Booking.com

 
 
 

Top 10 das várias coisas para fazer em Banguecoque

Banguecoque

A movimentada cidade de Banguecoque é uma verdadeira combinação de visões, sons e cheiros estranhos e maravilhosos, que conquistam qualquer visitante, mais do que uma mega cidade vibrante, é "um ataque total nos sentidos". ..

Visitar Banguecoque é uma experiência viciante para além de ser muito mais barato do que visitar uma cidade europeia ou americana. Os preços do alojamento, apesar de haver para todos os gostos e orçamentos, são baixos comparativamente a outros destinos, assim como a comida, as bebidas e os transportes.

Após o choque inicial dando a sensação de estarmos numa cidade caótica, suja e poluída, começamos a explorar e, à medida que vamos conhecendo minimamente Banguecoque, queremos conhecer melhor.

Independentemente do tempo que ficar em Banguecoque, há sempre algo para ver e fazer e, de modo a simplificar a sua tarefa, deixamos aqui algumas listas de coisas para ver e fazer na Capital Tailandesa.

 

Organize as suas viagens de férias aqui

Para além de algumas informações acerca de cada destino, partilhamos aqui algumas ferramentas que utilizamos para organizar as nossas viagens para que também o possa fazer de forma fácil e rápida, economizando algum tempo e dinheiro.
Desde a simples reserva de Pacotes de Férias, Circuitos Turísticos ou Cruzeiros para aqueles que não gostam de ter muito trabalho no planeamento, até às reservas de  voos, hotéis ou outro tipo de alojamento, aluguer de carro e contratação de seguro de viagem, especialmente para aqueles que gostam realmente de escolher tudo e planear as férias ao pormenor.
Disponibilizamos ainda a possibilidade de reservar antecipadamente alguns passeios turísticos e ingressos para atrações no destino, poupando assim tempo e evitando filas de espera nas principais atrações do destino escolhido para as próximas férias.

travel 2 icon

 

Pacotes de Férias

tracking route icon

 

Circuitos

cruise icon
 

Cruzeiros

Transport Airplane icon
 

Voos

Household Bed icon
 

Hotéis

car icon
 

Aluguer de Carro

colosseum icon
 

Passeios Turísticos

insurance icon
 

Seguro de Viagem

 

 

 

 

Top 10 de Atrações imperdíveis em Banguecoque

 

01 – Complexo do Grande Palácio e Wat Prakeaw, centro histórico de Banguecoque

Grande Palácio

Criado em 1782 pelo Rei Rama I, que estabeleceu a cidade como a nova capital da Tailândia, o Grande Palácio tornou-se a sede Real por 150 anos.

Os marcantes prédios dentro do complexo refletem o espírito de cada monarca sucessor e da época em que eles governaram.

Apesar do falecido Rei Bhumibol Adulyadej nunca ter vivido no Grande Palácio durante o seu reinado (o mais longo reinado), o complexo continua sendo usado para marcar acontecimentos cerimoniais.

Nas terras do palácio, encontra-se a vista mais sagrada da Tailândia - Phra Kaew Morakot (o Buda de Esmeralda), dentro de um belo templo (Wat Phra Kaeo).

Wat Phra Kaeo

O Wat Phra Kaeo é considerado o templo budista mais sagrado do país e é um paládio essencial da sociedade tailandesa.

As suas paredes abrigam a escultura altamente reverenciada do Buda, esculpida num único bloco de jade e datando do século 14.

 Acredita-se que o Buda tenha sido feito no Sri Lanka, e transportado e reverenciado em todo o Sudeste da Ásia, antes de ser trazido do Laos para a Tailândia em 1552.

Horário: Diáriamente das 08:30 às 15:30

Localização: Na Phra Lan Road (Rattanakosin)

 Preço dos Bilhetes: 500 Thb

02 - Wat Arun (The Temple of Dawn) – Rio Chao Phraya

Wat Arun

Situado nas margens do Rio Chao Phraya, o Wat Arun é uma das mais populares atrações de Banguecoque, depois do Grande Palácio. O Wat Arun proporciona uma vista única do nascer e do sol em Banguecoque, daí o nome de “Templo do Amanhecer ou Alvorecer”.

Batizado pelo fundador King Thaksin para significar a ascensão do novo reino (depois de Ayutthaya ser destruído), o Templo de Dawn era, originalmente, muito menor, até a sua expansão durante o governo do Rei Rama III (1824-1851). A população local doou as peças de cerâmica que compõem a singular decoração exterior do templo.

É possível subir no templo para apreciar as vistas do rio, do Grande Palácio e mais além.

Horário de funcionamento: 08:00 -17:30

Localização: No lado oeste do Rio Chao Praya(em frente ao cais Tha Thien)

Preço do Ingresso: 50 Thb

 

 

03 – Os Mercados  Flutuantes de Banguecoque

Mercados Flutuantes

Existem várias opções de mercados flutuantes para visitar em Banguecoque, mais ou menos distante da cidade, dos mais turísticos aos mais genuínos, a escolha é grande por isso não regresse de Banguecoque sem visitar um mercado flutuante.

 

Mercado flutuante Damnoen Saduak, em Ratchaburi

Mercado Flutuante

Existem vários mercados flutuantes não só em Banguecoque, como em toda a Tailândia no entanto, o mercado flutuante Damnoen Saduak, em Ratchaburi é um dos maiores e mais animados da Tailândia. Os vendedores chegam cedo em seus barcos carregados de frutas tropicais, flores e outros produtos frescos, criando um cenário exuberante e vividamente colorido, já imortalizados por fotógrafos do mundo todo.

Nada como agendar a sua visita ao Mercado Flutuante de Damnoen Saduak no inicio da manhã, para assim melhor aproveitar o tempo, pois poderá ainda visitar algumas das atrações nas redondezas, como Rose Garden, Nakhon Pathom ou Elephant Village onde poderá fazer um passeio de elefante e assistir a um espetáculo com macacos.

Aberto diariamente das 07:00 às 11:00 da manhã.

Para aqui chegar poderá sempre optar por uma excursão, contratar um táxi ou vir de autocarro. Apanhe o autocarro no terminal sul para a província de Samut Sangkhram Ratchaburi, situada a 80 quilómetros ao sudoeste de Banguecoque. Ao chegar poderá caminhar ao longo das passagens para o mercado ou alugar um barco para percorrer o mercado.

 

 

Mercado Flutuante Khlong Lat Mayom

Aberto aos Sábados, Domingos e feriados das 09:30 às 16:00. Para aqui chegar apanhe um táxi na estação BTS (Skytrain) de Wongwian Yai (Preço aproximado do taxi: 150 Thb)

 

 

Mercado flutuante de Amphawa

Não constando ainda na maioria dos roteiros turísticos, o Mercado flutuante de Amphawa, é o segundo maior mercado flutuante de Banguecoque, mas p mais genuíno de todos.

 

 

Mercado Flutuante de Bang Khu Wiang

Talvez a melhor escolha para desfrutar de um mercado flutuante tailandês tradicional sem o impulso turístico seja o Mercado Flutuante de Bang Khu Wiang.

Os monges chegam de barco no início da manhã em seu "tak baat" diário e uma variedade de produtos frescos agrícolas comercializados.

Aberto diáriamente das 04:00 às 07:00 da manhã.

Uma das melhores formas de aqui chegar é alugando um barco no Cais de Chang, em Banguecoque e pedir para o levar para Noi-Khlong Om-Bang Khu Wiang Floating Market.

A opção mais barata é apanhar o barco no Cais Wat Chalo Pier  que faz a viagem de 45 minutos para Bang Kruai (5 thb), que sai de 15 em 15 minutos, das 05:00 às 20:00. De Bang Kruai, segue-se uma viagem de 10 minutos de barco para o mercado.

 

 

Bang Nam Pheung Floating Market

A designação de Mercado Flutuante ficaria melhor no caso de Bang Nam Pheung como mercado "mercado ribeirinho", pelo facto de apenas ter alguns barcos a circularem ao longo do canal, com a maioria do comércio disposto em barracas terreno sólido. No entanto a fixação de barracas em terreno sólido é uma prática comum em praticamente todos os mercados, mesmo o famoso Damnoen Saduak ou o Amphawa tem este tipo de barracas ao longo dos locais mais movimentados dos canais e, como este é um tipo de mercado que está florescendo em toda a Tailândia, cada vila perto de um rio tem apresenta a sua própria versão.

 Apesar de Bang Nam Pheung estar relativamente perto de Banguecoque, a poucos quilómetros do lado leste da e Banguecoque, mas não é fácil lá chegar sem recurso a um táxi, por exemplo mas, pelo simples facto de ainda permanecer desconhecido pela larga maioria dos turistas, é um dos excelentes locais para afastar-se um pouco do movimento da cidade e experimentar a vida tranquila da aldeia.

 

 

Mercado Flutuante Taling Chan

Também relativamente próximo de Banguecoque, o Mercado Flutuante Taling Chan é outra das excelentes alternativas em mercados do género, sem ter que fazer longas viagens.

Realiza-se somente aos fins de semana, das  09:00 às 17:00. Para aqui chegar apanhe o autocarro 79 ou 83, que atravessam o rio Chao Praya até o lado de Thonburi, em Banguecoque. O mercado está localizado perto da frente do escritório do distrito de Taling Chan.

 

 

Mercado Flutuante Tha Kha

O Mercado Flutuante Tha Kha oferece um ambiente tranquilo distante da vida tumultuosa de Banguecoque, longe das multidões de turistas atraídos pelos mercados flutuantes mais populares.

À semelhança da maioria dos mercados flutuantes o Tha Kha tem lugar apenas nos fins de semana e realiza-se num ambiente tipicamente do interior tailandês, marcado pela tranquilidade por canais e plantações de frutas na província de Samut Songkhram.

Entre as paisagenss rurais e as tradições locais, os visitantes de Tha Kha irão encontrar os locais ao longo das vias navegáveis vendendo seus produtos em barcos de madeira cheios de flores perfumadas, frutas e legumes frescos, especiarias coloridas e peixe seco.

Apesar de ficar a apenas 10 km do maior e mais famoso Mercado Flutuante Amphawa, este aqui é totalmente relaxante, onde você pode obter uma ideia de como é a vida por aqui e passear ao longo dos canais alinhados com cana de açúcar acompanhado de um guia local.

Em funcionamento aos Sábados e Domingos, das 06:00 às 12:00.

Como chegar: Apenas a 10 quilómetros de distância do turístico Damnoen Saduak, poderá aqui chegar seguindo as mesmas direções do Damnoen Saduak, e posteriormente alugar um taxi para o Tha Kha ou, caso prefira alugar um táxi de Banguecoque diretamente para o Tha Kha (preço a rondar os 500 Thb).

 

 

 

04 - Chinatown (Yaowarat)

Chinatown

Yaowarat, o Chinatown de Banguecoque é uma área vibrante, repleta de lojas, mercados, restaurantes e hotéis, a maioria dos quais concentrada ao longo Thanon Yaowarat (Yaowarat Street). Bastante diferente do resto da cidade de Banguecoque, o Chinatown permanece relativamente intocada pelo desenvolvimento moderno.

É também no Chinatown que se encontra a maior concentração de lojas de ouro da cidade. Há também uma rede menor de ruas e vielas, que revelam mercados abarrotados com qualquer coisa de prendedores de cabelo a talheres.

Ocupado pela comunidade chinesa desde 1700, o Chinatown de Banguecoque tem uma história única e fascinante que poderá comprovar no Centro Yaowarat do Patrimônio de Chinatown em Wat Trai Mit Witthayaram. O centro detalha a evolução de Chinatown e do seu povo, desde os primeiros imigrantes da China até os dias atuais.

 

 

05 - Wat Pho  - Templo do Buda Reclinado, centro histórico de Banguecoque

Templo do Buda Reclinado

Ao lado do Grande Palácio situa-se o Templo do Buda Reclinado (Wat Pho). O Wat Pho é o maior e mais antigo templo de Banguecoque e abriga o Buda reclinado de 46 metros de comprimento e 15 metros de altura, a maior imagem de Buda da Tailândia. O Buda reclinado é decorado com folhas de ouro e seus olhos e solas dos pés são envolvidos por madrepérola.

Para além do Buda Reclinado, existem muitas outras imagens de Buda em Wat Pho,  templo que tem a fama de abrigar mais estátuas de Buda do que qualquer outro templo de Banguecoque.

O Buda Reclinado foi criado para comemorar a recuperação do rei Rama III (1824-1851).

Wat Pho é o berço da tradicional massagem tailandesa, e em 1962 uma tradicional escola de medicina e massagem foi criada aqui. A escola permanece no local e você pode reservar um horário de massagem ou se candidatar para estudar nela.

Horário: Aberto diariamente das 08:00 às 17:00 (Serviços de massagens até às 18:00)

Localização: Em Maharat Road, perto do rio, a cerca de 800 metros a sul do Grande Palácio.

Custo da Entrada: 100 Thb

 

 

06 – Rio Chao Phraya e canais.

Rio Chao

O Rio Chao Phraya (ou Mae Nam Chao Phraya) corre do norte ao sul da Tailândia, concentrado ao longo do principal afluente as cidades mais notáveis e densamente povoadas da Tailândia.

Em Banguecoque o Chao Phraya é uma importante via de transporte. Uma vasta rede de balsas e táxis aquáticos transportam os moradores e turistas ao longo do rio e dos seus canais ou “Khlongs”, levando-os aos principais pontos turísticos da cidade. Para muitos, estes barcos são a forma preferida de se locomover em Banguecoque, cujas ruas são muitas vezes tumultuadas com o tráfego.

Em virtude da competição por clientes por parte das várias de barcos que percorrem o rio e os seus canais, poderá encontrar consideráveis diferenças de preços nas distâncias percorridas.

Poderá começar e explorar o Chao Phraya em Tha Sathon (acessível através do Skytrain em Saphan Taksi), passando por Chinatown, Wat Arun, Wichai Prasit Fort e pelo Grande Palácio.

As águas do Chao Phraya não são das mais limpas, sendo bastante turvas e mesmo fedorentas nalgumas zonas da cidade, no entanto oferecem uma boa perspetiva sobre a cidade de Banguecoque.

 

 

 

07 - Chatuchak Weekend Market, Chatuchak

Chatuchak

Simplesmente imperdível para qualquer visitante de Banguecoque, o Chatuchak Weekend Market, como o nome sugere, apenas se realiza durante os fins de semana, pelo que, caso a sua estada em Banguecoque coincida com o fim de semana, esta é uma atração que deve visitar. Simplesmente imperdível o Chatuchak Weekend Market consiste numa enorme área repleta de bancas onde se vende praticamente de tudo, desde insetos, lavas e baratas fritas, répteis, cachorros, comida exótica e lembranças, a roupas de marca falsificadas e mobiliário de designers de verdade.

Passear no mercado é uma experiência cultural fantástica, mas pode estar quente e ser cansativo. Comece o seu dia mais cedo e aproveite os muitos bares e cafés dentro do mercado para sentar e observar as pessoas enquanto toma algo refrescante. A comida ocidental também está disponível, mas vale a pena se aventurar e pechinchar um almoço tradicional daqui nas muitas barracas.

Chatuchak

Como chegar a Chatuchak

De Skytrain (BTS) siga para a Estação Mo Chit, saía na saida nº1 e limite-se a seguir a multidão até ver filas de barracas de lona a vender roupa. Vire à direita e encontrará uma pequena entrada para o mercado, mais concretamente para a secção da roupa.

De metro(MRT)  siga para a estação Chatuchak Park (saída nº1) e, à semelhança do BTS, siga a multidão até chegar à pequena entrada do mercado, na secção de roupa. Caso pretenda ir diretamente para a secção de plantas e flores do Mercado, a melhor opção de saída no Metro é a estação de Kampheng Phet(saída nº 1).

O mercado de Chatuchak está em funcionamento às Sextas, das 18:00 às 24:00; Sábados e Domingos, das 09:00, às 18:00; e a secção de plantas também está em funcionamento às quartas e quintas-feiras, das 07:00 às 18:00.

 

 

 

08 - Khao San Road, centro histórico de Banguecoque

Khao San Road

Situada a uma distância de cerca de 20 minutos a pé do Grande Palácio, a Khao San Road é famosíssima pela comida de rua, alojamento barato, belos bares ao ar livre onde as bebidas são também incrivelmente baratas e pelas muitas bancas de comércio de rua.

Local de eleição dos viajantes de baixo orçamento de todo o mundo,  a Khao San Road é uma rua tailandesa lendária que começou a desenvolver-se no início dos anos 80,  na altura em que a Tailândia começou a desenvolver-se como destino turístico. O que no inicio era apenas uma rua frequentada por turistas de mochila às costas que alugavam quartos baratos em residências, tornou-se a verdadeira meca para os turistas de orçamento baixo e uma das atrações turísticas de Banguecoque mais procuradas  por todos os visitantes.

Além de atração turística por si só, Khan San Road é um bom lugar para planear viagens dentro da Tailândia ou pelos países vizinhos. Quer goste ou odeie, a energia de Khao San Road é contagiante.

Como chegar a Khao San Road:

Chegar a Khao San desde Victory Monument, Siam, ou Silom custa menos de 100 Thb de Taxi.

Os Autocarros 157, 171, e 509 oriundos de  Victory Monument (Paragem do Hospital Rajavithi) passam pela Ratchadumnoen Road. Poderá sair na intersecção de Khok Wua, a paragem imediatamente a seguir ao Democracy Monument. Khao San Road está apenas a uma curta caminhada daí.

 

 

09 - Soi Cowboy - Distrito de Luz Vermelha

Este distrito de luz vermelha de Banguecoque recebeu o nome de Soi Cowboy depois de um afro americano que usava um chapéu de  cowboy ter aberto o primeiro bar no início da década de 1970.

Soi Cowboy tem uma atmosfera mais descontraída e carnavalesca do que outros distritos de luz vermelha como Patpong ou Nana Plaza.  O néon intermitente ilumina uma paisagem colorida de 20 ou mais bares go-go alinhados em ambos os lados da rua.

Deixe a timidez de lado e mantenha o espirito de mente aberta, a entrada nos bares é gratuita e os preços das bebidas estão afixados pelo que não haverá surpresas em termos de preços.

Os bares destacam-se pela iluminação colorida e pela música alta, com assentos dispostos em várias camadas ao redor de uma espécie de palco central iluminado por UV’s. Existe também outra fila de assentos diretamente no palco.

Os bares costumam fechar por volta das 2.30 da manhã, mas é comum encontra-los abertos até às 3 da manhã.

Soi Cowboy é bastante direto, sem armadilhas ou golpes ... então apenas sente-se e peça uma bebida: espere pagar 100 a 150 baht, o que é bastante justo (alguns bares como Sahara e Kiss agora estão carregando até 180 baht). Os membros do pessoal podem se sentar ao seu lado e pedir uma bebida, mas raramente de forma agressiva. Se você quer desfrutar da companhia do seu novo amigo, é um bom gesto comprar sua e não é muito loucamente caro.

Os bares de Soi Cowboy são:

Country Road,  Five Star,  Déjà vu,  Tilac,  Kiss,  Shebas,  Afterskool,  The Dollhouse,  Shadow Bar,  Midnite,  Shark e Baccara, num dos lados da rua; Rio Cockatoo (Ladyboys), Sahara,  Moonshine Joint, Jungle Jim's, Suzie Wong, Spice Girls, Cowboy 2, Dundee, Toy Bar, Lucky Star, Rawhide e Cocktail Club, no lado oposto.

Como chegar:

Localização: No lado oposto do Terminal 21 a menos de 100 metros da Sukhumvit Road, entre Asoke Road e Sukhumvit Soi 23 (Estação de Skytrain: Asoke, Estação MRT: Sukhumvit)

MRT: Sukhumvit

BTS: Asoke

 

 

10 – Casa de Jim Thompson em Siam

Jim Thomson foi um empresário norte-americano do século 20 que, praticamente sozinho, reinventou o comércio da seda tailandesa.

A Casa de Jim Thompson (Jim Thompson House) é um museu, instalado naquela que foi a casa do empresário em Banguecoque,  que contém uma vasta colação de arte que ele reuniu durante viagens na região, bem como demonstrações muito informativas  de todo o processo de fazer a seda, desde a criação dos bichos da seda até o processo de produção.

A estrutura é composta por seis casas tradicionais em estilo tailandês que foram compradas uma a uma e formam um complexo semelhante a um mansão, que inclui uma sala de desenhos, um pavilhão de pinturas, uma biblioteca, um estúdio e um pavilhão de seda.

Uma das atrações imperdíveis em Banguecoque, a Casa de Jim Thomson conta ainda com a tradicional loja de lembranças com uma enorme quantidade de produtos em seda, livros e pinturas ilustrativas da vida de Jim Thompson.

Horário: Das 09:00 às 17:00 (última visita guiada às 17:00)

Localização: Soi Kasemsan 2, no lado oposto do Estádio Nacional, na Rama I Road.

BTS: National Stadium

 

 

 

 

Top 10 de Excursões imperdíveis em Banguecoque

Banguecoque

Se é um viajante do tipo de não se preocupar em organizar previamente os seus programas nos destino para onde viaja, recorrendo às excursões organizadas, em Banguecoque poderá encontrar como maior problema, a escolha das mesmas face à enorme oferta e diversidade.

Nós damos-lhe uma ajuda com o nosso top 10 de Excursões imperdíveis e a duração normal das mesmas.

 

Caso pretenda reservar antecipadamente algumas excursões clique aqui para o fazer!

 

01 - Bangkok City, Temples & Grand Palace Old (Duração: 4 horas)

02 – Mercado Flutuante de Damnoen Saduak, Ratchaburi (Duração: 6 horas)

03 -  Apsara Dinner Cruise by Banyan Tree Riverside (Duração: 1.45)

04 - Calypso Cabaret Show em Charoen Krung (Asiatique) (Duração: 1 a 2 horas)

05 – Thonburi Klongs and Grand Palace Riverside, Centro historic de Banguecoque (Duração: 5 horas)

06 - Ayutthaya Tour River Cruise -  Bang Pa-In, Ayutthaya (Duração: 8 horas)

07 - Siam Niramit, Ratchadapisek (Duração: 5 Horas)

08 - SEA LIFE Bangkok Ocean World, Siam (Duração: todo o dia)

09 -  Passeio de Barco de cauda longa no Rio Kwai, Kanchanaburi (Duração: 10 horas)

10 - Dream World em Rangsit (Duração: Todo o dia)

 

 

 

 

10 coisas imperdíveis durante uma visita rápida a Banguecoque

Caso a passagem por Banguecoque seja rápida (um dia ou pouco mais), aqui está uma lista de 10 coisas para fazer, deste  top 10 de locais que não deve perder escolha 3,4 ou 5 ou tente encaixá-los todos no seu tempo disponível e tenha uma ligeira ideia do que é Banguecoque.

Na nossa seleção há uma boa mistura de atividades culturais e de lazer, algumas delas relativamente próximas de outras, facilitando assim a visita.

 

01 - Grande Palácio e & Wat Prakeaw, Centro historico de Banguecoque

02 – Passeio pelos “Khlong” do Rio Chao Phraya

 03 - Wat Arun (The Temple of Dawn), Riverside

04 – Mercado de Chinatown

05 - Sunset Cocktail no topo de um arranha céus de Banguecoque (Sathorn - Sukhumvit - Silom - Siam – Riverside)

06 - Asiatique The Riverfront, Riverside

07 - Soi Rambuttri, Khaosan

08 – Jantar num Cruzeiro pelo Rio Chao Phraya

09 - Soi Cowboy, Sukhumvit

10 - Partying in RCA, Ratchadapisek

 

 

 

10 coisas para fazer em Banguecoque quando chove

 

Uma das piores coisas que pode acontecer durante umas férias em qualquer destino é chover, algo que é frequente em qualquer altura do ano no sudeste asiático, algumas das capitais parecem ter, inclusive hora certa para “aquela chuveirada diária” para refrescar um pouco.

