Sobre Singapura

Singapura

Singapura tem pouco a ver com os países tipicamente asiáticos, é mais como um “Dubai da Ásia”.

Oficialmente designada de República de Singapura, é uma cidade-Estado insular localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, 137 quilómetros ao norte do equador.

Com uma área total de 716,1 km2 e uma população de 5.3 milhões de habitantes (7.540 habitantes por km2), este país mais pequeno do que a ilha da Madeira tem o governo em forma de República parlamentarista unitária de partido dominante e uma série de leis no mínimo estranhas é famoso pela rigidez no cumprimento das mesmas.

Com um clima tropical, quente e húmido, Singapura tem como línguas oficiais o Inglês, o Chinês, o Malaio e o Tamil. O Inglês é, em regra, falado por toda a população.

 

A moeda local é o Dólar de Singapura. Os cartões de débito estrangeiros poderão não ser aceites nas lojas como meio de pagamento. Da mesma forma, nem todas as máquinas multibanco permitem o levantamento de dinheiro através de cartões de débito estrangeiros (os diferentes tipos de cartões aceites deverão ser verificados na própria máquina).

Os cartões de crédito das principais redes são normalmente aceites como meio de pagamento e levantamento.

 

Ligações eléctricas

Tomadas de 3 pinos, Tipo G (Reino Unido). Poderá ser necessário um adaptador de viagem para a ligação de aparelhos eléctricos.

 

 

Regime de entrada e estada em Singapura

Os cidadãos que pretendam entrar em Singapura devem ser portadores de passaporte cujo prazo de validade mínimo seja de 6 meses, à data prevista de saída de Singapura.

Os cidadãos portadores de passaporte português recebem um visto de turista emitido à chegada ao aeroporto, com validade até três meses.

Os cidadãos que tentem seguir viagem de/para Singapura sem um título com validade suficiente correm o risco de serem imediatamente deportados ao lugar de procedência, sem possibilidade de apelo, mesmo que esse lugar seja outro que não Portugal.

Os cidadãos portugueses devem cumprir os regulamentos de imigração das autoridades singapurenses, nomeadamente no que diz respeito à razão da entrada e à permanência em Singapura. A autorização de entrada e permanência fica completamente à discrição das mesmas autoridades.

 

 

 

Condições de segurança em Singapura

As condições de segurança são muito boas. A taxa de criminalidade é bastante reduzida.

Ao falar com um agente da autoridade em Singapura, importa adoptar sempre um comportamento respeitoso e calmo. Os cidadãos estrangeiros são tratados com o mesmo nível de rigor aplicado aos cidadãos locais.

Note-se a aplicação de multas pesadas a quem fume em áreas não autorizadas, deite lixo para o chão ou seja apanhado comer ou beber no metropolitano. A importação de pastilhas elásticas para Singapura é proibida.

Alerta-se para o facto de a lei em Singapura permitir a detenção imediata de quem for acusado de atentado ao pudor, e consequente apreensão do passaporte. Ainda nesta matéria, convém alertar para a existência de vários casos de extorsão em zonas de diversão nocturna, a pretexto de supostas queixas de assédio sexual de cidadãs locais contra turistas estrangeiros.

Recomenda-se que seja sempre adoptado um comportamento respeitoso de forma a evitar cenários que, justificadamente ou não, possam constituir uma situação de assédio ("outrage of modesty").

 Os mesmos cuidados aplicam-se ao consumo exagerado de álcool e a comportamentos violentos daí resultantes. A simples acusação implica, em muitos casos, a apreensão do passaporte e a impossibilidade de sair de Singapura por um período que pode chegar a vários meses, durante o qual o visado é responsável pela sua subsistência em Singapura.

O tráfico de drogas é punível com a pena de morte.

Foram recentemente aprovadas alterações legislativas que proíbem a participação e a simples presença de cidadãos estrangeiros em manifestações organizadas no "Speaker's Corner" em Hong Lim Park. Desaconselha-se assim a frequência do referido local durante a realização de manifestações e de outros eventos ali organizados.

 

 

 

Transportes em Singapura

 

Transporte aéreo

Singapura é servida por dois aeroportos internacionais: Changi e, para certos voos regionais, Paya Lebar.

 

 

Transporte rodoviário

A cidade de Singapura tem uma boa rede de autocarros. Algumas empresas de táxi aceitam pagamento com cartão de crédito.

 

 

Transporte ferroviário

Toda a cidade de Singapura é servida por metro (MRT).

 

 

 

Cuidados de saúde em Singapura

A rede sanitária é excelente, mas os preços cobrados pelas unidades de saúde públicas e privadas em Singapura podem ser muito mais caros do que em Portugal, especialmente em caso de internamento e/ou cirurgia.

É recomendável, assim, a subscrição de um bom seguro de viagem que cubra tratamentos e internamento hospitalar em Singapura. Apesar de não ser necessária vacinação para se deslocar a Singapura, recomenda-se uma consulta do viajante. Frise-se que para muitos países da região são necessárias precauções adicionais.

Desde 2016, têm sido registados casos de febre do Zika pelas autoridades locais que recomendam alguns cuidados às pessoas, em particular grávidas, que frequentem as áreas afectadas. Sendo o vírus do Zika transmitido pelo mosquito Aedes infectado, sugere-se aos cidadãos nacionais que adoptem medidas de prevenção de picadas pelos meios habituais, tais como uso de roupas que protejam o corpo e a aplicação de replentes de insectos. Em caso de indisposição, deverá ser procurada atenção médica especialmente se ocorrerem sintomas de febre e exantemas (manifestações cutâneas)

 

Principais Hospitais em Singapura:

National University Hospital

5 Lower Kent Ridge Road, Singapore 119074

Tel: +(65) 6779074

Fax:+(65) 67795678

www.nuh.com.sg

 

Mount Elisabeth Hospital Ltd (privado)

3 Mount Elisabeth, Singapore 228 510

Tel:+(65) 6737-2666

Fax:+(65) 6737-1189

www.mountelisabeth.com.sg

 

 

Singapore General Hospital

Outram Road, Singapore 169608

Tel:+(65) 6222-3322

Fax:+(65) 6224-9221

www.sgh.com.sg

 

Thomson Medical Centre (privado)

339 Thomson Road, Singapore 307677

Tel: +(65) 9250-2222

Fax:+(65) 6253-4468

www.thomsonmedical.com.sg

 

 

 

Telecomunicações em Singapura

A rede móvel 2G foi desligada em 2017. Para utilizar um telemóvel em Singapura, o aparelho deverá ser compatível com a rede 3G ou superior.

Para utilizar um telemóvel Dual-SIM, é necessário confirmar se o aparelho permite a ligação em simultâneo dos dois cartões SIM à rede 3G ou superior.

É possível comprar um cartão SIM singapurense à chegada ao aeroporto. No entanto, pode ser solicitada a instalação de uma app do operador para a activação de todas as funcionalidades do cartão.

A compra de um cartão SIM fica associada ao passaporte do viajante, até um limite máximo de três cartões.

 

 

 

Informações úteis

 

Singapore Tourism Board

Turism court

1 Orchad Spring Lane, Singapore 247729

Tel:+(65) 6736-6622

www.stb.com.sg

www.yoursingapore.com

 

Embaixada de Portugal em Singapura:

3 Killiney Road, #05-08, Winsland House I, Singapore 239519

(Estação de metro mais próxima: Somerset)

- Telefone: +65 6224 2256;

- Fax: +65 6224 2356;

www.singapura.embaixadaportugal.mne.pt

Número de emergência consular

(+65) 8571 7800 para as seguintes situações: fins-de-semana, situações de morte, evacuação sanitária, emissão urgente de documentos de viagem ou outras situações extraordinárias.

Números de emergência locais:

Polícia: 999

Ambulância e Bombeiros: 995

A nossa App Android

Hotelbooking QR

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda
 
 
 
 
 

Online

Temos 61 visitantes e 0 membros em linha