Férias no Tajiquistão

Tajiquistão

Um dos países menos conhecido e consequentemente menos visitado da Ásia, Tajiquistão, a “Terra dos Tajiques" é um destino fascinante onde uma viagem de férias resulta numa autêntica aventura e experiência sem precedentes.

Taijiquistão

Oficialmente designado de República do Tajiquistão,  o Tajiquistão  é um país montanhoso, com uma área de 143.100 km2 e cerca de 8.5 milhões de habitantes, encravado na Ásia central.

Mapa

Limitado pelo Afeganistão ao sul, Usbequistão ao oeste, Quirguistão ao norte, e a República Popular da China ao leste, o Tajiquistão também se encontra junto ao Paquistão, mas é separada pelo estreito Corredor de Wakhan.

Tajiquistão
Nome : Tajiquistão
Capital : Duchambe
Área : 143 100 km²
População : 8 481 855
Governo : República semipresidencialista
Língua oficial : Tajique
Moeda : Somoni tajique (TJS), desde 2000
Países vizinhos : Afeganistão, China, Quirguistão, Usbequistão

 

Larga maioria da população pertence ao grupo étnico tajique, que partilha sua cultura e história com o Afeganistão e persa.

Outrora parte do império Samânido, o Tajiquistão foi uma das repúblicas constituintes da União Soviética durante o século XX.  Após a independência da URSS, seguiu-se uma guerra civil (1992 a 1997). Com o fim da guerra, a estabilidade política em conjunto com a ajuda externa fez com que se registasse um crescimento económico deste país, cuja base da economia é a exportação do algodão e fio de alumínio.

Um dos países mais pobres da Ásia, Tajiquistão é um país onde mais de metade da população vive no limiar da pobreza, com cerca de 20%  a ter que viver com menos de 1,25 dólares por dia.

O Tajiquistão está dividido em duas províncias, uma região autônoma, uma região diretamente administrada pelo Estado e a capital, Duchambe, que possui estatuto especial. Cada província é dividida em distritos:

Sughd (capital: Khujand).

Região de Subordinação à República (capital do país: Duchambe).

Khatlon (capital: Qurghonteppa).

Gorno-Badakhshan (capital: Khorugh).

 

A moeda local no Tajiquistão é o Somoni.

Os cartões de crédito não são habitualmente aceites. O dólar e o euro são aceites nas casas de câmbio.

 

Como chegar ao Tajiquistão

A nível do transporte aéreo, a companhia nacional "Tadjikistan Airlines" ( que não é membro da AITA ) liga Munique e Instambul à capital, Douchanbe, uma vez por semana. Existem atualmente 4 voos semanais para Moscovo.

Aeroportos em destaque

Dushanbe Airport (DYU)

Khujand Airport (LBD)

 

Regime de entrada e estada no Tajiquistão

Para viajar para o Tadjiquistão é necessária a obtenção de um visto de entrada junto dos respetivos postos consulares.

Os portugueses que pretendam permanecer mais de três dias úteis em território tajique devem obrigatoriamente registar os respetivos vistos junto da delegação local do Ministério do Interior (OVIR). Os principais hotéis procedem automaticamente a esta formalidade.

Deverá deixar o território tajique dentro do prazo indicado no respetivo visto.

 

Restrições Aduaneiras

Deverá preencher uma declaração alfandegária à chegada, cujo duplicado deverá ser conservado e apresentado nos serviços alfandegários à saída do país.

 

Onde ficar no Taijiquistão

Hyatt Regency Dushanbe

 Não estando na categoria dos destinos turísticos populares, a oferta hoteleira no Taijiquistão é algo que não abunda.

Excluindo a Capital Dushanbe, que até tem pelo menos 4 hotéis de 5 estrelas, encontrar alojamento hoteleiro propriamente dito no Taijiquistão é coisa rara. No entanto, como já foi referido, o Taijiquistão não é um destino para levar a família e desfrutar de todos os confortos de umas férias convencionais, é um desafio apenas para os viajantes mais aventureiros.

 

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias no Taijiquistão

banner 320x50 pt

 

Principais destinos de viagem no Taijiquistão:

Dushanbe, Chkalovsk, Kairakum, Khorog, Khorugh, Khujand, Kokhi Malika, Kŭlob, Margib, Panjakent, Purud, Qayraqqum

 

 

Condições de segurança no Tajiquistão

O Tajiquistão ainda não se recompôs totalmente da guerra civil que o assolou o país entre 1992 e 1997 pelo que as condições de segurança são algo precárias.

Desaconselha-se qualquer deslocação às regiões da fronteira com o Afeganistão bem como ao vale de Karateguine, na fronteira com o Uzbequistão (riscos de infiltração islamistas e perigo de explosão de minas antipessoal). Deverá ter sempre presente a existência de riscos de atentados terroristas em locais públicos.

Os cortes de energia são frequentes por todo o país, incluindo na capital.

Os cidadãos nacionais que pretendam viajar ao Tadjisquistão deverão informar-se da evolução dos últimos acontecimentos no país, dada a instabilidade e atos de violência que vão ocorrendo em algumas regiões do país.

Deverá manter os cuidados habituais de segurança: Não transportar grandes somas em dinheiro, não viajar durante a noite, sobretudo nas regiões desconhecidas, desérticas ou isoladas; não tentar fugir aos diversos controlos de polícia, da KGB ou do exército, quer nas estradas quer nas cidades, nestas barreiras é habitual a exigência do pagamento de multas por motivos pouco convincentes.

Deverá manter sempre consigo o passaporte que pode ser solicitado em qualquer momento pela polícia.

O Tajiquistão está situado numa região de alto risco sísmico. Nas regiões de montanha, as avalanches, inundações e derrubamentos de terra são frequentes.

 

Transportes no Tajiquistão

Taijiquistão

O Tajiquistão conta com uma infraestrutura rodoviária algo precária. As estradas de montanha e mesmo os principais eixos poderão estar cortados ( incluindo a estrada que liga as duas principais cidades do país – Louchanbe/Khodjent) devido às quedas de neve e desmoronamento de terra. Grande parte das vias são impraticáveis a viaturas de baixo chassis. As estações de serviço são raras e nem sempre estão aprovisionadas. O consumo de álcool é rigorosamente interdito aos condutores.

A infraestrutura ferroviário existente no país é constituída por 500 km e é dirigida em direção ao Uzbequistão, não existindo ligações diretas entre Khodjent ou Khorog e Douchanbe.

 

Cuidados de saúde no Tajiquistão

Os serviços de saúde são muito limitados, ocorrendo surtos de febre tifóide, cólera e hepatite.

Embora não seja obrigatória nenhuma vacina, são recomendadas as vacinas para Difteria/Tétano/Pólio, Tifóide, Hepatites A e B, Meningite.

Em certas regiões, nomeadamente na fronteira sul com o Afeganistão (região de Khatlon), algumas zonas do centro (Douchanbe), a Leste (Gorno-Badakhshan) e a norte (Khodjent) verificam-se, entre os meses de Junho a Outubro, casos de malária. Aconselham-se os viajantes a tomarem os medicamentos preventivos, durante aquele período.

Verificam-se muitos casos de tuberculose em todo o país.

A água não é potável no Tajiquistão, sendo o consumo de água engarrafada fechada imperativo, incluindo para a lavagem dos dentes.

Deverá consultar o seu médico antes de viajar, sendo aconselhável a realização de um seguro de saúde que cubra todas as despesas médicas, incluindo repatriamento explicitamente a partir do Tajiquistão.

 

 

Informações úteis

Convém respeitar a sensibilidade dos habitantes do Tajiquistão, país essencialmente muçulmano, sobretudo ao nível do vestuário e dos comportamentos.

Deverá usar de senso comum se pretender fotografar determinados locais como bases militares, equipamentos e instalações públicas.

Não existe representação diplomática portuguesa no Tajiquistão, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Moscovo.

Endereços das representações consulares portuguesas (postos e secções consulares) no estrangeiro: http://www.portaldascomunidades.mne.pt/

Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal: www.min-nestrangeiros.pt

 

 

O que fazer no Tajiquistão / O que visitar no Tajiquistão

Taijiquistão

Percorrer as principais atrações turísticas do Tajiquistão não é tarefa fácil mas o resultado final é uma experiência única e bastante gratificante porque, excluindo as habituais atrações existentes nas cidades (monumentos e edifícios históricos), o que há para explorar é um património natural agreste mas extremamente belo.

Começando por Pamir, uma cordilheira montanhosa formada pela união das cordilheiras Tian Shan, Karakorum, Kunlun, e Indocuche. Pamir está entre as montanhas mais altas do mundo pelo que explorar este local é um verdadeiro desafio, só ao alcance dos adeptos de trekking mais experientes.

O centro de Pamir é a província tajique de Gorno-Badakhshan, mas a cordilheira estende-se também ao Quirguistão, Afeganistão e Paquistão. Pamir conta com inúmeros glaciares, incluindo o Fortambek, com 231 km de comprimento é o maior glaciar do Tajiquistão.

O pico Ismail Samani também conhecido como Pico Estaline ou Pico do Comunismo (7.490m), o pico da Independência também conhecido como Pico Lenine (7.165 m) e o pico Korzhenevskoi (7.105 m.) estão entre os mais altos do mundo.

 

Outros locais espetaculares no Tajiquistão são o Lago Iskanderkul, as Montanhas Fann,  o Lago Sarez, Ak-Baital Pass, o Lago Yashilkul, Koulikalon Lakes e o Lago Zorkul.

  

Dushanbe, a Capital do Tajiquistão

Dushanbe

Dushanbe, antiga Stalinabad (de 1929 a 1961), Capital e maior cidade do Tajiquistão, situa-se no oeste do país, numa área de 126,6 km2 e perto de 800.000 habitantes.

Dushanbe

Apesar de não ser uma grande cidade em termos de tamanho, é relativamente fácil nos perdermos na cidade, já que a maioria das ruas não tem nome. A cidade em si não tem muito para oferecer em termos de atrações, no entanto existem alguns ponto de interesse, como o Museu Nacional do Tajiquistão, o Palácio Vahdat,  o Jardim Zoológico de Duchambe, o Museu Gurminj de Instrumentos Musicais, o Teatro de Marionetas de Duchambe, as ruínas da Sinagoga de Duchambe, destruída em 2008 e o mastro central de Duchambe, onde pode ser vista a segunda mais alta bandeira nacional do mundo, a uma altura de 165 metros.

No que diz respeito a animação noturna a mesma resume-se a 3 clubes populares que não são nada de especial, para além da musica má estão cheios de prostitutas.

Dushanbe

As ruas em Dushanbe alinhadas com árvores altas tornam um passeio noturno em algo bastante agradável.

O parque Rudaki na cidade apresenta muitas fontes com luzes coloridas. Há também um jardim botânico onde você pode escapar da vida agitada da cidade e desfrutar de um lugar calmo e tranquilo longe do barulho e da poeira.

Somoni

A cidade é o lar de uma enorme estátua de Somoni numa homenagem ao homem que deu o nome à moeda nacional. Apesar de não ser proibido tirar fotos da estátua, alguns policias costumam exigir dinheiro para fotografar a mesma pelo que o melhor mesmo é jogar pelo seguro e o zoom da camara.

Destaque ainda para o Victory Park, excelente para caminhadas, sendo possível subir até ao ponto mais alto, de onde tem ótimas vistas da cidade.

 O Forte Hissar, cuja construção remonta ao século XIII é local de visita obrigatória. O forte abriga alguns pequenos museus que exibem exposições culturais do povo tajique. Apesar de destruído pelas tropas soviéticas durante a tentativa de captura de um dos famoso líderes da revolução organizada pelos chamados Jovens Turcos, Enver Paxá, as ruinas que permanecem são dignas de visita.

O Museu Gurminj de Instrumentos Musicais apesar de pequeno, possui uma ampla variedade de instrumentos musicais interessantes da região da Ásia Central na sua coleção. O Museu organiza frequentemente eventos culturais e musicais que o deixarão fascinado.

O Museu das Antiguidades, também ele de aspeto algo antigo e a necessitar de algumas remodelações, conta  com várias exposições interessantes. Há também um Museu de Etnografia nas proximidades que exibe os tradicionais trajes tadjiques que é bastante interessante e bem mais barato de visitar.

O Museu da Arqueologia em Dushanbe também é digno de uma visita, onde poderá ver o Buda moribundo.

A antiga casa de chá tradicional Rohat Chaikhona apesar de não ser nada de especial em termos de comida, tem uma arquitetura  bastante interessante.

Para os adeptos de concertos baratos ou mesmo gratuitos, o Opera Ballet é o sítio ideal para visitar.

Outras áreas dignas de visita em Dushanbe são o Centro Cultural Bactria, o Teatro Mayokovsky e o Teatro Padida, entre outras salas de concerto existentes.

Bazar

No que diz respeito a compras, o Shakhmansur Bazaar é de visita obrigatória.

Organize as suas viagens de férias aqui

Para além de algumas informações acerca de cada destino, partilhamos aqui algumas ferramentas que utilizamos para organizar as nossas viagens para que também o possa fazer de forma fácil e rápida, economizando algum tempo e dinheiro.
Desde a simples reserva de Pacotes de Férias, Circuitos Turísticos ou Cruzeiros para aqueles que não gostam de ter muito trabalho no planeamento, até às reservas de  voos, hotéis ou outro tipo de alojamento, aluguer de carro e contratação de seguro de viagem, especialmente para aqueles que gostam realmente de escolher tudo e planear as férias ao pormenor.
Disponibilizamos ainda a possibilidade de reservar antecipadamente alguns passeios turísticos e ingressos para atrações no destino, poupando assim tempo e evitando filas de espera nas principais atrações do destino escolhido para as próximas férias.

travel 2 icon

 

Pacotes de Férias

tracking route icon

 

Circuitos

cruise icon
 

Cruzeiros

Transport Airplane icon
 

Voos

Household Bed icon
 

Hotéis

car icon
 

Aluguer de Carro

colosseum icon
 

Passeios Turísticos

insurance icon
 

Seguro de Viagem

 

 

 

A nossa App Android

Hotelbooking QR

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 65 visitantes e 0 membros em linha