Booking.com

 
 
 

Cidade do México, México

Cidade do México

Erguida a partir das ruinas da capital azteca, Tenochtitlan, a Cidade do México, Distrito Federal e Capital dos Estados Unidos do México é uma mistura única do contemporâneo com a preservação histórica.

 

Férias na Cidade do México, México

No centro econômico e político do país, a segunda cidade mais populosa do continente americano e uma das maiores metrópoles do mundo, Museus, restaurantes e parques de nível internacional servem as várias culturas que habitam nesta grandiosa cidade. A vida noturna, as lojas e a história constituem atracões únicas.

 

A Cidade do México, com 8 864 370 habitantes é a cidade mais populosa do México e da América do Norte.

Durante o seu desenvolvimento e crescimento demográfico nos últimos dois séculos, a Cidade do México foi incorporando vários povoados vizinhos. A sua referida região metropolitana, nomeada oficialmente como "Zona Metropolitana do Vale do México", que reúne mais de 40 municípios além da capital e abriga mais de 20 milhões de habitantes.

 

Como chegar à Cidade do México

Aeroportos em Destaque na Cidade do México e arredores:

Aeroporto Internacional da Cidade de México (MEX) 5,3 km

Lic. Adolfo Lopez Mateos International Airport (TLC) 47 km

Aeroporto de Huejotsingo (PBC) 85 km

General Mariano Matamoros Airport (CVJ) 67,9 km

 

Tranferes do Aeroporto e transporte por terra na Cidade do México

 

 

Onde Ficar na Cidade do México

 

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias na Cidade do México

 

 

Os melhores locais para ficar na Cidade do México

 

 

Centro Histórico da Cidade do México

Centro Histórico da Cidade do México

Por motivos mais do que óbvios, o centro histórico da Cidade do México é a primeira escolha de local para procurar alojamento. É aqui que se concentram as principais e mais populares atrações da cidade.

Outrora chamado de Tenochtitlán, foi aqui que a Cidade do México foi fundada em 13 de Março de 1325 no topo de uma ilha no lago Texcoco.

O lago já encontra-se seco há muito tempo, e hoje a enorme Plaza del la Constitución (mais conhecida como  Zócalo) – ilustra permanentemente uma enorme bandeira mexicana.

 Sede do governo desde os tempos dos astecas, o Centro Histórico é rodeado por uma arquitetura fantástica de todos os tempos: o Templo Mayor, um templo asteca que foi uma vez o mais importante da América do Norte; a Catedral Metropolitana, a maior e mais antiga do hemisfério; e a Torre Latinoamericana, que já foi o prédio mais alto da América Latina, e ainda hoje uma das maiores estruturas antissísmicas do mundo.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias no Centro Histórico

 

 

 

Zocalo / Plaza del la Constitución

Zocalo

Localizada no coração da Cidade do México, no centro da capital asteca Tenochtitlán, a Plaza de la Constitución - mais conhecida como Zocalo - é onde o antigo e o novo México se encontram.

Ruínas pré-hispânicas estão lado a lado com impressionantes estruturas coloniais, e os executivos engravatados passam entre artistas de rua e vendedores de artesanato tradicional.

Esta praça também é um local de encontro para protestos políticos e comemorações culturais - e é o local ideal para provar o sabor da verdadeira Cidade do México.

Passe pelo vizinho Palácio Nacional, ao leste de Zocalo, onde murais enormes de Diego Rivera retratam a vibrante história da nação. Depois, passe através das portas da Catedral Metropolitana para vislumbrar a arte colonial religiosa e impressionantes altares dourados. E para relaxar, siga para o Gran Hotel Ciudad de Mexico, onde as vistas incríveis e os coquetéis do bar na cobertura completam o dia perfeito.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias no Centro Histórico

 

 

 

Plaza Garibaldi

Plaza Garibaldi

Um dos locais mais famosos e populares da Cidade do México, aqui, na Plaza Garibaldi, a rua tem uma animação permanente com música, apresentações e espetáculos e mariachis.

Nada como tomar um copo numa das esplanadas da praça, os lugares privilegiados para assistir a todo o movimento, enquanto bandas de mariachis passam entre os clientes apresentando suas músicas tradicionais.

O vizinho Museu da Tequila e Mezcal, logo atrás do Jardim Agave, é um dos locais perfeitos para uma visita a para aprender mais sobre os mais famosos destilados mexicanos.

Há que fale que a Plaza Garibaldi é local de frequentes assaltos a turistas e de preços altos nos bares e restaurantes, no entanto a segurança tem sido reforçada e a Plaza Garibaldi é cada vez mais popular na Cidade do México.

 

Alameda Central da Cidade do México

A Alameda Central da Cidade do México foi criada como um espaço verde público em 1592, quando o vice-rei Luis de Velasco ordenou a plantação de dezenas de árvores de álamo na parte mais valorizada da cidade. Não foi até o final dos anos 1700, no entanto, que ela foi remodelada à sua glória atual.

O parque foi primeiramente agraciado com cinco fontes maravilhosas, cada uma ecoando os gostos extravagantes de Louis XIV, o "Rei Sol" da França, que foram, então, cercadas por uma paisagem adequadamente elegante. Mais tarde, o presidente Porfirio Díaz, conhecido por suas realizações arquitetónicas, fez com que o Palácio de Belas Artes fosse construído acima do parque. Hoje em dia, é um local popular, especialmente nos finais de semana, quando as famílias se reúnem sob as árvores espalhadas pela área.

 

 

La Condesa

La Condesa

Restaurantes internacionais, populares casas noturnas e bares descolados alinham as ruas sombreadas de La Condesa, um distrito em ascensão no Cuauhtemoc Borough da Cidade do México.

Logo ao oeste de Zocalo, este vizinhança jovem é conhecida por seus moradores atraentes, executivos de moda e artistas inovadores. Seus cafés tranquilos, galerias exclusivas e butiques elegantes oferecem o ambiente ideal para passar uma tarde agradável na cidade, e a arquitetura Art Deco que remonta ao início do século 20 torna os passeios por aqui pitorescos.

Pare pelo Teatro Trólebus, onde carrinhos abandonados proporcionam um cenário criativo para invenções teatrais e mostras de arte, ou caminhe até o conhecido Parque México. Anteriormente uma pista de corrida, este espaço verde desde então se tornou o centro do distrito e é reconhecido pelo Instituto Nacional de Antropologia e História como uma parte importante de charme singular da Cidade do México.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias La Condesa, Cidade do México

 

 

San Angel

San Angel

Um bairro muito querido no extremo sudoeste da Cidade do México, San Angel é conhecido por suas estreitas ruas de paralelepípedo, sua atmosfera de cidade pequena, e sua autêntica comida mexicana, artesanato e cultura.

Não sendo um bairro onde existe muito alojamento turístico para férias, é no entanto, ideal para visitar, especialmente para conhecer a Cidade do México dos tempos coloniais.

 A cultura do café é popular por aqui, e muitos optam por passar o dia tomando 'café con leche' e assistir os artesãos vendendo suas mercadorias no mercado público ou no popular Bazaar, aos sábados.

A arquitetura colonial se destaca na cidade, com pequenas taquerias alinhando Zócalo (praça da cidade), e as lojas de luxo pontilhando as ruas de paralelepípedo.

Vá ao parque para um passeio agradável sob a sombra das árvores, e veja a vida passar como os moradores daqui fazem. San Angel é conhecido como um dos mais belos bairros da Cidade do México, e a elite da cidade fixou residência aqui há décadas.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em San Angel, Cidade do México

 

 

 

 

Paseo de la Reforma

Reforma

A França tem a Champs-Élysées, Nova Orleans, a St. Charles Street, e a Cidade do México tem o Paseo de la Reforma. Mais do que apenas uma importante via que atravessa a cidade, a rua é um marco que lembra a intrincada história da Cidade do México.

Encomendada pelo imperador então recém-coroado Maximiliano, o Paseo de la Reforma foi construído para conectar o centro da cidade à sua residência imperial, o Castelo de Chapultepec, no parque Chapultepec.

Originalmente batizada em homenagem à sua amada, ela era chamada de Paseo de la Emparitz. Após a execução de Maximiliano e a libertação do povo mexicano, a rua foi rebatizada de Paseo de la Reforma, e desde então manteve-se como uma prova da resiliência do povo mexicano. Hoje em dia, os prédios mais proeminentes da Cidade do México ficam ao longo da avenida. Durante o tempo do governo do Presidente Diego, a via ficou popular com a elite mexicana, e algumas casas em estilo europeu foram construídas aqui.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Reforma, Cidade do México

 

 

Polanco

Polanco

Para os visitantes que procuram experimentar como a outra metade vive no México, não há lugar melhor do que Polanco.

Esta área de luxo no bairro Miguel Hidalgo da Cidade do México é o lar de algumas das famílias mais ricas e influentes do país. Os hotéis mais luxuosos, os mais caros restaurantes e as mais descoladas casas noturnas da cidade alinham as ruas das cinco colônias que compõem este distrito.

Os principais shoppings como Antara Polanco e Plaza Carso atraem clientes em busca do melhor destino de compras, enquanto um passeio até a bela Avenida Presidente Masaryk proporciona uma perspetiva das propriedades e vitrines mais exclusivas e caras de Polanco.

Mas Polanco é mais do que luxo. Os visitantes podem passear por Chapultepec e Parque Lincoln, ou aprender mais sobre a cultura em uma visita ao Museu Nacional de Antropologia e ao Museu de Arte Moderna, também no bairro.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Polanco, Cidade do México

 

 

Xochimilco

Xochimilco

Perfumado com flores e lotado de trajineras, uma espécie de gôndola alegremente pintada para refletir a exuberante beleza dos canais, os Jardins Flutuantes de Xochimilco já foram o celeiro agrícola da Cidade do México. Atualmente é uma autêntica atração para os jovens apaixonados e turistas em busca de uma tarde romântica.

Xochimilco_embarcaderos

Embora a maioria dos inúmeros canais astecas já tenham sido drenados, o subúrbio de Xochimilco ("Lugar das Flores") oferece um vislumbre da beleza antiga de Tenochtitlán.

Os "jardins flutuantes" que uma vez alimentaram a nação estão menores, mas permanecem; e os trajineras agora podem vir equipados com motores, mas continuam sendo festivamente decorados, e muitos carregam mariachis e oferecem um agradável serviço de "restaurante".

 

 

Coyoacan

Coyoacan

A Villa Coyoacan são 29 quadras de um dos bairros mais charmosos da Cidade do México. Também um dos bairros mais antigos da região, a área é cheia de ruas de paralelepípedo, museus de contracultura, e pequenas praças que remontam aos tempos coloniais espanhóis e têm uma atmosfera absolutamente encantadora.

Classificada como uma das melhores áreas urbanos para se viver, Coyoacan é onde Diego Rivera, Frida Kahlo, Leon Trotsky escolheram morar, e museus dedicados a eles agora ocupam as suas antigas casas. Tranquilo nos dias de semana e repleto de cultura e música quando chega o final de semana, Coyoacan é mais do que simplesmente um bairro agradável - é um celeiro de cultura e um local imperdível na Cidade do México.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em CoyoacanCoyoacan

 

 

O que Fazer na Cidade do México / O que Visitar

O Museu Nacional de Antropologia, as Piramides de Teotihuacan, o Castillo de Chapultepec, o Museo Memoria y Tolerancia, o Palacio de Bellas Artes, o Ballet Folklorico de Mexico, o Edifício de Correos, o Museu Dolores Olmedo Patino, Coyoacan, o Palacio Nacional), o Antigo Colégio de San Ildefonso, o Paseo de la Reforma, Museo del Templo Mayor ou o Museo Franz Mayer são locais simplesmente imperdíveis entre atracções que parecem não ter fim nesta grande metrópole.

 

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer na Cidade do México

Planeie com antecedência aquilo que pretende fazer durante as suas férias na Cidade do México e reserve aqui as suas excursões, passeios a atividades favoritas aqui, evitando perdas de tempo no destino e eventuais dissabores de última hora. 

 

Os mercados da Cidade do México

Os mercados de rua são, por si só, uma verdadeira atração em qualquer destino, no entanto na Cidade do México excedem as expetativas de qualquer visitante e surpreendem.

Desde os mercados de agricultores vendendo produtos locais às feiras de artesanato com excelentes obras de artistas daqui, passando pelos produtos mais incríveis de imaginar, os mercados da Cidade do México são lendários. Dos imensos mercados de rua existentes na Cidade do México, destacamos o Mercado de Artesanías La Ciudadela, o Mercado de San Juan, o Mercado La Merced e o Mercado San Angel.

 

Mercado de Artesanías La Ciudadela

Ideal para compras de artesanato de boa qualidade fabricado localmente e lembrança da Cidade do México.

O Mercado de Artesanías La Ciudadela, muitas vezes referido apenas como La Ciudadela, é um mercado diário no centro da cidade, conhecido por ter preços razoáveis e uma grande variedade de barracas.

Alguns dos principais produtos que você vai encontrar em La Ciudadela são cobertores coloridos, sombreros, bolsas e outros produtos têxteis. Você também vai encontrar uma infinidade de cerâmicas, utensílios e obras de arte.

 

Mercado de San Juan

Um dos mercados mais antigos da cidade, o Mercado de San Juan foi criado nos tempos coloniais e já tem mais de 150 anos!

Um dos lugares mais populares para fazer compras na cidade, o mercado tem raízes simples, tendo começado com vendedores que colocavam suas coisas para vender em cima de cobertores no chão.

Conhecido por seus produtos gourmet e ingredientes exóticos, ele é o que todos os mercados almejam ser - original, genuíno e útil.

 

Mercado La Merced

Considerado o rei dos mercados da Cidade do México, o  La Merced é um mercado mítico.

Localizado na margem oriental do centro histórico do México, La Merced é o maior mercado de varejo de alimentos tradicionais na cidade, e se estende por uma área de quatro quarteirões.

Fundado em tempos coloniais, La Merced sempre teve o seu espaço.

Ele já foi o principal mercado da cidade, e hoje o que você vai encontrar é um labirinto de barracas que vendem todos os gêneros de alimentos mexicanos imagináveis. Certamente um lugar colorido para fotografar e provar uma coisa ou outra, no mercado La Merced você pode encontrar anchos, asillas, guajillos; frutas, legumes, carnes, doces e muito, muito mais.

 

 

Mercado San Angel

No coração de um belo bairro antigo que já foi reservado para a elite aristocrática da Cidade do México, fica a encantadora Plaza Jacinto, cercada por árvores frondosas, ruas de paralelepípedo e encantadores casarões antigos. É um ótimo lugar para explorar qualquer dia, mas aos sábados, o centro da cidade fica ainda mais animado com o Bazar del Sábado.

Também conhecido como o Mercado San Angel, ele é mais do que apenas um mercado qualquer - embora você com certeza vá encontrar aquela variedade de produtos frescos e comidas baratas típicos dos mercados de rua. Mas, o mais importante, este é o melhor mercado de artes e artesanato de todo o México. Oferecendo peças de todo o país, os vendedores têm lembrancinhas e presentes para todos os gostos, de 'milagros' de $ 1 , a pinturas e esculturas originais de US $ 2.000, e tudo que você possa imaginar no meio.

 

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer na Cidade do México

 

 

Os monumentos Imperdíveis

 

Catedral Metropolitana

Catedral Metropolitana

No centro histórico de uma das cidades mais populosas do mundo, é a primeira e maior catedral das Américas, sede da Arquidiocese do México, e uma autêntica maravilha de se ver.

A Catedral Metropolitana da Cidade do México - ou simplesmente Catedral Metropolitana - é uma sinfonia em pedra, composta por 4 séculos em fachadas múltiplas, exibindo o livro neoclássico, Renascença, e o ornamentado estilo barroco mexicano de bolo de casamento (Churrigueresque).

No seu interior, você encontra cerca de 16 capelas, vários altares e retábulos, uma bela igreja paroquial, e um coro, cada um sendo uma inspirada obra de arte repleta de ouro, pinturas e detalhes esculturais. Acima de tudo, 25 sinos - medidos em toneladas - badalam e embalam a cidade ao redor.

 

 

 

Monumento a la Independência

O Anjo da Independência

Construído em 1910, este emblemático monumento comemora o 100º aniversário do início da Guerra da Independência da nação. Sua imponente coluna de pedra se destaca no horizonte da Cidade do México e ambos motoristas e pedestres podem ver a sua estátua de anjo dourado enquanto transitam sobre o famoso Paseo de la Reforma.

Já reconhecido como um monumento comemorativo, os viajantes hoje em dia descobrem que o Anjo da Independência tornou-se um popular ponto de encontro para moradores e também local para protestos e celebrações - especialmente depois que o time nacional de futebol ganha uma partida. A base do monumento também serve como um mausoléu para vários heróis da guerra mexicana.

 

 

Palácio Nacional

Palácio Nacional

Sede do Governo Federal do México desde a idade dos astecas (pelo menos), o Palácio Nacional - é um edifício de escritórios. Apesar de muitos deles estarem fora do alcance dos seus visitantes, você pode passar pela enorme fachada barroca e desfrutar um pouco de seu amplo interior.

Embora os jardins arqueados e as fontes sejam belos exemplos da arquitetura colonial espanhola, você está aqui para ver os murais do artista Diego Rivera,"Épico do Povo Mexicano". Desde a criação da humanidade por Quetzalcóatl, o Deus da Serpente Emplumada, e a subsequente expansão dos astecas, Rivera o guia por todos os horrores da conquista espanhola e até a misericórdia para os sobreviventes derrotados. Na parte final, a resistência do México perante as invasões da França, dos Estados Unidos e das grandes corporações são retratados.

Há muitas outras obras de arte incorporadas ao Palácio, que guias independentes do lado de fora dos portões norte podem explicar.

 

 

Santuário de Guadalupe / Altar de Guadalupe

Santuário de Guadalupe

Atualmente, o Santuário de Guadalupe é o lugar religioso mais visitado do planeta, e peregrinos atribuem à sua imagem todos os tipos de milagres.

Eles constantemente lotam a enorme basílica, pedindo ajuda com tudo, desde problemas de relacionamento até a cura de um câncer terminal.

Nos dias que antecederam a 12 de dezembro, peregrinos de todo o mundo se juntam nas festividades: há desfiles, fogos de artifício e missas especiais.

 

 

 

 

Castelo de Chapultepec

Chapultepec

Localizado a mais de 2 mil metros acima do nível do mar, Chapultepec já abrigou soberanos, serviu como uma academia militar e até foi um observatório.

Em 1996, o castelo também foi transformado na mansão dos Capuleto, para o filme Romeu e Julieta.

Até 1939, o Castelo de Chapultepec serviu como a residência presidencial. Em seguida, uma nova lei mudou-a para outro local e o castelo virou o lar do Museu Nacional de História e do Museu Nacional de Cultura. Um passeio por estas salas, seguido por um tour pelo exuberante jardim do castelo, é uma programação perfeita de passar uma tarde na Cidade do México.

 

 

 

 

Palacio de Bellas Artes

Palácio das Belas Artes

Considerado um dos mais belos prédios do mundo, o Palácio de Belas Artes da Cidade do México é uma síntese harmoniosa de Art Nouveau, Art Deco e barroco, um estilo às vezes chamado de "porfiriano", em homenagem ao presidente mexicano obcecado por arquitetura, Porfirio Díaz, que encomendou o projeto.

O exterior, rodeado de jardins, ergue-se em elegantes colunas e cúpulas acima da interessante Alameda Central, em verde. No interior, está uma exposição excepcional de arte, com uma coleção permanente de estátuas, murais, e outros belos ornamentos. Além disso, há exposições regulares de arte de classe mundial abertas ao público.

Além de suas atrações durante o dia, você pode apreciar a excelência acústica do edifício, conferindo uma apresentação no seu Teatro Nacional. Artistas internacionais aparecem com frequência, mas tente ver o Ballet Folklórico de México Compania Nacional da própria Cidade do México ou a Orquestra Sinfônica Nacional.

 

 

Pirâmides Teotihuacan

Cidade pré-hispânica de Teotihuacán

Ao norte da Cidade do México ficam as misteriosas Pirâmides de Teotihuacan, construídas por volta de 300 aC como peça central de uma cidade enorme, muitas vezes comparada a Roma Antiga. Elas foram inexplicavelmente abandonadas séculos antes da chegada dos astecas, que chamaram a antiga maravilha arquitetónica de "Local de Nascimento dos Deuses".

Nem os Aztecas nem os arqueólogos modernos conseguiram desvendar os segredos dessas gigantescas ruínas, construídas de acordo com medições astronômicas precisas, cujo interior é repleto de corpos de vítimas de sacrifícios - sendo, talvez, um lugar onde rituais sangrentos foram realizados para protegê-los do fim do mundo. Mas ninguém realmente sabe.

Pyramid of the Sun, Teotihuacán

Este local místico é um dos mais enigmáticos e impressionantes pontos arqueológicos da América do Norte. Sua vasta extensão ainda está coberta com ricas e detalhadas estátuas de pedra e pinturas hoje desbotadas.

 

 

Templo Mayor

Templo Mayor

Em 1978, um problema elétrico perto do Zócalo, coração colonial espanhol da Cidade do México esteve na origem na redescoberta do Templo Mayor. Trabalhadores escavaram uma pedra de oito toneladas que ilustra Coyolxauhqui, a deusa asteca da lua.

As antigas suspeitas dos arqueólogos de que o Templo Mayor encontrava-se sob este bairro foram finalmente reconhecidas. Ao longo da década de 1980, estruturas espanholas foram removidas enquanto as escavações revelavam uma riqueza inestimável de tesouros de todas as partes do império asteca. A antiga pirâmide foi danificada pelo desenvolvimento espanhol, mas há muito para ver, como paredes cheias de crânios e enormes esculturas.

 

Universidade Nacional do México

A Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) não é uma universidade qualquer. Foi iniciada em 1551 pelo Rei Filipe II de Espanha (quando era chamada de Real e Pontifícia Universidade do México) e é a mais antiga universidade na América do Norte, e a segunda mais antiga de toda a América.

Hoje, é a maior universidade no México e tem uma forte ênfase na pesquisa e impacto cultural. Mas a UNAM não é apenas para os alunos; turistas que amam a história e estão na Cidade do México também vão gostar de visitar este prestigiado local.

O principal atrativo para os visitantes é ver o Campus Central Universitário, que não foi construído até 1950. O Campus Central da Universidade é uma obra de arte em si próprio, graças à sua arquitetura moderna cujo ponto focal é o bloco maciço de um prédio com o lado decorado por murais feitos por Diego Rivera, Siqueiros, Diego Alfaro e outros artistas proeminentes.

 

 

Murales de Diego Rivera

Nenhuma viagem à Cidade do México está completa sem uma paragem no Murales de Diego Rivera.

Aqui é possível ver a mais famosa obra de arte do país, do artista que é provavelmente o mais amado da nação. O enorme afresco "Sonho em um domingo à tarde na Alamdea" foi pintado em 1947 e originalmente abrigado no grande salão de baile do Hotel del Prado, antes dos danos de um terremoto que renderam à sua mudança para a localização atual.

Medindo 15 x 4 metros, o conhecido mural de Rivera retrata momentos épicos da história do México e inclui líderes políticos famosos, bem como cidadãos comuns. Um esboço nas proximidades identifica as múltiplas figuras históricas representadas na obra-prima de Rivera, e enquanto é possível ver o afresco em questão de minutos, os visitantes devem se programar para ficar pelo menos uma hora apreciando a riqueza de detalhes desta grandiosa obra.

 

 

Igreja de San Juan Bautista

A Igreja de San Juan Bautista fica no bairro de Coyoacán, na Cidade do México, e é uma das mais antigas igrejas daqui. Trata-se de uma igreja católica conhecida por sua combinação de arquitetura barroca e colonial. É um destaque da histórica Plaza Hidalgo, que atrai muitos turistas da cidade. Em 1934, esta igreja passou a ter estatuto de monumento nacional do México.

A Igreja de San Juan Bautista remonta ao final dos anos 1500, quando foi construída durante a ordem franciscana. A fachada de pedra e caiada de branco ainda remonta ao século XVI. No interior, no entanto, não muito dos seus primeiros dias pode ser visto, embora uma reconstrução recente tenha sido realizada para manter a sua estética fiel à original, e foi essa renovação que conferiu à igreja o seu esplendor glorioso de arte e decoração. Enquanto você caminha ao longo da nave, não deixe de reparar no espetacular teto esculpido com alívios em relevo.

 

 

 

Museus de visita Obrigatória na Cidade do México

 

Museu de Arte Moderna

Um tesouro da Cidade do México, o Museu de Arte Moderna fica no Parque Chapultepec e é famoso por abrigar grandes exemplos de arte e fotografia do século XX, bem como exposições que combinam tradições antigas e modernas, o museu é realmente impressionante. Basta caminhar até a frente do prédio e você já vai notar o excelente trabalho feito nos bem cuidados jardins.

Os fãs de Frida Kahlo e Diego Rivera podem apreciar o 'Las do Fridas', talvez a obra mais famosa de Frida Kahlo, enquanto os fãs de Diego Rivera verão os murais ao ar livre em exposição. Inaugurado em 1964, o Museu de Arte Moderna tornou-se uma grande atração nesta cidade cheia de museus.

 

 

Museu Diego Rivera-Anahuacalli

O Museu Diego Rivera-Anahuacalli, comumente chamado apenas de Museu Anahuacalli, pode até ficar meio escondido na Cidade do México, mas vale a pena o esforço para encontrá-lo. Diego Rivera foi um pintor famoso, conhecido por seu estilo e murais cubistas. Ele viveu na Cidade do México durante a maior parte da sua vida e foi casado com a artista Frida Kahlo.

O Museu Anahuacalli foi projetado por ele e abriga artefatos antigos que o pintor acumulou durante a sua vida, bem como algumas de suas próprias obras de arte. O museu foi aberto em 1964, após a morte de Rivera, embora o layout e design de Anahuacalli tenha sido planejado pelo artista antes da sua morte. O prédio em forma de pirâmide feito de pedra vulcânica é impressionante por si só, mas o verdadeiro fascínio do museu fica lá dentro, onde 2 mil artefatos de sua enorme coleção de arte pré-colombiana estão alojados. Um passeio pelo museu revela a história de antigas civilizações do México, um tema bastante apreciado por Rivera.

 

 

Museu Franz Mayer

Inaugurado em 1986 para abrigar, exibir e curar a maior coleção de arte colonial do México, esta espantosa exibição artística fica em um hospital espanhol do século XVI, por si só charmoso.

Este museu é um deleite para os amantes de antiguidades, história e arte. Apresentado como uma coleção de peças selecionadas pela sua qualidade histórica, ele conta a história da Cidade do México antes de ela se tornar o que é hoje em dia, através de objetos de decoração da época, permitindo-lhe obter uma perspectiva aprofundada de como era a vida no México colonial.

Situado no lado oposto ao Museu de Bellas Artes no Zocalo, o Museu Franz Mayer leva os seus visitantes a uma outra época e oferece uma experiência acessível e interessante, com exposições do sudeste da Ásia, Europa, Inglaterra e da América Latina. Confira a cerâmica, prata e tapeçarias da coleção do próprio Franz Mayer.

 

 

Museo Frida Kahlo

Museo Frida Kahlo

La Casa Azul foi o local de nascimento da icônica artista Frida Kahlo (1907-1954), cujos atormentados auto-retratos, e a apaixonada e tumultuada vida com o muralista Diego Rivera lhe conferiram um status lendário.

Sua casa, hoje um dos museus mais populares da Cidade do México, não tem uma incrível coleção de seus próprios trabalhos, embora existam vários esboços e peças menos famosas para conferir. Em vez disso, os quartos e jardins - ainda em grande parte no mesmo estado em que ela os deixou - oferecem uma boa perspectiva sobre a sua vida como uma esposa, amante, artista e socialista da cena intelectual da cidade durante os anos de 1920 a 1930. Muitas coisas podem ser vistas, dos seus pincéis e telas, a arte pré-colombiana colecionada pelo seu marido, e até mesmo a prótese de perna que ela usou nos meses anteriores à sua prematura morte, prometendo emocionar até mesmo os visitantes que não conhecem nada do seu trabalho.

 

 

Museu Leon Trotsky

Localizado no bairro Coyoacan, na Cidade do México, fica um famoso monumento em honra a um dissidente do governo. O Museu Trotsky homenageia o famoso revolucionário russo Leon Trotsky, conhecido pela sua participação na Revolução Bolchevique, sua aversão aos ricos e sua desaprovação do então líder russo, Stalin. Trotsky e sua família fugiram para o México após ele ter sido sentenciado à morte, em 1939.

Foi aqui, nesta casa-museu, que Trotsky passou seus últimos dias e sobreviveu à primeira tentativa de assassinato, antes de sucumbir a uma segunda. Os buracos de bala da primeira tentativa de assassinato ainda estão nas paredes, e o resto do museu também mantém a aparência da época, quando Trosky e sua família viveram aqui em exílio. O museu inclui a casa, uma área de jardim e as paredes externas com uma torre de guarda. O complexo foi declarado um monumento histórico em 1982 e, em 1990, deu-se o 50º aniversário do assassinato de Trotsky.

 

 

Museu Nacional de Antropologia

Museo Nacional de Antropología

É fácil passar um dia inteiro explorando os cerca de 8 hectares que compõem o museu mais visitado da Cidade do México. Inaugurado em 1964, o Museu Nacional de Antropologia abriga a maior coleção de arte mexicana tradicional do mundo, incluindo a famosa Pedra Asteca do Sol (embora as gigantes cabeças esculpidas do povo olmecas, descobertas nas profundezas das selvas de Tabasco e Veracruz, sejam igualmente impressionantes).

Cada uma das 23 salas de exposições permanentes do museu é dedicada a uma região cultural ou grupo indígena diferente, tornando o museu um local ideal para aprender sobre a rica história do país e as tradições de sua diversificada capital.

 

 

 

Museu Tamayo

No final dos anos 1960, Rufino Tamayo começou a utilizar sua vasta riqueza para colecionar o que viria a se tornar uma impressionante exibição de arte contemporânea internacional. Não querendo exibir o trabalho artístico em qualquer lugar, mas em um espaço conceitual, Rufino Tamayo trabalhou com os arquitetos Abraão Zabludovsky e Teodoro González de León para concluir este icônico e convincente museu de arte moderna.

Antes de morrer, Tamayo doou o coleção e a construção ao povo mexicano, e estabeleceu um fundo para os custos operacionais e de manutenção de funcionamento de um dos museus mais bem sucedidos da história do México. Hoje em dia, os visitantes do surpreendente local podem caminhar pelos corredores do museu e estudar as obras-primas de grandes nomes artísticos como Picasso, Joan Miró e Rene Magritte, bem como uma bela seleção da curadoria para exposições contemporâneas que estão por lá regularmente.

 

 

 

Ex-Convento del Carmen

O Ex-Convento del Carmen é um antigo mosteiro que hoje em dia abriga um museu. Foi construído no século XVII e apresenta um estilo simples de arquitetura de igreja colonial, com uma atmosfera serena e um tranquilo pátio.

O museu no Ex-Convento del Carmen é o lar de uma variedade de obras de arte religiosa, mais notavelmente pinturas do século XVI até o século XVIII. Outro aspeto interessante - e, possivelmente, sinistro, dependendo do ponto de vista - é encontrada na cripta. Lá em baixo, você vê uma coleção de múmias muito bem conservadas. Estes 12 cadáveres humanos mumificados são um dos destaques da visita da maioria dos turistas ao Ex-Convento del Carmen, então não deixe de conferir a cripta antes de ir embora. As múmias também fazem do Ex-Convento del Carmen um local mais atrativo para as crianças, pois elas vão ficar encantadas de ver as múmias reais.

 

Compras e divertimento na Cidade do México

 

Reforma 222

O Reforma 222 é a versão da Cidade do México de um mega centro comercial repleto de oportunidades de compras que refletem tanto o melhor que o mundo tem para oferecer quanto uma experiência cultural única na Cidade do México.

Refúgio ideal para os consumistas na Cidade do México, o Reforma 222 é composto por três torres que rivalizam com os edifícios mais altos do México, o centro comercial coberto de vidro apresenta algumas das lojas mais sofisticadas da cidade. Swarovski, Lacoste e Zara podem ser encontradas aqui, bem como alguns dos melhores e mais bem sucedidos restaurantes do México (e até destilarias).

Localizado ao longo do famoso Paseo de la Reforma, em meio aos mais altos arranha-céus da Cidade do México, o Refoma 222 contribui para uma agradável e paradisíaca fuga de compras no coração da famosa avenida da cidade.

 

 

Arena Mexico

Este local de luta livre ficou conhecido por ser o famoso palco de batalhas épicas.

Construído em 1968 para acomodar 16,5 mil espectadores, já foi o maior estádio construído para lutas profissionais - provando a popularidade de tal desporto na Cidade do México, que é um pouco diferente da versão americana.

No México, é uma luta não apenas de concorrentes, mas do bem contra o mal, e a multidão (de todas as idades) chega animada para torcer para o seu lutador preferido, independente de qual lado ele representar.

Cervejas são servidas, as regras são anunciadas (embora pouco respeitadas) e, então, todas as apostas estão em jogo. Um evento realmente exclusivo do México, se você quiser entender como funciona, vai ter que comparecer na Arena México e ver os lutadores mascarados apresentarem o seu show.

 

 

 

Estádio Azteca

Um dos maiores estádios do mundo, o Estádio Azteca é um estádio de futebol e o estádio oficial do Club America e da seleção mexicana de futebol. Localizado no bairro de Santa Ursula, na Cidade do México, esta grandiosa estrutura arquitetônica foi construída para acomodar as legiões de fanáticos por futebol que a Cidade do México é famosa por abrigar. Um dos estádios de futebol mais conceituados e notáveis do mundo, o Estádio Azteca foi o primeiro a sediar duas finais da Copa do Mundo da FIFA, bem como a partida das quartas de final de 1986, entre a Argentina e a Inglaterra, onde tanto o gol "Mão de Deus" e o "Gol do Século" foram marcados.

Um fato menos conhecido sobre o Estádio Azteca - agora de propriedade e operado pela Televisa -, durante um breve período no final de 1990, a Televisa estava preocupada com seu memorável estádio compartilhando o mesmo nome da sua rival, a Azteca Television.

 

 

 

Six Flags Mexico

Six Flags México

Um dos mais populares e conhecidos parques de diversões do mundo, o Six Flags é um parque temático de montanhas-russas cheio de personagens mitológicos, de banda desenhada e de desenhos animados que impressiona tanto os jovens quanto os adultos.

Repleto de brinquedos emocionantes e muito entretenimento, o Six Flags Mexico tem 48 atrações para escolher, sendo oito delas alucinantes montanhas-russas e duas diversões aquáticas.

Bem conhecido pelos temas de quadrinhos e desenhos animados, o Six Flags é estruturado como uma pequena cidade. Passeie com a sua família através de Pueblo Mexicano, Pueblo Frances, Pueblo Polinésio, Hollywood, Pueblo Suizo, Pueblo Vaquero e El Circo de Bugs Bunny.

 

 

 

 

 

 

 

 

Atrações na Cidade do México

Para melhor planear as suas férias na Cidade do México, encontra aqui a melhor seleção de Excursões e atividades escolhidas a dedo por nossos conhecedores.

Ler mais

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 63 visitantes e 0 membros em linha