Férias no Lesoto

Lesoto

Antigo reino da Basutolândia, um dos países etnicamente mais homogéneos da África, o Lesoto é um enclave na África do Sul.

Lesoto

O país vive da agricultura e criação de ovelhas na cordilheira do Drakensberg, que domina a maior parte do território e atingem mais de 3 mil metros de altitude.

O Lesoto tem uma área total de cerca de 30.355 km² e caracteriza-se, pela sua meseta montanhosa, com os cumes formados por lava basáltica.

A meseta é cortada por diversos vales e rios. Lesoto possui cerca de 80% do seu território acima dos 1.800 metros de altitude, sendo o único país do mundo a ter toda a sua área acima da altitude de 1.000 metros.

O ponto mais baixo do Lesoto tem 1.400 metros de altitude e está localizado na confluência entre o rio Makhaleng e o rio Orange, próximo à vila de Mahuleng, no distrito de Mohale's Hoek.

O ponto mais elevado é o monte Thabana-Ntlenyana, com cerca de 3.482 m.

O limite a leste é a cordilheira Drakensberg, fazendo fronteira com a província sul-africana de KwaZulu-Natal.

Apenas uma faixa da fronteira noroeste tem suaves colinas, com uma pequena área de planícies.

 

 

Como Chegar ao Lesoto

Aeroportos em destaque

Moshoeshoe I International Airport (MSU)

Procura e reserva de Voos

 

 

 

Onde ficar no Lesoto:

 

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

Os melhores destinos de férias no Lesoto:

 

 

Maseru / Férias em Maseru

Maseru

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Maseru, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Leribe / Férias em Leribe

Férias em Leribe

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Leribe, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Roma / Férias em Roma

férias em Roma, Lesoto

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Roma, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Leribe / Férias em Leribe

férias em Leribe, Lesoto

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Leribe, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Bokong / Férias em Bokong

férias em Bokong, Lesoto

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Bokong, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Selomas / Férias em Selomas

férias em Selomas, Lesoto

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Selomas, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Foso / Férias em Foso

férias em Foso, Lesoto

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Foso, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

 

Boqate / Férias em Boqate

férias em Boqate, Lesoto

A melhor seleção de hotéis com desconto e promoções de férias em Boqate, Lesoto

hotéis com desconto e promoções de férias no Lesoto

 

 

 

A segurança no Lesotho deteriorou-se bastante, pelo que se aconselha ponderada decisão e particular cautela nas eventuais deslocações àquele País. Viagens de turismo devem ser evitadas.

 

O que fazer no Lesoto:

Excursões e actividades no Lesoto

 

 

As melhores atrações turísticas no Lesoto

Katse Dam (Maseru), Maluti Mountains (Maseru), Thaba-Bosiu National Monument (Maseru), Mohale Dam (Maseru), Lesotho Sun Casino (Maseru), National Museum (Maseru), Royal Palace (Maseru), Our Lady of Victory Cathedral (Maseru), Mountain Cab (Maseru), Thorkild Hand Weaving and Moteng Weavers (Maseru), Lesotho Co-operative Handicrafts (Maseru), AfriSki Ski and Mountain Resort (Butha-Buthe), Maletsunyane Falls (Semonkong), Gates of Paradise Pass (Malealea), Morija Museum & Archives (Morija), Ha Kome Cave Houses (Teyateyaneng), Setsoto Design Gallery (Teyateyaneng), Mafika Lisiu Pass (Pitseng)

 

 

 

O Clima no Lesoto

As temperaturas variam de 32º a -7º. Verão, de Novembro a Fevereiro; Inverno de Maio a Agosto.

 

Línguas oficiais: Inglês e Sesoto

 

 

Moeda local / Sistema Bancário

Moeda local - Loti

Maloti (plural)

Dividido em 100 Lisenti.

 

 

Regime de entrada e estada no Lesoto

Não é necessário em visto de entrada. Basta o passaporte com um prazo de validade de, pelo menos, 6 meses.

 

 

Condições de segurança no Lesoto

Satisfatórias.

Deverá manter as cautelas habituais, tais como: não se deslocar com objetos de valor, viajar de preferência com alguém que conheça o país, não circular durante a noite e não estacionar em locais com pouca luz.

Como em todas as regiões montanhosas, as condições meteorológicas podem-se alterar rapidamente e perturbar as deslocações. As trovoadas são muito violentas fazendo vitimas todos os anos.

Números úteis:

Polícia – Tel: 123 / 223.317.263

Hospital – Tel: 121

Bombeiros – Tel: 122

 

 

 

Transportes no Lesoto

Infraestrutura rodoviária – As estradas encontram-se em condições razoáveis, mas deverá evitar conduzir à noite. As intempéries tornam por vezes as pistas impraticáveis e perigosas, mesmo para os veículos “todo o terreno”. Em caso de acidente, se verificar um ajuntamento de pessoas, deverá prosseguir, parando no próximo posto de polícia. Deverá manter as portas trancadas por dentro e janelas fechadas. Se for atacado, não deverá resistir.

 

 

 

Cuidados de saúde no Lesoto

O Lesoto tem um grande taxa de cidadãos infetados com o vírus da Sida.

Deverá consultar o seu médico antes de viajar, sendo aconselhável a realização de um seguro de saúde que cubra todas as despesas médicas, incluindo repatriamento explicitamente a partir do Lesoto.

Números úteis:

Hospital privado de Maseru - Tel: 27.51.444.15.09

Hospital Queen Elisabeth II – Tel: 22.322.501

 

 

 

Informações úteis

A posse ou consumo de droga são severamente punidos por lei.

Não existe representação diplomática portuguesa no Lesoto, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Pretória. Para os assuntos consulares, deverá consultar o Consulado-Geral em Joanesburgo.

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao