Booking.com

 
 
 

 Nova Zelândia

A Nova Zelândia – Aotearoa, "a terra da longa nuvem branca"- foi colonizada há mais de mil anos por viajantes do leste da Polinésia e, vivendo em "iwi" (tribos) formadas essencialmente, por consanguinidade, adaptaram-se rapidamente ao novo meio ambiente, de forma que no ano de 1200, as actuais ilhas do Norte e do Sul já se encontravam colonizadas no seu todo.

Booking.com

Apesar de a cultura e as tradições maori serem passadas, oralmente, de geração em geração, ainda sobrevivem nos tempos de hoje.

No ano de 1642, o holandês Abel Tasman ancorou nas praias daquela que seria posteriormente designada de Nova Zelândia e, no ano de 1769, o inglês James Cook circum-navegou a ilha, reivindicando a terra para os ingleses.

Somente no ano de 1840 é que os colonizadores britânicos impõem a sua soberania sobre os chefes das tribos Maoris, através do Tratado de Waiting, garantindo-lhes somente o usufruto das suas terras, abdicando do direito de governar em prol da coroa britânica.

Apesar dos constantes choques de interesses entre indígenas e os colonizadores (ou “pakehas”), culminando em guerras maoris (1843 – 1847, 1860 – 1870), a sociedade floresceu sobretudo com a corrida ao ouro, desencadeando uma rápida prosperidade á Nova Zelândia, orientando-se para a extensa criação e exportação maciça de carne, de lã e produtos lácteos, assim como a construção de estradas, caminho-de-ferro, arranha – céus e a implementação da educação a nível nacional.

A depressão económica ocorrida no ano de 1880, gerou fortes mudanças sociais e económicas no território neozelandês, tornando-se assim no primeiro pais a conceder, o direito de voto às mulheres no ano de 1893 assim como a regularização dos salários e a instituição de pensões para idosos no ano de 1898, entre outras medidas de foro medicinal. Mais ainda, o favorecimento do renascimento da cultura maori por parte dos colonizadores desencadeou um período de paz declarada entre ambos, visível na participação conjunta, aquando da participação na Primeira e Segunda Guerras Mundiais.

Mais uma vez e enquanto pais, a Nova Zelândia foi bafejada pela prosperidade económica, no pós-guerra, com o aumento das taxas de natalidade em função da imigração procedente da Grã-Bretanha e da Europa na década de 50, e mais tarde, das Ilhas do Pacífico e da Ásia, e com a igualdade de remuneração entre mulheres e homens no ano de 1972. Por sua vez, a década de 80, trouxe mudanças profundas nas relações internacionais e na economia, baseadas numa reestruturação da política antinuclear relativamente a outros países, assim como a reformulação das obrigações estatais perante uma nova política de mercado aberto, perdurando até aos dias de hoje.

Desde a sua colonização, que a Nova Zelândia é a única mescla de culturas, baseada no Pacífico sul e Europa, e possui, simultaneamente, uma identidade própria.

 
Promoções
 
Hotéis

 

ref-booking-large
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Excurses

 

 

Online

Temos 81 visitantes e 0 membros em linha

Voos

 

My Hotelbooking