Booking.com

 
 
 

Milão, Itália

Milão

Milão é um dos destinos turísticos mais importantes da Europa, e o segundo da Itália.

 Previsão do tempo para Milão, Itália

Como chegar a Milão

 

Mapa de Milão

 

Aeroportos em destaque

Aeroporto de Milão-Malpensa (MXP) 41,1 km

Orio al Serio Airport (BGY) 45,9 km

Aeroporto de Linate (LIN) 7,2 km

Transferes do Aeroporto e transporte por terra em Milão

 

 

Onde ficar em Milão:

Milão tem inúmeros hotéis, incluindo o luxuoso Town House Galleria, que é o primeiro hotel de sete estrelas do mundo, classificado oficialmente pela Société Générale de Surveillance, e um dos The Leading Hotels of the World.

 

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Milão, Itália

 

Os melhores locais para ficar em Milão:

Brera

Brera

Em uma cidade com tantos bairros da moda, o bairro Brera, em Milão, é um dos mais charmosos. Localizado muito perto do Duomo, no centro histórico, esta é a parte do Milão que pode fazê-lo esquecer da reputação que a cidade tem de agitada.

O bairro Brera é um labirinto de ruas estreitas de paralelepípedo, repletas de lojas e cafés - quando o clima é agradável, as cafeterias atraem todo mundo para essas calçadas, um ótimo lugar para uma parada estratégica. A área comercial chamada Quadrilatero d'Oro fica ali perto, para que você possa conferir as últimas tendêcias fashion de Milão enquanto admira as vitrines.

Além de simplesmente caminhar pelo Brera e desfrutar da atmosfera local, a principal atração do bairro é a Pinacoteca di Brera, um fantástico museu de arte com obras de Botticelli, Rafael, Hayez, Ticiano, Caravaggio, Tintoretto, Mantegna, Piero della Francesca, Rembrandt e Rubens.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Brera, Milão

 

Booking.com

 

 

 

Distrito Navigli

Distrito Navigli

Todos nós estamos familiarizados com os canais de Veneza - mas você sabia que Milão também tem os seus canais? A maioria dos canais da cidade acabou sendo pavimentada, mas um bairro ao sul do centro da cidade ainda tem dois canais visíveis. Um desses canais de Milão é chamado de "naviglio", e tal área circundante ficou conhecida como o distrito Navigli.

Muitos anos atrás, Navigli era conhecido como um bairro de baixo custo de vida. Artistas foram atraídos para cá e montaram sua galerias e lojas, e infelizmente hoje em dia o bairro já não é mais tão acessível para aqueles que uma vez o chamaram de lar. Mas a atmosfera de um distrito artístico ainda é sentida no ar, apesar de ser um pouco mais rústico ao redor. Além das galerias e lojas de arte, Navigli hoje em dia é conhecido pela variedade de cafés, restaurantes e casas noturnas descolados. É uma das melhores áreas de diversão noturna na cidade, e fica super lotado nos finais de semana.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias no Distrito Navigli, Milão

 

 

 

 

 

Porta Nuova

Porta Nuova

Porta Nuova é o nome de um bairro em Milão, projetado principalmente para uso comercial, mas é o nome de um monumento histórico na área.

Localizado ao norte do centro da cidade, o distrito de Porta Nuova foi por muito tempo negligenciado pela cidade, até que um projeto de renovação urbana começou em 2009. O novo horizonte apresenta vários prédios novíssimos (e muito modernos), e o distrito inclui também um grande parque público.

O nome "Porta Nuova" refere-se a um novo portão, e embora o arco que você vê atualmente tenha sido construído entre 1810 e 1813, eles são relativamente novos se comparados aos antigos portões romanos que antes serviam de entrada nas muralhas da cidade.

 

 

Distritos / Bairros de Milão

 

Estação Central de Milão
Città Studi
P. Vittoria
Lorenteggio
San Siro
Fiera Milano
Estação Garibaldi
Niguarda
Ripamonti Corvetto
Porta Romana
Famagosta
Distretto Viale Monza
Certosa
Sempione Centro de Milão Bicocca – Zara
Navigli Brera Chinatown Bovisa

 

 

 

 

 

 

O que fazer em Milão:

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

Milão possui várias atrações turísticas populares, como o Duomo e a Piazza da cidade, o Teatro alla Scala, o Estádio de San Siro, a Galeria Vittorio Emanuele II, o Castelo de Sforza, a Pinacoteca de Brera e a Via Monte Napoleone.

A maioria dos turistas visita pontos turísticos como a Catedral de Milão, o Castelo de Sforza e o Teatro alla Scala, no entanto, outros locais principais, como a Basílica de Sant'Ambrogio, o Navigli e o distrito de Brera são menos visitados e revelam-se menos populares.

 

10 Corso Como

10 Corso Como

Se 10 Corso Como soa como um endereço, é porque realmente é: e vem a ser um dos mais elegantes de Milão, abrigando uma série de atrações e lojas.

10 Corso Como (Dieci Corso Como em italiano) era originalmente uma galeria de arte e livraria, inaugurados em uma construção tradicional milanesa de 1990, por Carla Sozzani. O complexo cresceu ao longo dos anos para incluir um café, uma boutique de moda, um jardim no terraço, e até mesmo um pequeno hotel (com apenas três quartos) - todos no mesmo endereço. O café do 10 Corso Como é particularmente popular para um aperitivo, e conseguir uma mesa pode ser extremamente difícil. Você pode desfrutar da atmosfera de "ver e ser visto" ou simplesmente visitar as lojas.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

Arco della Pace

Arco della Pace

O Arco da Paz é um arco comemorativo em Milão, na Itália. Originalmente chamado de Arco do Triunfo, ele foi construído no início do século XIX em homenagem às vitórias de Napoleão, embora não tenha sido concluído. Vários anos depois, sob o domínio austríaco, a construção foi retomada em algumas fases diferentes e finalmente concluída como Arco da Paz em 1838.

O arco marca o lugar onde a Strada del Sempione chega em Milão. Esta estrada, que continua em uso até hoje, conecta Milão a Paris. O arco foi construído com mármore dos Alpes suíços, e no topo os visitantes podem ver uma carruagem de bronze com seis cavalos conhecido como Vitórias a Cavalo. O arco foi projetado com uma grande passagem central e duas menores, baseado no Arco de Septímio Severo, no Fórum Romano. Ele é decorado com colunas coríntias e várias esculturas, incluindo relevos que apresentam eventos da história italiana após o governo de Napoleão.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

Quadrilatero della Moda

Quadrilatero della Moda

Milão é uma famosa cidade da moda, e não é nenhuma surpresa que tenha um local conhecido como o bairro da moda, ou o Quadrilatero della Moda.

Como em outros distritos de moda em todo o mundo, Quadrilatero della Moda de Milão abriga não só as boutiques e lojas de grife, mas também a sede de algumas das principais casas de design da Itália. Lojas que você pode visitar nesta área incluem Versace, Armani, Gucci, Missoni, Dolce & Gabbana, Zegna, Diesel, Prada e Sisley, entre muitos outras (incluindo muitas marcas internacionais).

Além das muitas oportunidades de compras, você também vai encontrar vários restaurantes, cafés chiques e hotéis de luxo na área. Alguns dos designers têm seus próprios restaurantes e hotéis nos seus estabelecimentos. Várias das ruas são apenas para pedestres, facilitando ainda mais o passeio.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

 

 

Castelo Sforzesco

Castelo Sforzesco

O Castelo Sforzesco é uma enorme e clássica construção de tijolos vermelhos fortificada na borda oeste do centro de Milão.

O castelo foi construído pela dinastia Visconti, mas tornou-se a residência da família Sforza, que estava no poder em 1450. Expressivo e dominador, o castelo é sustentado por grandes muralhas redondas, e uma torre com vista para o pátio central e para os jardins. Leonardo da Vinci ajudou a projetar as suas muralhas defensivas.

Hoje o castelo abriga uma coleção de excelentes museus e galerias. Veja esculturas de Michelangelo no Museu de Arte Antiga na saída do pátio, e uma rica coleção de pinturas de Ticiano e Bellini na Pinacoteca do 1º andar.

As esculturas e o mobiliário de madeira lotam o Museu de Artes Aplicadas, também no 1 º andar, logo ao lado do Museu de Instrumentos Musicais. Você também vai encontrar coleções egípcias e pré-históricas no enorme complexo do castelo.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

Catedral de Milão

Catedral de Milão

A Catedral de Milão, ou Duomo di Milano, é um símbolo muito amado da cidade italiana. Sendo o exemplo mais exuberante do estilo gótico nórdico na Itália, suas torres pontiagudas dominam a Piazza del Duomo, considerada o coração de Milão.

O seu exterior é como uma coleção vertical de pináculos, estátuas alongadas e contrafortes. No topo de sua torre central, uma estátua dourada da Virgem Maria, chamada de Madonnina, impressiona a todos os visitantes.

Esta, que é uma das maiores catedrais do mundo, tem o seu interior à luz de velas com incríveis altares, corredores e janelas de vitral colorido que completam a magia do local.

Um dos destaques da visita é a fantástica vista do seu topo, alcançando os alpes italianos na linha do horizonte em um dia de sol. Suba pelas escadarias, caso esteja em forma, ou pegue o elevador para uma bela vista sobre a cidade de Milão por entre as estátuas e torres da catedral.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

Palácio Real

Palácio Real

Hoje em dia, Milão faz parte de uma Itália unificada -, mas séculos atrás, a cidade era o centro do seu próprio império, e conta com um Palácio Real para provar isso. O Palácio Real de Milão fica ao lado da Piazza del Duomo, uma construção em forma de U com a sua própria praça no centro (chamada de Piazzetta Reale). Os duques de Milão se mudaram para o Palácio Real do Castello Sforzesco no início do século XVI, embora o prédio anteceda essa época. Muito do exterior que vemos hoje em dia data do século XVIII.

Atualmente, o Palácio Real abriga o Museu do Palácio, que traça a história da utilização desta construção; o Grande Museu do Duomo de Milão, bem como exposições regulares de arte contemporânea - incluindo trabalhos de Monet, Picasso, Klimt, Kandinsky e muito mais. As obras de arte em exposição mudam regularmente, vindas emprestadas dos principais museus de todo o mundo.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

 

Basilica di Sant'Ambrogio

Basilica di Sant'Ambrogio

A Românica Basílica de Santo Ambrósio é dedicada ao santo padroeiro de Milão, Ambrósio, bispo de Milão, que a fundou no século 4. Vestido com a elegância do seu bispo, o esqueleto do santo é exibido na cripta da basílica.

A igreja exibe uma mistura de estilos, tendo sido reconstruída no século 11 e bastante restaurada desde então. A construção tem uma fachada medieval lombarda graças ao seu átrio alongado, que data do ano 1098.

Relevos bizantinos coroam as capitais do século 6, e uma elegante galeria forrada com arcos leva à entrada da basílica. Duas torres de alturas diferentes flanqueiam o átrio.

O destaque do interior feito em branco e terracota é o mosaico de Cristo do altar. Você também verá púlpitos e túmulos esculpidos, incluindo o local de descanso final do imperador Louis II.

A Basílica de Santo Ambrósio foi fortemente bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, e amplamente restaurada na sequência.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

Última Ceia de Da Vinci (Cenáculo)

Última Ceia de Da Vinci (Cenáculo)

Independentemente de você visitar Milão devido ao seu amor pela arte ou como um leitor fã do livro O Código da Vinci de Dan Brown, você precisa conhecer o Cenáculo Vinciano para ver o mural de Leonardo da Vinci, A Última Ceia, que inclusive já conquistou seu lugar na lista de patrimônios mundiais da UNESCO.

A famosa obra cobre a parede do refeitório ao lado da Igreja de Santa Maria delle Grazie, na periferia oeste do centro de Milão. A pintura representa o momento em que Jesus prediz que um dos seus apóstolos irá traí-lo.

A obra tem sofrido depredações ao longo dos séculos, devido à umidade, guerras e restaurações mal sucedidas. O último programa de restauração foi concluído em 1999, resultando no enfraquecimento das cores mais vivas utilizadas nas restaurações anteriores, para tons mais suaves.

Excursões, ingressos, atividades e coisas para fazer em Milão, Itália

 

 

 

 

 

Locais de interesse em Milão:

Centros de convenções em Milão: Feira de Milão

 

Estações de comboio em Milão: Estação Porta Garibaldi de Milão

 

Estações de metro em Milão: Duomo (catedral), Estação de Metro de Cairoli, Estação de Metro de San Babila, Via Montenapoleone, Estação de Metro de Palestro, Porta Romana, Estação de Metro Centrale, Estação de Metro de Wagner, Estação de Metro de Lambrate, Porto di Mare, Estação de Metro de Pero, Estação de Metro de Rho Fiera, Cordusio, Missori, Cadorna Metro Station, Crocetta, Santo Ambrósio, Turati, Conciliazione, Porta Genova, Pagano, Gioia, Lima, Lodi T.I.B.B., Buonarroti, Romolo, Gerusalemme Metro Stop, Caiazzo, De Angeli

 

Estádios ou arenas em Milão: Estádio San Siro, Arena Civica, Forum di Assago

 

Instituições em Milão: Hospital Niguarda, Hospital São Rafael

 

Locais de interesse em Milão: Villa Necchi Campiglio, Darsena, Porta Venezia

 

Monumentos ou locais de interesse em Milão: Castelo Sforzesco

 

Museus em Milão: Catedral de Milão, MUDEC, Museu do Século XX

 

Parques em Milão: Parco Sempione

 

Teatros em Milão: Teatro alla Scala

 

Áreas comerciais em Milão: Estação de Metro de Brera, Área de Alta Costura de Milão, Corso Como

 

Áreas populares em Milão: Eataly Milan, Via Savona

 

 

 

 
 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 64 visitantes e 0 membros em linha