Sobre o Uruguai

Colónia de Sacramento

Aqui encontra algumas informações úteis para a sua viagem e estada no Uruguai.

Situado entre a Argentina e o Brasil, o Uruguai ocupa uma superfície de cerca de 175 mil km2 e tem aproximadamente 3,3 milhões habitantes. Cerca de 40% da população concentra-se na capital, Montevideu. O país encontra-se administrativamente dividido em 19 departamentos: Artigas, Canelones, Cerro Largo, Colonia, Durazno, Flores, Florida, Lavalleja, Maldonado, Montevideu, Paysandú, Río Negro, Rivera, Rocha, Salto, San José, Soriano, Tacuarembó e Treinta y Tres.

O Uruguai é uma democracia constitucional que tem exibido, nos últimos anos, um desempenho económico assinalável. Até setembro de 2018, o crescimento do PIB situava-se em 2,1%. No que respeita à inflação anual, esta situou-se na ordem dos 7,96%.

Os principais pontos de atração turística são Colónia do Sacramento, com o seu bairro histórico (fundada por portugueses em 1680), situada a 180 km de Montevideu (oeste do país, litoral do Rio da Prata) e Punta del Este, estância balnear de renome internacional, a 120 km da capital (leste do país, litoral atlântico), com bons acessos rodoviários em qualquer dos casos.

 

 

O Clima no Uruguai

O clima é temperado e com estações bem definidas, ainda que o Verão possa assumir características subtropicais, com elevados índices de humidade. O verão ocorre entre dezembro e março (com temperaturas entre 26ºC e 32ºC) e o inverno ocorre entre junho e setembro (temperaturas entre 5ºC e 10ºC). Na primavera e no outono as temperaturas médias oscilam entre 14ºC e 20ºC.

 

 

Língua

A língua oficial é o espanhol. Nas zonas de fronteira com o Brasil é utilizado um dialeto correntemente designado "portuñol".

Moeda local / sistema bancário

A moeda local é o peso uruguaio (para verificar câmbio com o €, consultar http://www.bportugal.pt) mas a economia encontra-se ainda altamente dominada pelo dólar, pelo que os pagamentos em moeda norte-americana gozam de aceitação.

Os cartões de crédito são correntemente aceites e Montevideu conta com numerosas caixas automáticas. As taxas praticadas nas agências de câmbio são, de um modo geral, mais favoráveis que as do sistema bancário. O euro goza já de completa implantação, sendo, na maioria das transações, facilmente convertível em moeda nacional.

 

 

Regime de entrada e estada no Uruguai

Os cidadãos portugueses com passaporte válido podem sem visto entrar no Uruguai e permanecer até 90 dias, passíveis de renovação por um período idêntico, mediante o pagamento de uma taxa de prolongamento, no valor de 800 pesos uruguaios (dados de janeiro de 2019).

Para a fixação de residência deverá ser portador das certidões de nascimento e de casamento, bem como do certificado de Registo Criminal (dos últimos 5 anos, independentemente do lugar de residência) devidamente legalizados com a Estampilha da Haia. Para o exercício de atividade profissional deverá apresentar o contrato de trabalho devidamente certificado por notário público, bem como a inscrição no BPS (Banco de Previsión Social) e da DGI (Dirección General Impositiva)

 

Restrições Aduaneiras/ Sanitárias à Importação de Produtos

Os viajantes não podem fazer entrar no país os seguintes produtos: vegetais, frutas e produtos hortícolas frescos, sementes (incluindo artesanato com sementes e produtos vegetais), flores e plantas em geral (incluindo ornamentais), terra, animais (incluindo domésticos – ver abaixo), produtos e subprodutos, leite e produtos lácteos, carne de qualquer tipo (incluindo enchidos), alimentos para animais e produtos biológicos ou para uso veterinário, produtos inflamáveis, estupefacientes, objetos obscenos, material subversivo ou pornográfico. Destas restrições, assim como da campanha contra o contrabando, decorre a prática local de fazer passar as bagagens por raio-X à chegada ao aeroporto internacional de Montevideu. A entrada de animais de estimação está condicionada à emissão de um Certificado Sanitário Oficial. Qualquer produto proibido que seja identificado pelas autoridades alfandegárias (sobretudo se for de natureza perecível) é, em princípio, imediatamente destruído e na presença do proprietário.

 

Taxas aeroportuárias

Deverão os viajantes que utilizam o aeroporto internacional de Montevideu, na saída do país, pagar as seguintes taxas de embarque:

- Voos internacionais: USD$ 42,00;

- Ponte aérea Montevideu – Buenos Aires: USD$ 19,00;

- Voos locais: USD$ 2,00.

Para efetuar o pagamento, são aceites cartões de crédito, dólares norte-americanos e pesos uruguaios. Para mais informações sobre o sistema alfandegário www.aduanas.gub.uy

 

 

 

Condições de segurança no Uruguai

As condições de segurança sofreram um sério agravamento nos últimos dois anos. O Uruguai era conhecido por ter baixos índices de criminalidade, o que atualmente, deixou de ser verdade. Verifica-se um acentuado aumento da violência urbana com roubos e assaltos a pessoas, comércio e residências, alguns com violência.

Aos visitantes em Montevideu recomenda-se especial atenção nos principais pontos de interesse turístico, como a "Cidade Velha" e zona do porto em geral - sobretudo se está sozinho e casais passeando de noite, e também ao levantar dinheiro das caixas automáticas.

Perante um assalto deverá procurar manter a serenidade, nunca reagir de forma violenta e participar a ocorrência à polícia. Os veículos que permaneçam estacionados na via pública não deverão exibir qualquer objeto ou peça de roupa identificável do exterior.

Quanto ao resto do país, as recomendações anteriores são particularmente válidas para Punta del Este, para Colónia do Sacramento nas zonas de fronteira, especialmente, com o Brasil.

As estradas, em termos regionais, são boas mas a maioria sem separadores centrais e com transito pesado frequente, pelo que se recomenda muita atenção na circulação e nos excessos de velocidade

Outras informações importantes

Números de telefone de emergência:

Montevideu

- Polícia e Bombeiros: 911;

- Ambulâncias Públicas: 105;

- Emergência na Estrada: 108;

- Bombeiros:104

O poder judicial é independente do poder executivo. No entanto, a celeridade da sua  atuação é variável.

Existe a figura do "provedor do detido" mas o sistema penitenciário debate-se, entre outros, com problemas de taxas de ocupação dos estabelecimentos prisionais excedendo, na generalidade dos casos, a capacidade inicialmente projetada. Os Cidadãos portugueses condenados e pena de detenção deverão, em princípio, cumprir a pena  no Uruguai.

 

 

Transportes no Uruguai

Transporte aéreo

Não existem voos diretos do Uruguai para Portugal (Lisboa.) As ligações com o nosso país são asseguradas através de conexões com outros destinos.

Existem voos diretos para os Estados Unidos da América – (American Airlines), Espanha (Air Europa), França (Air France), diversos países da América do Sul e para o Panamá, sendo que as ligações para outros destinos efetuam-se por São Paulo, Rio de Janeiro, Buenos Aires e Panamá. Consultar: www.aeropuertodecarrasco.com.uy.

Procura e reserva de Voos

 

Transporte rodoviário

A rede viária tem uma extensão de 8764 quilómetros, conferindo ao país uma das melhores acessibilidades da América Latina.

O Uruguai conta ainda com bons serviços rodoviários internos e internacionais. Os mapas de estradas estão disponíveis em diversos sites, sugerindo-se a consulta dewww.uruguaytour.com, com ligações aos diferentes departamentos administrativos.

O aeroporto internacional de Montevideu encontra-se a cerca de 30 minutos de automóvel do centro da cidade e o serviço de táxi para esse percurso ronda os 500 pesos (aprox. 17 euros).

Segurança rodoviária

As estradas são, regra geral, seguras (informações sobre o novo Código da Estrada podem ser consultadas em http://www.presidencia.gub.uy/unasev/). O país conta, no entanto, com uma elevada taxa de sinistralidade rodoviária.

 

 

Transporte marítimo

Existem boas ligações marítimas com Buenos Aires, na Argentina, com duração de 2h entre os portos das duas capitais.

 

 

 

Alojamento no Uruguai

A capital e as principais cidades oferecem hotéis de várias categorias.

Procurar hotel com desconto e promoções de Férias no Uruguai

banner 320x50 pt

Cuidados de saúde no Uruguai

É aconselhável possuir em dia as vacinas de tétano e tríplice viral, a subscrição de seguros que cubram todos os cuidados médicos, uma vez que os custos de medicina privada são elevados. Em caso de permanência mais prolongada no país, recomenda-se a inscrição numa associação de serviços mútuos, de medicina privada ou a subscrição de uma emergência médica.

Endereços dos principais hospitais e clínicas:

 

Montevideu

- Hospital Britânico (Clínica Privada): Av. Itália 2420 – Tel. (00598) 24871020;

- Hospital Americano (Clínica Privada): Isabelino Bosch 2466 – Tel. (00598) 27086041;

- Asociación Española (Clínica Privada): Bvar Artigas esquina Palmar Tel 1920 7000;

- Sanatório IMPASA (Clínica Privada): Av. L. A. de Herrera 2275 – Tel. (00598) 24878787 / 24871016;

- Hospital de Clínicas "Dr.Manuel Quintela" (Público): Av. Itália s/n – Tel. (00598) 24871515. Para inscrição neste estabelecimento, o utente terá de apresentar provas de rendimentos baixos.

 

Punta del Este

- Sanatório Cantegril (Clínica Privada): Av. Roosevelt s/n – Tel. (00598) 42489151;

- Sanatório Dr. J.D. Mautone (Clínica Privada): Av. Roosevelt s/n – Tel. (00598) 42222860.

 

Colónia do Sacramento

- Sanatório Evangélico (Clínica Privada): Fosalba 366 – Tel. (00598) 5225024.

Emergências móveis privadas:

Montevideu - UCM – Administração: José Mazzini 2957 – Tel. (00598) 24873333;

- SUAT – Administração: 21 de Setiembre 2474 – Tel. (00598) 27110711.

 

Punta del Este

- Cardiomóvel – Administração: Av. Roosevelt Esq. Acuna de Figueroa – Tel. (00598) 42232800;

Colónia do Sacramento:

- SIMC – Administração: Manuel Lobo 332 – Tel. (00598) 5224352.

 

 

Telecomunicações  no Uruguai

O Uruguai tem boas redes telefónicas nacionais fixa e móveis, embora estas últimas, com dificuldades pontuais em áreas rurais.

Os viajantes portugueses deverão consultar, antes da sua deslocação, a empresa prestadora do serviço ao seu telemóvel para a utilização do serviço roaming no Uruguai. É possível comprar chips para telemóveis junto das empresas Antel, Movistar e Claro.

Existem diversos operadores privados a funcionar em sectores específicos da rede fixa em condições vantajosas. Montevideu conta com "cyber-cafés" e vários locais de acesso “wireless” (também no interior do país).

 

 

Informações úteis

É recomendável que os viajantes que permaneçam por períodos mais longos no Uruguai se inscrevam na secção consular da Embaixada.

 

Embaixada de Portugal em Montevideu

- Endereço: Avenida Dr. Francisco Soca, n.º 1128, ap.701, 11300 Montevideo;

- Telefones: (00598) 27084061 (secção consular) / 27084061 (geral) / (0)94491313 (emergência);

- Endereços de correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.;

- Sítio Internet: https://www.montevideu.embaixadaportugal.mne.pt/

 

 

Consulado Honorário em Colónia do Sacramento

- Cônsul Honorário:Nelsys Fusco Zambetogliris;

- Endereço: 18 de julio, 263, Colonia del Sacramento

- Telefone / Fax: (00598) 99521305;

- Endereço de correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Endereços úteis:

- www.presidencia.gub.uy;

- www.turismo.gub.uy;

- www.elpais.com.uy;

- www.volt.com.uy.

 

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao