Os melhores lugares para visitar em Madagáscar

Avenue_of_the_Baobabs

Madagascar, um simples nome que, por si só, é sinónimo de exótico e do tropical, o país dos colossais e bulbosos baobás, dos lêmures de olhos esbugalhados e de indri indris oscilantes, tem toda a elegância de uma antiga colônia francesa; todas as regiões selvagens da África Oriental; todo o calor e as areias cintilantes do Oceano Índico; todas as tradições de um lugar desconectado e sozinho e impregnado de histórias tribais.

Madagáscar

A enorme ilha de Madagascar - a quarta maior do mundo, é, na verdade, um autêntico atrativo para uma séria de diferentes tipos de viajantes. Para os amantes de praia há os brilhantes areais da costa oeste onde para além da possibilidade de desfrutar de incríveis praias envoltas em cenários naturais verdadeiramente incríveis, podem ainda nadar com raias e observar baleias.

Para os viajantes mais aventureiros existem os espetaculares caminhos da selva ou as florestas tropicais distantes nas colinas. Os aficionados por história podem ver os locais da UNESCO que mostram o passado real dos ilhéus nativos.

Madagáscar

Madagascar é um destino realmente incrível, qualquer que seja a motivação de uma viagem de férias, há algo para todos nesta joia do sul!

 

Como Chegar

Procura e reserva de Voos

Aeroporto Ivato (TNR), em Antananarivo, é o principal ponto de entrada internacional em Madagáscar. Este aeroporto, situa-se a 16 quilómetros de distância do Centro de Antananarivo.

Existem alguns voos regulares provenientes de Saint–Denis de la Réunion (Air Austral),   Paris–Charles de Gaulle (Air France), Johannesburg–OR Tambo (Airlink), Mauricias (Air Mauritius), Mahé (Air Seychelles), Anjouan e Moroni (Comores Aviation), Paris–Orly (Corsair International), Dzaoudzi (início previsto a 1 de Novembro de 2016) (Ewa Air), Nairobi–Jomo Kenyatta (Kenya Airways), Charter sazonal de Varsóvia-Chopin a partir de 1 de Outubro de 2016 (LOT Polish Airlines) e Istanbul–Atatürknote (Turkish Airlines).

 

A Air Madagascar garante ainda rotas regulares com Anjouan, Antalaha, Antsiranana, Dzaoudzi, Johannesburg–OR Tambo, Majunga, Marseille, Mauritius, Morondava, Moroni, Nosy Be, Paris–Charles de Gaulle, Saint–Denis de la Réunion, Sainte Marie, Sambava, Toamasina, Tôlanaro e Toliara.

               

Aeroportos em Madagáscar

Aeroporto de Amborovy (MJN), Ampapamena Airport (IVA), Antsirabe Airport (ATJ), Arrachart Airport (DIE), Farafangana Airport (RVA), Fascene Airport (NOS), Ivato Airport (TNR), Marillac Airport (FTU), Morondava Airport (MOQ), Toamasina Airport (TMM), Tulear Airport (TLE)

 

 

 

Onde ficar

 

Madagáscar ainda está longe de ter uma oferta hoteleira significativa quando comparado com outros destinos turísticos mas, apesar de tudo, conta com algumas opções bastante interessantes divididas entre destinos como Antananarivo, Sainte Marie, Diego Suarez, Ivato, Ifaty e Ambatoloaka.

Aqui encontra a melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Madagáscar.

banner 320x50 pt

 

 

 

Os melhores lugares para visitar em Madagáscar

 

Deixamos aqui alguns dos melhores locais para visitar em Madagascar:

 

 

Ifaty / Férias em Ifaty Ifaty

 

Um único nome para uma dupla de resorts, Ifaty (e seu irmão Mangily, também agora confusamente conhecido como apenas Ifaty) consiste num trecho de antigas vilas de pescadores na extremidade sudoeste da ilha de Madagascar.

Famosos por seus hotéis luxuosos e extensas praias de areia amarela brilhante, Ifaty ou Ifaty e Mangily atraem algumas das maiores multidões de turistas do país.

A maioria vem para a agradável monotonia do sol, mar, areia e mergulho com snorkel, enquanto outros partem para desfrutar de passeios de catamaran no Canal de Moçambique, provar caril de peixe fresco e encontrar as aldeias tradicionais de junco do povo do litoral.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Ifaty

banner 320x50 pt

 

 

 

 

Nosy Be / Férias em Nosy Be

NOSY-BE

A curta distância de barco pelas águas do Oceano Índico a partir da cidade de Ambanja, a linda Nosy Be é o destino de excelência para as praias emblemáticas de Madagascar.

Brilhando em tons de branco alabastro nas enseadas que circundam a costa, as belas praias surgem em torno de pequenas vilas de pescadores como Ambatoloaka, ou aparecem pontilhados com grupos de palmeiras oscilantes em Ambondrona.

Também há festas na praia, que eclodem todos os domingos nas areias de Madirokely.

Apesar da enorme popularidade de Nosy Be, existem várias oportunidades para desfrutar ao máximo do sol, da praia e da natureza na máxima tranquilidade bastando para tal, uma viagem até à ilhota de Orangea, definhando no mar da costa noroeste.

 A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Nosy Be

banner 320x50 pt

 

 

 

Nosy Mangabe

Nosy Mangabe

Aninhada entre as colinas costeiras da Baía de Helodrano Antongila, que abre seu caminho para o interior na extremidade nordeste de Madagascar, a pequena ilha reserva natural de Nosy Mangabe é um destino de visita obrigatória para qualquer amante da vida selvagem que vista Madagáscar.

Famosa pelas suas populações em expansão de lêmures aye-aye com olhos esbugalhados, o local é uma imagem da perfeição tropical.

Enormes figueiras disputam em torno de bosques de palmeiras, lêmures procuram sapos de mantella na vegetação rasteira e as colinas verdes caem em baías isoladas de areia amarela brilhante. O transporte de barco para a ilha e todas as licenças necessárias estão disponíveis em Maroantsetra; a cidade mais próxima do continente.

 

 

 

Tsingy de Bemaraha

Tsingy de Bemaraha Reserve

Uma paisagem verdadeiramente dramática de rochas esculpidas e grandes hoodoos, torres de pedra em forma de agulha e colossais monólitos tenuamente equilibrados no topo de penhascos, o Tsingy de Bemaraha é um dos tesouros naturais mais curiosos de Madagascar.

Pode ser encontrado no meio de um longo cinturão verde de reservas naturais na costa oeste, exibindo suas paisagens cársticas acidentadas, onde as terras altas do interior dão lugar às colinas verdejantes mais próximas da costa.

Hoje também é um Património Mundial da UNESCO, Tsingy de Bemaraha destaca-se pela sua enorme biodiversidade de florestas decíduas secas, habitats de rochas raras e a natureza fotogênica do planalto extenso dentro dela.

 

 

Parque Nacional de Ranomafana

Ranomafana National Park

A joia natural de Fianarantsoa e lar do famoso lêmure de bambu dourado de Madagascar, o Parque Nacional de Ranomafana atrai milhares de pessoas todos os anos para sua área coberta de floresta no coração da região leste da ilha.

Descendo desde florestas montanhosas enevoadas até planícies, o território é cruzado por quilómetros e quilómetros de trilhos para caminhadas, escavadas por cascatas barulhentas e salpicadas de lagartos multicoloridos. Tenha em atenção que as mais espetaculares atrações de Ranomafana ficam no meio das montanhas e florestas, pelo que será necessário trazer calçado confortável e resistente assim como estar em boa forma física para enfrentar o percurso.