Como nós pensamos em quase tudo, deixamos aqui o top 10 de coisas para fazer em Banguecoque quando chove.

01 – Massagens e tratamentos em Spas

02 – Experimentar todos os tipos de atividades divertidas no  CentralWorld

03 – Vá para o fundo do mar sem se molhar no SEA LIFE Ocean World de Banguecoque

04 – Esqueça a dieta e delicie-se com alguns bolos!

05 – Viaje pelo mundo num único local, no Centro Comercial Terminal 21

06 – Assista ao “Art in Paradise” no 3D Museum Esplanade Mall - Ratchada

07 – Abosrva um considerável dose de cultura na BACC Gallery

08 – Pilote um Jacto em Silom

09 – Conduza como um louco no Easy Kart

10 – Cozinhe você mesmo uma autêntica tempestade

 

 

 

 

10 excelentes formas de manter as crianças ocupadas e divertidas em Banguecoque

Muitos são aqueles que pensam na Tailândia como um destino pouco recomendável para viajar com a família. Puro engano é dos melhores destinos onde há sempre muito para fazer para todos e Banguecoque conta com imensas atrações vocacionadas para os mais jovens.

01 – Kidzania (Recomendado para crianças dos 3 aos 12 anos de idade)

02 - Bounce Bangkok (Recomendado para crianças a partir dos 4 anos de idade)

03 – Patinagem do Gelo (Recomendado para crianças a partir dos 4 anos de idade)

04 - Lazer Game Sukhumvit (Recomendado para crianças a partir dos 7 anos de idade)

05 - Funarium  (Recomendado para crianças até aos 8 anos de idade)

06 - Children's Discovery Museum (Recomendado para crianças a partir dos 3 anos de idade)

07 - Flight Simulator (Recomendado para crianças a partir dos 10 anos de idade)

08 - Snow Town (Recomendado para crianças dos 2 aos 6 anos de idade)

09 - Zanook Wake Park

10 - Dinosaur Planet Ages (Crianças com qualquer idade)

 

 

10 Atrações pouco usuais para visitar em Banguecoque

Banguecoque

Quando exploramos certos destinos, muitas vezes deparamo-nos com atrações, no mínimo estranhas e pouco usuais.Para que nada fique ao acaso, ficam aqui as 10 Atrações pouco usuais para visitar em Banguecoque.

 

01 – Mercado das Flores no Centro Histórico de Banguecoque, Rattanakosin (perto do Wat Pho)

02 – Mercado Rod Fai no subúrbio este de Banguecoque

03 – Visita ao Museu Erawan em Samut Prakan (fora de Banguecoque)

04 – Museu Forense de Banguecoque, junto ao rio, no lado oposto do Grande Palácio.

05 - Papaya Vintage Shop em Ladprao, próximo de Chatuchak

06 - Santuário da Deusa Tubtim “Shrine of Goddess Tubtim”, em Chidlom

07 – Museu da Força Aérea tailandesa, em Don Muang

08 – Cinema Scala em Siam Square, Siam Square

09 – Parque Rama IX

10 – Khlongs do Rio Chao Phraya

 

 

 

 

10 dos Locais mais estranhos e bizarros em Banguecoque

01 – Santuário Fálico em Chidlom – Ploenchit

02 – Museu Erawan, em Samut Prakan

03 – Museu Forense de Banguecoque, junto ao rio, no lado oposto do Grande Palácio.

04 – Templo de David Beckham (Wat Pariwat), junto ao rio na Rama III Road

05 – Museu do Corpo Humano em Siam Square

06 – Edifício Elefante em Chatuchak

07 – Torre Gugante do Dragão em Wat Samphran, entre Banguecoque e Nakhon Pathom

08 – Museu da Correção de Banguecoque, em Bangrak

09 – Edifício Robot, em Sathorn

10 - 'Sathorn Unique' Arranha-Céus fantasma, no final da Sathorn Road, junto ao Rio.

 

 


 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 292 visitantes e 0 membros em linha