Sobre a Islândia

Conhecida como a terra do fogo e gelo, a Islândia é lar dos maiores glaciares da Europa e de alguns dos vulcões com maior atividade no mundo, um país de contrastes extremos, paisagens incríveis… e muito mais.

O Clima na Islândia

O clima da costa da Islândia é oceânico subpolar: os verões são frescos e curtos, os invernos suaves com temperaturas medias a rondar os 0ºC.

As temperaturas no país são amenas comparadas com outras regiões na mesma latitude devido à corrente marítima do Golfo, cujo fluxo de água quente faz com que os invernos sejam menos rigorosos.

No verão os dias são longos, sendo que no final de junho escurece (nunca é totalmente noite) à meia-noite e amanhece às 3 da manhã. As auroras boreais podem ser visualizadas desde o final do mês de agosto. No inverno as noites são longas, invertendo-se as horas com luz solar. O clima no sul é mais quente do que no norte do país, porem húmido e ventoso.

O centro da ilha tem temperaturas mais baixas devido à sua elevada altitude e por isso é inabitado.

 

Línguas: A língua oficial é o islandês.

Moeda local/ Sistema Bancário

A moeda local é a coroa islandesa.

O sistema bancário é bom e eficaz. Os principais cartões de crédito são aceites.

 

Como Chegar:

O aeroporto internacional de Keflavík encontra-se a cerca de 50 minutos de autocarro do centro de Reiquiavique.

Aeroporto Internacional Keflavik (KEF)

 

Procura e reserva de Voos

Aeroportos Regionais:

Aeroporto de Akureyri (AEY), Aeroporto de Reiquiavique (RKV), Bildudalur Airport (BIU), Breiddalsvik Airport (BXV), Egilsstaðir Airport (EGS), Gjogur Airport (GJR), Grimsey Airport (GRY), Hjaltabakki Airport (BLO), Holmavik Airport (HVK), Hornafjordur Airport (HFN), Husavik Airport (HZK), Isafjordur Airport (IFJ), Kopasker Airport (OPA), Nordfjordur Airport (NOR), Patreksfjordur Airport (PFJ), Raufarhofn Airport (RFN), Saudarkrokur Airport (SAK), Siglufjordur Airport (SIJ), Stykkisholmur Airport (SYK), Thingeyri Airport (TEY), Vestmannaeyjar Airport (VEY), Vopnafjordur Airport (VPN)

 

 

Onde Ficar

Reiquiavique, a Capital, é o ponto de partida ideal para explorar ao pormenor toda a beleza e autenticidade da Islândia.

Com uma população de pouco mais de 120.000 habitantes, Reiquiavique é uma cidade de fortes contrastes: Cosmopolita e pequena; Vibrante e sofisticada; Jovem de coração e, ao mesmo tempo, cheia de história.

Muitos monumentos, novos e antigos, também merecem uma visita, incluindo o recém-construído centro de música e conferências à beira-mar, Harpa.

Felizmente, dadas as dimensões desta cidade, tudo em Reiquiavique encontra-se a curta distância pelo que, a melhor forma de explorar a cidade é mesmo a pé ou de bicicleta.

Apesar de ser o principal centro populacional da Islândia e apesar do constante aumento na procura deste país nórdico como destino turístico, Reiquiavique não tem uma oferta de alojamento turístico por aí além, apesar de diversificada.

Deslocando-se para outos destinos a história repete-se, com a oferta de alojamento turístico a variar do quase inexistente ao bastante limitado pelo que, este é um dos destinos que é imprescindível reservar previamente (e com bastante antecedência) os hotéis nos destinos onde pretende pernoitar.

Aqui encontra a melhor oferta de Hotéis com desconto e promoções de férias na Islândia

banner 320x50 pt

Regime de entrada e estada

Regime de Vistos: A Islândia associou-se aos Acordos de Shengen, não sendo por isso necessário visto. Basta ser titular de um bilhete de identidade, cartão do cidadão ou passaporte.

A Islândia pertence ao Espaço Económico Europeu (EEE) pelo que os nacionais portugueses podem residir ou trabalhar sem qualquer permissão especial, durante três meses, sem necessitar de registar a sua morada legal e até seis meses caso estejam à procura de trabalho. Terminado este tempo deverão registar-se no Registro Nacional, tendo para isso que cumprir o requisito de ter meios suficientes de manutenção do próprio.

Para mais informações sobre a Islândia aconselha-se o site:

http://www.iceland.is

Restrições Aduaneiras/ Sanitárias à Importação de Produtos: Existe restrição aduaneira à entrada de bebidas alcoólicas, tabaco, plantas, medicamentos e alimentos. É proibida a entrada de armas de fogo, objetos cortantes, narcóticos, drogas e alimentos frescos.

 

Condições de segurança: Propícias.

 

 

Transportes

Existe uma rede de autocarros que cobre a ligação entre as principais cidades. Também estão disponíveis diversos serviços de aluguer de viaturas. Devido à geografia peculiar do país recomenda-se a leitura do site: http://www.visiticeland.com/plan-your-trip/getting-around/driving-in-iceland, onde constam informações sobre a condução na Islândia. Existe uma boa rede de ferry-boats.

Segurança Rodoviária - Recomenda-se a obtenção de seguro automóvel adequado antes de viajar. É suficiente a carta de condução portuguesa ou da EU/ EEA, não sendo necessária carta internacional. É ainda obrigatório: a) o uso de pneus de inverno, no período compreendido entre 1 de Novembro e 14 de Abril (as datas exactas poderão variar de ano para ano), caso se conduza fora das cidades. b) ter faróis (médios) sempre ligados As multas por excesso de velocidade são muito elevadas. Se pretender conduzir nas regiões mais montanhosas da Islândia, consulte o site www.vegagerdin.is para se certificar que as entradas estão abertas ao tráfico. A legislação relativa a condução sob efeito de bebidas alcoólicas é aplicada severamente.

 

 

Cuidados de saúde

Recomenda-se a obtenção de um seguro abrangente, médico e de viagem, antes de viajar.

Dado que a Islândia, tal como Portugal, pertence ao Espaço Económico Europeu (EEE), os cidadãos portugueses estão cobertos por sistema de saúde para tratamentos de emergência. Para o efeito é necessário fazer-se acompanhar do Cartão Europeu de Seguro de Saúde (CESD), o qual deverá obter em Portugal. Este documento não substitui o seguro médico de viagem, mas dá-lhe o direito de, em caso de emergência, receber o mesmo tipo de assistência médica usufruída pelos islandeses.

O Cartão Europeu de Seguro de Saúde também não cobre repatriações por razões médicas, nem tratamentos prolongados ou que não constituam uma emergência.

Apesar da qualidade dos serviços de saúde, as distâncias entre os diferentes centros podem ser significativas. A maioria das povoações dispõe de um centro médico, mas, para os casos mais sérios é necessário recorrer a ambulâncias ou a meios aéreos para chegar ao hospital em Reiquiavique ou Akureyri.

Endereços dos principais Hospitais e Clínicas:

- Hospital Universitário de Landspitali – Fossvogur. Tel. 00 354 525 1000

 

 

Comunicações

Existe uma boa rede de telecomunicações, sendo a Iceland Telecom Inc. e a TalINc. As principais empresas de telecomunicações. A utilização de telemóveis portugueses, desde que devidamente adequados a redes de telecomunicações internacionais, não levanta qualquer problema.

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao

 

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda