Sobre a Moldávia

Aqui encontra algumas informações úteis para a sua viagem e estada na Moldávia

A Moldova tornou-se independente em 1991 após dissolução da URSS. A Moldova é uma República parlamentar com um Presidente como Chefe de Estado e um Primeiro-Ministro como chefe de Governo.

Na capital, Chisinau, existem hotéis e restaurantes de qualidade variável, muitos deles com nível europeu, mas as facilidades turísticas no resto do país estão pouco desenvolvidas ou não existem. Desaconselhamos, no entanto, as viagens à Transnístria, no leste da Moldova, devido a esta região separatista estar fora do controle das autoridades de Chisinau.

A Moldova tem fronteiras a Norte, Leste e Sul com a Ucrânia e a Sul e Oeste com a Roménia. O país tem uma superfície de 33,843.5 km2. O clima é de tipo continental, com grandes amplitudes térmicas na Primavera e no Outono. O Verão é muito quente e o Inverno bastante frio (de novembro ao fim de março). A pluviosidade mais importante regista-se nos meses de junho e julho. O solo rico e o clima continental temperado possibilitaram o seu desenvolvimento agrícola, tornando a Moldova um dos maiores fornecedores de produtos agrícolas da região.

 

População

Segundo o censo de 2017, a Moldova tem cerca de 3,55 milhões de habitantes. Cerca de 70% dos habitantes são moldavos, sendo os outros 30% constituídos por Ucranianos, Russos, Gagauzes, Búlgaros e de membros de etnia cigana.

Os principais centros urbanos são Chisinau, a capital, com cerca de 660 mil habitantes (Censo de 2017), Tiraspol/Transnístria com cerca de 159 mil habitantes, Bălţi com 146 mil habitantes (Censo de 2017), Tighina com cerca de 97 mil habitantes, Rîbniţa com cerca de 53 mil habitantes e Cahul com cerca de 39 mil habitantes (Censo de 2017).

 

 

Língua

A língua oficial é o romeno. Outras línguas reconhecidas: o gagauz, o ucraniano e o russo.

 

 

Moeda local / sistema bancário

A moeda local é o Lei moldavo. 1 euro equivale a 19,4 lei (2019/Banco Nacional da Moldova).

Na capital Chisinau existem vários distribuidores ATM. A utilização do cartão de crédito é hoje bastante corrente. Pode utilizar-se igualmente dinheiro líquido, sendo os pagamentos em lei (moeda local) os mais comuns. Dólares americanos e euros são facilmente cambiáveis. A autoproclamada República da Transnístria tem uma moeda própria (o rublo da Transnístria).

Alerta-se para o facto de ser necessária prudência em relação a possibilidade de clonagem de cartões de crédito.

 

 

Regime de entrada e estada na Moldávia

Desde 1 de Janeiro de 2007 as autoridades da Moldova não exigem visto de entrada para os cidadãos da União Europeia, para estadas inferiores a 90 dias.

No caso de estadias superiores a 90 dias, aconselhamos contacto com a Embaixada da Republica da Moldova em Lisboa www.portugalia.mfa.md

Relativamente às restrições aduaneiras e à importação de produtos, as autoridades alfandegárias moldavas aplicam medidas rigorosas no que se refere à importação temporária ou à exportação dos seguintes itens: armas de fogo, materiais religiosos, antiguidades, medicamentos, assim como, moeda estrangeira.

 

 

Condições de segurança na Moldávia

A Republica Moldova é um país geralmente seguro exceto na região designada Transnístria. No entanto, atendendo às dificuldades económicas da Moldova, é aconselhável uma atenção redobrada em termos de segurança pessoal, não só em Chisinau, mas especialmente fora da capital.

Um regime separatista controla uma faixa estreita do território da República da Moldova, na região da Transnístria, no Leste do país. Este regime não é reconhecido pela comunidade internacional. Não existindo relações diplomáticas com o mesmo regime, as autoridades portuguesas não podem proteger os seus cidadãos que se desloquem a este território. Neste sentido, Portugal desaconselha as viagens à Transnístria.

Números de emergência médica: 112

 

 

Transportes na Moldávia

Único aeroporto (internacional) é o de Chisinau.

Procura e reserva de Voos

Os comboios estão abaixo dos standards ocidentais e existem queixas de roubos durante as viagens internacionais de e para a República da Moldova.

A segurança dos transportes públicos, as condições das estradas nas zonas urbanas e nas zonas rurais, são más. A assistência em caso de problemas é quase inexistente. É desaconselhada a condução durante a noite, fora de Chisinau. Existem muitos acidentes envolvendo condutores sob o efeito do álcool. A rede de estradas da Moldova consiste em estradas com duas vias, com uma má manutenção e pouca iluminação.

 

 

Cuidados de saúde na Moldávia

Os cuidados médicos na Moldova são limitados registando-se por vezes carência de medicamentos básicos. Por outro lado, os equipamentos hospitalares são um pouco antiquados.

Os visitantes que não falam romeno ou russo podem encontrar dificuldades em fazerem-se entender em casos de emergência médica. Os visitantes são aconselhados a beber apenas água engarrafada. É significativo o número de casos de hepatite A e B.

Existe uma Convenção de Segurança Social celebrada entre Portugal e a República da Moldova assinada em 2011. Contudo, esta convenção não abrange deslocações temporárias. Como tal, aconselhamos a consulta do site http://www.seg-social.pt/moldova para informações mais detalhadas.

Endereços dos principais hospitais e clínicas:

- a) Hospital de urgência – Str. Toma Ciorba, 1, telefone (373-2) 2250704

- b) Hospital de traumatologia – Bd. Stefan cel Mare, 190, telefone 22 50 47 ou 22 27 41

- c) Hospital de doenças inoficiosas –Bd. Stefan cel Mare, 163, telefone 24 21 77.

 

 

Comunicações na Moldávia

Fora de Chisinau os viajantes poderão encontrar dificuldades em encontrar telefones públicos para fazer chamadas internacionais ou mesmo locais.

Os telefones internacionais funcionam normalmente, existindo nas grandes cidades cabines telefónicas com acesso internacional, pagas em moeda ou com cartões pré-comprados nos correios.

A rede de telemóveis funciona bem em Chisinau mas com algumas dificuldades de cobertura em certas regiões.

As penas por consumo ou posse de drogas são extremamente pesadas:

- A posse de substâncias narcóticas ou psicotrópicas, é punida com uma pena de prisão até 5 anos, consoante haja ou não o objetivo de distribuição;

- A punição do consumo de substâncias narcóticas ou psicotrópicas vai desde uma multa pecuniária e/ou trabalho comunitário até a pena de prisão de 5 anos.

 

Não existe representação diplomática portuguesa na Moldova, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Bucareste.

Em caso de necessidade, poderá sempre dirigir-se aos serviços consulares de uma Embaixada de um país membro da União Europeia.

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda