Férias na Coreia do Sul: A Natureza

Coreia do Sul

Existe uma variada e rica fauna, graças às especiais condições climáticas da Península Coreia, com mais de 210 famílias com 3.347 espécies.

A península está dividida em três regiões botânicas: a região norte caracteriza-se pela abundante flora alpina com abetos, pinhos, robles, hayas, cedros e bétulas.

 

Na região central abundam os pinhos e plantas de folhas caducas como hayas, robles e castanhos, fresnos, sauces, tilos, plátanos e rododentros.

 

Na região do sul existe uma variedade de camélias, azaléias e gincos. Também há abundância de brizos e plantas medicinais como o famoso ginseg.

 

A fauna do país está representada pelo urso negro, ratos campestres mandarins, pássaros carpinteiros, veados e uma grande variedade de faisões. Existem perto de 379 espécies de aves (das quais 226 são migratórias), 130 de peixes, 14 de anfíbios e 25 de répteis. O animal mais representativo é o tigre, apesar de já não existir na realidade, permanece em inúmeras lendas e mitos. Outro animal importante é o cão de Chindo, originário da ilha de Chindo, ao sudeste da Coreia.

Os seus planos podem afetados pelo Coronavírus (COVID-19). Por favor, verifique as restrições de viagem antes de viajar ou reservar um alojamento. As viagens podem ser permitidas apenas em certas ocasiões e as viagens de turismo, em particular, podem ser proibidas.
Toggle Bar