Booking.com

 
 
 

Férias nas Aldeias do Xisto

Aldeias do Xisto

São 27 as Aldeias de Xisto espalhadas pelas Serras da Lousã e do Açor, até perto da Serra da Estrela.

A designação Aldeias do xisto deve-se ao fato de ser esta a pedra mais abundante na região e, por conseguinte, a pedra usada na construção das casas.

 

Chiqueiro

As várias tonalidades desta rocha, também usada nos pavimentos das ruas estreitas e sinuosas, misturam-se de forma perfeita nas cores da paisagem natural, nem sempre sendo fácil distingui-las. Mas vale a pena tentar.

 

Diz-se que são um dos segredos mais bem guardados da Região Centro de Portugal, escondidas entre serras e vegetação, as Aldeias do Xisto são sem dúvida locais que deverá visitar numas férias pelo Centro de Portugal.

 

Nestes locais de beleza única, a tocar o mágico, onde as horas passam devagar, encontrará populações bastante acolhedoras com tempo para receber bem quem os visita, partilhar as suas histórias, artes e tradições.

 

Como gostamos de saborear as suas iguarias gastronómicas, confecionadas segundo receitas que passam de geração em geração! Ou de trazer connosco uma peça de artesanato em linho ou madeira em que os artesãos colocam todo o seu saber.

 

Na serra do Açor encontrará 5 aldeias do Xisto, são elas a Aldeia das Dez, Benfeita, Fajão, Sobral de São Miguel e Vila Cova de Alva.

 

Ao longo do Zêzere mais seis magnificas Aldeias do Xisto, Álvaro, Barroca, Janeiro de Baixo, Janeiro de Cima, Mosteiro e Pedrógão Pequeno.

 

Em Tejo-Ocreza são 4 as Aldeias do Xisto, Água Formosa, Figueira, Martim Branco e Sarzedas.

 

Na Serra da Lousã encontrará as restantes 12 aldeias do Xisto, são elas Aigra Nova, Aigra Velha, Candal, Casal de São Simão, Casal Novo, Cerdeira, Chiqueiro, Comareira, Ferraria de São João, Gondramaz, Pena e Talasnal.

 

Ao longo deste território onde “se escondem” as Aldeias do Xisto, encontrará ainda castelos dignos de contos de fadas pela forma como emergem na neblina, ou monumentos e museus que testemunham como era a vida há muitos anos atrás.

 

Mas muito do seu encanto está na Natureza pura.

 

Nas praias fluviais de água cristalina onde podemos passar momentos de descontração. E nas florestas para descobrir a pé seguindo os “Caminhos do xisto”, ou os trilhos de bicicleta definidos pelos Centros de BTT de acordo com vários níveis de dificuldade, que disponibilizam também apoio aos praticantes.

 

Há ainda outras alternativas para os desportistas mais radicais como a canoagem, escalada, rappel e slide.

 

Como chegar ao território das Aldeias do Xisto

O território da Rede das Aldeias do Xisto é circundado por importantes vias rodoviárias: A1, A23, o conjunto do IP3 e IC6 e, mais recentemente, a A13.

Estas vias rodoviárias correspondem a "canais de distribuição" que permitem um fácil acesso às 27 Aldeias do Xisto.

 

A partir da A1 as principais portas de entrada no território são:

   - Coimbra, via EN17 até à Lousã, para o grupo sub-territorial da Serra da Lousã

   - Condeixa, via EN347 ou via A13 até Penela, para o grupo sub-territorial da Serra da Lousã ou para o grupo sub-territorial do Zêzere

   - Pombal, via IC8 até ao Avelar, para o grupo sub-territorial da Serra da Lousã ou para o grupo sub-territorial do Zêzere

   - Torres Novas, via A23 e IC3/A13, até ao Avelar, para o grupo sub-territorial da Serra da Lousã ou para o grupo sub-territorial do Zêzere

 

A partir da A23 as principais portas de entrada no território são:

   - Entroncamento, via IC3/A13 até ao Avelar, para o grupo sub-territorial da Serra da Lousã ou para o grupo sub-territorial do Zêzere

   - Abrantes, via N2 via Vila de Rei, para o grupo sub-territorial do Tejo-Ocreza e para o grupo sub-territorial do Zêzere

   - Perdigão, via IC8/EN241, para o grupo sub-territorial do Tejo-Ocreza

   - Castelo Branco, via EN233, para o grupo sub-territorial do Tejo-Ocreza

   - Castelo Branco, via EN112, para o grupo sub-territorial do Tejo-Ocreza e para o grupo sub-territorial do Zêzere

   - Fundão, via EN238, para o grupo sub-territorial do Zêzere

   - Covilhã, via EN230, para o grupo sub-territorial da Serra do Açor

 

 

A partir do IP3 e IC6 as principais portas de entrada no território são:

   - Penacova, via EN2, para o grupo sub-territorial da Serra da Lousã

   - Coja, via EN344, para o grupo sub-territorial da Serra do Açor

   - Venda de Galizes, via EN17 e EN230, para o grupo sub-territorial da Serra do Açor.

 

Principais vias de circulação no território das Aldeias do Xisto

 

Há duas vias principais de circulação através do território das Aldeias do Xisto, que o cruzam de uma forma quase perpendicular entre si:

 

   A EN2, que atravessa o território no sentido norte-sul, permitindo fácil acesso ao grupo sub-territorial da Serra da Lousã, ao grupo sub-territorial do Zêzere e ao grupo sub-territorial do Tejo-Ocreza. Ao longo do seu traçado, há seis Aldeias do Xisto que distam desta via menos de 5 km.

 

   O IC8, que atravessa o território no sentido oeste-sudeste permitindo fácil acesso ao grupo sub-territorial da Serra da Lousã, ao grupo sub-territorial do Zêzere e ao grupo sub-territorial do Tejo-Ocreza. Ao longo do seu traçado, há quatro Aldeias do Xisto que distam desta via menos de 5 km.

 

Hotéis recomendados numa das Aldeias do Xisto:

 Sobral de São Miguel

 

 

Recomendado

Hotel Rural Quinta da Geia - Aldeia das Dez

4 Star

Situado nas encostas da Serra do Açor, este hotel rural em estilo de casa de campo proporciona vistas panorâmicas da Serra da Estrela. Apresenta uma piscina exterior e um centro de spa.

Leia mais

 

 

 

Recomendado

Hotel Da Montanha - Pedrógão Pequeno

4 Star

Este hotel de 4 estrelas está localizado no topo do Monte da Senhora da Confiança. Dispõe de uma piscina exterior e de um restaurante com um terraço panorâmico, de onde poderá apreciar a beleza natural da Barragem do Cabril.

Leia mais





Recomendado

Casa De Janeiro - Janeiro de Cima

Casa De Janeiro
A Casa de Janeiro está localizado em Janeiro de Cima, a 50 minutos de carro da Covilhã.

Leia mais

Poderá efectuar a reserva sem cartão de crédito!

 

 

Recomendado

Casa do Cabril - Pedrógão Pequeno

Casa do Cabril

A Casa do Cabril está localizada em Pedrógão Pequeno, no centro de Portugal.

Leia Mais

Poderá efectuar a reserva sem cartão de crédito!

 

 

Recomendado

Casa Do Quelho - Janeiro de Cima

A Casa do Quelho está localizada em Janeiro de Cima, a 500 metros do Rio Zêzere e da sua praia.

Leia mais

Poderá efetuar a Reserva sem Cartão de Crédito!


Recomendado

Quinta da Geia Villas - Aldeia das Dez

A Quinta da Geia Villas apresenta uma piscina exterior, um spa & centro de bem-estar completo e vistas sobre a Serra da Estrela.

Leia mais

 

 
 
 

Recomendado

Casa Cova do Barro  - Janeiro de Cima

Casa Cova do Barro

Situada na aldeia de xisto de Janeiro de Cima, esta pousada dispõe de um jardim e de acomodações climatizadas, decoradas em tons de terra. A Albufeira de Santa Luzia fica apenas a 12 km de distância.

Leia mais

Poderá efetuar a reserva sem Cartão de Crédito!

 

 

Recomendado

Casa do Secolinho - Aldeia das Dez

Situada entre a Serra da Estrela e a Serra da Lousã, a Casa do Secolinho beneficia de uma localização no cimo da Aldeia de Dez. Leia mais

 

Ver todos os Hotéis nas Aldeias do Xisto!

 

banner 320x50 pt

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 91 visitantes e 0 membros em linha