Sobre a Dinamarca

Dinamarca

Aqui encontra informações relevantes sobre tudo o necessário para visitar a Dinamarca.

A Dinamarca (designação oficial - Reino da Dinamarca) é uma Monarquia Constitucional e uma democracia parlamentar.

A Dinamarca é constituída pela península da Jutlândia e por cerca de 400 ilhas, das quais apenas 78 são habitadas. Destas, a maior e a mais densamente povoada é a Ilha de Zealândia, onde se situa a capital, Copenhaga.

A Dinamarca tem 7.314 km de costa. O ponto mais alto do país situa-se a apenas 170,68m acima do nível do mar. Nenhum ponto da Dinamarca fica a mais de 50km do mar.

A Dinamarca tem actualmente cerca de 5,6 milhões de habitantes. Para além do território dinamarquês, o Reino da Dinamarca inclui as Ilhas Faroé e a Gronelândia.

Diferença horária para Lisboa: + 1 hora (Gronelândia - 3 horas e Ilhas Faroé + 0).

 

 

 

O Clima na Dinamarca

A Dinamarca encontra-se geograficamente situada no norte da Europa - entre 54º e 58º de latitude Norte e entre 8º e 15º de longitude Este - sendo atingida por temperaturas negativas especialmente nos meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro. As temperaturas médias são de 16 graus no verão e 1 grau no Inverno.

 

 

 

Línguas oficiais na Dinamarca

A língua oficial é o dinamarquês com larga maioria da população a dominar a língua inglesa.

 

 

Regime de entrada e estada na Dinamarca

Regime de vistos

O regime em vigor é o de isenção de vistos para os cidadãos portugueses. Os estrangeiros com autorização de residência em Portugal beneficiam igualmente de isenção de visto ao abrigo dos Acordos Schengen. Em ambos os casos é permitida a permanência sem visto por um período de 3 meses.

 

 

Moeda local / sistema bancário

A moeda oficial é a coroa dinamarquesa (DKK). O sistema bancário funciona bem, não havendo problemas na movimentação de cartões de crédito internacionalmente aceites. Os Bancos estão abertos de 2ª a 6ª feira, das 10.00h às 16.00h (à 5ªfeira, encerram às 18.00).

 

 

Condições de segurança na Dinamarca

A Dinamarca é considerada um país seguro.

Copenhaga é referida como uma das cidades mais seguras do mundo, com uma taxa de criminalidade baixa comparada com outras capitais europeias. No entanto, todos os anos, principalmente no Verão, são enviadas pela polícia local à Embaixada diversas carteiras furtadas, pelo que os visitantes não devem deixar de ter os cuidados normais ao circular numa metrópole europeia, nem deixar objectos de valor à vista dentro das viaturas ou quartos de hotel. Em caso de furto, para além da participação imediata à polícia, é conveniente a comunicação da ocorrência à Secção Consular da Embaixada de Portugal em Copenhaga.

 

Outras informações importantes

- O número de urgência é o 112, quer se trate de polícia, bombeiros ou assistência médica;

 

 

 

Transportes na Dinamarca

Transporte aéreo

Existem diariamente ligações internacionais e domésticas para as grandes cidades do país.O maior Aeroporto situa-se em Copenhaga (Aeroporto de Kastrup)

 

 

Transporte rodoviário

A rede de estradas é de boa qualidade, sendo a utilização da rede de auto-estradas gratuita.  As únicas excepções são as pontes Storebaelt e Oresund.

Autocarros

 

Segurança rodoviária

Não há riscos assinaláveis a registar, quer no que se refere à circulação rodoviária, quer quanto a outras formas de deslocação no interior do país.

 

Limites de velocidade

Os limites de velocidade legais são os seguintes, excepto nos casos, frequentes, em que a sinalização indica valores menores:

- Auto-estradas: 110 km/h;

- Fora das localidades: 80 km/h;

- Dentro das localidades: 50 km/h.

 

 

Transporte ferroviário

A rede ferroviária é regular, de boa qualidade e segurança, existindo diariamente ligações, para as grandes cidades do país.

- Caminhos-de-ferro: www.dsb.dk;

- Metropolitano: www.m.dk.

 

 

Transporte marítimo

- Página Internet: www.dfdsseaways.dk.

Uma consulta à seguinte página permite o planeamento de itinerários: www.rejseplanen.dk

 

 

Alojamento na Dinamarca

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias na Dinamarca

banner 320x50 pt

Hotéis para todos os gostos e orçamentos. Seja num luxuoso Hotel de 5 estrelas ou num bom Hotel de 4 estrelas, Alojamentos, Gites, Hotéis com piscina, Apartamentos, Hotéis económicos, Hotéis com Spa, Hotéis Românticos, Hotéis só para adultos, Hotéis All Inclusive, All Inclusive Resorts, Aparthotéis, Hotéis para golfe, Hotéis de Luxo, Aldeamentos turísticos, Hotéis Design, Casas de hóspedes, Resorts, Hostels, Alojamentos de Acomodação e Pequeno-almoço, Quartos em Acomodações Particulares, Casas de campo, aqui encontra tudo. É só escolher a solução que melhor se adapte a si!

botaobooking

 

 

Página oficial do Turismo da Dinamarca

 

 

Cuidados de saúde na Dinamarca

A rede sanitária funciona bem e não há necessidade de protecção especial relativamente a doenças endémicas e outras.

São aplicadas as regras comunitárias, aconselhando-se os viajantes a munirem-se do formulário E111 ou do Cartão Europeu de Seguro de Doença.

Endereços dos principais Hospitais e Clínicas

Copenhaga:

- Rigshospitalet - Blegdamsvej 9, 2100 Copenhaga, Tel. 35 45 35 45;

- Bispebjerg Hospital - Bispebjerg Bakke 23, 2400 Copenhaga NV, Tel. 35 31 35 31;

- Amagerhospital - Italiensvej 1, 2300 Copenhague S, Tel. 32 34 32 34.

- Hvidovre Hospital: Kettegärd Alle 30, 2650 Hvidovre, Tel. +45 38 62 38 62

Odense:

- Odense Universitetshospital - Sdr. Boulebvard 29, 5000 Odense C, Tel. 66 11 33 33;

Aarhus:

- Aarhus Kommunehospital - Nørrebrogade 44, 8000 Arhus C, Tel. 78 45 00 00;

Aalborg:

- Aalborg University Hospital: Hobrovej 18-22, 9100 Aalborg Tel. +45 97 66 00 00

Farmácias

Procure o letreiro em dinamarquês "Apotek" (Horário normal - 09.00 às 17.30).

Existem em Copenhaga duas farmácias de Serviço durante 24h:

- Sondebroapotek: Amagerbrogade 158, 2300 Copenhaga S – Tel. 32580140;

- Steno Apotek: Vesterbrogade 6C, 1620 Copenhaga V – Tel. 33148266.

Linha de saúde (16h00-08h00 de 2ª a 6ª e 24h aos fins de semana)

Região Copenhaga: 113

Outras regiões: consultar http://www.laegevagten.dk/kontakt-laegevagten (carregar na região correspondente no mapa)

Telecomunicações na Dinamarca

A rede telefónica funciona bem e não há quaisquer impedimentos à utilização dos telemóveis. Existem quatro operadores nacionais.

Mais Informao

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao