Sobre a Tanzânia

Zanzibar

Aqui encontra algumas informações úteis para a sua viagem e estada na Tanzânia

A Tanzânia está localizada na costa oriental africana e é composta pelo seu território continental e pelo arquipélago de Zanzibar, localizado ao largo da sua costa. Segundo estimativas de 2017, o número de habitantes na Tanzânia ascendia a 57 310 000. 

 

O Clima na Tanzânia

O clima da Tanzânia é tropical e semiárido. É quente e húmido no litoral, sendo mais fresco e seco nas zonas de maior altitude.

 

Línguas

As línguas oficiais da Tanzânia são o Suaíli e o Inglês, sendo a primeira a língua mais falada no país.

 

Moeda local / Sistema Bancário

A moeda oficial da Tanzânia é o xelim tanzaniano.

Os cartões de crédito são aceites apenas em determinados hotéis e restaurantes das principais cidades, pelo que se aconselha levar moeda, em particular dólares americanos (ver informação sobre vistos). Euros e dólares podem ser trocados por xelins nos aeroportos ou, a taxas mais elevadas, nos principais hotéis.

 

 

Regime de entrada e estada na Tanzânia

É obrigatória a apresentação de visto. Vistos com entradas múltiplas ou de maior duração terão de ser obtidos junto de representações diplomáticas da Tanzânia. Vistos turísticos de uma só entrada poderão ser comprados nos aeroportos, à chegada, por 50 USD, desde que estejam preenchidos todos os restantes requisitos de entrada (preenchimento dos formulários, passaporte válido, bilhete de regresso, reserva de hotel, vacinação obrigatória). Note que, dependendo do tipo de bilhete de avião, poderá ter também de pagar uma taxa aeroportuária à saída da Tanzânia ou entre Zanzibar e o continente (cerca de 30 USD e 5 USD, respectivamente, embora os preços possam sofrer alterações). Tenha sempre por isso disponíveis alguns dólares americanos, em notas. Em geral, não são aceites outras moedas ou cartões de crédito.

 

 

Condições de segurança na Tanzânia

As condições de segurança na Tanzânia são razoáveis.

Embora não atinja os níveis de outros países na zona, a criminalidade pode ser um problema na Tanzânia, em particular nas zonas urbanas e balneares. Deve evitar andar com bens de valor à vista e, quando viajar de carro, verifique que todas as portas e janelas estão fechadas. Convém também organizar viagens e passeios em grupo ou, pelo menos, consultar o hotel ou a agência de viagens sobre as condições de segurança particulares na zona a visitar. Guarde os seus bens, incluindo o passaporte, no cofre do hotel. Dado que é obrigatório andar com identificação, quando sair do hotel leve uma fotocópia do passaporte.

Utilize de preferência meios de transporte recomendados pelos hotéis ou pelas agências de viagens. Confirme que saberá identificar o motorista do hotel que o for buscar ao aeroporto. Evite, se possível, viagens por estrada à noite.

Não se recomendam viagens ao oeste do país, junto das fronteiras com o Burundi e o Ruanda. A existência de campos de refugiados nessa zona aumenta o risco de assalto por bandos armados.

O arquipélago de Zanzibar, que goza de considerável autonomia no quadro da República Unida da Tanzânia, desfruta de condições razoáveis de segurança, mas evite passear sozinho/a em praias desertas.

Os parques naturais são, em geral, seguros, desde que respeite as recomendações dos guias.

Os riscos de ataques terroristas não são tão elevados como noutros países da região, mas convirá recordar que a Embaixada dos EUA em Dar es Salaam foi atacada em 1998, causando 12 mortos. Foram reportados nos últimos anos alguns incidentes violentos na zona sul costeira do país.

Apesar de não se terem registado ataques piratas e de captura de navios ao largo da costa da Somália e dos países vizinhos, bem como nas águas adjacentes, aconselha-se vivamente a maior atenção aos capitães de navios que naveguem nas referidas zonas. É impossível garantir uma protecção eficaz. Aconselha-se vivamente aos capitães de navios nas zonas de perigo que efectuem o seu registo no "Maritime Security Centre" através do endereço www.mschoa.org.

Antes de viajar, solicitamos que informe o Consulado-Geral de Portugal em Maputo (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) indicando as datas de chegada e partida e os locais de alojamento. No caso de ser vítima de qualquer incidente de segurança, contacte o Consulado-Geral (+ 258 823 166 540; para emergências: + 258 843 987 647).

Funciona em Dar es Salam um Consulado honorário de Portugal, titulado pelo Eng.º Eduardo Rocha, com as seguintes coordenadas para contacto:

Office Plot nº 320: Nelson Mandela Road – Kurasini /P.O. Box 40242 – Dar es Salam

Eduardo Rocha –  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 

Transportes na Tanzânia

A rede rodoviária é geralmente deficiente, obrigando a particular cautela caso deseje conduzir pessoalmente e não recorra a motoristas locais. A iluminação noturna, fora dos centros urbanos, é muito deficiente. O fornecimento de combustível não levanta problemas particulares, sendo no entanto aconselhável levar reservas no caso de viagens longas.

A rede ferroviária é razoável. Consulte a sua agência de viagens sobre as condições de segurança particulares para o trajeto que deseja fazer. Tenha em atenção que nem sempre terá onde guardar a sua bagagem com segurança.

Há várias companhias aéreas, em geral fiáveis, incluindo voos "low-cost". Opte pelo transporte aéreo para deslocações mais longas.

Há ligações de "ferry" entre o continente e as ilhas, para além das ligações aéreas.

 

 

Cuidados de saúde na Tanzânia

A vacinação contra a febre-amarela é obrigatória para quem provem de um país com o risco da mesma.

Consulte o link das autoridades da Tanzânia: http://www.taa.go.tz/index.php/traveller-guides/health-requirements

A apresentação dos certificados de vacinação é, por vezes, solicitada. A profilaxia da malária é recomendável. Evite consumir alimentos crus ou mal cozinhados e beber água não engarrafada. Utilize sempre roupa leve mas comprida e repelente de inseto, para evitar picadas de mosquitos ou, nalguns parques, de moscas tsé-tsé (doença do sono). Não tome banho em rios ou lagos de água de doce, dada a presença de parasitas na água. Consulte o seu médico para verificar que vacinas deverá tomar ou actualizar antes de viajar para a Tanzânia. Os níveis de infecção pelo HIV atingem cerca de 6% da população adulta, pelo que deverá tomar particulares precauções. É muito aconselhável a realização de um seguro de saúde completo, válido na Tanzânia, e que inclua a repatriação em caso de necessidade.

 

 

Telecomunicações na Tanzânia

Poderá ter dificuldades de acesso à rede telefónica internacional.

 

 

Informações úteis

A população da Tanzânia recebe um elevado número de turistas por ano e é conhecida pela sua hospitalidade. O viajante deve, no entanto, respeitar os costumes e usos locais, em particular fora dos "resorts" turísticos. A maior parte da população na costa é muçulmana, pelo que é conveniente, tanto para os homens como para as mulheres, utilizar roupas compridas ao passear por zonas habitadas e evitar o consumo de álcool em locais públicos (a maior parte dos hotéis e restaurantes servem álcool desde que consumido dentro do estabelecimento). Durante o mês do Ramadão, em que a maior parte dos locais jejua entre o nascer e o pôr do sol, deve-se também evitar comer ao passear por zonas urbanas. O "topless", nas praias, é proibido. As práticas homossexuais estão criminalizadas na Tanzânia. A posse e/ou consumo de drogas são punidos com severas penas de prisão. Evite fotografar pessoas sem a sua prévia autorização. É proibido fotografar ou filmar edifícios públicos considerados sensíveis, como quartéis, portos, aeroportos ou instalações governamentais.

Não existe representação diplomática portuguesa na Tanzânia, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) e Consulado Geral de Portugal em Maputo (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.), com o apoio do Consulado honorário em Dar es Salam. Para efeitos de protecção consular local poderá contactar qualquer Embaixada de países da União Europeia, que por sua vez entrará em contacto com a Embaixada de Portugal em Maputo. Portugal é representado, para efeitos de pedidos de visto Schengen, pela Embaixada da Espanha (Embassy of Spain, Plot 99B, Kinondoni Road, Dar es Salaam; telefones: +255 22 266 6018/019/936).

Endereços das representações consulares portuguesas (postos e secções consulares) no estrangeiro: - https://www.portaldascomunidades.mne.pt/

Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal: -  http://www.min-nestrangeiros.pt/mne/missoes/

 

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda