Os melhores locais para visitar no Burquina Faso

Burquina Faso

País sem litoral, o Burquina Faso é um dos países mais pobres da África e, possivelmente, do mundo. No entanto, o que falta em recursos e riqueza, é mais do que compensado em espírito e beleza natural.

 A lista de destinos “de visita imperdível” pode ser consideravelmente mais curta do que muitos outros países da África, mas os habitantes locais recebem os visitantes com carinho e encanto, tudo fazendo para que a sua estadia seja memorável.

As principais atrações do Burquina Faso são, sem dúvida, as paisagens naturais que vão desde os afloramentos escarpados dos Picos Sindou até à abundante vida selvagem que pode ser encontrada no Lago Tengrela ou nos quatro parques nacionais de Burquina Faso.

As cidades em Burquina Faso não oferecem muito em termos de pontos de interesse ou atrações turísticas, mas a música e outras formas de artes oferecidas são realmente algumas das melhores oferecidas na África.

A indústria do turismo é algo que ainda necessita de desenvolvimento pelo que as instalações podem ser algo rústicas, mas a falta de turistas não é necessariamente um mal e alguns dos pontos que irá visitar dão aquela sensação que está num destino realmente selvagem e intocado.

 

 

Ouagadougou

Ouagadougou

Ouagadougou, mais comumente conhecida pelo nome abreviado de Ouaga, é a capital do Burquina Faso e também a sede da administração e dos centros econômicos do país.

A arquitetura aqui está longe de ser inspiradora e os pontos turísticos, exeptuando a impressionante catedral católica romana, deixam a maioria dos visitantes desapontados, mas Ouagadougou é um verdadeiro caldeirão cultural a nível de artes.

 Dança, música ao vivo, festivais incríveis e mercados de artesanato proporcionam uma experiência de viagem inesquecível e gratificante e fazem uma viagem a Ouaga valer a pena.

Servida pelo Aeroporto internacional – Ouagadougou (OUA), a Capital é um dos principais pontos de entrada no Burquina Faso e um excelente ponto de partida para a descoberta do país.

 

 

 

 

Bobo-Dioulasso

Bobo-Dioulasso

Segunda maior cidade do Borquina Faso, Bobo-Dioulasso, tem uma atmosfera descontraída e exclusiva que o torna um local de descanso favorito para viajantes de todas as origens e com todos os orçamentos.

Vale a pena explorar Bobo-Dioulasso durante o dia, mas a principal atração aqui é a vida noturna. A música ao vivo e os restaurantes da cidade são alguns dos melhores do Burquina Faso. A música local oferecida em vários clubes e bares atrai os moradores da cidade, bem como turistas da Europa e dos Estados Unidos.

 

 

 

 

Banfora

Banfora

Situada na província de Comoe, uma das mais belas regiões do Burquina Faso, Banfora não constitui uma atracão turística mas a localização é perfeita para aqui ficar e partir à descoberta da região.

Proxima de atracões como Lago Tengrela, um ótimo lugar para avistar hipopótamos, especialmente durante a estação seca ou as Cascatas de Karfiguela, que proporcionam um ótimo local para caminhadas ou piquenique, Banfora é o ponto de partida ideal para a descoberta da região.

 

 

 

 

Gorom Gorom

Gorom Gorom

Gorom Gorom situa-se no norte de Burquina Faso, no que já foi um local importante no cruzamento do Sahel. A principal razão para visitar a cidade é sem dúvida o mercado. Todas as quintas-feiras, comerciantes de todo o país viajam para vender seus produtos neste mercado impressionante. É um ótimo lugar para fazer compras de lembranças que vão desde jóias a itens artesanais de couro.

 

 

 

 

Tiebele

Tiebele

Tiebele é uma pequena aldeia localizada ao lado da fronteira do Burquina Faso com o Gana. O povo Kassena da África, um dos grupos étnicos mais antigos do país, é originário desta vila e, como tal, há um grande número de cabanas tradicionais de barro e outra arquitectura, tudo lindamente decorado. As casas aqui, principalmente devido à pobreza na área, são construídas inteiramente de palha e lama, mas são decoradas com caráter e orgulho, tornando-os um ótimo local para visitar.

 

 

 

 

Parque Nacional Arli

Arli National Park

Este parque nacional, situado no sudeste de Burquina Faso, é um dos quatro existentes em Burquina Faso e abriga milhares de animais. O parque ocupa uma área de cerca de 700 quilômetros quadrados e é lar de leões, antílopes, macacos e hipopótamos, entre outras espécies de animais.

Anteriormente, o parque era o lar do cão selvagem africano, embora se pense que, devido à expansão da população humana e outros fatores, esta espécie pode ter sido eliminadas na área. O bebedouro em Tounga é um dos pontos de observação de animais mais confiáveis ​​e populares do parque e atrai uma considerável variedade de animais selvagens durante todo o ano.

 

 

 

 

Ruinas de Loropeni

The Ruins of Loropeni

Essas ruínas, com pelo menos 1000 anos de idade, servem como uma lembrança vívida de quanto vasto e importante era o comércio de ouro no Saara.

 O site é um Patrimônio Mundial da Unesco e foi o primeiro a ser recompensado com tal status no país.

 

 

 

 

Parque Nacional W

W National Park

Parque Nacional compartilhado com Benim e Níger. Os animais situados aqui desfrutam de uma transição de terreno entre savana e floresta e incluem enormes bandos de aves migratórias. O parque é outro dos Patrimônios Mundiais Unseco do Burquina Faso. Impressionantemente, o parque também mostrou evidências de colonos neolíticos iniciais.

 

 

 

 

Reserva Nazinga

Nazinga Reserve

Não muito longe da fronteira compartilhada com Gana, a Reserva de Caça de Nazinga cobre uma extensão de cerca de 97.000 hectares. Caso esteja visitando o país pela sua vida selvagem, esta reserva é um dos destinos de visita obrigatória. Os elefantes são a principal atracção deste perque, embora a avifauna e os crocodilos também sejam populares. A melhor época para ver os elefantes da reserva é entre os meses de dezembro a abril. Existem várias opções de acomodação na reserva, incluindo o impressionante Nazinga Ranch, que ocupa uma propriedade de primeira categoria no mais animado poço de água da reserva.

 

 

 

 

Sindou

Sindou

A animada cidade de Sindou está localizada na província de Loraba, em Burquina Faso, e é principalmente conhecida pelos picos rochosos nas proximidades, que aparecem subitamente nos arbustos circundantes. O melhor de Sindou é que, embora os Sindou Peaks sejam uma atração turística genuína, a cidade mantém seu caráter e charme e não se sente como um ponto turístico. Guias estão prontamente disponíveis na área e com preços razoáveis. Certifique-se de visitar os picos ao pôr-do-sol para algumas boas fotografias e memórias.

 

 

 

 

Ouahigouya

Ouahigouya

Ouahigouya tem sido o centro da cultura Mossi desde que foi fundada em 1757. É a quarta maior cidade do país e atrai uma boa quantidade de viajantes de todo o mundo. As principais atrações aqui são o mercado, os vendedores de comida de rua que servem variações de arroz saboroso e o Chef Yatenga que é o chefe de sua fé e fornece informações sobre a cultura Mossi em uma base “pague o que você deseja”.

 

 

 

 

Ziniare

Ziniare

Ziniare está situado na província de Oubritenga e é notável por ser o local de nascimento do ex-presidente do Burquina Faso, Blaise Compoare. Os locais de interesse para os viajantes na área incluem o Ziniare Wildlife Park e a incomum escultura de granito que foi obra de um grupo coletivo de 18 artistas de 13 países diferentes. Os animais do Ziniare Wildlife Park incluem hienas, leões, tigres, elefantes e uma única girafa. O parque parece ter sido negligenciado um pouco nos últimos anos e poderia fazer com uma reformulação para torná-lo mais uma atração turística.

 

 

 

 

Lago Tengrela

Lake Tengrela

Os hipopótamos aqui são a principal atração e pensa-se que, devido aos animais serem da variedade sagrada, eles não atacarão humanos. Há uma possibilidade de ver hipopótamos durante todo o ano nos passeios do parque que são seguros e geralmente a preços razoáveis. Se você tiver sorte, você também será capaz de assistir pescadores locais lançando suas redes no lago.

 

 

 

 

Parque Bangr Weogo

Bangr Weogo Park

Este fantástico parque de animais selvagens está situado no coração da cidade de Ougadougou e é um dos parques urbanos mais incríveis do mundo, com uma impressionante quantidade de animais e plantas. O parque também tem um grande museu detalhando a história natural da área, bem como ótimos restaurantes, desportos recreativos e áreas de lazer.

 

 

 

 

Sabou

Sabou

A cidade de Sabou é popular pelos seus crocodilos sagrados. Os crocodilos são vistos como inofensivos e notavelmente nenhum acidente envolvendo os crocodilos ocorreu nos últimos 70 anos. Se procura uma oportunidade de foto única para impressionar seus amigos em casa, os moradores locais aqui irão encorajá-lo ativamente a sentar em uma dessas criaturas por um piscar de olhos. É proibido comer os crocodilos e o bem-estar das criaturas é estritamente monitorado pelos moradores locais da cidade.