Férias em Quiribati

Quiribati

Famoso por ser o primeiro país do mundo a mudar de ano, o Quiribati é um pequeno paraíso no pacífico formado por 33 ilhas atóis e recifes que tem tanto de belo como de remoto.

Quiribati

O que a natureza limitou em recursos naturais, foi generosa em inúmeras praias de areia fina em cenários tranquilos e verdadeiramente paradisíacos limitados pela beleza do azul do Oceano Pacífico, um esplêndido ambiente marinho; e pelo verde exuberante dos coqueiros que limitam a linha litoral.

Quiribati é uma nação pacífica, tranquila e segura, difícil de chegar devido ao seu isolamento geográfico, mais para aqueles que enfrentam todas as dificuldades para aqui chegar, têm como compensação uma experiência única e inesquecível num dos últimos verdadeiros paraísos da terra.

Oficialmente designada como República de Kiribati, é um país soberano composto por 33 ilhas, atóis e recifes espalhados por uma vasta área ao centro do Oceano Pacífico, abrangendo da Micronésia à Polinésia, sendo o único país do mundo com territórios nos quatro hemisférios da Terra.

Quiribati

Como chegar a Quiribati

Aeroportos em Destaque:

Bonriki International Airport (TRW)

Procura e reserva de Voos

 

 

Onde ficar em Quiribati:

Quiribati

O turismo é um dos setores económicos ainda por explorar em Quiribati o que faz que por um lado este seja ainda um daqueles paraísos quase intocados da terra mas, ao mesmo tempo um destino com muito poucas opções de alojamento turístico e serviços de suporte bastante limitados.

A melhor seleção de alojamento para férias em Quiribati

banner 320x50 pt

Apesar do seu território estar nos quatro hemisférios da terra o Quiribati é um dos menores países do mundo. É o primeiro país do mundo a mudar de ano, na ilha de Kiritimati, devido ao fuso horário (UTC+14), que faz com que a República de Quiribati seja o país mais adiantado em questão de horário.

O Quiribati compreende de oeste para leste, a ilha de Banaba, as ilhas Gilbert, as ilhas Phoenix e quase a totalidade das Espórades Equatoriais, à exceção de algumas ilhas dos EUA ao norte do arquipélago.

Quiribati tem fronteira marítima com as Ilhas Marshall, a noroeste; com as ilhas Howland e Baker, a norte; com as 3 ilhas norte-americanas nas Espórades, também a norte (Kingman, Palmyra e Jarvis); com o território francês da Polinésia Francesa, a sudeste; com as Ilhas Cook e a o território holandês de Toquelau, a sul; com Tuvalu, também a sul; e com Nauru, a oeste.

 Sua capital é o atol de Tarawa ou Taraua.

O Quiribati é considerado como um dos países mais suscetíveis às alterações climáticas e ao aumento do nível dos oceanos. Especula-se que a existência do país esteja ameaçada, estando as ilhas de Quiribati condenadas a desaparecer em consequência das alterações climáticas.

O Quiribati divide-se administrativamente em Ilhas Gilbert, Espórades Equatoriais e Ilhas Phoenix.

 

Organize as suas viagens de férias aqui

Para além de algumas informações acerca de cada destino, partilhamos aqui algumas ferramentas que utilizamos para organizar as nossas viagens para que também o possa fazer de forma fácil e rápida, economizando algum tempo e dinheiro.

Desde a simples reserva de Pacotes de Férias, Circuitos Turísticos ou Cruzeiros para aqueles que não gostam de ter muito trabalho no planeamento, até às reservas de  voos, hotéis ou outro tipo de alojamento, aluguer de carro e contratação de seguro de viagem, especialmente para aqueles que gostam realmente de escolher tudo e planear as férias ao pormenor.

Disponibilizamos ainda a possibilidade de reservar antecipadamente alguns passeios turísticos e ingressos para atrações no destino, poupando assim tempo e evitando filas de espera nas principais atrações do destino escolhido para as próximas férias.


travel 2 icon

 

Pacotes de Férias

tracking route icon

 

Circuitos

cruise icon
 

Cruzeiros

Transport Airplane icon
 

Voos

Household Bed icon
 

Hotéis

car icon
 

Aluguer de Carro

colosseum icon
 

Passeios Turísticos

insurance icon
 

Seguro de Viagem

 

 

 

Geografia

Quiribati

A República do Kiribati consiste num conjunto de 33 atóis de coral, agrupados em três grupos de ilhas, no centro do Oceano Pacífico, são eles, de oeste para este, o grupo das ilhas de Gilbert (17), as Ilhas Fénix (8) e as ilhas da Linha (8), excluindo três da parte norte deste grupo que são território dos Estados Unidos.

Taraua é a capital do país, com uma população de pouco mais de 25.000 habitantes. A Capital situa-se no atol de Taraua, no norte das Ilhas Gilbert.

Kiribati tem uma área de 811 km² e só 20 das ilhas são habitadas. As ilhas do grupo Fenix não têm população permanente. Banaba (antiga ilha Oceano) também faz parte do Kiribati e é a mais rica das ilhas. As ilhas que constituem Kiribati, estão dispersas por uma extensão de 5 milhões de quilómetros quadrados no Pacífico. O seu ponto mais alto tem apenas 81m, e situa-se na ilha Banaba.

O Kiribati é um país com poucos escursos naturais, possuindo uma economia baseada na agricultura e na pesca.

Apesar do solo pobre e da pequena área do país, a agricultura desempenha um papel importante na economia, nomeadamente na produção de copra, um dos principais produtos de exportação do Kiribati.

O turismo representa menos de 2% do PIB do país, que recebeu anualmente entre três a quatro mil visitantes entre 2005/2009.

O fraco desenvolvimento económico do país deve-se à sua escassa infraestrutura, escassez de mão-de-obra especializada e ao seu isolamento geográfico.

 

Mais informações úteis sobre o Quiribati:

Línguas oficiais em Quiribati: Inglês e Kiibati

 

Moeda local / sistema bancário

Moeda local – Dólar australiano

Os cartões de crédito são aceites em apenas alguns locais mas o Bank of Kiribati tem caixas automáticas nas filiais em Betio, Bairiki e Bikenibeu. Nas restantes ilhas, deverá estar munido de dólares australianos. A Western Union funciona em Tarawa podendo, em caso de urgência, serem para ali transferidos fundos.

 

Regime de entrada e estada em Quiribati

Regime de Vistos

Não é obrigatório um visto de entrada. Deverá fazer prova do bilhete de regresso e de fundos suficientes para a duração da estadia.

O aeroporto cobra uma taxa em dólares australianos (em dinheiro) à saída do país.

 

Condições de segurança em Quiribati:

As condições de segurança em Quiribati são consideradas satisfatórias, apesar de se registar um aumento da pequena delinquência, particularmente nos centros urbanos. Os visitantes estrangeiros podem ser vítimas de carteiristas e roubos, bem como de assalto a automóveis, designadamente em zonas turísticas, pelo que se aconselham as usuais precauções, especialmente à noite, para evitar a criação de oportunidades neste sentido. As mulheres que viajam sozinhas deverão prestar especial atenção, particularmente à noite.

 

Transportes em Quiribati:

Transporte rodoviário

É possível alugar uma viatura em Tarawa. A condução na estrada é satisfatória mas os autocarros podem encontrar-se perigosamente sobrelotados.

 

 

Cuidados de saúde em Quribati:

É aconselhável o consumo de água engarrafada ou fervida. Evite comer marisco ou peixe da lagoa na capital, Tarawa.

A febre do dengue existe no Kiribati, não havendo a possibilidade de profilaxia contra o mesmo. É importante a utilização de repelentes.

Deverá consultar o seu médico antes de viajar, sendo aconselhável a realização de um seguro de saúde que cubra todas as despesas médicas, incluindo repatriamento explicitamente a partir do Kiribati.

Não são aconselháveis os banhos na lagoa sul de Tarawa devido à poluição.

 

 

Informações úteis

A posse ou consumo de droga são severamente punidos por lei.

A homossexualidade é ilegal.

Não existe representação diplomática portuguesa no Kiribati, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Camberra:

- Endereço: Suites 8 & 9, Stephen House, 32 Thesiger Court, 2600 Deakin, ACT Camberra, Austrália;

- Tel. +61 2 62604970 / +61 2 62605664 / +61 2 62812473

– Fax. +61 2 62814387

- Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

 

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda