Booking.com

 
 
 

Férias em Nice, França

Nice

Segundo maior destino turístico de França depois de Paris, Nice é conhecida pelo clima ameno e localização fantástica entre a costa mediterrânica e as montanhas a norte.

 

Nice

Região: Provença-Alpes-Cote d'Azur

População: 344.064

Situada a apenas 30 quilómetros da fronteira com Itália, a cidade mudou de mãos várias vezes e é francesa desde 1860, apesar de ter forte influência italiana, em especial na arquitetura.

Destino turístico de eleição, em especial ingleses, que a visitam desde o final do século XVIII, Nice tem servido também de inspiração para muitos artistas de renome, incluindo Henri Matisse e Marc Chagall, ambos com museus dedicados na cidade. A ligação às artes continua a ser prioridade e Nice possui uma ópera, um teatro nacional e um prestigiado conservatório.

 

Como chegar

O aeroporto de Nice, a porta de entrada da Cote d'Azur, é o segundo mais concorrido de França, depois de Paris, em termos de tráfego. O aeroporto está assente em terras conquistadas ao mar e recebe mais de dez milhões de passageiros por ano.

 

Estação Ferroviária de Nice

Estação Ferroviária de Nice

Comboios de alta velocidade e expressos (TGV e Corail) ligam a Cote d'Azur ao resto de França e às principais cidades europeias. O TGV Méditerranée faz a viagem de Paris a Nice em 5h30m, com a estação situada bem no coração da cidade. Nice tem três estações de comboios, de oeste para este: Saint-Agustin, Nice Ville e Riquier.

O porto, dominado pelo Castelo de Nice, é o segundo principal destino de navios de cruzeiro de França, com 467 mil passageiros a visitarem-no todos os anos. Há barcos que também ligam Nice à Córsega.

 

Como se deslocar

A única linha de elétrico de Nice (a segunda está prevista ser inaugurada em 2017) percorre o centro da cidade até aos arredores da zona norte. Os transportes públicos na cidade são geridos pela Lignes d'Azur e proporcionam vasta rede de autocarros que cobrem toda a zona urbana. Estão disponíveis vários tipos de bilhetes. Pode ainda conhecer a cidade através de bicicleta com o sistema de aluguer "Vélo-Bleu" ou alugar um veículo eléctrico através do "Auto-Bleue".

 

Onde Ficar

Boscolo Hotel

Principal estância de férias da região de Provença-Alpes-Cote d'Azur, Nice conta com uma vasta e variada oferta de alojamento hoteleiro que satisfaz todos os gostos e orçamentos.

Apesar de ter uma oferta acima das 1.100 unidades hoteleiras é conveniente reservar o seu hotel com a devida antecedência de modo a conseguir as melhores tarifas.

Aqui encontra a melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Nice, França

banner 320x50 pt

O que fazer em Nice

Nice

De verão, se resistir à tentação de descobrir e conhecer ao pormenor toda a beleza da cidade de Nice e os seus arredores, poderá relaxar de “papo para o ar” numa das praias de Nice.

Quando as condições climatéricas não permitirem fazer praia, algo que nunca sentirá aqui é tédio, pois há tanto para fazer, visitar e descobrir ao pormenor, quer na cidade, quer nos arredores que quase não terá tempo para descansar.

 

Deixamos aqui alguns exemplos dos muitos locais que poderá visitar durante as suas férias em Nice:

 

Le Chateau (Castel Hill)

Le Chateau (Castel Hill)

Le Chateau, o morro e parque no extremo leste do Quai des États-Unis, tem o nome de um castelo do século 12 que foi demolido em 1706 por Louis XIV em um ataque de raiva, e nunca reconstruído. Ainda existem algumas ruínas, mas não um chateau em si. Na única torre do século 16 restante, a Tour Bellanda, fica o Musée Naval, e o cemitério onde Garibaldi está enterrado cobre o noroeste do parque.

A partir da colina de 92 metros do parque, também conhecida como Castel Hill, as vistas brilhantes dos pináculos de Vieux Nice e da Baie des Anges são fascinantes. A subida vale a pena - especialmente pelas cachoeiras, piscinas e jardins ao longo do caminho. Uma vez no topo, sente e tome um café sob as árvores; as opções disponíveis são no estilo quiosque, mas a vista compensa tudo.

