de vida, quando servia a Resolução Internacional, logo foi dominada por grandes lojas de departamento. As maiores redes realmente se mudaram para cá, mas é pela experiência que você deve vir. A rua é dividida em dois comprimentos, leste e oeste. A seção oriental é pedonal. Evite gastar tempo com itens ocidentais e concentre-se nas verdadeiras especialidades de Xangai - seda, jade, relógios.

Excursões

 

 

Bund (Waitan)

Bund (Waitan)

O Bund (ou Waitan) é o grande centro de arquitetura colonial em Xangai. A antiga Concessão Internacional corre ao longo da zona ribeirinha do rio Huangpu, em frente ao distrito de Pudong ('Bund' é uma palavra de origem indígena que significa "aterro"). Também conhecido como o "museu de arquitetura internacional", o Bund atrai visitantes interessados no lado artístico de Xangai.

Quando as potências estrangeiras entraram em Xangai após as Guerras do Ópio, no século 19, o Bund existia como um caminho ribeirinho. Ele não demorou a se tornar o centro de Xangai, na época em que os comerciantes ocidentais construíam bancos, casas comerciais e consulados ao longo do seu comprimento, e tem sido sinônimo do glamour 'leste encontra oeste' de Xangai desde então. Hoje, o Bund passa por uma nova onda de desenvolvimento comercial - as grandes torres de Jin Mao, do Centro Financeiro Mundial e do Oriental Pearl ficam no distrito financeiro de Pudong.

Excursões

 

 

 

 

Antiga Concessão Francesa

Antiga Concessão Francesa

A Antiga Concessão Francesa de Xangai, uma área que já foi arrendada para os franceses nos distritos Luwan e Xuhui da cidade, remete a uma Xangai de outros tempos. A área é cheia de belas mansões coloniais e hotéis que datam das primeiras três décadas do século XX. Os franceses assumiram o controle da área em 1849, mas não foi até a década de 1920 que o bairro atingiu o seu auge de popularidade como um dos mais elitistas de Xangai.

Ao andar pelo coração da área, nas ruas arborizadas entre Julu Road e Huaihai Road, você encontrará uma coleção de agradáveis restaurantes e boutiques ocupando as estruturas históricas que permancem de pé enquanto os nativos de Xangai cuidam dos seus afazeres diários. A Concessão Francesa é um bom lugar para comer algo, há muitas opções por aqui: você vai encontrar desde comida indiana a francesa, espanhola e tailandesa.

Excursões

 

 

 

Praça do Povo (Renmin Guang Chang)

Praça do Povo (Renmin Guang Chang)

Localizada no coração de Xangai, a Praça do Povo (Renmin Guang Chang) é o lar para a sede do governo municipal e, mais importante ainda, serve como um importante marco e ponto de encontro em Xangai.

O que costumava ser um local de corridas de cavalos, antes do estabelecimento da República Popular da China, em 1949, hoje é um centro de atrações culturais. Dentro da Praça do Povo, você encontrará alguns dos melhores museus de Xangai, incluindo a excelente coleção de arte chinesa alojada no Museu de Xangai, e o impressionante Hall de Exibição do Planejamento Urbano de Xangai, onde os visitantes obtêm uma perspectiva sobre o passado, presente e futuro de Xangai. O Museu de Arte Contemporânea de Xangai, o Museu de Arte de Xangai e Teatro de Xangai, todo de vidro, também valem uma olhada. O parque dentro da Praça do Povo oferece mais experiências culturais, especialmente no início da manhã e no fim de semana, quando os nativos vêm para praticar tai chi, exercício ou jogar cartas.

Excursões

 

 

 

Oriental Pearl Tower (Dongfang Mingzhu Guangbo Dianshi Ta)

Oriental Pearl Tower (Dongfang Mingzhu Guangbo Dianshi Ta)

A Oriental Pearl TV Tower, costumava ser o edifício mais alto de Xangai, e ele ainda está lá em cima. É certamente uma das características mais hiperbólicas e marcantes do horizonte. Muitas pessoas o odeiam; outros têm desenvolvido uma afeição estranha para sua forma de bulbo.

Deixando o design de lado (ele tem sido comparado ao som de pérolas, grandes e pequenas, caindo sobre uma placa de jade - um conceito emprestado de um poema), a torre tem algumas estatísticas bastante impressionantes. Tem 468 m (1.535 pés) de altura e é a terceira torre de TV mais alta do mundo - o maior na Ásia. Apenas Jin Mao Tower e o Centro de Finanças Mundial deixam-no menor no horizonte de Xangai.

Você pode fazer um passeio de elevador até a sua plataforma de observação - escolha a partir de uma altura razoável, ou o nível de vertigem.

Excursões

 

 

 

 

Transrapid de Xangai (Shanghai Maglev)

Transrapid de Xangai (Shanghai Maglev)

Se você já se perguntou qual é a sensação de viajar em velocidades acima de 418 km/h, o trem Shanghai Maglev é a sua chance. Usando a tecnologia de levitação magnética que permite que o trem literalmente "flutue" ao longo dos trilhos, o trem mais rápido do mundo pode levá-lo do Aeroporto Internacional de Pudong a Xangai em 8 minutos. Usando a tecnologia comprada da Alemanha, a construção do Shanghai Maglev começou em 2001, e no momento em que o projeto foi concluído, dois anos e meio mais tarde, acumulava gastos de US $ 1,2 bilhão.

Quem está planejando pegar o Shanghai Maglev de/para o aeroporto, vai precisar subir ou descer na estação Longyang Road, na periferia de Xangai, e trocar para o metrô ou pegar um táxi de lá. Se você quiser saber mais sobre o projeto Shanghai Maglev e a tecnologia utilliada, faça uma visita ao Museu de Shanghai Maglev, situado no inteiror da estação de Longyang Road.

Excursões

 

 

 

Museu dos Refugiados Judeus de Xangai (Sinagoga Ohel Moshe)

Museu dos Refugiados Judeus de Xangai (Sinagoga Ohel Moshe)

O Museu dos Refugiados Judeus de Xangai abriga a história de cerca de 30 mil judeus que fugiram do Holocausto na Europa para se estabelecer no distrito Tilanqiao de Xangai durante a Segunda Guerra Mundial.

O museu é composto de 3 partes: a Sinagoga Ohel Moshe (Ohel Moishe), uma sala de exposição permanente e uma sala de exposições rotativas. A Sinagoga Ohel Moshe desempenhou um papel central na vida dos refugiados judeus em Xangai durante a Segunda Guerra Mundial. Construída em 1927, foi o centro da comunidade judaica e uma das duas únicas sinagogas construídas em Xangai na época. Na década de 1930, Xangai era uma das únicas cidades do mundo oferecendo abrigo aos judeus que fugiam da perseguição nazista na Europa. Embora a sinagoga não esteja mais em uso, os visitantes do museu podem conferir seu prédio totalmente restaurado e aprender sobre seu passado turbulento.

Excursões

 

 

 

Suzhou e Zhouzhuang

Suzhou e Zhouzhuang

Se a linha do horizonte ultramoderna de Xangai faz com que se anseie pela China de filmes antigos de kung fu, uma viagem de um dia ou fim de semana a Suzhou ou Zhouzhuang pode estar fazer reviver essa China dos tempos antigos.

Ambos descritos individualmente como "a Veneza da China," canais alinhados com lanternas, duas cidades e arquitetura tradicional tornam-as bastante fotogênicas e valem a pena a visita.

Zhouzhuang, a mais antiga das aldeias de água da China, está a uma viagem de ônibus de 90 minutos a partir de Xangai a meio caminho entre Xangai e Suzhou. A vila é cercada por lagos nos quatro lados, com canais que fluem sob pontes de pedra e entre as casas de Ming e Qing que revestem ambos os lados. Passe a noite em uma das pensões privadas ao longo do rio e você terá as ruas e canais para si mesmo quando você acordar antes da excursão.

Muito maior, Suzhou, a Cidade dos Jardins, está a 81 km a noroeste de Xangai. Aqui os canais e arquitetura tradicional são tão pitorescos quanto em Zhouzhuang.

Excursões

 

 

 

Zhujiajiao

Zhujiajiao

Para uma experiência genuína que não só mostra a história da China, mas também mostra a sua beleza, experimente uma visita à antiga grande cidade de águas da China conhecida como Zhujiajiao. Formada mais de 1.700 anos atrás, esta maravilhosa cidade ladeada por canais que já foi um centro comercial importante, viu os dias de ambas as dinastias Yuan, Ming e Qing, e tem se desenvolvido hoje como uma esperançosa cidade boêmia da Asia.

A fim de realmente ter uma compreensão deste belo lugar, deve-se visitar as muitas pontes da cidade e canais. A Ponte Fangsheng é a maior, maravilhosamente engravada, com oito dragões enrolados em torno de uma pérola. Uma vez que você tenha feito esse passeio, vá fazer um passeio de gôndola pelo canal, onde você vai experimentar uma vista maravilhosa sobre esta cidade histórica e bem preservada. Você também pode levar mais tempo em passeios de barco à beira do lago, vendo a cidade a partir de um ângulo e perspectiva diferentes.

Excursões

 

 

 

Pudong

Pudong

Pudong, a área ao leste do rio Huangpu de Xangai, é o lar de muitos dos edifícios modernos mais famosos da cidade. Anteriormente uma área agrícola, Pudong hoje é o distrito financeiro e centro comercial de Xangai - em forte contraste com os prédios coloniais do Bund, do outro lado do rio.

O horizonte de Pudong inclui prédios notáveis como a torre de rádio e TV Oriental Pearl, o Jinmao Tower Observatory, o Shanghai Ocean Aquarium e o International Convention Center. Pudong New Area também é o lar do Century Park, o maior parque da cidade, bem como de algumas das melhores oportunidades de compras da cidade, como Nanjing Road. Antes de visitar Pudong, passeie ao longo do Bund para as melhores vistas do icônico horizonte de Xangai do outro lado do rio. Depois de atravessar, reserve algum tempo para conferir do topo do Oriental Pearl Tower, este diferente prédio de 468 metros de altura que se destaca entre os tantos arranha-céus de Xangai.

Excursões

 

 

 

Torre de Jin Mao

Torre de Jin Mao

Há poucos símbolos mais icônicos da tendência de Xangai ao estratosférico do que a Torre de Jin Mao. Na verdade, só existe um. Jin Mao é o segundo maior arranha-céus da cidade (o mais alto é o Shanghai World Finance Center ali perto), e fica bem classificado na lista dos prédios mais altos do mundo, alcançando 421 metros.

A arquitetura da 'Golden Prosperity Building' remete tanto a um arranha-céu ocidental quanto a um pagode chinês. Ela fica em torno do número 8 - de grande simbolismo na cultura asiática - e tem 88 andares e formas octogonais. A maioria dos andares são ocupados por escritórios, mas os do topo são dedicados ao Grand Hyatt Shanghai. Uma plataforma de observação oferece a oportunidade de pegar os elevadores de alta velocidade e conferir a paisagem da cidade lá de cima.

Excursões

 

 

 

Rio Huangpu

Rio Huangpu

O Rio Huangpu, que se estende por 113 km, flui através de Xangai, dividindo a cidade em duas partes - Pudong ao leste e Puxi ao oeste. O porto onde o rio deságua no Mar da China Oriental passou a ser o maior porto da China e em 2012 tornou-se o porto de carga mais movimentado do mundo.

Caminhar ao longo do Rio Huangpu contrapõe os edifícios coloniais da Cidade Antiga de Xangai com os altos arranha-céus ultramodernos que agora dominam o horizonte. Embora seja possível vivenciar o Rio Huangpu das margens com uma caminhada ao longo de Bund, a melhor maneira de ver os dois lados é fazer um cruzeiro.

A maioria dos cruzeiros partem de Bund e sobem o rio antes de virar para o sul em direcção a Ponte Yangpu. Os barcos partem ao longo do dia, mas depois que o sol se põe e os edifícios de ambos os lados ficam iluminados, o horizonte de Xangai fica ainda mais impressionante do que o habitual.

Excursões

 

 

 

 

Jardins Clássicos de Suzhou

Jardins Clássicos de Suzhou

A arte dos jardins tradicionais era popular entre os chineses ricos durante as disnastias Ming e Qing, e em nenhum outro lugar a beleza clássica deles fica mais evidente do que em Suzhou, uma cidade localizada 81 quilômetros ao noroeste de Xangai.

Tendo sido áreas particulares de famílias que viviam em Suzhou, os jardins que sobreviveram à modernização das cidades - vários deles considerados Patrimônio Mundial da UNESCO, conhecidos como Jardins Clássicos de Suzhou - agora são importantes atrações turísticas da cidade. Enquanto os primeiros jardins da cidade remontam ao século VI a.C., a sua popularidade atingiu o auge entre os séculos XVI e XVIII, quando cerca de 200 deles estavam espalhados pela cidade.

 

Se não tiver muito tempo em Suzhou, confira pelo menos o Fisherman’s Net Garden, o Lion Grove Garden, o Humble Administrator’s Garden e o Lingering Garden.

Cada jardim cobra um valor de entrada diferente, e muitos oferecem tours gratuitos, embora vários sejam apenas em mandarim.

Excursões

 

 

 

Cidade Antiga Fengjing

Cidade Antiga Fengjing

A Cidade Antiga Fengjing fica ao sudoeste de Xangai, a cerca de 60 quilômetros do centro da cidade. É uma cidade cultural e histórica que remonta a cerca de 1500 anos e é rodeada por uma rede de vias navegáveis, todas conectadas por uma infinidade de pontes e vielas.

Com suas tendas de mercado, artes, restaurantes tradicionais e maravilhosos cenários para fotos, a Cidade Antiga Fengjing vale muito a viagem de um dia a partir de Xangai. Um passeio pelas ruas antigas de Fengjing vai colocar você em contato com a cultura e os costumes da antiga vida tradicional chinesa. A maioria dos prédios daqui são no estilo das dinastias Ming e Qing: dois andares, paredes caiadas de branco e cobertos por telhas pretas.

Excursões

 

 

 

Lupu Bridge

Lupu Bridge

A Lupu Bridge de Xangai - a primeira ponte arcada de aço do mundo, e a segunda mais longa depois da Chaotianmen Bridge, em Chongqing - estende-se por 8,7 quilômetros sobre o rio Huangpu. Criada em 2000, a ponte chamou a atenção do mundo da engenharia com o uso de tecnologia pênsil, estaiada e arcada.

Embora a ponte seja usada principalmente para o transporte - seis vias para tráfego nela e oferecendo passagem desobstruída para grandes navios logo abaixo - ela também se tornou uma grande atração turística de Xangai. Depois de subir cerca de 300 degraus até o topo, você vai chegar a uma plataforma de observação que fica 100 metros acima do rio. A experiência, conhecida como Shanghai Climb, oferece algumas das melhores vistas da cidade, incluindo a antiga área da Expo Mundial de 2010. Você pode chegar à entrada do Shanghai Climb na Luban Road, no lado de Puxi da ponte.

Excursões 

 

 

Moganshan Road

Moganshan Road

A Mogansham Road é um ótimo lugar para quem gosta de arte fazer um passeio em Xangai. Entusiastas de arte conseguem facilmente passar horas neste distrito fascinante, visitando as galerias e estúdios que alinham a rua revestida de graffiti. Também há cafés e uma livraria na área.

Você encontrará todos os tipos de galerias aqui, apresentando uma gama diversificada de arte original e moderna. Muitos visitantes da Moganshan Road vão embora satisfeitos levando alguma peça de arte de preço razoável ou, no mínimo, depois de ter aproveitado algumas horas explorando o lugar. A maioria tende a ir direto para o número 50 da Moganshan Road, onde uma das galerias mais antigas e mais respeitadas da cidade, ShanghART, fica. Este é o coração pulsante da arte de Xangai, e é imperdível para quem está pela área.

Excursões

 

 

 

Museu de Arte da China

Museu de Arte da China

Localizado em Pudong, Xangai, o Museu de Arte da China apresenta uma grande e variada coleção de arte moderna chinesa. Na verdade, é o maior museu de arte em toda a Ásia e fica dentro do que já foi o China Pavillion, um prédio fascinante, tanto por dentro como por fora.

O museu está distribuído por cinco enormes andares, todos nomeados de acordo com suas diferentes altitudes. Cada andar explora a ascensão da arte moderna em Xangai desde o final do século 19, e apresenta uma variedade de exposições temporárias e permanentes, nacionais e internacionais. A exposição permanente “Along the River During the Qing Ming Festival”, no quarto andar, merece destaque especial: é uma instalação detalhada e animado, com um rio virtual correndo ao longo da sua base.

Excursões

 

 

 

 

Museu de História de Xangai

Museu de História de Xangai

Localizado no subsolo da torre de TV Oriental Pearl, o Museu de História de Xangai exibe mais de 30 mil relíquias e artefatos culturais abrangendo 100 anos da história moderna de Xangai, desde a abertura do porto de Xangai para o mundo, em 1843, até a Revolução Cultural, em 1949.

Se você já se perguntou como Xangai era antes da sua intensa modernização, siga para o subsolo do museu, onde você encontrará dioramas de cera representando o antigo cenário da cidade. Exposições mostram a vida quando Xangai era, principalmente, uma cidade agrícola e de pesca, bem como cenas da cidade na época da Guerra do Ópio. Você também vai encontrar um salão cheio de modelos dos edifícios mais emblemáticos de Xangai, muitos deles localizados no Bund. É fácil esquecer desse museu, mas vale a pena passar uma ou duas horas aqui, especialmente se você estiver viajando com crianças. Para uma experiência mais aprofundada, pegue um guia de áudio quando comprar as suas entradas.

Excursões

 

 

 

Museu de Xangai (Shanghai Bowuguan)

Museu de Xangai (Shanghai Bowuguan)

A primeira coisa a observar sobre o Museu de Xangai (Shanghai Bowuguan) é o seu design diferenciado. O prédio, construído na década de 1990, foi projetado para remeter a um tipo antigo de pote para cozinhar bronze chamado de 'ding'. É uma referência aos objetos em exposição no museu de cinco andares de salas.

A estrutura do museu - um edifício redondo sobre uma base quadrada - também reflete um pouco da história da China. Prédios antigos da China foram construídos como este por causa da crença de que o céu era redondo e a Terra, quadrada. A coleção, embora bem ordenada, é tão extensa que chega a ser estonteante. Escolha o que deseja ver, ou você talvez fique perdido vagando sem rumo. A seção de cerâmica vale muito a pena, e nela você pode traçar a história da China desde o período Neolítico. Há também móveis, caligrafia, esculturas religiosas e jade para admirar.

Excursões

 

 

 

Salão de Exibição de Planejamento Urbano de Xangai

Salão de Exibição de Planejamento Urbano de Xangai

Situado na Praça do Povo, o Salão de Exibição de Planejamento Urbano de Xangai pode não parecer algo que um turista se interessaria, mas, na verdade, é um dos melhores museus da cidade. Inaugurado em 2000, o espaço de exposições dentro do moderno prédio de cinco andares mostra o desenvolvimento de Xangai desde os tempos antigos até o futuro.

