Booking.com

 
 
 

Férias em Cracóvia, Polónia

    CracóviaSituada nas margens do rio Vístula, a cidade de Cracóvia remonta ao século VII e é, atualmente, um dos mais populares destinos de férias na Polónia.

 

Como Chegar:

John Paul II International Airport Krakow-Balice (KRK)

 

Uma das mais antigas cidades da Polónia, Cracóvia conta com uma vasta história, cujos primeiros registos oficiais remontam do ano de 966.

Cracóvia foi capital da Polónia ao longo de quase seis séculos (até ao ano de 1596) e foi ainda capital do governo nazista durante a II Guerra Mundial e local do Campo de Concentração de Plaszow e da famosa fábrica de Oskar Schindler.

Uma cidade bastante pitoresca e com um charme único, Cracóvia, atualmente um dos principais centros da vida académica, cultural e artística polaca, assim como um dos polos económicos mais importantes, é certamente um dos grandes destinos de férias ou fim de semana na Polónia.

 

Onde ficar em Cracóvia:

 

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Cracóvia, Polónia

banner 320x50 pt

A melhor seleção de excursões e atividades em Cracóvia

 

A não perder em Cracóvia

Centro Histórico de Cracóvia

Cracóvia

Por muitas que sejam as atrações existentes nesta bela cidade polaca, a mais espetacular e mais famosa é, sem dúvida o centro antigo de Cracóvia.

A Rynek Główny, a praça central, toda em paralelepípedos é a maior da Europa Central e também tem sido o epicentro da vida social, religiosa e política da cidade de Cracóvia desde a Idade Média.

Rynek Główny é ainda nos dias de hoje o coração moderno da cidade, repleta de arcadas Renascentistas esplêndidas da Sukiennce (galeria de roupas), a multi-facetada Basílica de Santa Maria e uma infinidade de cafés e bares.

Da praça, as vielas medievais se desdobram em todas as direções e atraem a atenção de praticamente todos os visitantes.

Nesse distrito encontram-se igrejas barrocas e um conjunto de arquiteturas Gótica, Renascentista e Barroca, assim como 25 museus sobre vários temas desde o Manga Japonês a fotografia e vitrais.

As coleções históricas podem ser visitadas em alguma das filiais do Museu Nacional e no Rynek Underground abaixo do Cloth Hall.

 

 
Basílica de Santa Maria

Basílica de Santa Maria

As majestosas torres da Basílica de Santa Maria dominam o canto nordeste da Rynek Glówny.

A igreja está lá desde os tempos medievais, mas a construção atual feita em tijolos vermelhos e estilo gótico data de 1320.

Foi erguida em substituição à igreja original, destruída pela invasão dos Mongóis no século XIII. A torre norte foi erguida com 80 metros de altura e inicialmente usada como torre de observação.

O seu interior é belissimamente decorado com um céu azul estrelado no teto, muitos ornamentos góticos e belos vitrais que permitem a entrada dos raios de sol.

O altar talhado em madeira é uma obra à parte. Construído pelo artesão alemão Veil Stoss em 1489, levou 12 anos para ficar pronto. Possui 13 metros de comprimento e foi talhado com cerca de 200 imagens bíblicas. O altar está aberto para visitações diariamente a partir das 11h50 da manhã, recomendado para quem quer apreciar as belas imagens da vida da Virgem Maria.

 
Kazimierz (Bairro Judaico)

Kazimierz (Bairro Judaico)

O Kazimierz - ou Bairro Judaico - foi, durante muito tempo, uma cidade independente com suas próprias leis.

Sua história colorida foi determinada pela sua população mista judaica-polaca, e embora a estrutura étnica seja totalmente diferente hoje em dia, a arquitetura oferece uma boa perspetiva do seu passado, com áreas claramente distintas do que eram bairros cristãos e judaicos.

O subúrbio é o lar de muitos pontos turísticos importantes, incluindo igrejas, sinagogas e museus.

A parte ocidental de Kazimierz era tradicionalmente católica, e embora muitos judeus tenham se instalado aqui desde o início do século XIX até a II Guerra Mundial - por exemplo, o principal hospital judaico ficava em ul Skawinska - o bairro preserva muito do seu caráter original, completo pelas suas igrejas.

Uma pequena área de cerca de 300m x 300m ao nordeste da Igreja Corpus Christi, a área judaica de Kazimierz tornou-se, com o passar dos anos, um centro de cultura judaica como nenhum outro no país.

 
Mina de Sal Wieliczka

mina-de-sal-wieliczka

A cerca de 14 quilómetros ao sudeste do centro de Cracóvia, situa-se Wieliczka, localidade bastante famosa pela sua profunda mina de sal que está em operação há 700 anos.

mina-de-sal-wieliczka

A Mina de Sal Wieliczka é um mundo misterioso de poços e câmaras, e tudo foi esculpido à mão a partir de blocos de sal.

Wieliczka

Incluída na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO em 1978, a Mina de Sal Wieliczka é conhecida pelas qualidades conservantes do seu micro clima, bem como pelas propriedades rejuvenescedoras de respirar o "ar salgado" no seu interior.

Existe uma área delimitada, a uma profundidade de 135 metros, que é usada para tratamentos de onde as doenças alérgicas crônicas mediante uma pernoita no local.

 

 

Campos de Concentração de Auschwitz

    auschwitz

O campo de concentração de Auschwitz foi fundado em abril de 1940 num quartel do exército polaco anterior à guerra, nos arredores de Oswiecim.

Originalmente destinado a presos políticos polacos, o acampamento foi "reaproveitado", como um centro dedicado ao genocídio dos judeus da Europa.

Com este objetivo, um campo muito maior em Birkenau (Brzezinka), também conhecido como Auschwitz II, foi construído a 2 km do local original, e outro em Monowitz. Estima-se atualmente que esta verdadeira fábrica de mortos tenha eliminado cerca de 1,6 milhões de pessoas, incluindo 1,1 milhões de judeus, 150 mil polacos e 23 mil ciganos.

    museu-auschwitz

Auschwitz foi apenas parcialmente destruída pelos nazistas em fuga, e os edifícios originais servem até hoje como um atestado sombrio da história do acampamento. Cerca de 13 dos 30 blocos prisionais ainda existentes hoje abrigam exposições, gerais ou dedicadas às vítimas de determinados países ou raças específicas que perderam seus cidadãos aqui.

 

Rynek Glowny (Praça Principal do Mercado)

Rynek Glowny (Praça Principal do Mercado)

Com cerca de 40.000 m2, Rynek Główny, a Praça principal do Mercado de Cracóvia é a maior praça urbana medieval da Europa.

A sua disposição, baseada na disposição de um castro (acampamento militar romano), foi elaborada em 1257 e é mantida até hoje, embora os prédios tenham mudado substancialmente ao longo dos séculos.

A maioria dos edifícios cujas fachadas perecem do estilo neoclássico, têm as suas estruturas básicas bem mais antigas.

Aqui no Rynek Glowny encontra-se o Cloth Hall (o mais antigo centro comercial do mundo, com 700 anos), a torre gótica do Município, do século XIII, a magnífica Basílica da Virgem Maria gótica do século XIV, e a pequena igreja de St Adalbert.

 
Barbican

Barbican

O Barbican é o principal ponto de entrada para a cidade, trata-se de uma enorme estrutura de defesa marcada por sete torres, construída em 1499, altura em que Cracóvia era uma cidade rica sob constante ameaças de ataque, especialmente pelos violentos otomanos.

Atualmente o Barbican assemelha-se mais a um portão de conto de fadas para a cidade, mas naquela época ou era um alívio enorme alcançá-lo são e salvo, ou um sinal do fracasso do plano de ataque à cidade.

O verdadeiro acesso para a cidade era o portão de St Florian, conectado ao Barbican por uma passagem coberta. Mas o Barbican e a série de fossos e muralhas que o isolam, abraçando a cidade, foram o primeiro local de entrada para a Cracóvia durante a Idade Média.

Atualmente, ainda entra na Cidade Velha através do impressionante Barbican.

 

 

Santuário da Divina Misericórdia

Santuário da Divina Misericórdia

 
 
Salão do Pano

Salão do Pano

 
 
Praça dos Heróis do Gueto

Praça dos Heróis do Gueto

 

Destaques em Cracóvia:

Atracções: Krakow Aqua Park

Centros de convenções: Krakow Trade Fairs

Estações de comboio: Krakow Plaszow Railway Station, Estação Ferroviária Central da Cracóvia

Estádios ou arenas: Cracovia Stadium, Wisla Krakow Stadium, Tauron Krakow Arena

Galerias: Krzysztofory Galery, Bunkier Sztuki Modern Art Gallery, Jan Fejkiel Gallery, Foto-Medium-Art Gallery.

Instituições: University Hospital, V Military Hospital, AGH University of Science and Technology

Locais de interesse: Main Market Square, Universidade Jagiellonian, Cloth Hall, St. Mary's Basilica, Izaak Synagogue, Czartoryski Library, Collegium Maius Great College, Barbican of Krakow, Aviation museum in Cracow, Aviation museum, Dragon's Den, Krakow's City Walls, Rakowicki Cemetery, St. Francis of Assisi's Church, Holy Trinity Basilica

Monumentos ou locais de interesse: Adam Mickiewicz Monument, St. Florian's Gate, Town Hall Tower, Old Synagogue, High Synagogue, Basilica of the Body of Christ

Museus: Wawel Royal Castle, Schindler Factory Museum, National Museum of Krakow, Historical Museum of Krakow, Museum of Japanese Art and Technology, Jan Matejko's House

Teatros: Old Theatre, Julius Slowacki Theatre.

Áreas comerciais: Galeria Krakowska, Galeria Kazimierz, Bonarka City Center, Krakow Christmas Market, M1 Shopping Center

Áreas populares: Kazimierz Jewish District, Divine Mercy Sanctuary in Krakow-Lagiewniki

 

 

Distritos / Bairros de Cracóvia:

Old Town, Grzegórzki, Pradnik Czerwony, Pradnik Bialy, Krowodrza, Bronowice, Zwierzyniec, Debniki, Lagiewniki, Swoszowice, Bieżanów – Prokocim, Podgórze, Czyzyny, Nowa Huta, Kleparz, Kazimierz, Wzgorza Krzeslawickie, Podgorze Duchackie, Centrum

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 50 visitantes e 0 membros em linha