  

 

Parque Nacional de Isalo

    Isalo National Park

Uma autêntica manta de restalhos de desfiladeiros rochosos e sinuosos, oásis em flor e palmeiras que constituem o belo Parque Nacional de Isalo podem ser alcançados após uma curta viagem de Toliara e Ihosy.

Designada uma área protegida em 1962, esta extrema biodiversidade e sua composição natural única são instantaneamente reconhecíveis.

Os visitantes maravilham-se com as montanhas varridas de forma uniforme pelo vento que se assemelham a torres de pedras empilhadas.

Este é outro local procurado pelos visitantes para ver os raros íbis-de-crista e encontrar lêmures de cauda anelada na natureza. Existem também mais de 80 espécies de pássaros endêmicos para observar, assim como o famoso desfiladeiro dos Macacos, com seus hábeis habitantes sifakas.

 

 

 

Antananarivo / Férias em Antananarivo

Antananarivo

Situada em pleno coração das terras altas da nação, a 1276 metros de altitude, Antananarivo, a capital de Madgáscar destaca-se pelas brisas geladas das montanhas na maior parte do ano.

O vento e a brisa fresca acabam por ser úteis numa paisagem urbana e pulsante com o tráfego intenso e os mercados barulhentos. O antigo coração da cidade ainda exibe alguns traços do colonialismo francês, com suas elegantes - embora manchadas pelo tempo - mansões parisienses caindo em cascata por uma encosta no meio da cidade.

Existem também antigos palácios malgaxes para explorar, junto com a famosa Fazenda Croc e muitas casas de caril com aroma de especiarias.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Antananarivo

banner 320x50 pt

 

 

 

Parque Nacional Andasibe-Mantadia

andasibe-mantadia-national-park

A uma impressionante distância de dia de viagem desde Antananarivo, Andasibe-Mantadia é um dos parques nacionais mais acessíveis de Madagacar.

Andasibe-Mantadia

O Parque Nacional Andasibe-Mantadia cobre uma vasta área de floresta tropical verdejante, acumulando um enorme território de mais de 150 quilómetros quadrados no total, distribuída por duas áreas distintas, da extensa Reserva de Mantadia à Reserva Especial d'Analamazaotra, toda a área exibe uma variedade de biodiversidade de tirar o fôlego.

Há caranguejos do interior rastejando pelas florestas, sifakas balançando e até macacos indri.

Andasibe-Mantadia possui inúmeros trilhos para caminhadas que duram de uma a seis horas a percorrer.

 

 

 

 

 

 

 

Ambohimanga

ambohimanga

Ambohimanga é um lugar profundamente entrelaçado com a identidade nacional malgaxe. Também chamado, simplesmente, Royal Hill, foi o antigo lar dos reis locais.

Expandido ao longo de 1800, o monte de palácios e cemitérios, fortificações em ruínas e túmulos reais, era o principal centro de Madagascar, e lugar a partir do qual o rei Andrianampoinimerina lançou suas agora famosas campanhas para reunir Imerina após mais de sete décadas de guerra civil no século XVIII.

Hoje, os visitantes podem fazer uma viagem de um dia saindo da capital para conhecer o local da UNESCO, visitanto as salas do tribunal real e a arquitetura rova ​​(assentamento) de pedra e madeira requintada.

 

 

 

Parque Nacional Zahamena

Zahamena National Park

Envolto em névoa e cercado por coberturas ondulantes de verde esmeralda, escondido entre os picos crescentes na extremidade leste de Madagascar, a famosa joia das florestas tropicais de Atsinanana surge na forma do Parque Nacional Zahamena.

Uma das áreas protegidas mais difíceis de alcançar, esta área de pouco mais de 400 quilómetros quadrados abriga uma das mais ecléticas espécies de pássaros, as corujas vermelhas e águias serpentes que cruzam os galhos cerosos e florestas de samambaias, encontrando os indri indri de olhos brancos, lêmures anões e outros símios curioses.

