Sobre a Suiça

Sion

Aqui encontrará algumas informações úteis sobre a Suiça como o clima, línguas oficiais, moeda oficial, regime de entrada e estada, regime de vistos, transportes, condições de segurança, condições de saúde, telecomunicações, e muito mais.

A Suíça, cujo nome oficial é Confederação Suíça (CH = Confederação Helvética), é um Estado Federado situado no centro da Europa. Encontra-se rodeado pela França, Alemanha, Áustria, Itália e Principado do Liechtenstein, e tem uma superfície de 41.285 km2.

A capital é Berna.

De acordo com os últimos dados estatísticos publicados, a população do país era de 8.484.130 habitantes, dos quais 262.537 são cidadãos portugueses oficialmente registados. O custo de vida na Suiça é um dos mais elevados no mundo.

 

O Clima na Suiça

A Primavera vai de Março a Maio. Durante o Verão a temperatura varia entre 25º e 30º. O Inverno, de Novembro a Fevereiro, tem temperaturas médias de -5º. O clima é influenciado pelas montanhas alpinas, sobretudo nas regiões do Norte. As avalanches são frequentes no Inverno, pelo que se recomenda a maior prudência evitando esquiar fora-de-pista.

 

Línguas Oficiais

 As línguas oficiais são o alemão, francês, italiano e reto-romano (Rumantsch - trata-se da quarta língua oficial da Suíça, falada em especial no cantão dos Grisões). A língua inglesa é compreendida pela maioria da população.

 

 

Moeda local / sistema bancário na Suiça

 A moeda oficial é o franco suíço (Fr./CHF) que está dividido em 100 cêntimos. A informação actualizada de câmbio pode ser obtido através do seguinte endereço www.bportugal.pt. O Euro é, em muitos casos, aceite como meio de pagamento, recebendo-se o troco na moeda local.

Existem distribuidores automáticos de dinheiro em todas as vilas e cidades, sendo aceites para pagamento todos os tipos de cartões. Existe uma vasta rede de balcões de instituições financeiras e de crédito, bem como casas de câmbio.

 

 

Regime de entrada e estada na Suiça

 Não é necessário visto. Embora não seja membro da União Europeia, a Suíça integra o espaço Schengen, pelo que basta o passaporte nacional ou o cartão de cidadão / bilhete de identidade válidos para a entrada no seu território.

(Nota: conforme informação actualizada, o passaporte temporário português figura na lista de documentos de viagem reconhecidos pelas autoridades suíças)

Aqueles que pretendam residir e trabalhar na Suíça necessitam de uma autorização das autoridades locais (todas as indicações relativas ao direito de entrada e permanência dos estrangeiros na Suíça estão disponíveis no sítio Internet: www.etrangers.ch ).

Restrições Aduaneiras à Importação de Produtos: Os viajantes podem importar, entre outros, 1 kg de carne e produtos derivados de todas as espécies animais, 250 cigarros, bem como 1 litro de bebidas alcoólicas com mais de 18º e 5 litros com graduação inferior a 18º vol., em ambos os casos, tratando-se de maiores de 17 anos. Para mais completa informação consultar: www.efd.admin.ch .

 Para a entrada e estada de animais de estimação deverá ser consultada a página específica da Direcção Aduaneira da Suiça:

 https://www.ezv.admin.ch/ezv/en/home/information-individuals/animals-and-plants/dogs--cats--domestic-animals.html

 

 

Condições de segurança na Suiça:

As condições de segurança na Suíça são em geral muito boas. Os índices de criminalidade são pouco significativos, quer nos centros urbanos quer na nos meios rurais. Todavia, os visitantes devem ter em consideração a existência de uma pequena delinquência (roubos) nas estações rodoviárias e ferroviárias, aeroportos e transportes públicos, e ainda em grandes espaços comerciais nos meios urbanos.

Nos aglomerados urbanos, deve merecer especial atenção o facto de os eléctricos não concederem prioridade aos peões, pois não param nas passadeiras.

Quem pretenda praticar desportos ou passeios de montanha deve observar algumas cautelas, pois é frequente a ocorrência de  acidentes,  havendo registo  de quedas  em ravinas, por vezes em locais inacessíveis, que tornam  difícil a localização  e resgate dos acidentados.

De um modo geral, os trilhos de montanha estão bem  sinalizados, contendo  a menção  ao grau  de dificuldade  e  aos procedimentos a ter em conta. Mesmo assim, recomenda-se que sejam evitadas as incursões na montanha por uma única pessoa, até porque, em certas zonas de maior altitude, não há cobertura de rede de telemóvel.

Outras informações importantes

- Urgências: 112

- Emergência Médica (Ambulância) : 144 - http://www.144.ch

- Emergência por envenenamento: 145

- Polícia: 117

- Bombeiros: 118

- REGA (helicóptero SOS): 1414

- Socorro Rodoviário: 140

- Hotline para emergências médicas: +41 900 57 67 47 (CHF 1.98/min.)

  www.medphone.ch - Horário de atendimento: 24 horas por dia, durante todo o ano.

- Hotline farmacêutica : +41 900 98 99 00 (CHF 098/min.) from landline)

  www.stave.ch, Horário de atendimento: 24 horas por dia, durante todoo ano.

 

 

Transportes na Suiça

  

Transporte aéreo

 Existem aeroportos internacionais em Zurique, Genebra e Basileia com diversos voos de e para portugal. Os aeroportos de Genebra e Zurique estão diretamente ligados à rede ferroviária, através de comboios rápidos "inter-cidades" com partidas de 30 em 30 minutos ou hora a hora. Berna, Lugano e Sion, têm pequenos aeroportos com ligações directas a algumas cidades da Europa.

 Informações sobre os principais aeroportos

- Partidas/chegadas: http://www.airport.ch

- Basileia: http://www.euroairport.com

- Berna: http://www.alpar.ch

- Lugano: http://www.lugano-airport.ch

- Genebra: http://www.gva.ch

- Sion: http://www.sionairport.ch

- Zurique: http://www.flughafen-zuerich.ch

 

Procura e reserva de Voos

 

Transporte rodoviário

 A rede rodoviária é muito boa, cobrindo toda a Suíça. Caso viaje de automóvel, deverá adquirir previamente (nos postos de controlo fronteiriço, estações de correio, quiosques, livrarias, bombas de gasolina, etc.) uma vinheta para circulação nas auto-estradas, uma vez que na Suíça não há pagamento de portagens.

 A taxa de alcoolemia admitida ao volante é de 0,25 mg/l ou 0,5%. As placas indicativas das auto-estradas são de cor verde e as das estradas nacionais de cor azul. O cinto de segurança é obrigatório, à frente e atrás do veículo.

 Informações sobre tráfego (Auto-estradas, túneis, etc.): http://www.swisstxt.ch/traffic/f ou www.astra.admin.ch

 

Segurança rodoviária

Aconselha-se o uso de pneus de inverno na Suíça, uma vez que, em caso de acidente e em função das condições atmosféricas, as companhias de seguro podem descartar parte ou toda a responsabilidade pela sua não utilização. Acresce que poderá ser aplicada multa se, porventura, por falta de pneus adaptados às condições climáticas, o veículo vier a perturbar ou impedir a circulação.

 Limites de velocidade

 A velocidade máxima de circulação rodoviária é:

  • • Nas localidades: 50 Km/h (30 Km/h em algumas zonas);
  • • Fora das localidades (estradas nacionais): 80 Km/h;
  • • Autoestradas: 120 Km/h.

Transporte ferroviário

Existe uma excelente rede ferroviária, de grande qualidade, com boas condições de segurança e pontualidade. Para consulta de informações (ligações, horários, etc.): http://www.cff.ch 

 

 

Cuidados de saúde na Suiça

O viajante proveniente de Portugal não necessita de vacina para entrar na Suíça.

A rede sanitária é excelente, com um vasto serviço de assistência médica, quer pública quer privada em todas as cidades do país. Aplicam-se as regras comunitárias em vigor, sendo o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) essencial para o acesso a assistência médica e hospitalar (urgências).

As despesas com consultas de médicos particulares e as despesas farmacêuticas não estão cobertas pelo CESD, pelo que deverão ser suportadas pelos próprios interessados, aos quais incumbirá requerer o eventual reembolso ao SNS/ARS, uma vez em Portugal.

Na Suíça, as despesas com intervenções dos serviços de socorros de urgência e eventual repatriação não estão cobertas pelos seguros, pelo que é aconselhável celebrar um contrato de assistência ou de seguro de viagem que cubra todas as despesas médicas e de repatriação sanitária. A Embaixada e os Consulados também não suportam esse tipo de despesas.

 

Telecomunicações na Suiça

A Suíça dispõe de uma boa rede de telecomunicações, fixa e móvel, integrando as mais modernas tecnologias e disponibilizando os serviços mais avançados na área das telecomunicações, incluindo a possibilidade de utilização de telemóveis com dual ou tri-band.

A grande maioria das cabines públicas funciona com cartão pré-comprado e cartões de crédito.

 

Para mais informação importante sobre o destino, antes de viajar, não deixe de consultar os conselhos ao viajante no portal da Comunidades

Mais Informao

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda