Booking.com

 
 
 

Férias em São Petersburgo

Férias em São Petersburgo / Férias na Rússia

São Petersburgo

Capital da Rússia entre 1712 e 1917, São Petersburgo, junto às margens do rio Neva, no Mar Báltico, é um dos destinos mais populares do turismo mundial.

 

São Petersburgo

Das cidades do mundo com mais de um milhão de pessoas, São Petersburgo é a que se situa mais a Norte.

 São Petersburgo

O centro histórico da cidade e o grupo de monumentos constituem patrimônio mundial da UNESCO.

 

Junho é a altura que coincide com o pico da procura turística, altura das famosas noites brancas (de 11 junho a 2 de julho), quando o Sol quase não se põe, e o movimento nas ruas não para. Nos últimos dez dias de junho acontece o Festival White Nights, com inúmeros concertos, festivais, e festas.

 

O Ano Novo é o maior feriado do ano na Rússia e fazer a sua passagem de Ano em São Petersburgo é algo único e certamente bastante agradável.

 

Se escolher fazer a Passagem de Ano em São Petersburgo na Rússia é conveniente reservar o seu Hotel com alguma antecedência.

Hotéis baratos em São Petersburgo

Aqui encontra a melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em São Petersburgo na Rússia

 

História

Em 1 de maio de 1703 (pelo calendário juliano), durante a Grande Guerra do Norte, Pedro o Grande capturou a fortaleza sueca de Nyenskans sobre o rio Neva na Íngria.

 

Algumas semanas depois, em 27 de maio de 1703 (16 de maio no calendário juliano), na parte baixa do rio, na Ilha Zayachy, 5 km distante do Golfo da Finlândia, ele fundou a Fortaleza de São Pedro e São Paulo, a primeira construção de tijolo e pedra da nova cidade.

 

Denominou a cidade de acordo com seu santo padroeiro, São Pedro, o apóstolo. O nome original pretendia soar como holandês, devido à apreciação de Pedro pela cultura holandesa.

 

A cidade foi construída por servos conscritos de toda a Rússia e também por prisioneiros de guerra suecos, sob a supervisão de Alexander Menshikov, para se tornar o centro do governo, uma "janela para a Europa" muito desejada por Pedro o Grande, um imperador reformista de intenções modernizantes. Pedro mudou a capital de Moscovo para São Petersburgo em 1712, antes que o Tratado de Nystad de 1721 terminasse a guerra.

 

Muito embelezada pelos czares posteriores, tornou-se a mais europeia e cosmopolita das cidades russas.

Durante a I Guerra Mundial, mudou de nome para Petrogrado, depois da morte de Lenin, mudou mais uma vez para Leningrado.

 

Muito maltratada durante a II Guerra Mundial, onde mais de um milhão de habitantes morreram durante o cerco nazista, foi lentamente reconstruída, e tem vivido anos de prosperidade durante as gestões dos presidentes Vladimir Putin e Dmitry Medvedev, que nasceram aqui. Em 2010, com quase 5 milhões de habitantes, continua sendo a mais europeia e cosmopolita de todas as cidades russas.

 

O clima em São Petersburgo

Durante a primavera, mais concretamente de Abril a Maio, apesar do clima ser ameno, a neve é uma presença frequente.

 

Junho é a altura das famosas noites brancas, uma altura do ano em que o sol praticamente não se põe.

 

De Julho ao inicio de Setembro registam-se os meses mais quentes do ano em São Petersburgo, no entanto as chuvas repentinas e de pouca duração são uma constante pelo que, é sempre conveniente ter um guarda chuva à mão.

 

De Setembro a Outubro o clima é bastante agradável, apesar das temperaturas começarem a baixar. Nesta altura já existem menos turistas pelo que, poderá ser uma das alturas em que certamente encontrará bons preços quer nas viagens, quer nos Hotéis, tornando as suas férias em São Petersburgo não só mais baratas, como bastante tranquilas e agradáveis.

 

O inverno é frio em São Petersburgo, no entanto as vantagens em visitar esta magnifica cidade Russa durante esta altura, mais concretamente entre Novembro e Março são muitas.

 

Os turistas, russos ou de fora são praticamente inexistentes e as longas filas de verão no Hermitage, são agora inexistentes.

 

As ruas neoclássicas de S. Petersburgo ganham um charme e cor especial com a neve, ficando belíssimas. As temperaturas vão de relativamente amenas até muito frio. Todas as atrações turísticas estão abertas e alguns hotéis oferecem bons descontos nesta altura.

 

O único senão é a necessidade de roupas para aguentar temperaturas na ordem dos -25ºC e ventos terríveis mas depois de restabelecidos do choque inicial e de nos ambientarmos é algo que se supera.