Durma nas proximidades de Vavatenina ou Ambatondrazaka de modo a acessar estas florestas mais facilmente.

 

 

 

Maroantsetra

Maroantsetra

A porta de entrada preferida para o Parque Nacional de Masoala e as florestas de Nosy Mangabe, a antiga cidade de Maroantsetra situa-se no fim da grande Baía de Antongil, no nordeste de Madagascar.

Uma cidade terrena e interessante, com mercado pulsante, repleto de frutas e vegetais multicoloridos, com ruas entrecruzadas de lama alinhadas com barracos de cabana de lata.

É também o lugar onde os meandros do Rio Antainambalana finalmente encontram o Oceano Índico, dando ao local um charme ribeirinho descontraído.

 

 

 

Ile Sainte Marie / Férias em Ile Sainte Marie

    Ile Sainte Marie

A Ile Sainte Marie é um pedaço de terra alongado que se estende ao longo da borda leste de Madagascar, do outro lado das águas salpicadas de baleias da Baie de Tintingue.

Frequentemente parte de folhetos de viagens e cartões postais tropicais, Ile Sainte Marie é, com certeza, um dos enclaves mais bonitos do país.

A maioria dos viajantes para entre os ancoradouros frágeis de Ambodifotatra, antes de sair para as enseadas e praias isoladas ao norte e ao sul. Estas tendem a ser areias amarelas em pó pontilhadas com grandes pedregulhos e orladas com coqueiros, completas com um ocasional hotel resort escondido entre os manguezais. Além disso, não perca a história dos piratas, que é melhor vista no antigo cemitério de bucaneiros!

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Sainte Marie

banner 320x50 pt

 

 

 

Morondava

Morondava

Ensanduichada entre as praias de areia do Parque Nacional Kirindy Mitea ao sul e as terras do delta da Reserva Andranomena ao norte, dá para imaginar logo, pela localização, que as verdadeiras atrações de Morondava estão fora da cidade.

Isso não significa que não vale a pena dormir no centro - este local à beira-mar tem algumas pequenas casas de madeira e pousadas de terra, além de uma ótima vibração para mochileiros.

A peça de resistência é indiscutível, essa honra vai para a venerada Avenida dos Baobás, que irrompe numa mistura de troncos enormes ao longo da estrada para Belon’i Tsiribihina nas proximidades - simplesmente imperdível!

 

 

 

Parque Nacional Masoala

Masoala National Park

Falanoucs, lagartixas-de-cauda-folha e lêmures raros aglomeram-se ao longo dos vastos 2.300 quilómetros quadrados de terra que constituem o Parque Nacional de Masoala.

Projetando-se para o Oceano Índico num mosaico de densas florestas tropicais que caem em cascata sobre as ondas do mar, nos penhascos da região de Sava, o Parque Nacional Masoala é uma das maiores áreas protegidas do país.

A extração ilegal de madeira aqui tem sido um grande problema, mesmo nos últimos anos, mas a designação da UNESCO e o aumento do ecoturismo melhoraram a situação.

Hoje, o visitante pode vir percorrer as famosas trilhas do Cap Est e Alohatrozana, para ver as matas virgens que revestem a costa em toda a sua extensão.

 

 

 

Antsirabe

Antsirabe

Situado no topo das terras altas de Madagascar e refrescado pelos ventos frios das montanhas, Antsirabe foi uma escolha óbvia para os colonos franceses que vieram aqui de barco durante o apogeu do colonialismo.

Em seu redor, construíram elegantes mansões em estilo parisiense, ergueram catedrais góticas e estabeleceram largas avenidas com plátanos afim de terem sombra.

Também aproveitaram os poderes curativos e de relaxamento das fontes termais próximas, que ainda são uma das principais atrações da cidade. Suba a bordo de um pousse-pousse (riquixá) local e confira os locais no centro, antes de seguir para os banhos Ranomafana para relaxar nas águas naturais.