Sobre a Croácia

Croácia

Aqui encontará algumas informações úteis sobre a Croácia como o clima, línguas oficiais, moeda oficial, regime de entrada e estada, regime de vistos, transportes, condições de segurança, condições de saúde, telecomunicações, e muito mais.

A Croácia estende-se em forma de um arco desde as margens do Danúbio a leste até à baía de Kotor no Mar Adriático a sul e pode ser dividida em três regiões geográficas específicas: as planícies e colinas de pouca altitude (no norte e nordeste), as grandes montanhas (na parte central e costeira) e a parte litoral propriamente dita com uma costa muito recortada. Este país faz fronteira com a Eslovénia, a Hungria, a Sérvia, a Bósnia-Herzegovina e Montenegro. Chama-se a atenção para o facto que Dubrovnik e a área circundante não terem continuidade geográfica com o restante território croata.

Número de ilhas – 1.185

População – 4.171.000

Capital – Zagreb (quase um milhão de habitantes)

Outras cidades importantes (ordem alfabética) – Dubrovnik, Karlovac, Osijek, Pula, Rijeka, Slavonski Brod, Sisak, Split, Sibenik, Varazdin, Vukovar, Zadar.

Divisão político-administrativa – Cidade de Zagreb e 20 condados (unidades administrativas, “zupanija” em língua croata).

 

 

O Clima na Croácia

O Norte da Croácia (que inclui Zagreb) tem um clima continental com uma amplitude térmica elevada. O inverno é rigoroso e longo e o verão é curto e muito quente, sendo que as temperaturas no inverno podem atingir os 15º graus negativos e no verão alcançar os 38º graus positivos. Existe ainda a probabilidade de grandes e inúmeros nevões no inverno.

Na Croácia central e na Costa Adriática o clima é mediterrânico com primavera e outono temperados e verão quente. Assim, o inverno não é tão rigoroso como no Norte, mas em compensação é bastante ventoso durante todo o ano. De assinalar que na costa adriática podem surgir ventos fortes repentinos, apanhando desprevenido quem viaja de barco pela costa ou está a praticar desportos náuticos.

A Croácia tem uma atividade sísmica considerada moderada.

 

 

Lingua Oficial na Croácia

A língua oficial é o croata. Nos principais centros urbanos, e especialmente na população mais jovem, é possível a comunicação em inglês. O italiano (na área costeira e na região da Istria) e o alemão (na parte continental) do país, poderão mostrar-se igualmente úteis.

 

 

Moeda local / sistema bancário na Croácia

A moeda oficial da Croácia é a kuna (dividida em 100 lipa). A moeda estrangeira pode ser trocada em moeda local em bancos, casas de câmbio e balcões dos correios, em conformidade com a taxa de câmbio do dia.

Geralmente são aceites todos os principais cartões de crédito (American Express, Diners, Visa e Eurocard/Mastercard), bem como Eurocheques (depois de trocados nos bancos). Aceder a dinheiro através de balcões ATM é também possível nas principais cidades e nos mais importantes centros turísticos da Croácia.

Recorda-se entretanto que o euro não é aceite como moeda de pagamento corrente pelo que todas as despesas tem de ser pagas em kunas, sejam em dinehiro seja por por via de cartão de crédito.

Taxas de câmbio

 

 

Regime de entrada e estada na Croácia

A Croácia não integra o Espaço Schengen. Pode entrar e permanecer na Croácia até um período máximo de três meses, sem visto, mediante a apresentação de cartão de cidadão válido. O passaporte é naturalmente aceite mas não é obrigatório para viajar para e na Croácia. A passagem no posto fronteiriço bósnio de Neum com direção a Dubrovnik, pode ser feita igualmente mediante a apresentação de cartão de cidadão válido.

As deslocações em turismo à Albânia, Antiga República Jugoslava da Macedónia, Bósnia e Herzegovina, Montenegro, Kosovo e Sérvia, podem normalmente ter lugar só com o cartão de cidadão válido e sem necessidade de passaporte. No entanto, face ao atual afluxo de refugiados por esta zona geográfica que tem levado a um aumento de vigilância e controlo de documentação, aconselha-se a que seja sempre titular de passaporte válido. 

 

Restrições Aduaneiras/ Sanitárias à Importação de Produtos

Não existem restrições aduaneiras dignas de nota para além daquelas geralmente aplicáveis na Europa extra comunitária. É de assinalar que, sobretudo durante o período estival, as formalidades nas fronteiras rodoviárias da Croácia são muito morosas o que pode implicar esperas significativas na passagem daquelas fronteiras. Não há restrições sanitárias. Não existem doenças endémicas.

 

 

Condições de segurança na Croácia

Os índices de criminalidade são baixos, sobretudo comparativamente com outros países europeus. Regista-se um acréscimo da pequena criminalidade (furtos e roubos) contra turistas, durante o período de Verão, principalmente nas estâncias balneares da costa adriática (Split, Dubrovnik, Zadar, Rijeka e Pula, bem como nas ilhas). De qualquer modo, esse acréscimo não tem sido significativo nem preocupante.

É de assinalar a existência de inúmeros campos de minas ainda não desativados – consequência da guerra de 1991/1995 - pelo que se sugere a máxima prudência em algumas áreas rurais especialmente fora do perímetro urbano (áreas de Osijek, Vukovar, Slavonski Brod, Sisak, Nova Gradiska, Zadar, Vinkovci, Knin e Dubrovnik, sendo que esta lista não é exaustiva). Contudo, as áreas urbanas e suburbanas daquelas cidades são zonas seguras. Os relatórios mais recentes calculam que ainda existam cerca de 50 mil minas por desativar. Várias localidades estão assinaladas com o símbolo internacional para “minas”, o qual deve ser respeitado.

Para mais informações consulte o sítio web do Croatian Mine Action Centre: https://www.hcr.hr/en/index.asp.

Para uma análise mais detalhada do mapa da Croácia em função dos alertas de minas consulte: https://misportal.hcr.hr/HCRweb/faces/intro/introduction.jspx.

 Números de telefone de Emergência

- Serviço de Número único – 112

- Polícia – 192

- Bombeiros – 193

- Emergência médica – 194

- Assistência rodoviária – 1987

- Assistência Marítima – 195

- Informações gerais – 18981

- Informações sobre números de telefone – 11888

 

 

 

Transportes na Croácia

Aeroportos:

– Zagreb (internacional – Aeroporto Franjo Tuđman), Split (internacional), Dubrovnik (internacional), Zadar, Rijeka (ilha de Krk), Pula e Osijek. Companhias aéreas: Croatia Airlines (nacional).

 

Comboios:

A rede ferroviária atravessa as principais cidades croatas, com exceção de Dubrovnik. Existem ligações ferroviárias diretas com a Eslovénia, a Hungria, a Itália, a Áustria, a Suíça, a Eslováquia, a França, a Alemanha, a Bósnia-Herzegovina, a Sérvia e o Montenegro. Consulte os horários e as rotas no sítio web oficial da rede ferroviária croata, o qual está disponível em inglês: http://www.hzpp.hr/.

Para ligações internacionais deverá utilizar o seguinte sítio web: http://www.bahn.de/.

 

Autocarros:

A Croácia tem excelentes linhas de autocarros, tanto entre as diferentes localidades do país como entre Zagreb e as principais cidades europeias circundantes. Consulte os horários e as rotas no seguinte sítio web, o qual está disponível em inglês: http://www.buscroatia.com/. Este sítio web permite também a compra de bilhetes online.

 

Cidade de Zagreb:

Existe uma linha de autocarro situada em frente das portas de saída do aeroporto e que faz a ligação entre o aeroporto e a Central de Autocarros (Terminal), que fica perto do centro da cidade. Uma vez chegado à Central de Autocarros, terá que apanhar o elétrico para fazer a ligação com o centro da cidade. Veja mais em http://www.buscroatia.com/airport-zagreb/

 

Carro:

A carta de condução emitida em Portugal é válida em toda a UE. Informe-se junto da sua seguradora para saber se o seu seguro cobre igualmente as viagens no estrangeiro. A carta verde, que constitui uma prova de seguro internacionalmente reconhecida, não é obrigatória para viajar na União Europeia, podendo viajar apenas com a sua apólice de seguro.

O uso de cinto de segurança é obrigatório, tal como em qualquer estado-membro da UE. Entre o período de 15 de Novembro a 15 de Abril é obrigatória a utilização permanente de médios. Adicionalmente, se estiver a viajar em auto-estradas, é obrigatória a utilização de pneus de inverno ou, alternativamente, a utilização de pneus de verão desde que tenha em sua posse correntes de neve.

Velocidades máximas permitidas:

Autoestradas: 130km/h

Estradas nacionais: 100 km/h

Estradas secundárias: 90km/h

Zonas urbanas e residenciais: 50 km/h

A condução com uma taxa de alcoolémia igual ou superior a 0,5 g/l é ilegal.

Para informações mais detalhadas consulte: http://ec.europa.eu/transport/road_safety/going_abroad/croatia/index_en.htm.

Planeie com antecedência e tenha acesso a informação relevante para a sua viagem através do sítio web da Michelin: http://www.viamichelin.com/.

Para informação atualizada sobre a condição das estradas, consulte o sítio web do Clube Automóvel da Croácia, que se encontra disponível em inglês (www.hak.hr/en) e descarregue para o seu telefone móvel a app ali existente.

 

Acesso às ilhas da Croácia:

A Croácia é famosa pelas suas quase 1200 ilhas, embora a maior parte delas não seja habitada. O acesso às ilhas é feito através de ferries e a empresa Jadrolinija opera a maior parte das ligações. Em www.jadrolinija.hr pode adquirir os respetivos bilhetes.

Para além da Jadrolinija, existem várias agências locais com diferentes horários e preços, pelo que deve também informar-se neste sentido consoante a zona para a qual pretende viajar.

 

 

Distâncias entre Zagreb e algumas capitais europeias :

Lisboa – 2901 Km

Viena – 399 Km

Roma – 957 Km

Berlim – 1111 Km

Amesterdão – 1402 Km

Budapeste – 362 Km

Paris – 1458 Km

Londres – 1593 Km

Atenas – 1600 Km

Madrid – 2324 Km

Zurique – 604 Km

Ljubljana – 121 Km

 

 

 

Cuidados de saúde na Croácia

 Existem hospitais e/ou centros de saúde em todas as cidades croatas. O horário de funcionamento das farmácias é das 8 às 20 horas (dias de semana) e das 8 às 14 horas (sábados), sem prejuízo do normal funcionamento do serviço noturno de farmácia em sistema de rotação como no nosso país.

Sugere-se que os nacionais portugueses que queiram visitar a Croácia solicitem e obtenham o respetivo Cartão Europeu de Seguro de doença (CESD), aceite neste País. Através deste cartão terá direito a utilizar os mesmos serviços públicos de cuidados de saúde, nas mesmas condições e com os mesmos custos que os cidadãos croatas.

No verão convém ter especial cuidado com as picadas de alguns insetos, pelo que os viajantes deverão vir munidos de repelentes, ainda que não pernoitem em parques de campismo. A água canalizada é potável em todo o país, muito embora se sugira o consumo de água mineral engarrafada, sobretudo no Verão.

A Farmácia situada na Praça principal (Trg. Bana J.Jelacica) está sempre aberta (24 Horas).

 

Viajar com animais de companhia

Sendo a Croácia membro da União Europeia, são aqui aplicáveis as mesmas regras que em Portugal. O seu animal poderá viajar com o “passaporte para animais de companhia”, que pode ser obtido junto de qualquer veterinário. Para informação mais detalhada sobre o assunto consulte: http://ec.europa.eu/food/animal/liveanimals/pets/qanda_en.htm.

 

Endereços dos Principais Hospitais e Clínicas:

- Klinika za traumatologiju (ZAGREB) – Draskoviceva 19, Tel.+38514697000

- Klinicka bolnica Dubrava (ZAGREB) – Av. Gojka Suska 6, Tel.+38512902444

- Opca bolnica (KARLOVAC) – Andrije Stampara 3, Tel.+38547608100

- Opca bolnica (VARAZDIN) – Ivana Mestrovica 1, Tel.+38542393000

- Klinicka bolnica (OSIJEK) – J. Huttlera 4, Tel.+38531511511

- Opca bolnica (SLAVONSKI BROD) – Dr. Andrije Stampara 42, Tel. +38535201201

- Opca bolnica (ZADAR) – Boze Pericica 5, Tel.+38523315677

- Klinicko-bolnicki centar (RIJEKA) – Kresimirova 42, Tel.+38551658111

- Opca bolnica (DUBROVNIK) – Dr. Ante Sercera 4, Tel.+38520431777

- Klinicka bolnica Firule (SPLIT) – Spinciceva 1, Tel.+385 21556111

 

 

 

Telecomunicações na Croácia

Rede de Telecomunicações: A rede fixa é automática. O Código do país é 385, seguido do código da cidade (Zagreb é 1). Para ligar da Croácia para Portugal deverá usar-se 00 (internacional), o código de Portugal (351) seguido do código da respectiva cidade.

Existem 5 companhias a operar redes de telemóvel (VIPnet,T-mobile,Tele2,Tomato,Bonbon). Em qualquer delas é possível a utilização de “roaming” para quem traz telefone portátil de Portugal. Sugere-se aos viajantes que, antes da partida para a Croácia, contactem a sua operadora de telemóvel em Portugal informando que pretendem deslocar-se à Croácia e solicitando activação de “roaming” para ter acesso às chamadas neste país.

 

Informações úteis

Endereços Úteis:

- Geral – www.hr/index.en.shtml

- Turismo – www.hrvatska.hr

- MNE croata – www.mvpei.hr

- Câmara da Economia – www.hgk.hr

- Automóvel Clube da Croácia – www.hak.hr

- Embaixada da Croácia em Lisboa

Embaixada de Portugal na Croácia

- Morada: Ul. Ante Kovačića 3/I, 10000, Zagreb

- Telefone:+ 385 1 488 22 10

- Telefone de Emergência:+385 91 157 34 11

- Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Para mais informação importante sobre o destino, antes de viajar, não deixe de consultar os conselhos ao viajante no portal da Comunidades

Mais Informao

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda