Booking.com

 
 
 

As melhores atrações turísticas de Chiang Mai

Chiang Mai

Terra de montanhas cobertas de névoa habitadas por tribos coloridas, Chiang Mai é uma autêntica diversão para  viajantes experientes, um paraíso para os adeptos de compras e um autêntico deleite para os aventureiros.

Cidade onde os mais curiosos podem expandir os seus horizontes com cursos de massagem ou de cozinha, Chiang Mai conta com imenso artesanato, uma vida noturna muito animada e uma cozinha maravilhosa, um destino onde há praticamente tudo.

A 700 quilómetros ao norte de Banguecoque, Chiang Mai situa-se num vale verdejante nas margens do rio Ping.

Fundada em 1296 como a capital do antigo Reino de Lanna, Chiang Mai é um destino onde o passado e o presente se fundem na perfeição, com edifícios modernos dispostos harmoniosamente lado a lado com os templos.

 

Organize as suas viagens de férias aqui

Para além de algumas informações acerca de cada destino, partilhamos aqui algumas ferramentas que utilizamos para organizar as nossas viagens para que também o possa fazer de forma fácil e rápida, economizando algum tempo e dinheiro.
Desde a simples reserva de Pacotes de Férias, Circuitos Turísticos ou Cruzeiros para aqueles que não gostam de ter muito trabalho no planeamento, até às reservas de  voos, hotéis ou outro tipo de alojamento, aluguer de carro e contratação de seguro de viagem, especialmente para aqueles que gostam realmente de escolher tudo e planear as férias ao pormenor.
Disponibilizamos ainda a possibilidade de reservar antecipadamente alguns passeios turísticos e ingressos para atrações no destino, poupando assim tempo e evitando filas de espera nas principais atrações do destino escolhido para as próximas férias.

travel 2 icon

 

Pacotes de Férias

tracking route icon

 

Circuitos

cruise icon
 

Cruzeiros

Transport Airplane icon
 

Voos

Household Bed icon
 

Hotéis

car icon
 

Aluguer de Carro

colosseum icon
 

Passeios Turísticos

insurance icon
 

Seguro de Viagem

 

 

 

As 10 melhores atrações turísticas de Chiang Mai

Chiang Mai é um excelente destino de natureza e cultura. O centro histórico da cidade dá a sensação íntima de  estarmos numa "pequena cidade" e abriga inúmeros templos históricos e atrações a curta distância uns dos outros.

A pouco menos de meia hora de carro, o verdejante campo e as montanhas de Chiang Mai oferecem possibilidades ilimitadas para explorações da natureza, bem como visitas a muitas aldeias habitadas por fascinantes tribos étnicas.

Existem tantos surpreendentes que, caso não a visita não seja convenientemente planeada, o mais certo será perder-se nas coisas surpreendentes que encontra pelo caminho e passar ao lado das principais atrações.

 

 

01 - Doi Suthep (Cidade de Chiang Mai)

Dou Suthep

Doi Suthep é parte constante da vida em Chiang Mai, existindo inclusive um ditado antigo que diz: "Se não provou Khao Soi ou viu a vista de Doi Suthep, você não esteve em Chiang Mai".

Esta montanha tem vista para a cidade a partir do noroeste, oferecendo vistas panorâmicas únicas da cidade desde o seu cume. Além da sua presença dominante no horizonte, Doi Suthep é  lar de alguns dos símbolos mais amados do Reino.

Em 1981, Doi Suthep, Doi Pui e Doi Buakha, juntamente com os 161 quilômetros quadrados de floresta onde estão localizados, tornaram-se no 24º parque Nacional da Tailândia. Um ano depois foi adicionada ao parque uma nova área de 100 quilômetros quadrados, aumentando a área total do parque até 261 quilômetros quadrados.

O pico mais alto do parque é Doi Pui, com 1.685 metros, a oitava mais alta montanha da Tailândia. Com suas águas provenientes do topo do Doi Pui,  formam-se algumas das cachoeiras mais apreciáveis ​​e acessíveis norte do Reino. Mae Sa Falls, Huay Kaew Falls e Monthathan Falls estão entre os locais mais populares do parque e são facilmente alcançados pela estrada principal.

A floresta também é lar de uma variedade de vida selvagem, incluindo muitos pequenos mamíferos e pássaros, bem como o raro Crocodilo salamandra, que só é encontrado  em quatro lugares na Tailândia.

Doi Suthep

A altitude do parque mantém a temperatura agradavelmente fresca ao longo de todo o ano.

O Parque Nacional Doi Suthep também incorpora o Vale Mae Sa, com imensas atividades e atrações. Mais ao norte, na área mais recente do parque encontra-se Mok Fa, que possui uma cachoeira maravilhosa, uma caverna e um trilho natural.

Apesar de toda a beleza natural deslumbrante, a principal razão que traz muitos dos visitantes ao Parque Nacional Doi Suthep é a visita ao Wat Phra That Doi Suthep, um templo que é um dos mais sagrados locais budistas na Tailândia.

Wat Phra That Doi Suthep

Wat Phra That Doi Suthep é um importante destino de peregrinação, especialmente durante as épocas budiasta de Makha Bucha e Visakha Bucha (13 de fevereiro e 11 de maio, respetivamente).

Este imponente templo é coroado por um elaborado Chedi (Monumento) de 24 metros de altura, banhado a ouro.

Nos dias claros, o exterior dourado do Chedi reflete a luz do sol sobre a cidade, como se fosse um farol. Wat Phra That Doi Suthep remonta ao século XIV e a história da sua fundação é um verdadeiro mito, cheio de magia e mistério.

Em Doi Suthep, relativamente perto do Templo, destaca-se um palácio que serve de residência de férias da família Real, Palácio Bhubing. Quando não utilizado como Residência Real, o Palácio Bhubing serve como uma casa de hóspedes para dignitários estrangeiros. Construídos em 1961, os primeiros convidados do palácio foram o Rei e a Rainha da Dinamarca. Os visitantes do parque também podem visitar as pequenas aldeias da montanha nas terras do parque, que oferecem um vislumbre de um modo de vida que mudou muito pouco em centenas de anos.

 

Como chegar a Doi Suthep

A entrada do parque localiza-se a cerca de 15 quilómetros do centro de Chiang Mai e, da entrada até ao topo da montanha são cerca de 20 minutos de viagem, sendo relativamente fácil chegar.

Os song thaews (taxis vermelhos) são uma das melhores opções de transporte para Doi Suthep

Os Song thaews correm saem regularmente do mercado de Chang Puak e a viagem a partir daí deve custar cerca de 150 baht.

 Uma alternativa mais barata é fazer o seu caminho ao longo da Estrada Huay Kaew até a entrada da Universidade Chiang Mai. Os Song thaews daqui irão vão o templo por apenas 30 bahts (só ida), mas o táxi não vai embora até ter uma lotação de seis ou mais pessoas.

O templo está aberto diariamente das  06:00 às 20:00h , mas tenha em atenção que durante os fins de semana há um considerável acréscimo de visitantes.

A entrada é de 50 baht, e inclui um bilhete de dois sentidos no elétrico. Caso opte por caminhar pela escada, a entrada será apenas de 30 bahts.

Lembre-se de que Wat Phra That Doi Suthep é um lugar sagrado e você deve se vestir respeitosamente ao visitá-lo.

A maioria das outras atrações do parque são gratuitas, mas há uma taxa de 300 bahts para a cachoeira Monthathan.

 

 

 

02 - Chiang Mai Night Safari (Hang Dong)

Safari noturno em Hang Dong

Safari

Um modelo de atração baseado no  Safari Noturno de Singapura, o Parque de Safari de Chiang Mai faz parte dum enorme plano de investimentos do governo tailandês para aumentar as  atração de Chiang Mai, trazendo assim mais visitantes.

O conceito do parque é proporcionar aos visitantes uma experiência emocionante semelhante a estar na região selvagem durante a noite.

Além de visitar as três zonas distintas de animais - Savanna Safari, Predator Prowl e Jaguar Trail - através de um elétrico aberto ou a pé, terá a oportunidade de desfrutar de uma variedade de atividades que o manterão entretido ao longo de toda a visita, desde a  alimentação de animais selvagens, incluindo tigres bebés a um belo espetáculo de luzes e laser ou  uma fonte "dançante".

