Férias na Tailândia: O que visitar em Bangkok

Bangecoque

Principal ponto de entrada internacional no país, qualquer viagem de férias pela Tailândia começa incontornavelmente por Bangkok, uma cidade que nunca dorme, ao longo das 24 horas de cada dia são imensos os negócios e mercados de rua, das principais atracções desta cidade, que estão em funcionamento permanente

Amarin Plaza

Mega metrópole com mais de 8 milhões de habitantes nos seus limites de 1.568 quilómetros quadrados e com mais de 14 milhões de habitantes na sua área metropolitana que ocupa 7.761 quilómetros quadrados, Bangkok, a Capital é uma cidade algo caótica situada na margem esquerda do rio Chao Phraya, nas proximidades do Golfo da Tailândia.

Historicamente, Bangkok está ligada a um pequeno posto de comércio durante o Reino de Ayutthaya, no século XV, que eventualmente cresceu em tamanho e se tornou o local de duas capitais: Thonburi em 1768 e Rattanakosin em 1782. Bangkok estava situada no centro do reino de Sião, sofrendo grande modernização durante o século XIX, quando o país enfrentou pressões do Ocidente.

O rápido crescimento, associado a um fraco planeamento e ausência de regulação do urbanismo, resultou numa paisagem urbana desordenada e sistemas de infraestrutura inadequados.

Sob a sombra dos arranha-céus de Bangkok, encontrará uma mistura inebriante de caos e refinamento, de mercados frenéticos, trânsito caótico, templos dourados silenciosos, espetáculos sexuais… e muito mais, numa incrível mistura de sons, cheiros e autênticos choques culturais que cativam e conquistam com relativa facilidade qualquer visitante.

Bangkok é uma capital relativamente jovem, criada em 1782, após Ayutthaya, a antiga capital ter sido saqueada pelos birmaneses. Uma base temporária foi montada na margem ocidental do rio Chao Phraya, no que é hoje Thonburi, antes do início dos trabalhos na margem leste, mais defensável.

O primeiro rei da nova dinastia, Rama I, construiu seu palácio em Ratanakosin, dentro de um anel defensivo de dois canais e posteriormente estendido a três canais. Ratanakosin continua a ser o coração espiritual da cidade e um dos melhores lugares para começar a explorar Bangkok, sendo a localização dos pontos turísticos mais importantes e extravagantes da cidade.

Inicialmente, Bangkok era amplamente anfíbia: apenas os templos e palácios reais eram construídos em terra seca, enquanto residências comuns flutuavam em grossas balsas de bambu no rio e nos canais.

Uma grande mudança ocorreu na segunda metade do século XIX, primeiro sob Rama IV (1851 a 1868), que como parte de seu esforço para reestabelecer a capital ao longo das linhas europeias construiu as primeiras estradas de Bangkok.

Desde a Segunda Guerra Mundial, e especialmente a partir de meados da década de 1960, Bangcoc sofreu uma explosão de modernização. A maioria dos canais foi preenchida e substituída por filas intermináveis de concreto com arranha-céus, conjuntos habitacionais e mega centros comerciais ultra modernos.

Os benefícios da explosão económica da Tailândia desde os anos 80 estão concentrados em Bangkok, atraindo a migração de todo o país e tornando a capital cada vez mais dominante.

O Skytrain e o metro, ajudaram a resolver alguns problemas de trânsito da cidade, no entanto os restantes sistemas de transporte não se cruzam adequadamente, restando soluções engenhosas e locais, como os barcos do canal Khlong Saen Saeb e os tuk tuks para manter a cidade em movimento.

 

Principais áreas para explorar em Bangkok:

 

Ratanakosin

Grand Palace

Ratanakosin, a ilha real situada na margem leste do Chao Phraya, onde estão localizados os pontos turísticos mais importantes e extravagantes da cidade é o ponto de partida ideal para explorar Bangkok.

É nesta área que se situam o Grande Palácio e o templo real, Wat Phra Kaeo; o Wang Na (Palácio do Segundo Rei), agora Museu Nacional; Wat Pho, que antecede a fundação da capital; Wat Mahathat, o centro mais importante da aprendizagem budista no sudeste da Ásia; o Teatro Nacional; A galeria nacional; e as universidades Thammasat e Silpakorn.

 

Banglamphu e a área do Monumento da Democracia

Democracy Monument

Imediatamente ao norte de Ratanakosin, a atração mais notória de Banglamphu é Thanon Khao San, parte de uma estrada construída sobre um canal em 1892, cujas várias pensões baratas e a agitada vida noturna tornaram este local num verdadeiro íman para os mochileiros e local de visita imperdível durante uma visita a Bangkok.

Destacam-se também alguns templos existentes nas proximidades do Monumento da democracia nas proximidades, e nos bairros típicos de Bangkok que os conectam, muitos dos quais ainda mantêm os encantos originais.

 

 

Chinatown e Pahurat

Chinatown

Quando o recém-coroado Rama I decidu mudar a sua capital para a margem leste do rio em 1782, a comunidade chinesa que morava no local proposto para o palácio foi obrigada a mudar para a área de Sampeng. Dois séculos depois, Chinatown tornou-se no maior distrito chinês do país, uma extensão de ruelas estreitas, templos e lojas entre Charoen Krung e o rio.

 

Thonburi

Durante quinze anos, entre a queda de Ayutthaya em 1767 e a fundação de Bangkok em 1782, Thonburi, na margem foi a capital da Tailândia, tempo insuficiente para a construção de monumentos e templos, mas alguns de seus canais seculares, que antes transportavam tudo e todos, sobreviveram e constituem, em conjunto com o modo de vida daqueles que dependem deles, as principais atrações de Thonburi.

A maneira mais popular de explorar estes bairros antigos é de barco, mas participar de um passeio de bicicleta pelos bairros mais antigos também constitui uma experiência muito gratificante.

 

Dusit

Dusit

Área espaçosa e arborizada, Dusit é um distrito real desde o reinado de Rama V, rei Chulalongkorn (1860–1910). O primeiro monarca tailandês a visitar a Europa, Rama V retornou com planos radicais para a modernização de sua capital, cujos frutos são mais visíveis em Dusit, principalmente no Palácio Vimanmek e Wat Benjamabophit, o chamado "Templo de Mármore".

Dusit também é o local do espetacular de uma parada militar anual, quando centenas de guardas reais demonstram sua lealdade ao rei desfilando ao redor do Royal Plaza. Em frente ao Palácio Chitrlada, o Jardim Zoológico Dusit é um excelente lugar para visitar com crianças.

 

Downtown Bangkok

Centro de Banguecoque

A área central de Bangkok repleta de modernos arranha-céus, alberga os principais centros comerciais da Siam Square.

Se viajar para leste, encontrará ainda mais centros comerciais ao redor do barulhento e reluzente Santuário Erawan, onde Rama I torna-se em Thanon Ploenchit, um cruzamento conhecido como Ratchaprasong.

 

 

Arredores de Bangkok

Chatuchak

Nos limites da cidade de Bangkok, existem imensos lugares ideais para agradáveis escapadas, especialmente o mercado de fim-de-semana Chatuchak, o parque temático cultural de Muang Boran, a cidade a montante de Nonthaburi e a tranquila ilha artificial de Ko Kred.

 

 Bangkok Central Business District

 

Excurses e Ingressos

 

Atrações Imperdíveis em Bangkok:

 

Rio Chao Phraya (Mae Nam Chao Phraya)

Rio Chao Phraya (Mae Nam Chao Phraya)

O Rio Chao Phraya (ou Mae Nam Chao Phraya) corre do norte ao sul da Tailândia, e as cidades mais notáveis e densamente povoadas se encontram ao longo do seu principal afluente.

Em Bangcoc, o Chao Phraya é uma importante via de transporte. Uma vasta rede de balsas e táxis aquáticos transportam os moradores e turistas de cima para baixo do rio, levando-os aos principais pontos turísticos da cidade. Para muitos, estes barcos são a forma preferida de se locomover em Bangcoc, cujas ruas são muitas vezes tumultuadas com o tráfego.

Várias linhas de barco competem por clientes no rio e pelos seus canais, e você vai encontrar variações de preço e distâncias percorridas. Se você começar em Tha Sathon (acessível através do trem aéreo em Saphan Taksi), você vai passar (ou pode até desembarcar) em Chinatown, Wat Arun, Wichai Prasit Fort e no Grande Palácio. Não se pode negar: as águas do Chao Phraya são turvas e, às vezes, fedorentas, mas oferecem uma boa perspectiva sobre a cidade.

 

Khao San Road

 Khao San Road

Os viajantes de baixo orçamento de todo o mundo vêm para Khao San Road para comer as deliciosas (e baratas) comidas de rua, ficar em acomodações mais acessíveis, comprar nas barracas de souvenirs e beber nos seus bares ao ar livre. Então esta é uma lendária rua tailandesa, e tem até o seu próprio site!

A apenas 20 minutos a pé do Grande Palácio, a Khao San Road como você vê hoje começou no início dos anos 80, quando a Tailândia abraçou o turismo. No início eram apenas alguns viajantes de baixo orçamento alugando quartos em residências, mas tornou-se a verdadeira meca dos mochileiros. Além de ser uma atração por si só nos dias de hoje, Khan San Road é um bom lugar para planejar viagens dentro da Tailândia ou pelos países vizinhos. Khao San Road continua sendo incrivelmente popular e, amando-a ou odiando-a, sua energia é contagiosa e difícil de negar.

 

 

O Grande Palácio (Ratanakosin)

Grande Palácio

A visita ao Grande Palácio, em Bangcoc, é imperdível para os turistas. Criado em 1782 pelo Rei Rama I, que estabeleceu a cidade como a nova capital da Tailândia, o Grande Palácio tornou-se a sede Real por 150 anos. Os marcantes prédios dentro do complexo refletem o espírito de cada monarca sucessor e da época em que eles governaram.

Enquanto o monarca atual (e o de mais longo reinado) da Tailândia, o Rei Bhumibol Adulyadej nunca tenha vivido no Grande Palácio, o complexo continua sendo usado para marcar acontecimentos cerimoniais. Dentro das terras do palácio você encontrará a vista mais sagrada da Tailândia - Phra Kaew Morakot (o Buda de Esmeralda), dentro de um belo templo (Wat Phra Kaeo). Esta altamente reverenciada escultura de Buda foi esculpida a partir de um único bloco de jade e data do século 15.

Para aproveitar ao máximo a sua visita, vale a pena contratar um guia que vai lhe ajudar a compreender melhor o local e a sua colorida história.

 

 

 

 

 

Os Templos de Bangkok

 Ao longo de toda a Tailândia existem mais de 40.000 templos, e só na capital, Banguecoque, perto de 500. Existem templos para todos os gostos, até o templo de David Beckam, quem diria? Visitar todos eles é uma tarefa praticamente impossível, no entanto existem alguns considerados como de visita imperdível.

Excurses e Ingressos

 

Wat Arum, o Templo da Aurora (Riverside/Thonburi)

Wat Arun

Situado nas margens do Rio Chao Phraya, o Wat Arun é uma das mais populares atrações de Banguecoque, depois do Grande Palácio. O Wat Arun proporciona uma vista única do nascer e do sol em Banguecoque, daí o nome de “Templo do Amanhecer ou Alvorecer”.

Batizado pelo fundador King Thaksin para significar a ascensão do novo reino (depois de Ayutthaya ser destruído), o Templo de Dawn era, originalmente, muito menor, até a sua expansão durante o governo do Rei Rama III (1824-1851). A população local doou as peças de cerâmica que compõem a singular decoração exterior do templo. É possível subir no templo para apreciar as vistas do rio, do Grande Palácio e mais além.

Horário de funcionamento: 08:00 -17:30

Localização: No lado oeste do Rio Chao Praya(em frente ao cais Tha Thien)

Preço do Ingresso: 50 Thb

Pode aqui chegar utilizando o Chao Phraya Express (barcos de bandeira azul e laranja)

 

 

Wat Pho, o Templo do Buda Reclinado (Ratanakosin)

Templo do Buda Reclinado

Ao lado do Grande Palácio situa-se o Templo do Buda Reclinado (Wat Pho). O Wat Pho é o maior e mais antigo templo de Banguecoque e abriga o Buda reclinado de 46 metros de comprimento e 15 metros de altura, a maior imagem de Buda da Tailândia. O Buda reclinado é decorado com folhas de ouro e seus olhos e solas dos pés são envolvidos por madrepérola.

Para além do Buda Reclinado, existem muitas outras imagens de Buda em Wat Pho,  templo que tem a fama de abrigar mais estátuas de Buda do que qualquer outro templo de Banguecoque.

O Buda Reclinado foi criado para comemorar a recuperação do rei Rama III (1824-1851).

Wat Pho é o berço da tradicional massagem tailandesa, e em 1962 uma tradicional escola de medicina e massagem foi criada aqui. A escola permanece no local e você pode reservar um horário de massagem ou se candidatar para estudar nela.

Horário: Aberto diariamente das 08:00 às 17:00 (Serviços de massagens até às 18:00)

Localização: Em Maharat Road, perto do rio, a cerca de 800 metros a sul do Grande Palácio.

Custo da Entrada: 100 Thb

Como chegar: Barco expresso Chao Phraya, bandeira laranja ou azul - Cais Tha Tien

 

 

Wat Pra Kaew, o Templo do Buda Esmeralda (Ratanakosin)

Wat Phra Kaeo

Nas terras do palácio, encontra-se a vista mais sagrada da Tailândia - Phra Kaew Morakot (o Buda de Esmeralda), dentro de um belo templo (Wat Phra Kaeo).

O  Wat Phra Kaeo é considerado o templo budista mais sagrado da Talândia.

As suas paredes abrigam a escultura altamente reverenciada do Buda, Phra Kaew Morakot, esculpida num único bloco de jade e datando do século 14.

 Acredita-se que o Buda tenha sido feito no Sri Lanka, e transportado e reverenciado em todo o Sudeste da Ásia, antes de ser trazido do Laos para a Tailândia em 1552.

Horário: Diáriamente das 08:30 às 15:30

Localização: Na Phra Lan Road (Rattanakosin)

Preço dos Bilhetes: 500 Thb e inclui a visita ao Grande Palácio

Como chegar: Barco expresso Chao Phraya, bandeira laranja ou verde, Cais Tha Chang

 

 

Wat Saket, o Templo do Monte Dourado

Monte Dourado (Wat Saket)

O Templo do Monte Dourado - ou Wat Saket - foi construído pelo rei Rama I, após a fundação de Banguecoque.

Construído fora dos muros da cidade e projetado como um local de enterro, o monte tem milhares de corpos sepultados, a maioria deles durante o reinado de Rama II, quando uma praga varreu a cidade.

Construído num terreno pantanoso, o morro foi reconstruído por Rama III, que acrescentou um chedi (estupa) que acabou por ruir devido à movimentação das fundações. Rama V construiu o chedi dourado que vemos hoje sobre os escombros do chedi anterior.

Rumores dizem que o chedi dourado contém alguns dos restos mortais de Buda - incluindo seus dentes. Durante a altura da Segunda Guerra Mundial, a estrutura foi reforçada com paredes de betão.

Durante a noite o Wat Saket tem um brilho único que contrasta com o escuro do céu e durante o dia proporciona vistas espetaculares de Banguecoque.

Como chegar: Barco pelo Khlong (Canal) Saen Sap - saída no Cais Phan Fah Leelart, seguindo-se uma caminhada de cerca de 9 minutos.

 

 

 Wat Traimit, o Templo do Buda de Ouro (Chinatown)

Templo do Buda de Ouro

Localizado na Yaowarat Road, perto da Estação Lampong Hua (final do Chinatown), o Wat Traimit abriga o maior Buda de Ouro sentado do mundo.

Medindo três metros de altura e pesando mais de cinco toneladas, o Buda de Ouro faz com que o Wat Traimit seja um dos templos cuja visita é incontornável em Banguecoque.

A impressionante estátua atrai multidões de visitantes que vêm para se maravilhar com a sua grandiosidade e reluzente superfície de ouro, que noutros tempos foi escondida de exércitos invasores por um revestimento de gesso! Os pedaços de gesso que uma vez formavam o seu disfarce podem ser encontrados atualmente em exibição num compartimento dentro do templo.

 

Wat Mahathat, o centro do budismo Mahanikai (Ratanakosin)

Wat Mahathat Yuwaratrangsarit

Localizado nas margens do Rio Chao Phraya, não muito longe do complexo do Grande Palácio, o Wat Mahathat serve como centro para a escola de budismo Mahanikai, e como tal é um centro de aprendizagem monástica para os seus membros em todo o sudeste da Ásia.

Datado do século XVIII, este antigo templo foi alterado após um de seus monges, o Príncipe Mongkut, tornar-se o rei Rama IV da Tailândia.

Este grande e movimentado templo compartilha a sua área com unidades monásticas, escolas, escritórios e outros prédios, e apresenta um jardim tranquilo na parte de trás do terreno. As aulas de meditação que são realizadas aqui acolhem a todos, com muitos adoradores e outros visitantes que frequentam essas sessões antes de visitar os vários prédios, santuários, chedis e imagens de Buda dentro do imenso complexo do templo.

 

 

 Wat Benchamabophit, o Templo de Mármore

Templo de Marmore

Com um belo design e construção feita inteiramente em  mármore italiano, daí o nome de Templo de Marmore, o Wat Benchamabophit, concluído em 1911, é lar de uma estátua budista dourada chamada Phra Buddhajinaraja e funciona como um vibrante santuário, na maioria das vezes apinhado de visitantes fazendo oferendas ou acendendo velas no seu interior.

O Wat Benchamabophit é outro dos populares templos de Banguecoque.

Diz-se que as cinzas do Rei Chulalongkorn estão enterradas em baixo da estátua, e na galeria do lado exterior do santuário principal estão mais de 50 estátuas de Buda representadas por várias culturas e variações do budismo de regiões diferentes.

Localizado perto do Palácio Dusit, o complexo espaçoso na Rua Si Ayudhya foi construído no local de um outro templo mais antigo, sendo uma vez usado como quartel-general das tropas tailandesas que lutavam contra o exército de Laos.

Como chegar: Barco expresso Chao Phraya, bandeiras laranja, amarela ou verde - saida no Cais Thewet e depois apanhar um taxi, tuk tuk ou fazer caminhada de 25 minutos.

 

 

Wat Suthat

Wat Suthat

O Wat Suthat é um dos templos mais antigos e mais respeitados de Banguecoque, um dos seis templos classificados como de "mais alto grau dos templos reais de primeira classe" na Tailândia.

O Wat Suthat abriga um Buda de bronze sentado em posição de Mara com oito metros de altura, bem como alguns detalhados murais de parede que retratam a vida do Buda.

Talvez o Wat Suthat seja mais conhecido pelo seu balanço vermelho gigante (ou São Ching Chaa) que fica em frente dele.

O balanço de 20 metros de altura, feito de madeira de teca, foi construído no final do século 18, quando era utilizado como parte de uma cerimônia religiosa anual. Dentro do templo, magníficos murais de parede retratam as histórias de Buda, enquanto outros descrevem cenas do cotidiano na era Rattanakosin. Junto àqueles encontrados no Grande Palácio de Bangcoc, estes murais são considerados alguns dos melhores e mais amplos em toda a Tailândia.

 

 

Erawan Shrine, Santuário de Erawan (Siam)

Erawan Shrine

Lar da estátua dourada de Brahma de quatro faces, chamada Phra Phrom, o santuário de Erawan é um dos destinos religiosos mais importantes não só de Banguecoque, como também de todo o país.

Local de frequentes apresentações tradicionais tailandesas e adoração, o santuário do século XX foi originalmente construído para afastar da área qualquer mau karma e trazer sorte ao hotel que o encomendou, o Grand Hyatt Erawan, permanecendo atualmente como um verdadeiro monumento.

O santuário é decorado com centenas flores, frutas e até mesmo carnes, com peregrinos e visitantes a acenderem incensos sobre os degraus que conduzem ao santuário ou doam dinheiro, pagando seus respeitos a Brahma.

Erawan Shrine

Localizado em Thanon Rama e Thanon Ratchadamn, ao norte do hotel Four Seasons, o santuário também tem uma história interessante. Em 2006, um homem foi espancado até a morte por passantes depois de profanar a estátua com um martelo numa madrugada, deixando a maior parte dela em ruínas.

Como chegar: BTS Sukhumvit, Estação Chit Lom

 

Para além destes nove templos que destacamos, templos como o Wat Kalayanamitr, Sri Maha Uma Devi, Wat Phra Si Mahathat, Wat Kanika Phon, Wat Bowonniwetwihan, Wat Hua Lamphong, Wat Mangkon Kalamawat, Wat Prayun, Wat Pathum Wanaram, Wat Rachanadda, Li Thi Miew, Sri Maha Mariamman, Kuan Yin Shrine, Wat Rachabophit, Wat Rakhang Khositaram e Wat Suwannaram são também bastante interessantes e dignos de visita.

 

 

 

Wat Kalayanamit Wat Kalayanamit

Wat Kalayanamit é um templo elaborado que fica na margem oeste do rio Chao Phraya. Ele está localizado perto da foz do Canal Bangkok Yai, e é improvável que você não o veja se estiver pela região: o seu gigante telhado de ocre tende a se destacar e chamar a atenção.

Enquanto pode-se dizer que Kalayanamit seja tradicionalmente tailandês no estilo arquitetônico, as outras construções e pavilhões do templo têm uma distinta influência chinesa. Isso ocorre porque Wat Kalayanamit foi construído na primeira metade do século 19, quando a China era vista como o contraponto ideal para as crescentes influências europeias no sudeste da Ásia. Assim, a arquitetura, as esculturas e outros artefatos decorativos chineses se tornaram cada vez mais populares. Dentro do enorme templo, uma estátua igualmente enorme de Buda quase preenche toda a sala de oração, enquanto as paredes são pintadas com cenas da época da construção do templo.

 

Wat Chana Songkhram (Khao San)

Wat Chanasongkram

 

 

 

Wat Mangkol Kamalawat (Chinatown)

Wat Mangkon Kamalawat

 

 

 

Templo Hindu Sri Mariamman (Silom)

Sri Mariaman

 

 

Wat Rakhang (Riverside/Thonburi)

Wat Ragtang

 

 

 

 

Wat Maha Pruettharam (Bang Rak)

Wat Maha Pruettharam Worawihan

 

 

Wat Talling Chan

Wat Talling Chan

 

 

Wat Bowonniwet (Khao San)

Wat Bowonniwet

 

Wat Sangkha Racha (Lat Krabang)

Wat Sangkha Racha

 

 

Wat Bang Plee (Lat Krabang)

Wat Chakawat Ratchawat (Chinatown)

Wat Bang Mod (Riverside/Thonburi)

 

 

Museus, Parques Temáticos e Monumentos em Bangkok:

 

Excurses e Ingressos

 

 

Jim Thompson House (Siam)

Jim Thompson House

Um dos principais destinos para os visitantes em Bangcoc, a Jim Thompson House é um museu dedicado ao empresário norte-americano do século 20 que, praticamente sozinho, reinventou o comércio da seda tailandesa. Instalado na antiga casa do Sr. Thompson, o museu contém a arte que ele reuniu durante viagens na região, bem como demonstrações muito informativas que mostram todo o processo de fazer a seda, de como os bichos são criados até o processo de produção.

A estrutura é composta de seis casas tradicionais em estilo tailandês que foram compradas uma a uma e formam um complexo semelhante a um mansão, que inclui uma sala de desenhos, um pavilhão de pinturas, uma biblioteca, um estudo e um pavilhão de seda. Certamente popular com os fãs, a loja de presentes contém grande quantidade de produtos de seda, bem como livros e pinturas mostrando a vida de Jim Thompson.

 

 

Palácio de Suan Pakkad

Palácio de Suan Pakkad

Esta encantadora série de casas tradicionais tailandesas em um jardim tropical faz parte de um complexo de museus, o Palácio de Suan Pakkad, deixado para o público pelo príncipe e pela princesa Chumbhot em 1952.

As casas, que foram removidas de toda a Tailândia e trazidas para o complexo do palácio para reconstrução e restauração, são peças de museu por si só; cada uma delas possui um tesouro de relíquias e antiguidades de família. Um dos destaques é o Pavilhão de Laca, que data do século 17 e originalmente ficava em um templo perto de Ayutthaya.