O grande destaque do museu é um enorme modelo de como a cidade pode vir a se parecer em 2020 (com a inclusão de edifícios iluminados em verde que ainda serão construídos) e um envolvente teatro 3D que oferece um vislumbre do futuro de Xangai aos visitantes. O espaço também apresenta exposições de arte e design de artistas chineses e internacionais. Para aproveitar ao máximo o seu tempo em Xangai, passe uma manhã ou tarde no museu. Não deixe de pegar um guia de áudio - por um valor adicional que vale a pena - para ajudá-lo a entender cada uma das exposições.

Excursões

 

 

 

Templo do Deus da Cidade (Chenghuang Miao)

Templo do Deus da Cidade (Chenghuang Miao)

O Templo do Deus da Cidade (Chenghuang Miao ou Chenghuangmiao), localizado na parte murada antiga de Xangai, junto ao Jardim Yuyuan, é um templo taoísta ortodoxo dedicado a três divindades locais, ou "deuses da cidade": o General Huo Guang, o estudioso Qin Yubo e o General Chen Huacheng.

Quase todas as cidades na China tem um Templo do Deus da Cidade, e o de Xangai data de 1403. Ele foi convertido em um Templo do Deus da Cidade durante a Dinastia Ming. À medida que a popularidade do templo cresceu, durante a Dinastia Qing, negócios começaram a aparecer em torno dele até que toda a área se transformasse em um movimentado mercado, quase até a destruição durante a Revolução Cultural. Enquanto o templo foi restaurado na década de 1990 e em 2005, suas renovações o tem mantido fiel à estrutura original do século XV. Você ainda pode ver os nativos queimando seus incensos para estátuas de Huo Guang e Qin Yubo.

Excursões

 

 

 

Tianzifang

Tianzifang

Tianzifang é um labirinto de ruas estreitas no antigo bairro francês de Xangai. A área é o lar de uma variedade de lojas, bares, cafés, estúdios de design e galerias, e é tão popular com os jovens descolados da cidade quanto com os turistas estrangeiros.

Enquanto áreas próximas, como Xintiandi, foram severamente reconstruídas ao longo dos anos, Tianzifang mantém muito do seu charme do mundo antigo. Parece que os empresários locais fizeram uma campanha para preservar a arquitetura original, e a área ainda possui as antigas casas Shikumen com suas portas de pedra. Apesar de ter se tornado uma espécie de atração turística nos últimos anos, milhares de nativos ainda moram aqui.

Excursões

 

 

 

 

Túnel Psicadélico - The Bund Sightseeing Tunnel

Túnel Psicodélico - The Bund Sightseeing Tunnel

Desde a sua abertura em 2000, o The Bund se tornou uma das atrações mais populares de Xangai entre os turistas chineses. Mas ao contrário do que o seu nome indica, você não vai ver nenhum ponto turístico no Bund quando você pegar os carrinhos automatizados sob o rio Huangpu para Pudong, do outro lado.

Este viagem divertida leva menos de cinco minutos, e ao longo do caminho, você vai experimentar um bizarro show de luzes LED com efeitos sonoros e bonecas infláveis para completar a experiência. Se você precisar atravessar o rio, pegar um táxi pode até ser a opção mais barata, mas o Bund é certamente o jeito mais divertido.

Excursões

 

 

 

Xin Tian Di

Xin Tian Di

Xin Tian Di (xintiandi) é uma área maravilhosamente restaurada de Xangai, onde os mais bem sucedidos da cidade gostam de passear. É também uma área popular para turistas, que normalmente gostam de admirar a arquitetura do século 19.

O distrito é rico em Shikumen, casas de pedra que eram moradias populares no final do século 19 e início do século 20. Quando os distritos que continham essas casas estavam sendo arrasados, investidorees entraram em cena para salvar e restaurar esta área. Hoje em dia, os Shikumen abrigam galerias, livrarias, lojas de antiguidades, boutiques de luxo, bares e restaurantes. É particularmente irônico que esta área ocidentalizada fique lado a lado com o local da Primeira Conferência do Partido Comunista da China.

Excursões

 

 
Promoções
 
Hotéis

 

ref-booking-large
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Excurses

 

 

Online

Temos 73 visitantes e 0 membros em linha

Voos

 

My Hotelbooking