Sobre a Guatemala

Sobre a Guatemala

Em plena América Central, limitada a norte e oeste pelo México, a leste pelo Belize, Golfo das Honduras e Honduras e a sul por El Salvador e Oceano Pacifico, a Guatemala é um dos mais espetaculares destinos turísticos para os adeptos da cultura Maia, sendo inclusive considerada como o berço desta cultura pré-hispânica.

Aqui encontra algumas informações uteis sobre a Guatemala.

 

 

Guatemala em números

Designação oficial do país: República da Guatemala

Capital: Guatemala City

Localização: Em plena América Central, limitada a norte e oeste pelo México, a leste pelo Belize, Golfo das Honduras e Honduras e a sul por El Salvador e Oceano Pacifico

Forma de Governo: República Constitucional Democrática

Superfície: 108.889 Km2

População: 13,824 Milhões de Habitantes

Línguas: A língua oficial é o espanhol

Religião: Católica; Protestante

Grupos étnicos: Mestiços (59,4%); Indígenas Maias (8,6%); Indígenas Não Maias (0,2%)

PIB: USD $70,15 Biliões

PIB per capita: US $5.200

Crescimento anual: 2,6%

Inflação: 3,9%

Principais sectores de atividade: Agricultura, Industria Têxtil, Industria Química

Principais parceiros comerciais: Estados Unidos, El Salvador, Honduras, México

 

 

Informações úteis

Documentação: Passaporte (com validade mínima de 6 meses)

Regime de entrada e estada na Guatemala

Não é necessário visto para estadias até 90 dias, mas é exigida a apresentação de passaporte válido por mais de seis meses à saída do país.

À entrada e saída da Guatemala é necessário o preenchimento de um formulário migratório, distribuído a bordo dos aviões comerciais e disponível nos postos fronteiriços e de controlo migratório.

 

Idioma: A língua oficial é o espanhol, sendo as línguas indígenas ainda faladas largamente.

 

O Clima na Guatemala

Essencialmente subtropical com escassas mudanças de temperatura entre as estações, variando somente com a altitude. O mês de maior calor é Maio e o mais frio é Janeiro.

Temperatura média de 20º C, podendo elevar-se aos 37º C na orla costeira. Nas zonas montanhosas ou de grande altitude, as temperaturas chegam a valores negativos, registando-se também elevada humidade. Época da Chuvas: Maio a Outubro. Durante a época de Verão poderão ocorrer tempestades e furacões.

Elevada atividade sísmica e presença de vulcões ativos.

Temperatura Média em ºC

Cidade da Guatemala

Jan Fev. Mar Abr. Mai Jun. Jul. Ago. Set. Out Nov. Dez

 26  28   30   30   31   31   29  29    27   27   26    26

Roupa: Recomenda-se roupa ligeira e fresca durante todo o ano e aconselhamos que leve um agasalho para as eventuais noites frescas nas terras mais altas

 

Hora Local: - 6 Horas (Abril a Outubro)

- 5 Horas (Novembro a Março)

Tempo de viagem: Não existem voos diretos de Portugal. O tempo previsto para o voo Lisboa – Cidade Guatemala é cerca de 10 horas, com escala em Madrid

 

Cuidados de saúde na Guatemala

A rede sanitária é deficiente. Somente a água engarrafada é aconselhável para consumo.

Nenhuma vacina é obrigatória, mas as vacinas contra o tétano, a poliomielite, a febre tifoide, a difteria e as hepatites A e B são vivamente aconselhadas.

Seguros - É aconselhável a subscrição de uma apólice de seguro de viagem que cubra despesas de internamento hospitalar e eventual evacuação sanitária.

Hospitais

Hospital de Guatemala: 00 (502) 23336116

Hospital San Juan de Dios: 00 (502) 22530423

Dengue, Chinkungunya e Zika

Têm-se verificado infeções causadas pelo vírus do Dengue,  Chikungunya e Zika (transmitidas pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus) de modo particular durante os meses de mais calor e chuvas. Normalmente não são doenças mortais, embora impliquem riscos diversos, em especial para pessoas com o sistema imunológico debilitado, grávidas, crianças e idosos.

Áreas que manifestaram maior exposição a estas doenças: Departamentos de Guatemala, Quiché, Suchitepéquez, Jutiapa, Izabal, Santa Rosa, Retalhuleu, Quetzaltenango, San Marcos, Petén Norte, Escuintla e Zacapa.

 

 

Corrente elétrica: A corrente elétrica é de 110V e as tomadas são do tipo americano com dois pinos, pelo que é necessário adaptador

 

 

Moeda local / Sistema Bancário

Moeda local: Quetzal

Os cartões de débito e crédito são em geral aceites nas grandes cidades e polos turísticos. Há casas de câmbio nos principais pontos turísticos.

Compras: Para quem visita a Guatemala será impossível não comprar artesanato típico, tal como objetos que contam uma representação moderna das antigas tradições maias. Podemos encontrar tecidos, tapetes, blusas bordadas, roupa moderna inspiradas em trajes típicos, magníficos trabalhos em cerâmica, madeira, jade, prata, pinturas primitivas ou modernas e trabalhos em couro

Turismo da Guatemala: www.visitguatemala.com

 

Condições de segurança na Guatemala

As condições de segurança são deficientes, registando-se bastantes assaltos, roubos, situações de abuso sexual e sequestros (express) em todo o país. 

As zonas fronteiriças com o México, e de modo particular os corredores utilizados para o tráfico de drogas e para movimentos migratórios (departamentos de Izabal, Alta Verapaz, Petén, Huehuetenango, San Marcos) têm vindo a conhecer vários incidentes relacionados com o crime organizado e o narcotráfico.

As zonas de risco, a evitar, concentram-se nos departamentos de  Escuintla, Quetzaltenango, Alta Verapaz, Izabal e Petén, bem como grande parte das zonas da capital e a maioria dos municípios limítrofes que apresentam índices de criminalidade muito elevados.

Na capital deverão ser evitadas as zonas 3, 5, 6, 7, 8, 11, 12 e 18, Mixco e Villanueva, devendo ser mantida vigilância a todos os momentos durante a visita a outros pontos da cidade.

Tem havido alguns incidentes recentes com viajantes que circulavam em carros de turismo, agredidos na rota de Florés a Tikal e entre Tikal e Uaxactùn.

Particularmente isolado, Uaxactùn é um destino desaconselhado, sendo também recomendado que os turistas se façam acompanhar pela polícia local para aceder por via fluvial a Aguateca e Ceibal.

As zonas consideradas como de risco médio (nas quais as visitas deverão ser efetuadas com precaução) são o departamento de Sololá (Lago Atitlán) e o departamento de Sacatepéquez (La Antigua), onde deve ser prestada atenção a potenciais situações de abuso sexual em locais de ócio.

Recomenda-se igualmente bastante prudência na subida a qualquer tipo de vulcão na Guatemala. Deverá obter informações mais detalhadas junto da Oficina de Asistencia al Turista (ASISTUR). É recomendável que este tipo excursões sejam realizadas em grupo, de dia, e acompanhados por guias profissionais.

Se possível, deverá deixar os seus documentos e objetos de valor em local seguro. No interior e nas estradas o risco é diretamente proporcional ao grau de isolamento e à falta de infra-estruturas adequadas. É desaconselhável viajar por estrada durante a noite, também por causa da falta de iluminação das mesmas.

As autoridades guatemaltecas, através do “programa de atención al turista” (PROATUR) e do Instituto Guatemalteco de Turismo (INGUAT), disponibilizam informações sobre as condições de segurança nas zonas a visitar, e proporcionam serviços de custódia (segurança) para grupos de turistas http://proatur.visitguatemala.com/es/custodias.php pelo que sugerimos que atentem nestas informações para o planeamento de viagens.

Polícia nacional. Telefone: 110

Todo e qualquer tipo de emergência: 1500

Assistência ao turista: 00 (502) 24212810

 

Transportes na Guatemala

O aeroporto internacional da capital é La Aurora, Cidade de Guatemala, havendo voos domésticos para vários destinos.

Para as movimentações dentro do país aconselhamos a utilização de shuttle, muitas vezes disponibilizados pelos próprios hotéis.

Os autocarros públicos, denominados “chicken bus”, fazem viagens de curta e longa distância mas são desaconselhados por circularem extremamente lotados e serem veículos velhos com poucas condições de segurança.

 

 

Comunicações na Guatemala

Grau médio de qualidade. O uso de telemóvel está generalizado, embora a área de cobertura seja menor no interior, também pela natureza montanhosa de certas regiões. Fora das áreas mais urbanizadas, incluindo no percurso turístico Cidade da Guatemala-Lago Atitlán, há troços sem cobertura. A rede móvel utiliza o sistema digital norte-americano.

 

Informações úteis

Não existe representação diplomática portuguesa na Guatemala, sendo os assuntos políticos e consulares deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal na Cidade do México.

NB: O Consulado Honorário de Portugal existente naquele país não está autorizado a emitir documentos de viagem.

 

Como Chegar à Guatemala:

Principais Aeroportos da Guatemala

Aeroporto de la Aurora (GUA)

Aeroporto de Puerto Barrios (PBR)

Aeroporto Internacional Mundo Maya (FRS)

Coban Airport (CBV)

Retalhuleu Airport (RER)

 

Procura e reserva de Voos

 

Onde Ficar na Guatemala:

 

Aqui encontra a melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias na Guatemala

banner 320x50 pt

Excursões e actividades na Guatemala

 

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao