Férias no Alasca: Os Parques Nacionais

Katmai

O maior estado norte-americano em extensão territorial e o mais escassamente povoado, o Alasca é também o estado mais setentrional e ocidental dos Estados Unidos.

 Isolado do resto do país, o Alasca é limitado pelo Oceano Ártico (norte); Oceano Pacífico (sul); províncias de Yukon e Colúmbia Britânica, no Canadá, a leste e Estreito de Bering (oeste).

Uma viagem de férias ao Alasca é garantidamente uma experiência única e bastante gratificante num destino onde encontrará os cenários mais incríveis de uma natureza inóspita e agreste mas, ao mesmo tempo com imensas atrações de beleza única.

Entre as principais atrações turísticas do Alasca destacam-se os 8 Parques Nacionais deste estado:

 

Parque Nacional Glacier Bay

Glacier Bay

Os estrondos dos glaciares  a partirem é um ruído comum no Parque Nacional da Baía das Geleiras que se estende ao longo de 13.044, 6 km2, na na fronteira entre o Alasca e o Canadá.

Glacier Bay contém um grande número de glaciares, que descem do alto das montanhas cobertas de neve até a baía, criando demonstrações espetaculares de formação de gelo e icebergs. Estes cenários são apenas uma pequena parte das maravilhas cênicas, naturais e históricas do Parque Nacional Glacier Bay. Quem aprecia estar ao ar livre, vai encontrar uma série de atividades emocionantes, incluindo caminhadas, observação de pássaros, acampamentos, pesca, fotografia, rafting e observação da vida selvagem.

O Parque Nacional da Baía das Geleiras também inclui uma série de espécies de plantas típicas de terreno rochoso recentemente cobertas de gelo até a exuberante floresta temperada, e uma grande variedade de animais, como ursos, cabras, focas e águias. Você pode até ver baleias, e, é claro, os espetaculares glaciares.

 

 

 

 

Parque Nacional Denali

Denali

Com mais de 2,5 milhões de hectares, o Parque Nacional Denali é uma área desértica impressionante que inclui a maior montanha da América do Norte. Uma única estrada faz um sinuoso caminho de 148 km até o coração do parque, onde existem imensas oportunidades de caminhadas, a uma abundante vida selvagem e cenários deslumbrantes.

É fácil ver a vida selvagem no Parque Nacional Denali, incluindo mamíferos, como marmotas e alces, caribus, lobos e ursos são os preferidos dos turistas. O parque também é bem conhecido por sua população de aves, especialmente desde o final da primavera até o verão. Quem gosta de observar pássaros pode encontrar algumas espécies únicas, e até aves predadoras, que incluem uma variedade de gaviões, corujas e a impressionante águia dourada. Dez espécies de peixes, incluindo a truta, o salmão e o timaio do ártico habitam as águas do parque.

 

 

 

 

Parque Nacional Fiordes de Kenai

Kenai Fiords

Abrangendo 2711 quilômetros quadrados, o Parque Nacional dos Fiordes de Kenai recebeu esse nome devido aos muitos fiordes glaciares, ou vales glaciares, que se situam abaixo do nível do mar. Estes fiordes descem as montanhas para o icônico Harding Icefield, um dos maiores campos de gelo nos Estados Unidos, com 40 glaciares.

Há muitas maneiras de explorar toda a beleza do parque, como fazer uma excursão aérea, passeios de caiaque pelos fiordes, caminhadas ao topo da Harding Icefield Trail ou explorar os trilhos ao redor da Geleira Exit.

Também poderá pescar salmão e trutas Dolly Varden dentro do parque. Para os interessados em vida selvagem, as águas geladas do parques e seus densos bosques são lar de uma série de espécies, como cabras da montanha, ursos negros, águias, leões-marinhos, papagaios, botos de Dall, e baleias jubarte e orcas.

 

 

 

 

Parque Nacional Katmai

Katmai

O Parque Nacional Katmai situa-se numa bela região na costa do sul do Alasca que é conhecida pelo Valley of Ten Thousand Smokes e pela sua população de ursos pardos do Alasca.

Localizado no lado do Pacífico da península do Alasca, Katmai tem vários corpos grandes de água e lagos, como o Lago Kukaklek, Rio Nanek e Rio Alagnak, além disso, o parque contém vários vulcões ativos e enormes cadeias de montanhas, como o Monte Katmai e o Monte Mageik.

As atividades populares dentro do parque incluem trilhos para caminhadas, campismo, pesca e passeios de caiaque.

Além disso, muitas pessoas visitam Katmai para ver o Urso-pardo no seu habitat natural. Aqui terá a oportunidade única de assistir aos ursos pardos apanhando salmões em Brooks Falls.

 

 

 

 

Parque Nacional Lago Clark

Lake Clark

16,308.89 km2, 2 de dezembro de 1980

Lake Clarke é uma área de beleza única no Alasca, que se estende por aproximadamente 69 km de comprimento - este lago e a paisagem circundante constitui o Parque Nacional Lake Clarke que foi fundado em 1980. Este parque contém muitas características naturais e tem uma paisagem variada incluindo dois vulcões (Mount Redboudt e Lliamna), a tundra alpina, os lagos glaciais e o Cook Inlet.

Este é um dos poucos parques nacionais que só podem ser alcançados via avião ou barco e não há estradas dentro dos limites dos parques.

Atividades populares dentro do Lago Clarke incluem caiaque e passeios de barco no próprio lago, rafting, caminhadas e campismo - muitas pessoas também visitam o parque para ver a abundância de vida selvagem e flora, e alguns até viajam para esta região para caçar e pescar.

 

 

 

 

Parque Nacional Gates of Arctic

Gates of the Artic

34,287.02 km2, 2 de dezembro de 1980

O Gates of the Artic é o segundo maior parque nacional em termos de área e o menos visitado, recebendo apenas pouco mais de 10.000 visitantes por ano.

Este épico deserto está localizado inteiramente dentro do Círculo Ártico e abrange uma área de 34.287,02 km2.

A Cordilheira Brooks ocupa a maior parte do parque e não há estradas dentro de seus limites.

Características notáveis dentro deste parque remoto mas bonito incluem as montanhas de Endicott, o rio de Kobuk, assim como as parcelas da floresta boreal.

Para o explorador intrépido, este parque é como se tratasse de um parque infantil, com infinitas portunidades de caminhadas e excelentes locais para acampar. Devido à sua localização remota e à falta de serviços públicos e estradas, este parque continua a ser um mistério para a maioria das pessoas, mas é uma experiência deveras gratificante com paisagens fascinantes.

 

 

 

Parque Nacional Kobuk Valley

Kobik Valley

7.084, 90 km2, 2 de dezembro de 1980

Uma das regiões mais impressionantes do norte do Alasca, Kobuk Valley é um local verdadeiramente espetacular.

Designado como Parque Nacional em 1980, estende-se por uma área de 7.084,90 km2 inteiramente no interior do Círculo Ártico, não existinto trilhos ou caminhos designados no parque - os visitantes podem simplesmente explorar livremente esta região e buscar aventura neste vasto deserto.

Dentro do parque você pode encontrar as imensas dunas de areia Great Kobuk, e em certas épocas do ano, testemunhar a migração épica dos caribous. Além disso, as grandes áreas úmidas abrigam muitas espécies de peixes e animais selvagens, como salmão, ursos negros, castores e alces do Alasca.

Local ideal para os exploradores intrépidos, Kobuk oferece sempre algo de único e especial e é um dos últimos desertos intocados nos EUA.

 

 

 

 

Parque Nacional Wrangell–St. Elias

Wrangell St. Elias National Park

Wrangell St. Elias é o maior parque nacional dos Estados Unidos e cobre uma imensa área de 53,320.57 km2.

O parque inclui a cordilheira de Saint Elias entre outras montanhas do Alasca e também contém dezenas de glaciares e campos de gelo.

Atrações e características dentro deste parque épico incluem a cidade mineira abandonada de Kennecott, o acampamento Kendesnii, o Glaciar Nabesna e o Rio Chitina.

Tal como acontece com o Parque Nacional Gates of Artic, Wrangell é um verdadeiro deserto e só é geralmente visitado por aqueles que amam o ar livre e aventura.

EasyCookieInfo

A nossa App Android

Hotelbooking QR

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 145 visitantes e 0 membros em linha