Atrações em destaque no Safari Noturno de Chiang Mai

As três áreas de animais do Safari Nocturno de Chiang Mai estão dispostas ao redor do lago; Duas das áreas, o Savanna Safari e Predator Prowl,  são acessíveis através de elétricos de safari abertos, o Jaguar Trail é um trilha para caminhadas que poderá percorrer ao seu próprio ritmo.

 Mapa Safari Noturno

 

Savanna Safari (Aberto das 18:00-23:00)

Uma viagem ao longo das savanas africanas selvagens. Estre trilho de 2,4 km ao sul do lago é habitado principalmente por herbívoros e animais de presas, como girafas, zebras, antílopes, lamas, rinocerontes, elefantes e várias espécies de cervos selvagens asiáticos e africanos. O passeio do Savanna Safari dura 30 minutos.

 

Predator Prowl (aberto das 18: 00 ás 23: 00)

O encontro com os reis e rainhas da selva. No lado leste do lago, a rota do elétrico, com 2,4 km de extensão, atravessa o “coração do deserto habitado por alguns dos predadores mais ferozes do mundo: tigres de Bengala, pumas, leões, hienas, abutres, ursos e animais de presas raras, como cabras, javalis, wallabies e cervos. O passeio demora cerca de 30 minutos.

 

Jaguar Trail (aberto 11: 00-23: 00)

Um passeio agradável ao redor do lago. Este trilho da selva leva-o através de uma variedade de habitats selvagens de flamingos, tartarugas e patos, emus, tigres de lista branca e jaguares.

Horário de Funcionamento: das 11:00 às 23:00.

Localização: Em Hangdong, a sudoeste do Aeroporto Internacional de Chiang Mai, a cerca de 12 quilómetros do centro da Cidade.

Como chegar: A melhor forma de chegar aqui será alugando um songtaeow no centro da cidade. Não se esqueça de negociar o preço antes de entrar no songtaeow.

 

 

 

03 -  Wat Chedi Luang (Chiang Mai City)

Templo Chedi Luang na Cidade de Chiang Mai

Wat Chedi

O enorme chedi (pagode) de Wat Chedi Luang foi construído entre 1385 e 1402, durante o reinado do Rei Saen Muang Ma, 7º governante da dinastia Mengrai e é uma característica distintiva do horizonte de Chiang Mai.

Com 60 metros de diâmetro da sua base ao topo e 80 metros de altura, o chedi foi o lar do Buda esmeralda, a mais sagrada relíquia religiosa da Tailândia.

Danificado durante um terremoto em 1545, a altura do chedi foi reduzida a quase metade do seu tamanho original, mas ainda é uma estrutura impressionante.

Em 1992, o Departamento de Belas Artes finalizou o trabalho de restauração em torno do chedi, trazendo de volta a escada naga (serpente de água) em cada um dos seus rostos e maravilhosas estátuas de elefantes que adornam a base. O trabalho, no entanto, nunca foi finalizado, deixando-o no em seu estado atual.

No Wat Chedi Luang, existem várias estruturas de grande significado cultural, incluindo o pilar da cidade (Intakin), a casa principal que hospeda a principal imagem de Buda e uma gigante árvore que protege a entrada do templo.

De acordo com as antigas crenças de Lanna, o pilar da cidade é erguido no epicentro da cidade, para marcar o centro do universo, que no passado era o Reino de Lanna.

Dwarfing o santuário do pilar da cidade é uma das três árvores que se acredita para proteger a cidade de todos os males. A lenda diz que, se esta árvore cair, seguir-se-á uma grande catástrofe.

O templo está localizado na Estrada Phra Pokklao e é fácil de encontrar, uma vez que o chedi é uma das estruturas mais altas da cidade velha.

Horário de Abertura: das 06:00 às 17:00

Localização: Phrapokklao Road

Tel: +66 (0) 53 24 8604

 

 

 

04 – A antiga cidade de Wiang Kum Kam (Lado sul da cidade de Chiang Mai)

Wiang Kum Kam

Localizado a cerca de cinco quilômetros ao sul de Chiang Mai ao longo do rio Ping, Wiang Kum Kam é uma cidade antiga que remonta ao Reino Haripunchai do século VIII. Mais tarde, serviu como a capital do Reino de Lanna até que Chiang Mai foi escolhida para a substituir, em 1296.

A peça central em Wiang Kum Kam é Wat Chedi Liam. Amplamente retratado em cartões postais, o templo possui um pavilhão de estilo birmanês (restaurado em 1908 por um comerciante birmanês) e chedi de cinco camadas num base quadrada - o estilo de assinatura do início do período de Lanna. Cada canto do chedi é protegido por um leão virado para fora, uma característica arquitetónica única do estilo Haripunchai (Lamphun de hoje).

Outras estruturas importantes incluem Wat Chang Kham, contendo a casa espiritual do rei Mengrai (fundador dos reinos Chiang Rai e Chiang Mai) e o Centro de Aprendizagem de Sabedoria Cultural e Local que exibe objetos de Lanna e casas tradicionais de Lanna.

Horário: das 08:00 às 17:00

Localização: A cerca de 5 quilómetros ao sudeste do Centro Histórico de Chiang Mai.

 

 

 

05 – Santuário os Elefantes de Chiang Mai

Santuário Elefantes

O Santuário de Selva dos Elefantes em Chiang Mai foi uma das primeiras atrações de elefantes na Tailândia que dão como prioridade principal o bem-estar dos animais.

 Muitas vezes funcionando como local de repouso e de cuidados para elefantes anteriormente utilizados nas indústrias de exploração de madeira ou mesmo de turismo, este santuário da selva proporciona um ambiente tão natural quanto possível para estes simpáticos gigantes do mundo animal.

Chiang Mai

Aqui terá a oportunidade única de viver uma experiência totalmente diferente mas muito gratificante, num dia dedicado à interação com os elefantes onde o ponto alto do dia é o popular banho como os elefantes na lama e na água.

Location: Office on Tha Phae Road

 Website: https://www.facebook.com/elephantjunglesanctuary/

 

 

 

 

06 - Doi Inthanon National Park (Mae Jaem)

Chiang Mai

O pico mais alto na Tailândia, Doi Inthanon eleva-se a uma altura de 2565 metros (8, 415 pés) acima do nível do mar. Esta altitude significa que as temperaturas em Doi Inthanon são refrescantes durante todo o ano e regularmente frias, especialmente durante a estação fresca (outubro a fevereiro).

O parque nacional que contém Doi Inthanon e tem seu nome cobre 482 km quadrados e inclui os distritos de Sanpatong, Chomthong, Mae Chaem, Mae Wang e Toi Lor Sub da província de Chiang Mai.

O Parque Nacional Doi Inthanon é considerado uma verdadeira joia de beleza natural, constituída por um terreno montanhoso acidentado coberto por exuberantes florestas tropicais e pontilhado de rios poderosos e cachoeiras majestosas.

O estado protegido do parque faz dele um santuário para uma grande variedade de espécies animais e talvez seja o melhor lugar na Tailândia para observação de aves.

Aproximadamente 362 espécies diferentes de pássaros fazem do Parque Nacional Doi Inthanon o seu habita natural, muitas das quais não são encontradas em qualquer outro lugar na Tailândia.

A diversidade de Doi Inthanon não se estende apenas a espécies vegetais e animais. O parque é também lar de vários assentamentos de tribos da montanha do norte. Foram realizados esforços recentes para permitir que essas aldeias únicas mantenham suas culturas tradicionais enquanto coexistem com desenvolvimentos modernos como o turismo e a Barragem de Bhumibol, que aproveita o poder do Rio Ping para fornecer eletricidade a milhares de pessoas tailandesas.

Doi Inthanon é um destino popular para os visitantes da região, não só por sua beleza natural, mas também pelo seu significado histórico. Chedis (monumentos) dedicados a Suas Majestades Reais, o Rei e a Rainha, podem ser encontrados no topo da montanha.

O parque foi adaptado um pouco para acomodar o comércio turístico e existem algumas áreas para comer e beber, bem como acomodações. O terreno acidentado agora está entrecruzado com caminhos e estradas para torná-lo mais acessível aos visitantes. O desenvolvimento foi rigorosamente controlado, no entanto, e todos os esforços foram feitos para preservar a beleza natural do meio ambiente.

O Parque Nacional Doi Inthanon tem muito para oferecer aos visitantes, para além de sua beleza natural.

Durante séculos, a área acolheu várias tribos das colinas que ainda residem aqui e mantêm seu antigo caminho de vida. Na base dos picos, você encontrará aldeias de Hmong, onde as pessoas continuam a cuidar de seus campos como faziam há centenas de anos. A única mudança é a colheita. Graças ao Royal Project, essas pessoas mudaram do cultivo de papoulas de ópio e agora cultivam outras culturas comerciais, como vegetais e flores.

Experimente uma viagem ao Hmong Village, Khun Ya Noi, para uma visita ao mercado e para admirar as roupas coloridas do povo.

Há também várias aldeias de Karen, como a Ban Mae Ab Nai, onde você pode comprar bons exemplos de tecelagem tradicional e têxteis e observar o pioneirismo Karen. Se você está fazendo uma caminhada, verifique a Caverna de Brichinda, uma bela caverna de pedra calcária aberta ao céu. A caverna está localizada no meio de uma floresta, a cerca de uma hora de caminhada da estrada.

Para  os adeptos do trekking, Doi Inthanon é um verdadeiro paraíso, com quatro trilhos naturais para explorar.

As trilhos da natureza são uma ótima maneira de experimentar o cenário fantástico de Doi Inthanon de perto. Os trilhos naturais de Doi Inthanon demoram algumas horas para caminhar, os mapas e guias estão disponíveis na estação dos guardas florestais. Perto do cume de Doi Inthanon, existem dois Chedis dedicados ao Rei e à Rainha. Os Chedis estão localizados em colinas de frente, a cerca de 100 metros um do outro e foram erguidos para comemorar os 60 anos de aniversários do rei e da rainha. Cada um contém imagens de Buda requintadamente criadas, bem como murais finos de azulejos. As vistas oferecidas pelas colinas podem ser surpreendentes nos dia claros.

Para chegar a Doi Inthanon de Chiang Mai, siga a estrada 108 em direção a Chomthong. Siga esta estrada por 57 km e vire à direita na estrada 1009 (Chomthong-Doi Inthanon). Siga esta estrada por 31 km e chegará à entrada do parque (tempo de viagem aproximadamente 90 minutos).

 

 

 

07 - Karen Long Neck Tribe & Chiang Dao Cave (Chiang Dao)

Karen Long Neck

Com algumas das formações de Estalactites e Estalagmites mais espetaculares do país, a caverna de Chiang Dao estende ao longo de vários quilômetros até as montanhas. Dizem as lendas que a caverna de Chiang Dao conecta-se com várias outras cavernas, antes de emergir na outra extremidade, no estado de Shan, através da fronteira.

Lendas à parte, os números oficiais apontam para 12 quilômetros de extensão, dos quais é possível explorar apenas uma pequena parte.

A caverna faz parte da cordilheira de Doi Chiang Dao de 2,100 metros de altura, o terceiro pico mais alto da Tailândia.

Um pouco mais acima da caverna de Chiang Dao encontra-se Padung Village, lar da tribo étnica de "Long Neck Karen". As mulheres usam anéis de bronze ao redor de seus pescoços, punhos e tornozelos como parte de sua cultura. Vale a pena explorar um pouco melhor a aldeia, com respeito, e no final da sua visita compre algumas lembranças.

Como chegar a Chiang Dao Cave

A caverna está localizada a cerca de 72 km ao norte de Chiang Mai. Da cidade, apanhe o Ally 107 (Chiang Mai-Fang) e vire à esquerda no Km. 71-72 para chegar ao pé da montanha de Chiang Dao. Pegue outra curva à esquerda, e 5 km depois você alcançará o estacionamento.

 

 

 

08 – Aldeia Tribal de Doi Pui e Parque Nacional Doi Suthep-Pui (Suthep-Pui)

Doi Pui, situado a 1.685 metros acima do nível do mar, é o pico mais alto do Parque Nacional Doi Suthep-Pui, famoso pelas suas belas cachoeiras que são facilmente alcançadas a partir da estrada principal.

Uma das atrações mais interessantes desta área é, sem sombra de dúvidas, Hmong Tribal Village, situado a menos de cinco quilômetros do famoso Wat Phra That Doi Suthep.

Uma visita a esta aldeia é uma visão privilegiada da vida privada dos aldeões tribais em que poderá testemunhar a sua maneira simples de viver, suas casas, bem como aprender sobre sua cultura através de uma coleção de objetos, como instrumentos musicais, trajes tradicionais de prata e artesanato de bambu.

Em virtude da altitude, Doi Pui está constantemente envolto em névoa e tem um clima relativamente frio durante todo o ano (temperaturas médias de 20 a 23 graus Celsius).

 

 

 

09 - Bor Sang Handicraft Village (Sankampaeng)

Bor Sang situa-se a cerca de nove quilômetros a leste da Cidade Velha, sendo especializada no artesanato de papel para guarda-chuva.

 Bem conhecida pela excelente qualidade de artesanato, bem como desenhos florais de assinatura, Bor Sang fez seu nome em todo o país e no exterior - tanto que o nome de Bor Sang tornou-se sinônimo de artesanato em papel e guarda-chuva e um guarda-chuva símbolo de Chiang Mai.

Aqui, você encontrará muitos guarda-chuvas pintados à mão, pequenos guarda-sóis de cocktail, grandes guarda-sóis para jardins ou pátios e outros produtos artesanais - todos feitos de papel sa (produzido a partir da casca da amoreira) e, um desenvolvimento mais recente, algodão. O design também evoluiu, desde os padrões florais originais até retratos do cenário rural de Chiang Mai e até padrões abstratos.

Localização de Bor Sang Village: a 9 km da Cidade Velha, na rodovia Chiang Mai-San Kampaeng (rota 1006) Tel: +66 (0) 53 248 604

 

 

 

10 – Jardim Zoologico de Chiang Mai (Suthep-Pui)

Embora não seja a primeira coisa que vem à mente para visitar por parte de que visita Chiang Mai, o Jardim Zoológico de Chiang Mai é surpreendentemente interessante.

Cobrindo 200 hectares de terra no sopé de Doi Suthep e oferecendo excelentes vistas da cidade, além de suas fascinantes exposições de vida selvagem, o jardim zoológico de Chiang Mai certamente vale a pena visitar, especialmente se você tiver cumprido as visitas aos templos.

O Jardim zoológico de Chiang Mai conta com cerca de 400 diferentes espécies de animais, incluindo elefantes, tigres, chimpanzés, hipopótamos e rinocerontes, para além de uma considerável variedade de atrações.

Aberto diariamente das 08:30 às 16:30.

Localização: 100 Huay Kaew Road Tel: +66 53 210 374

 

 

 

As 10 melhores excursões em Chiang Mai

A vasta extensão das montanhas exuberantes e chuvosas fazem de Chiang Mai o refúgio perfeito para aqueles que buscam alguma tranquilidade e aventura.

Estes são os 10 melhores passeios turísticos em Chiang Mai e destacam todas as experiências imperdíveis ao visitar esta atraente província do norte, passando por uma grande variedade de locais e atividades.

 

01 - Templos e Centro Histórico - Chiang Mai Old City (Duração: 8 horas)

02 – Parque Nacional Doi Inthanon

03 - Small-Group Mae Ping River Experience

04 - Thai Khantoke Dinner & Cultural Dance Show with Transfers

05 - Flight of the Gibbon Adventure

06 - 2 Day Whitewater Rafting & Ziplining Mae Kampong

07 - Wat Doi Suthep & White Hmong Hill-Tribe Village

08 - Full-Day Countryside Bike Tour with Lunch

09 - Aroy Aroy Thai Cooking School & Market Tour Chiang Mai

10 - Golden Triangle, Hill Tribes & Chiang Saen City

 

Para ver todas as excursões e atividades em Chiang Mai, Clique Aqui!

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 87 visitantes e 0 membros em linha