 

 

Cidade Velha de Nice

Cidade Velha de Nice - Atrações de Nice

A Cidade Velha de Nice (conhecida localmente como Le Vieux Nice) é uma linda colmeia de ruas estreitas, com suas belas igrejas barrocas, vibrantes praças, lojas e restaurantes. Lotada de turistas que se deliciam com o seu famoso sorvete durante o dia, à noite, o local se transforma em uma grande festa, com bares e discotecas que se enfileiram pelas suas ruas.

Cidade Velha

As coisas mais imperdíveis para se ver são o Cours Saleya (mercado ao ar livre), a Chapelle de la Miséricorde (igreja barroca maravilhosamente ornamentada que data de 1740), a Chapelle de l'Annonciation (conhecida localmente como Sainte-Rita), a Eglise Saint-Jacques (que data de 1612 e foi construída pelos jesuítas e conta com excelentes afrescos), a Catedral Sainte Réparate (1699), e o Palais Lascaris (com pelas pinturas e estátuas).

 

 

Passeio dos Ingleses

    Promenade des Anglais

A Promenade des Anglais (Passeio dos Ingleses) estende-se ao longo da orla litoral das cidade de Nice entre a praia e a estrada. Um local bastante concorrido, constantemente apinhado de pessoas caminhando ou se exercitando, ciclistas, patinadores e também videntes sentados nas icônicas cadeiras azuis, para desfrutar o profundo azul do mar na Baie des Anges.

Passeio dos Ingleses

No final do século XVIII, o ingleses adotaram Nice, então uma pacata cidade, como um lugar para escapar ao inverno rigoroso da Inglaterra.

Num inverno particularmente desagradável, muitos mendigos do norte da França migraram para o sul em Nice, quando os ingleses mais abonados os contrataram para trabalhar na construção de um calçadão em frente à praia. As lideranças de Nice então entraram em cena para aumentar a escala do projeto. Atualmente, os moradores apenas a chamam de "O Passeio".

 

 

Mercado de Flores em Cours Saleya

    Mercado de Flores Cours Saleya

A apenas um quarteirão da beira-mar, Cours Saleya é uma rua / praça parcialmente pedonal que abriga um mercado diário.

Cours Saleya está dividida entre o seu famoso mercado de flores, vendendo baldes delas na metade ocidental, e um magnífico mercado de alimentos no extremo leste, com longas mesas de cavalete exibindo frutas, especiarias exóticas, legumes, doces, tortas, frutas cristalizadas - como figos, gengibre, tangerina e peras - e muito mais. Às segundas-feiras, das 6h às 18h, a Cours Saleya também abriga um mercado de antiguidades.

Ladeado por restaurantes e cafés, este é o lugar perfeito para um pequeno-almoço ou uma bebida rápida enquanto observa o movimento, ou para após o anoitecer, quando o mercado está fechado e as mesas ao ar livre dos restaurantes dominam a praça.

 

 

Jardim Albert I

Jardim Albert I

O Jardim Albert I é o oásis verde no centro da cidade que orgulha os locais como sendo o "corredor verde" que faz respirar Nice.

 

 

 

Memorial da Guerra de Nice

    Memorial da Guerra de Nice

 

 

 

MAMAC - Museu de Arte Moderna e Contemporânea

MAMAC - Museu de Arte Moderna e Contemporânea

 

 

 

Museu da Fotografia e Imagem

Museu da Fotografia e Imagem

 

 

Museu Nacional do Desporto (Musée National du Sport)

Museu Nacional do Esporte (Musée National du Sport)

O Museu Nacional do Desporto foi inaugurado em 1922 pelo Ministro da Guerra, que na época também era responsável pelo desporto. O museu caiu em decadência na década de 1940, mas foi restabelecido em 1963 pelo Secretário de Estado da Juventude e dos Desportos. A localização do museu mudou algumas vezes antes de ele finalmente ser estabelecido no Grand Stadium, em Nice, em 27 de junho de 2014.

O museu abrange desportos desde o século XV até hoje, e a sua coleção contém mais de 100 mil itens, incluindo equipamento esportivo, pinturas, esculturas, cartazes, desenhos, filatelia, livros e revistas. Também tem uma coleção dedicada à história dos Jogos Olímpicos modernos, desde o seu início em 1896 até o presente.

 

 

Museu Matisse (Musée Matisse)

Museu Matisse (Musée Matisse)

O Museu Matisse abriga uma seleção esplêndida de obras de Henri Matisse. Sua coleção permanente é exibida em uma villa vermelho-ocre genovesa do século 17, com vista para Parc des Arènes, repleto de oliveiras. Ali perto fica o Hotel Regina, onde Matisse viveu. Exposições temporárias ficam no subsolo da construção futurista.

A sala de recepção do museu é dominada pela colorida pintura Flores e Frutas, projetada por Matisse para o pátio interno de uma villa californiana em 1953. Atraído pelo clima, pela paisagem e pela proximidade dos seus amigos - Picasso, Renoir e Bonnard viviam em cidades vizinhas -, Henri Matisse passou seus invernos em Nice até a sua morte em Cimiez, em 1954. Peças bem conhecidas na coleção permanente incluem Blue Nude IV e Mulher com Ânfora.

 

 

Museu Chagall (Musée National Marc Chagall)

Museu Chagall (Musée National Marc Chagall)

O Museu Chagall abriga a maior coleção pública de pinturas seminais de cenas do Velho Testamento do artista russo. Não deixe de espiar o vitral, através da lagoa, para visualizar o mosaico da rosácea da Catedral de Metz. Chagall (1887-1985) está enterrado em St-Paul de Vence, uma cidade não muito longe de Nice.

O salão principal contém 12 interpretações enormes (1954-67) de histórias do Gênesis e do Êxodo. Em uma antecâmara, um mosaico diferente de Elias em sua carruagem de fogo, cercado por signos do zodíaco, é vista através de uma janela de vidro e refletida em um pequeno lago. Cinco pinturas baseadas no Cântico dos Cânticos (1960) formam a série mais surpreendente, uma explosão de vermelho vibrante (em contraste com os verdes do mar, roxos e azuis da sala principal) dedicadas à sua esposa, Vava.

 

 

Museu das Artes Asiáticas de Nice

Museu das Artes Asiáticas de Nice

Localizado no parque Phoenix de Nice, o Museu de Artes Asiáticas, como o próprio nome indica, tem como objetivo apresentar um conjunto coeso de várias artes provenientes da Ásia. O museu foi projetado pelo arquiteto japonês Kenzo Tange e inaugurado em 1998 por iniciativa de Jacques Médecin, prefeito de Nice de 1966 até 1990.

Além da visita, o museu oferece uma vasta gama de atividades, incluindo audio-guias em francês, inglês, italiano e alemão (€ 2). Visitas guiadas estão disponíveis às 11h no 3º sábado do mês, de setembro a junho, e todas as quartas e sábados às 14h30, em julho e agosto (€ 4). É possível inscrever-se on-line ou no local. Também há oficinas para adultos e crianças (€ 10 / € 3.50) e aulas de caligrafia, origami, tai chi chuan e Qi Gong, bem como a cerimônia semanal do chá. A programação completa está disponível no site.

 

 

 

Ópera de Nice

Ópera de Nice

 

 

 

 

Teatro de Nice

Teatro de Nice

 

 

Observatório de Nice (Observatoire de la Côte d'Azur)

Projetado por Gustave Eiffel, da famosa torre de Paris, juntamente com Charles Garnier, o arquiteto do Monte Carlo Casino, o Observatório de Nice abriu em 1878 e continua sendo um laboratório de astronomia em funcionamento. Semelhante a um templo grego, com uma fachada de colunas jônicas e uma cúpula de 92 toneladas cobrindo o que já foi o maior telescópio do mundo, o observatório está construído sobre uma plataforma flutuante que originalmente permitia que o telescópio fosse facilmente manobrado para a sua posição; hoje em dia ele é movido pela hidráulica. É considerado um dos observatórios mais importantes do planeta, com estudos pioneiros em astrofísica e geociências.

Situado na colina de Mont Gros atrás de Nice, em uma paisagem tipicamente provençal cheia de oliveiras, uma visita ao observatório oferece uma vista inigualável da glamourosa Côte d'Azur e do Mar Mediterrâneo. Ele está aberto somente para visitas guiadas de duas horas e os tours em inglês precisam ser providenciados com antecedência.

 

 

Basílica Notre-Dame Nice

Basílica Notre-Dame Nice

 

 

 

Catedral Sainte-Réparate

Catedral Sainte-Réparate

 

 

Mosteiro de Cimiez (Monastère de Cimiez)

    Cimiez Monastery

O Mosteiro de Cimiez inclui uma igreja, um cemitério e um convento onde alguns frades franciscanos ainda vivem. A igreja tem pinturas dos importantes artistas locais do século 15, os irmãos Brea. O mosteiro abriga o Musee Franciscain, que é decorado com afrescos do século 17, contém muitos documentos e a réplica de uma célula, que mostra como a vida religiosa austera é vivida. A capela data do século 17 e os belos jardins têm vistas deslumbrantes sobre Nice.

Mosteiro de Cimiez (Monastère de Cimiez)

O pintor Henri Matisse está enterrado no cemitério da Monastère Notre Dame de Cimiez. Sua sepultura está sinalizada como 'sépulture Henri Matisse' a partir da entrada principal do cemitério (ao lado da igreja do mosteiro, na avenida Bellanda). Raoul Dufy (1877-1953) também está enterrado aqui.

 

 

Igreja Sainte Jeanne d'Arc

    Sainte Jeanne d'Arc

 

 

 

Estádio Allianz Riviera

    Estádio Allianz Riviera

 

 

 

Farol Cap Ferrat

    Farol Cap Ferrat

 

 


Palais des Congrès

    Palais des Congrès

 

 

 

Sala de Concertos Palais Nikaia

    Sala de Concertos Palais Nikaia

 

 

 

Parque Phoenix

Parque Phoenix

 

 

 

 

Praça Arson

    Praça Arson

 

 

Place Garibaldi

    Praça Garibaldi

Uma praça monumental feita em arquitetura barroca, a Place Garibaldi, do final do século XVIII, fica no extremo oriente da cidade velha de Nice. Uma recente renovação revitalizou a beleza dos seus prédios.

Place Garibaldi

A Place Garibaldi tem lojas, bares e cafés, incluindo o Grand Café de Turin, famoso por seus frutos do mar e um ótimo lugar para jantar ao ar livre e observar o movimento. Nos fins de semana, a praça fica lotada com a feira de antiguidades e quinquilharias. Muitas das principais ruas de Nice atravessam a praça: Avenue de la République, Boulevard Jean Jaurès, Rue Catherine Ségurane e a rua Cassini, que leva ao porto velho. O Tram No. 1 percorre a Place Garibaldi e circunda a Vieux Nice (cidade velha), e a maior parte da praça foi pedestrianizada. A praça tem uma fonte majestosa no centro, com uma estátua do herói italiano Giuseppe Garibaldi, que foi responsável pela unificação da Itália no final do século XIX. Ele esperava que Nice se tornaria parte da Itália.

 

 

 

Place Massena

    Praça Massena

Se você ficar por um tempo razoável em Nice, logo vai se familiarizar com a Place Massena. É uma enorme praça na parte inferior do L'avenue Jean-Médecin; e apenas um pouco adiante fica o Vieux Nice e o Mediterranean. Caminhe sob os pórticos se o tempo não estiver bom, ou desfrute do sol nas suas largas passarelas. Ela termina em uma bela fonte emoldurada por prédios vermelho-cereja desbotados, um local popular com os fotógrafos profissionais ou amadores.

Place Massena

Durante o dia, Place Massena é um movimentado cruzamento de pedestres e bondes, e pode até parecer caótica com pessoas correndo, passeando ou simplesmente aproveitando ao longo da sua superfície de azulejos. À noite é um pouco menos cheia, mas muitos ficam mais distraídos ainda quando as grandes esculturas em forma humana, no alto de pedestais, mudam de cor! Place Massena é também o local de muitos dos eventos mais populares de Nice, desde o Mardi Gras (carnaval) aos shows do Fete de la Musique e os mercados de verão.

 

 

Porto de Cruzeiros de Villefranche

Porto de Nice

Villefranche-sur-Mer brilha na Riviera Francesa com os alpes ao fundo e nas proximidades dos famosos resorts de Nice e de Cannes. O mais profundo porto natural da região do Mediterrâneo, o porto foi usado pelos gregos e romanos em suas viagens e ainda recebe frotas navais visitantes. A exuberante paisagem de Cote d'Azur teve destaque em muitos filmes, desde Ladrão de Casaca de Hitchcock, ao filme de James Bond, Nunca Mais Outra Vez; como A Joia do Nilo e A Identidade Bourne.

A paisagem deslumbrante apresenta a cidadela do século 16 e construções medievais históricas ao longo da costa. Esta cidade piscatória é um local maravilhoso para experimentar o estilo de vida único da Riviera, visitar Nice, Mônaco e Cannes.

 

 

 

 

 

Praia de Baie des Fourmis

    Praia de Baie des Fourmis

 

 

 

Praia do Porto de Nice

    Praia do Porto de Nice

 

 

 

 

Praia Passable

    Praia Passable

 

 

Quais des Étas-Unis (cais)

Quais des Étas-Unis (cais)

 

 

Corniches de Nice

Corniches de Nice

São três as estradas Corniche de Côte d'Azur, cada uma com uma vista mais espetacular que a outra.

Feita pelos romanos e margeada por Napoleão, a Grande Corniche é a mais alta das estradas ao longo da costa, e também a mais perigosa. Mas não que seja apenas uma via menos segura, a sua altitude também muitas vezes significa grandes nevoeiros ao redor, o que desfavorece ainda mais os motoristas. Os mais corajosos e que quiserem ver a parte mais intocada de Cote d'Azur devem seguir por ela.

A via que se estende ao longo da costa é a próxima, muitas vezes ao lado da linha de trem - daí o seu nome, que traduz para Baixo Cornice. Saídas para todas as cidades de Cote d'Azur a tornam uma rota conveniente para excursionistas, mas isso também pode significar grandes congestionamentos nos finais de semana e durante a alta temporada.

Moyenne Corniche - que oferece acesso a Eze - é a mais nova das rotas ao longo do Mediterrâneo, e fica entre a Grande, acima, e a inferior, Basse.

 

 

Hard Rock Cafe de Nice

Hard Rock Cafe

Para cada visitante que desdenha da mais nova atração da Promenade des Anglais, há um visitante ou nativo entusiasmado com a recente chegada do Hard Rock Cafe a Nice. Seu exterior combina muito bem com as fachadas ao longo desta famosa área, e a sua localização garante que ele será um sucesso por um bom tempo.

Ao contrário de muitos restaurantes de estilo americano na França, esta é uma experiência autêntica. E como de costume, muita memorabilia está em exibição aqui - embora a grande atração seja a “Rock Wall Solo”, que permite aos visitantes fazer um tour interativo virtual por Hard Rock Cafes de todo o mundo, e pelas decorações que eles têm também.

 

 

Quai Lunel

Quai Lunel

Situada ao leste do parque do monte, Colline du Chateau, fica Quai Lunel, no Porto Velho de Nice, um ótimo lugar para passear e encontrar um restaurante para almoçar ou jantar com uma bela vista.

O Porto Velho fica cheio de iates em qualquer época do ano e é um ótimo lugar para absorver a agradável atmosfera marítima, tanto do passado quanto do presente. Para partir do porto de Nice e explorar pela água você pode embarcar em uma das balsas que o leva aos portos em Corsica: Ajaccio, Bastia, Calvi e Ile Rousse. A área ao oeste do Quai Lunel, Quartier Ségurane, é conhecida por suas lojas de antiguidades e pelo mercado de pulgas, onde a probabilidade de você encontrar algo realmente autêntico entre as antiguidades é bem maior do que no centro histórico de Nice. Para chegar ao Porto de Nice a partir do centro, caminhe à beira-mar na passarela em estilo varanda ou siga através da Cidade Velha para o Place Garibaldi e ao longo da rue Cassini.

 

 

Perfumaria Molinard

Perfumaria Molinard

Desde a fundação, em 1849, na província de Grasse, no sul da França, esta perfumaria de classe mundial tem desenvolvido fragrâncias famosas para homens, mulheres, dignitários e até mesmo soldados.

Os viajantes podem embarcar em um tour diferenciado pelos produtos da perfumaria Molinard, começando com um vídeo que explora a história da empresa e termina com uma viagem através da década de 1930, em que os visitantes podem conferir a produção de perfumes da forma mais tradicional. A visita guiada percorre a bela área de recepção da Molinard e segue para a sala de sabonetes, onde, há muitos anos, uma única pessoa fazia centenas de sabonetes manualmente. A destilaria continua sendo uma das paradas mais incríveis da visita, já que é uma das poucas fábricas de perfume no mundo que evitou a modernização. O tour ainda passa pela sala de cremes, onde se aprende sobre embalagens e produção, antes da parada no salão de vendas, onde uma exposição apresenta fragrâncias dos séculos XVI a XVIII.

 

 

Catedral Russa

Catedral Russa

Nice é cheia de interessantes maravilhas arquitetónicas, mas talvez nenhuma seja tão original quanto a Catedral Ortodoxa Russa de São Nicolau, que é parte da história de Nice e um destino popular para os visitantes do mundo inteiro. Enquanto a Promenade des Anglais é um reconhecimento à influência inglesa, para quem deseja caminhar ao longo da costa ensolarada sem realmente estar na praia, a catedral é uma atração semelhante, mas dedicada a nobreza russa - especificamente ao czar Nicolau II - que considerava o clima ameno e a bela localização igualmente sedutores.

A catedral é um dos melhores locais para visitar em Nice, embora não seja nem remotamente francesa. Mesmo que ela não fosse popularmente conhecida como a Catedral Russa, uma breve espiada no seu exterior já seria o suficiente para revelar a influência russa: parece até que ela foi trazida diretamente de Moscou, com suas encantadoras cúpulas em forma de cebola e fachada brilhantemente colorida.

 

 

 

Château de Crémat

Château de Crémat

Considerando todos os históricos castelos franceses, o Château de Cremat é apenas uma criança, construído no início do século 20. Mas ele foi projetado para parecer de uma época anterior à cidade de Nice, que fica abaixo dele, com uma mistura de estilos arquitetônicos e um exterior claro que reflete a deslumbrante iluminação da Riviera.

Aqueles que querem saber se vale a pena visitar devem lembrar que o Château de Cremat foi construído especificamente para o terreno ao seu redor, coberto inteiramente por vinhas pitorescas que produzem vinhos de excelente qualidade. Visitas guiadas ao castelo são gratuitas, e a degustação de vinhos é disponível mediante o pagamento de uma taxa.

 

 

 

Château Font du Broc

Château Font du Broc

Construído nas alturas do Var, entre Esterel e o Golfo de St Tropez, o Château Font du Broc fica em meio a vegetação exuberante com vista para o mar. Os jardins desta impressionante fazenda de vinho estendem-se por mais de 100 hectares, que englobam vinhas e oliveiras - e até mesmo uma arena olímpica para cavalos.

Produzindo tanto vinhos quanto azeites, o proprietário do Château Font du Broc, Sylvain Massa, insiste em métodos de agricultura biológica e tradicional, e restringe o volume de vinho produzido para garantir a sua qualidade. Embora as belas paisagens e arquitetura do prédio se destaquem para alguns dos visitantes do Château Font du Broc, a grande maioria já se contenta apenas em degustar os deliciosos vinhos. A sala de degustação recebe os visitantes e provar a safra local é altamente encorajado, seja por si só ou acompanhado de queijos, carnes e outras iguarias produzidas na região.

 

 

 

Château St Martin

Château St Martin

Château St Martin é uma antiga fortaleza dos Templários do século 12, na Riviera Francesa, que agora é uma prestigiada acomodação cinco estrelas. Esta construção histórica fica em meio a beleza natural e proporciona aos seus hóspedes algumas vistas espetaculares sobre Côte d'Azur.

O castelo em si combina perfeitamente com a paisagem, com videiras vermelhas e verdes subindo pelas suas paredes durante a maior parte do ano. A construção foi restaurada pelo arquiteto contemporâneo Luc Svetchine, e decorada pelo proprietário, Maja Oetker. Tapeçarias Gobelinse Aubusson, pêndulos do século 18, além de tapetes persas e turcos combinados tornam esse château um lugar simplesmente fascinante para se passear. O Château St Martin oferece algumas vistas espetaculares e variadas de diferentes ângulos, com jardins perfeitamente mantidos e uma atmosfera de paz e tranquilidade.

 

 

 

Hotel Negresco

Hotel Negresco

Enquanto uma estadia no Hotel Negresco pode não caber na maioria dos orçamentos, ele é simplesmente um marco histórico e um dos locais mais visitados da cidade. Ele também oferece uma perspetiva única sobre o centro histórico de Nice. Com porteiros em uniformes de época e seu interior cuidadosamente mantido e restaurado ao seu esplendor original, entrar no Hotel Negresco é como voltar no tempo.

Hotel Negresco

O estilo Belle Époque é realmente de tirar o fôlego, mesmo que para alguns padrões modernos pareça um pouco exagerado. Mas o Negresco não simplesmente exibe suas qualidades históricas; seu restaurante de duas estrelas Michelin é o melhor de Nice, e os quartos são meticulosamente decorados para refletir a era enquanto também oferecem, discretamente, amenidades modernas. Os visitantes que querem esbanjar um pouco podem reservar lugar para provar os coqueteis no Relais Bar, em um belo ambiente e com bebidas bem feitas. Ou vá conferir o la Rotonde Brasserie pelas suas excelentes vistas.

 

 

Mont Boron

Mont Boron

Erguendo-se acima do porto de Nice, o Mont Boron é uma área verde selvagem com excelentes vistas sobre Nice e mais além. Do Mont Boron você pode ver o porto de Nice, a cidade de Nice, Villefranche e Cap Ferrat. Dele fica fácil de entender por que esta costa é chamada de Cote d'Azur - o azul do mar é simplesmente incrível.

Mont Boron

Desde 1860, Mont Boron foi preservado como um refúgio natural com árvores nativas do Mediterrâneo, incluindo carvalho Holm e pinheiros Aleppo. Com 11 km de trilhas sinalizadas, este tornou-se um local popular com moradores e visitantes para escapar das ruas estreitas da cidade e tomar um ar fresco. Também é excelente para mountain bike. Você pode pegar o ônibus (número 14) para o topo do Mont Boron e fazer o caminho de volta a pé.

O Mont Albon, nas proximidades, tem um forte militar do século 16 no topo, 220 metros acima do mar. Daqui você obtém uma vista de 360 graus do litoral ao redor e dos Alpes Marítimos.

 

 

 

St Paul de Vence

St Paul de Vence

A era medieval da história francesa ainda pode ser muito sentida hoje em dia, talvez em nenhum lugar melhor do que na quase perfeita St Paul de Vence. A cerca de 20 quilômetros de Nice e muito próxima do Aeroporto de Nice, esta joia medieval em uma colina é o que os visitantes realmente imaginam quando dizem que querem passear por uma charmosa vila no sul da França.

Da fortaleza do século XII, que agora serve como Câmara Municipal, à igreja do século XIV, às muralhas fortificadas do século XVI e ao cemitério, que fica nas terras da aldeia original e é o lugar de descanso final de Marc Chagall, vagar por St Paul de Vence é um verdadeiro passeio pela história. Os viajantes adoram a Choisy Gallerie, onde às vezes é possível encontrar o próprio Christian Choisy trabalhando. Combinada com as vistas deslumbrantes e a obsessão da cidade do século XX em apresentar artistas, essa é uma viagem de um dia que você jamais vai esquecer.

 

 

 

Tourrettes

Tourrettes

Tourrettes, uma aldeia no topo de uma colina na seção de Var da região de Provence-Alpes-Côte d'Azur, aparece consistente em todas as listas de passeios de um dia saindo de Nice. Ela é exatamente o que os turistas sonham quando dizem que querem "descobrir" algum lugar no Sul da França que pareça ser só deles.

A área pedestrianizada e mais antiga da cidade é um labirinto de ruas estreitas, ladeadas por casas de pedra, muitas com lojas incríveis no nível da rua, capazes de convencer até os menos consumistas a deixarem um pouco de suas economias por aqui. Com portas pintadas, trepadeiras perfeitamente cultivadas e plantas floridas que fazem qualquer um suspirar, mesmo uma passagem breve de uma hora por Tourrettes oferece muito para os turistas apreciarem. O aroma inebriante das violetas está por toda parte, e há também as estradas externas, que oferecem vistas espetaculares sobre o vale abaixo e as colinas vizinhas. O lugar é realmente impressionante.

 

Mónaco

Mônaco

Segundo menor país do mundo, Mônaco oferece entretenimento sem fim. Do Grande Prêmio de Mônaco às apostas no famoso Cassino de Monte Carlo, esta joia da Riviera Francesa é melhor explorada através de um dos nossos passeios cuidadosamente selecionados.

Mônaco pode ser vista em um dia de viagem partindo de Nice ou, em uma experiência noturna saindo de Cannes, ou pode até mesmo ser combinada com Eze em uma excursão para grupos pequenos diretamente de Mônaco.

 

 

 

Castellane

Castellane

Conhecido pelos habitantes locais como a porta de entrada para Verdon Gorge, Castellane é o lar de quatro passagens de montanha que a tornam o destino ideal para caminhantes e andarilhos que procuram explorar trilhas cênicas e contemplar vistas pitorescas.

A caminhada íngreme para Chapelle Notre Dame du Roc, que sobe mais de 900 metros acima do Verdon, é um dos pontos mais populares de Castellane, e um dos mirantes mais incríveis da área. O rafting no estrondoso rio Verdon tende a atrair os mais aventureiros, enquanto os amantes da arquitetura do velho mundo encontram nas igrejas históricas e ornamentados prédios municipais belas paradas ao longo do caminho.

 

 

 

Menton

Menton

Muitos visitantes de Nice notam as suas influências italianas; mas Menton, ainda mais ao leste e bem na fronteira francesa/italiana, é o destino mais italiano do mundo fora da Itália. Desde o seu dialeto (com raízes italianas) ao seu nome (que veio dos romanos), Menton podem até ter a nacionalidade francesa, mas seu coração é completamente italiano.

Isso é especialmente notável quando se considera os seus muitos jardins; afinal de contas, a costa italiana de Ligúria, a próxima depois da Riviera Francesa, é conhecida como a "Riviera das Flores", e Menton se encaixa perfeitamente. O Jardin Serre de la Madone, o Jardin Botanique Exotique de Menton e os jardins da villa Les Colombières valem muito a visita - é como uma série de oásis um atrás do outro. Falando em jardins, o símbolo do limão pode ser encontrado em toda parte - e por boas razões. É o símbolo oficial da cidade, que cultiva a fruta, bem como laranjas. Na verdade, ela é a capital mundial do Festival do Limão.

 

 

 

Villa Ephrussi de Rothschild

Villa Ephrussi de Rothschild

Situado na serena Cap Ferrat, que se projeta sobre o Mediterrâneo, a pitoresca Villa Ephrussi de Rothschild tem uma das paisagens mais cobiçadas da Riviera Francesa. O palácio rosa, que uma vez pertenceu à francesa rica Béatrice Ephrussi de Rothschild, foi projetada pelo arquiteto belga Aaron Messias, e construída no início do século 20. Hoje, o impressionante palácio à beira-mar é mantido pelo Institut de France e aberto ao público, abrigando também o festival de ópera de verão anual Opera Azuriales.

O terreno do palácio é o verdadeiro destaque, com uma coleção de nove magníficos jardins paisagísticos. Estes jardins, listados pelo Ministério da Cultura como alguns dos "jardins notáveis da França", apresentam jardins temáticos espanhóis e japoneses, um colorido jardim de rosas, e um "jardim de pedra", decorado com 'fontes musicais' ornamentais, e coreografias de água sincronizadas com a música.

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 119 visitantes e 0 membros em linha