 

O pior perigo não são as temperaturas baixas, é o gelo que torna as belas superfícies de mármore da cidade, combinadas com neve, um autêntico perigo a quem escorregar de se aleijar seriamente.

 

Para além das roupas quentes é recomendável umas boas botas e caminhar com passos curtos e claro muita atenção e cuidado onde pisa.

 

 

Como chegar a São Petersburgo

O Aeroporto Internacional Pulkovo, a cerca de 17 quilómetros a sul do centro de São Petersburgo é um dos principais pontos de entrada dos turistas internacionais em São Petersburgo.

 

Apesar de existirem imensos táxis nos Terminais 1 e 2 que têm tarifas de preços estruturadas e baseadas nas zonas geográficas e poderem ser chamados de cabines de serviço nos halls de chegada existem opções mais baratas.

 

Quem fala russo e tem telemóvel poderá chamar um táxi bem mais barato do que os existentes nos terminais 1 e 2 como, por exemplo os táxis das companhias 068 ou 6000000 (que são também os respetivos números de contato)

O operador anota o pedido e liga de volta informando a matricula, cor e modelo do taxi que segue para realizar o serviço assim como informar do preço, o que não deixa margens para ser enganado na tarifa. Se optar por estas companhias o táxi poderá demorar entra 15 a 20 minutos.

 

A opção mais barata para se deslocar do Aeroporto Internacional Pulkovo para o Centro de São Petersburgo é apanhar um autocarro para a estação de metro mais próxima, a estação Moskovskaya, que vai custar cerca de 19 Rublos (Autocarro 39 : terminal-1, Autocarro 13 : terminal-2).

 

A Viagem da Estação de Moskovskaya, para outra estação de Metro em São Petersburgo terá um custo aproximado de 22 Rublos por bilhete.

 

Poderá comprar os bilhetes de Metro no balcão "Kassa". A estação Moskovskaya faz parte da linha azul que o leva até à estação Nevski Prospekt, a mais central e importante estação de Metro para os turistas que visitam São Petersburgo.

 

 

 

As Atrações de São Petersburgo

São Petersburgo

O Centro Histórico, Patrimônio Cultural da Humanidade é uma das grandes atrações de São Petersburgo

 

Muséu Hermitage

O Museu Estatal Hermitage / Palácio de Inverno - é a principal atração de São Petersburgo, simplesmente imperdível. Este palácio-museu massivo conta com mais de três milhões de peças em exibição. É um dos mais importantes museus do planeta, com obras primas de Rembrandt, Da Vinci, Michelangelo, Rubens e muitos outros, além de incontáveis itens que relembram a história do império czarista.

 

O Museu Russo, em Ploschad Isskustv em frente ao Grand Europe Hotel com ums extensa coleção de pinturas e esculturas de mestres russos é outra das atrações em São Petersburgo. O edifício principal, o Palácio Mikhailovski abriga o acervo principal.

 

Este museu também organiza exposições permanentes e temporárias no Palácio Stroganov, no Palácio de Mármore e no Castelo Mikhailovski.

 

 

O Museu Etnográfico, situado ao lado do Palácio Mikhailovskiy também é bastante Interessante e educacional. São feitas exposições das tradições e costumes de vários grupos étnicos das terras do antigo Império Russo.

 

O Mosteiro Alexander Nevski, localizado na ponta oriental da Nevski Prospekt à beira do rio Neva é outra das atrações a não perder em São Petersburgo. Também abriga o Cemitério Tikhvin onde estão as tumbas de vários grandes compositores russos; Tchaikovsky, Rimsky-Korsakov, Mussorgsky, Balakirev, Borodin, o escritor Fyodor Dostoievsky, e vários outros russos famosos. Metro: Ploschad Aleksandra Nevskogo.

 

 

 

Cavaleiro de Bronze

O Cavaleiro de Bronze em Senatskaya Ploschad (Em frente à Catedral de Santo Isaac) é outra das atrações de São Petersburgo. É a Estátua-símbolo da cidade, homenagem a Pedro o Grande inaugurada em 1782, tema e título de um dos mais importantes poemas da língua russa, escrito por Alexander Pushkin. Seu pedestal tem a fama de ser a maior pedra já movida pelo esforço humano.

 

Fortaleza de São Pedro e São Paulo é outro dos locais de visita obrigatória, Foi aqui que nasceu São Petersburgo. A entrada na Fortaleza é gratuita tendo de pagar entrada apenas para entrar na catedral ou para visitar algumas da exposições. Na catedral estão sepultados os czares Romanov da Russia desde Pedro o Grande.

 

O Museu de Artilharia, Engenharia de Combate situa-se na fortificação atrás da Fortaleza, protegido por um fosso. Aqui poderá visitar uma considerável coleção de armas da pré-história até o presente, incluindo extensa coleção de armamento soviético da IIGM e Guerra Fria. Tanques, mísseis Katyuscha em seus caminhões, milhares de Kalashnikovs. Imperdível para quem se interessa pelo assunto. metro: Gorkovskaya.

 

Almirantado

O Almirantado localizado na extremidade Norte da Nevski Prospekt, ao lado do Hermitage, apesar de não ser aberto a visitas, é um belo prédio com muita história que vale a pena visitar, mesmo que apenas do exterior.

 

A Igreja do Sangue Derramado situada entre a Nevsky Prospekt e o Neva é outro dos locais a visitar em São Petersburgo. É uma Igreja de estilo tradicional construída no exato lugar onde o czar Alexander II foi assassinado num atentado a bomba em 1881. O interior é elaboradamente decorado com mais de 6000 m² de mosaicos.

 

A Catedral Nossa Senhora de Kazan situada entre Nevski Prospekt e o Canal Griboedov (Metro: Nevski Prospekt) é outra das atrações de São Petersburgo, uma catedral cujo exterior neoclássico é impressionante. No seu interior ricamente decorado está a tumba do General Kutuzov, herói da guerra de 1812. A entrada é gratuita.

 

A Catedral de Santo Isaac aberta ao publico diariamente das 11 da manhã às 07 da tarde, exceto às quartas-feiras, dia em que está encerrada, é outra das atrações a visitar durante a sua estada em São Petersburgo.

Próxima ao Almirantado, esta catedral, construída em 1818, tem a terceira maior cúpula de catedral no mundo. Esta cátedra também pode ser visitada à noite e a vista do deck superior (cobrada à parte), um deck que para lá chegar terá que subir 400 degraus, tem uma das melhores e mais espetaculares vistas da cidade, uma panorâmica que vale cada degrau percorrido e cada rublo pago.

 

 

Cabana de Pedro o Grande - Construída em madeira num período de dias foi preservada dentro de um edifício de tijolos no distrito Petrogradskaya, na margem norte do Neva. Próximo ao cruzador Aurora na Petrovskaya Naberzhnaya.

 

 

Ilha Vasilievsky

Vasilyevsky Island

 

Museu Naval (Bolsa de Valores), Birjevaya Ploschad

O edifício da Bolsa de Valores Birja, que hoje abriga o Museu Naval, é a peça central do conjunto da Strelka. Data de 1816 em estilo Neoclássico. O Museu Naval, um dos maiores do mundo, contém imagens históricas da Marinha Russa desde a sua fundação até os dias de hoje, incluindo armamento, modelos de navios e até alguns mastros originais

Existe ainda uma extensa exibição de imagens da II guerra mundial assim como um diorama da tomada do Palácio de Inverno durante a Revolução.

 

Colunas Rostrais. A primeira coisa que se repara quando se vê a Strelka são as Colunas Rostrais, outro símbolo da cidade. Construídas em 1810, são adornadas cada uma com seis rostra (tradicionalmente, as proas de navios capturados), simbolizando o poder da Frota Báltica Russa. Na base das colunas há esculturas representando os grandes rios da Rússia Européia: Volga, Dnieper, Neva e Volkhov. Além do propósito decorativo, as colunas também servem como faróis náuticos, e até hoje suas chamas são acesas em feriados.

 

Estátua de Ivan Kruzenshtern, Naberezhye Leitenanta Schmidta, 17. Uma estátua do Almirante Ivan Kruzenshtern, inaugurada em 1870 em honra ao centenário da morte do renomado militar.

 

Kunstkamera, Universitatskaya Embankment 3 (próxima à Ponte do Palácio; entre pela esquina em Tamozhenny Pereulok)

Famoso nos primeiros tempos pela sua coleção estranha de fetos humanos deformados, preservados em formol, a restante coleção deste museu consiste em bugigangas de várias culturas (mais de um milhão de peças). Seu único atrativo é ser o museu mais antigo da Rússia, estabelecido em 1704 por Pedro o Grande.

 

Palácio Menshikov, Universitatskaya Embankment 15

Gerido pelo Hermitage, exibe a arte e a vida do começo do século 18, num palácio construído para o primeiro governador de S. Petersburgo, e antes dele Pedro o Grande.

O palácio em estilo Barroco foi construído em 1721, uma das primeiras grandes construções em pedra da cidade. Entre os principais destaques desta Palácio a Grande Escadaria e as salas Walnut, Naval e Chinesa.

 

Museu e Galería de Arte Contemporânea Erarta, 29 ª Línea Vasilevsky Island, Edificio 2

Inclui um museu de arte moderna, galerias de arte contemporânea e uma variedade de programas para promover as artes. O Erarta Museu de Arte Contemporânea é o maior museu de estado da arte contemporânea na Rússia.

A coleção do museu é composta por obras criadas por artistas de várias regiões da Rússia na segunda metade do XX e inicio do século XXI.

 

Estátua de Mikhail Lomonosov, Mendeleevskaya ul. Uma estátua do famoso polímata russo do século 18, em agradecimento a seus trabalhos nos campos de matemática, literatura, pintura, mosaico, ciência natural, química, física, mineralogia, história, filologia e outros.

 

 

Museu do Instituto de Mineiração

Visitas apenas através de reserva prévia. É um dos museus geológicos mais antigos e vastos do planeta, contendo mais de 230 mil items, coletados em mais de 80 países. Mesmo que não entre, vale a pena uma visita para admirar a fachada em imponente estilo Imperial, de 1811.

 

Submarino Narodovolets (Vontade do Povo) D-2, Shkipersky protok, 10,

Pequeno museu a bordo de um submarino da 2ª Guerra Mundial (gerido pelo Museu Naval).

Instituto Naval, Naberezhye Leitenanta Schmidta, 17. A mais antiga academia naval da Rússia, fundada por Pedro o Grande em 1701. Famosos alunos incluem Ivan Kruzenshtern, Nikolai Rimsky-Korsakov e outros. Foi completamente reconstruído em 1798.

 

 

Parque e Obelisco Rumyantsevsky, entre ae 1ª e 2ª linhas de Universitetskaya naberezhye. O grande obelisco no centro do parque veio do Campo de Marte, em honra da vitória do Conde Peter Rumyantsev na Guerra Russo-Turca de 1791. No lado sul, procure pelas estátuas dos famosos pintores Repin e Surikov.

 

 

Academia das Artes Russas, Universitetskaya naberezhye, 17,

O maior centro para estudos avançados em artes, fundado por Lomonosov e Shuvalov, foi até o século 20 a única escola deste tipo na Rússia. O impressionante prédio neoclássico data de 1788.

 

 

Museu de Pesquisa da Academia das Artes, (Dentro da Academia das Artes) - Enorme coleção de desenhos, gravuras, pinturas de artistas russos e europeus, esculturas, moldes, em exposição em três andares do prédio da Academia. Há também maquetes da bela arquitetura de Petersburgo, Convento Smolny, Catedral de St Isaac, Castelo Mikhailovsky etc.

 

 

Esfinges de Tebas, (em frente à Academia das Artes). – Contrariamente às outras 6 esfinges existentes nas proximidades, as esfinges de localizadas em frente à Academia das Artes não foram esculpidas por artistas Russos. Foram encontradas em escavações feitas no templo de Amenhotep III perto de Luxor em 1820 e compradas pelo Czar russo após ter sido convencido pelo escritor e diplomata russo Muravyev. Foram instaladas aqui em 1834

 

 

Os Doze Colégios, Universitetskaya naberezhye, 7/9. Um dos muitos edifícios neoclássicos de Domeniko Trezini em Petersburgo, inaugurado em 1742. Consiste de doze prédios idênticos, de três andares, conectados. A fachada principal é na rua Mendeleevskaya, ao invés de no Neva, pois nesta época havia um canal no lugar da rua, e do outro lado dele o mercado principal da ilha. Hoje o conjunto abriga os departamentos universitários de Geologia e Agricultura, e também Admissões.

 

 

Museu Zoológico, Universitetskaya naberezhye, 1 - Taxidermia em excesso, o museu contem mais de 17 milhões de espécimes, embalsamados, montados ou fossilizados (embora, por questão de espaço "apenas" cerca de 500 mil estão em exposição). A coleção começou na Kunstkamera, e cresceu até esta dimesão no período Imperial. Aqui poderá ver o esqueleto completo de baleia azul e o único mamute embalsamado existente no planeta.

 

 

Catedral Andreyevsky, 6 line V.O. - Talvez o mais belo templo da ilha, datado de 1780. A cúpula é emoldurada por três torres, com um campanário no topo. A iconóstase tem 17 metros de altura.

 

 

Igreja da Assunção de Maria, Naberezhye Leitenanta Schmidta, 27 - Cinco domos, construída em 1897. Em 1935, como várias igrejas da Rússia, foi transformada em armazém pelos soviéticos, mas em 1993 foi reaberta para serviços. A cuidadosa restauração começou em 1996 e ainda não acabou.

 

 

Mais informações sobre a Magnífica e Apaixonante Cidade de São Petersburgo

 

Veja também:

 

Férias na Russia: O Custo de Vida em São Petesburgo

Férias na Rússia

Hotéis na Rússia

 

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 123 visitantes e 0 membros em linha