Booking.com

 
 
 

Omã

Omã, um país mágico que dá a sensação de ter saído de um conto das mil e uma noites.

Omã localiza-se no Médio Oriente, fazendo fronteira a oeste com os Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita, e a sul com o Iémen.

Omã

Omã ou Omã emergiu da sua concha eremita, revelando ao mundo um país onde as praias e as montanhas contrastam com os desérticos países vizinhos, que parece ter saído de uma das histórias das mil e uma noites…

Apesar de se ter mantido a sua identidade e modo de vida há uma sintonia entre a complexidade da civilização e a criatividade do progresso, num paradoxo que atrai.

 

A Natureza em Omã

Omã

Um vasto e plano deserto cobre o centro do território de Omã, com uma cadeia montanhosa ao norte (Jebel Akhdar) e outra a sudoeste do país. As principais cidades do país estão no litoral, entre as quais de destaca a capital (Muscat). Nas principais cidades do litoral é possível ver deslumbrantes jardins, enquanto que na principal montanha é possível encontrar neve em alguns momentos do ano.

 Omã

Quando e como ir ao Omã

A melhor altura para visitar Omã é durante os meses de Novembro a Abril, pois são os meses de menor calor.

Aeroportos em destaque em Omã

Khasab Airport (KHS)

Salalah Airport (SLL)

Seeb Airport (MCT)

Várias companhias europeias voam semanalmente para Omã, e em cerca de dez horas fazem a ligação Lisboa – Muscat, com escala numa capital europeia.

 

 

Onde Ficar em Omã

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

Destinos de férias em Destaque em Omã:

 

 

Muscat / Férias em Muscat

Muscat

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Muscat, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Salalah / Férias em Salalah

Salalah

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Salalah, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Sohar / Férias em Sohar

Sohar

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Sohar, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Nizwa / Férias em Nizwa

Nizwa

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Nizwa, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Al Buraymī / Férias em Al Buraymī

Al Buraymī

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Al Buraymī, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Seeb / Férias em Seeb

Seeb

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Seeb, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Sur / Férias em Sur

Sur

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Sur, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

 

 

 

Ḩawīyah / Férias em Ḩawīyah

Ḩawīyah

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Ḩawīyah, Omã

Hotéis com desconto e promoções de Férias em Omã

 

O que Fazer em Omã

 

Excursões e actividades em Omã

Zonas de interesse

Grand Canyon de Omã

 

 

Muscat

Muscat

Muscat, a capital do país, é um lugar que encanta qualquer visitante. A cidade florescia nos tempos medievais e os portugueses utilizaram o seu porto para o comércio no Golfo.

A dinastia Al Busaid assentou-se ali a meados do século XVII, e ainda aqui segue.

Um dos mais impressionantes monumentos é a Grande Mesquita Sultan Qaboos, tratando-se de um exemplar admirável da arquitetura islâmica, onde os estranhos a esta religião podem entrar. Funciona, também, como centro de estudo, alojando mais de 20 000 fontes de informação sobre a cultura e ciência islâmica.

Além desta mesquita, as fortalezas de Jalai e Mirani destacam-se à entrada da cidade, enquanto o Forte Mutrah ergue-se numa colina, dominando o lugar. A cidade tem alguns museus interessantes para visitar, entre os quais de destacam o Museu de Oman, que conta ao visitante tudo sobre a cidade; o Museu das Crianças, um divertido e interessante museu; Museu de História Natural e o Museu das Forças Armadas do Sultão.

Outros pontos interessantes são os imensos “Souks” onde o viajante poderá fazer compras de produtos típicos. A Torre do Relógio de Ruwi é muito bonita tanto de dia como de noite, favorecida, por um fascinante jogo de luzes.

Toda a cidade é caracterizada pela vegetação cuidada e limpeza intensa, aliado às praias e imponentes monumentos.

 

 

 

Nizwa

Nizwa

Antiga capital de Oman, esta antiga cidade é famosa pelos seus fortes e souks, para além de ser uma das portas principais das montanhas de Jebel Akhdar.

Nizwa é a cidade onde nasceu o Islão no Sultanato de Oman e onde se encontra o famoso Round Tower Fort e o mercado com os seus entalhes feitos à mão conhecidos como Khanjars, além das maravilhosas jóias de prata.

 

 

 

Jebel Shams

Jabal Shams

Jebel Shams, ou “montanha do Sol”, é assim designada por ser o ponto mais elevado do país, a 3000 metros de altitude.

Aqui é o único local da Arábia onde no Inverno se sente o que é realmente o frio, com temperaturas abaixo de zero. Aqui encontra-se o maior wadi de Oman, wadi Nakhr, que é também conhecido como o “Grand Canyon”, devido ao seu desnível enorme de cerca de 1000 metros. Uma visão que impressiona.

 

 

 

Nakhl

Nakhl's fortress

O Oásis de Nakhl está rodeado pelas Montanhas Jebel Nakhl, atingindo altitudes de mais de 2.000 metros. O Forte de Nakhl foi construído sobre uma rocha no Século XVII e encontra-se num alto sobre a cidade e as plantações de tâmaras. A origem deste forte é pré-islâmica, com a contribuição das dinastias de Al Ya´ruba e Al Bu Sayed.

 

 

Al Hamra

Al Ḩamrā

Al Hamra é uma das mais antigas e mais bem preservadas cidades de Omã, tendo sido estabelecida no século XVII, durante a dinastia Ya'arubi.

Com ruas sinuosas de pedra e uma série de tradicionais casas de tijolos de barro, é fácil perder-se nos seus becos e sentir-se como se você estivesse noutra época e lugar.

Com o sol quente a bater, Al Hamra dá uma sensação de deserto - embora existam dezenas de palmeiras ao longo da bacia proporcionando refúgio do calor.

Para a melhor vista da cidade e da cordilheira ocidental de Hajar, suba até o topo da antiga torre de vigia de Al Hamra.

Na cidade também é possível encontrar Bait al Safah, uma tradicional casa de 400 anos de idade, cheia de artefactos e móveis históricos, e Beit al Jabal, uma outra casa de barro antiga um pouco menos conservada.

Muitas das casas são de dois andares, apoiadas por vigas de madeira, e são, em parte, a céu aberto, mantendo um ambiente rústico original e preservando a cultura desta região.

 

 

 

Castelo Al Hazm

Muscat

O Castelo Al Hazm é uma impressionante estrutura e um dos melhores exemplos da arquitetura islâmica de Omã.

É conhecido como um dos mais famosos marcos históricos do país. Criado por Imam Sultan bin Seif II (cujo túmulo ainda fica dentro das muralhas do forte) no início do século XVIII, foi recentemente renovado e restaurado - e aberto novamente ao público no final de 2013.

Ao se aproximar do castelo, os visitantes são levados a uma porta de madeira maciça esculpida.

O telhado de Al Hazm é sustentado unicamente por colunas, ao invés dos suportes de madeira tradicionais.

No exterior, há duas torres fortificadas, juntamente com uma série de artilharias e canhões. No interior estão os grandes aposentos do Imam, incluindo uma cozinha, um pátio e uma madrassah - a escola corânica. O castelo está na lista provisória para a inclusão como um Patrimônio Mundial da UNESCO.

 

 

 

Forte Al Mirani

Muscat

Olhando para baixo, sobre a cidade velha de Muscat do topo da falésia, o poderoso Al Mirani Fort é um dos marcos mais marcantes de Omã, que guardava a entrada para Muscat Bay.

Construído no século XVI, juntamente com a vizinha Al Jalali Fort, o forte é uma das estruturas mais importantes que sobraram dos anos de colonização Portuguesa e foi ocupado por tropas portuguesas até que o Sultão Bin Saif o recapturou em 1649, liderando assim o declínio da dominância Portuguesa na cidade.

Restaurada e ampliada no século XIX, a fortaleza de Al Mirani é a maior das duas fortalezas e tem um cenário impressionante para aqueles que desejam explorar a Cidade Velha ou passear ao longo da Muttrah Corniche. Apesar de sua popularidade, porém, o forte está fechado ao público e os visitantes terão que se contentar com a vista de seu exterior.

 

 

 

Forte Al Jalali

Muscat-Jalali-Fort

Um dos pares de portos do século XVI, situados nas falésias costeiras ao redor da cidade velha de Muscat, a fortaleza dramática do Forte Al Jalali é um dos marcos mais importantes da cidade.

Construído pelos Portugueses em 1587, tanto Al Jalali e seu vizinho, o Forte Al Mirani, desempenharam papéis importantes nos anos de colonização Portuguesa antes de ser recuperado pelo Omã, em meados do século XVII.

Hoje, a fortaleza, na colina abriga um museu privado criada pelo sultão Qaboos bin Said para mostrar itens de patrimônio nacional de Omã para dignitários e chefes de estado.

Com acesso através de uma escada cortada em rochas ou por teleférico, a poderosa fortaleza abriga uma série de paradas militares e comemorações da cidade, mas permanece fechada ao público, exceto para eventos especiais.

 

 

 

Palácio Al Alam (Palácio do Sultão)

Palácio Al Alam

Com pilares dourados e azulados em formato de funil e mastro solitário se estendendo como uma antena de seu telhado plano, Al Alam Palace (Palácio do Sultão) é um dos exemplos mais marcantes da arquitetura islâmica contemporânea de Omã.

O palácio, construído em 1972, situa-se entre os fortes Mirani e Jalali ao longo da costa da Cidade Velha de Muscat e é uma das seis residências reais pertencentes a Sua Majestade Sultão Qaboos.

Ao longo dos anos, o palácio cerimonial recebeu um inúmeros visitantes importantes, incluindo a rainha Elizabeth da Inglaterra e a rainha Beatrix dos Países Baixos, bem como hospedou uma série de funções oficiais e cerimônias.

Embora os edifícios palacianos estejam fechados ao público, os visitantes podem ainda desfrutar de vistas da obra-prima de Imam Sultan bin Ahmed dos jardins do palácio circundantes ou à beira-mar nas proximidades do Porto Muscat.

 

 

 

Cultura

Apesar de Omã ser um país bastante moderno, a influência ocidental ainda é pouco representativa. Por este motivo as suas tradições são na sua maioria características árabes e muçulmanas, nomeadamente nos seus modos de vestir, nos costumes locais, gastronomia e vida em sociedade.

A música tradicional acompanha vários aspetos da vida, incluindo nascimentos, cerimónias fúnebres, casamentos e circuncisões.

 

 

Festivais e eventos

Os principais dias festivos ocorrem com as festas religiosas e algumas festas civis, nomeadamente os dias 18 Novembro e 19 Novembro, que são feriados nacionais; Eid Al-Fitr, Eid Al-Adha, Novo ano Islâmico, Aniversário do Profeta, que são datas de importância religiosa.

 
Promoções
 
Hotéis

 

ref-booking-large
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Excurses

 

 

Online

Temos 57 visitantes e 0 membros em linha

Voos

 

My Hotelbooking