 

 

Ananta Samakhom Throne Hall

Ananta Samakhom Throne Hall

 

 

Phaya Thai Palace

Phaya Thai Palace

 

 

Erawan Museum

Erawan Museum

 

 

Museu Nacional de Bangkok (Ratanakosin)

Museu Nacional

 

 

Museu de Arte Contemporânea (Chatuchak)

Museum of Contemporary Art

 

Sunset Street Art Gallery (Khao San)

Khaosan

Madame Tussauds (Siam)

Madame Tussauds

 

Museu Bangkokian (Silom)

Bangkokian Museum

Royal Barge National Museum (Riverside/Thonburi)

Royal Barges Museum

 

 

Forte Phra Sumen (Khao San)

Phra Sumen Fort

 

 

Monumento à Democracia (Khao San)

Democracy Monument

 

Palácio Suan Pakkad (Pratunam)

Suan Pakkad Palace

 

 

Victory Monument (Pratunam)

Victory Monument

Chinatown Gate (Chinatown)

Chinatown Gate

 

 

Igreja Santa Cruz (Riverside/Thonburi)

Santa Cruz Church

 

 

Parque Benchasiri (Sukhumvit)

Benjasiri Park

 

Lumpini Park

Lumpini Park

 

 

Rama IX Park

Rama IX Park

 

 

Vimanmek Mansion

Vimanmek Mansion

 

 

Palácio Dusit

Palácio Dusit

 

 

Rose Garden

 

Rose Garden

 

 

Lumpini Park

Lumpini Park

 

 

Parque Memorial Princesa Mãe

Parque Memorial Princesa Mãe

 

 

SEA LIFE Bangkok Ocean World

Siam Ocean World

O SEA LIFE Bangkok Ocean World, antigamente conhecido como Siam Ocean World, é um dos maiores aquários do Sudeste Asiático, englobando 10200 metros quadrados de exposições e tanques de mais de 5 milhões de litros d'água. O aquário é dividido em várias áreas temáticas, incluindo o inovador Shark Walk, onde em vez de passar por um túnel de acrílico, os visitantes andam por cima de um tanque onde cinco espécies de tubarões nadam.

Residentes aquáticos populares incluem uma colônia de pinguins africanos no Rocky Shore, uma série de coloridos cavalos marinhos no Seahorse Kingdom, lontras na Tropical Rainforest e uma série de hipnotizantes geleias do mar. Por um valor adicional, os visitantes podem participar da alimentação em passeios de barco, visitar os bastidores, curtir sessões de cinema 4D e mergulhar em tanques com tubarões.

 

 

Memorial 14 de Outubro (Khao San)

Bangkok Dolls Museum (Pratunam)

Galeria de Arte Kathmandu (Silom)

Museu do Trabalho Tailandês (Pratunam)

Museu Bangkok Noi (Riverside/Thonburi)

Galeria Nacional (Ratanakosin)

Centro de Arte e Cultura de Bangkok (Siam)

Museu Kamthieng House (Sukhumvit)

Museu do Corpo Humano (Siam)

Parque Benjakiti (Sukhumvit)

Parque Santichaiprakarn (Khao San)

King Mongkut’s Institute of Technology at Krabang (Lat Krabang)

Grande Monumento King Taksin (Riverside/Thonburi)

 

 

Mercados em Bangkok:

 

Excurses e Ingressos

 

Mercado Chatuchak

Mercado Chatuchak

Uma visita ao Mercado Chatuchak é um programa imperdível para os turistas. As bancas de petiscos na entrada do mercado que vendem insetos fritos já dão uma ideia das surpresas tailandesas que esperam por você lá dentro.

Aberto apenas nos finais de semana, Chatuchak é o maior e mais divertido mercado de Bangcoc. Você vai precisar de um dia inteiro aqui para explorar tudo, e ele fica muito animado com barracas que vendem de tudo, desde répteis, filhotes de cachorro, comida exótica e lembranças, a roupas de grife falsificadas e mobiliário de designers de verdade. Passear no mercado é uma experiência cultural fantástica, mas pode estar quente e ser cansativo. Comece o seu dia mais cedo e aproveite os muitos bares e cafés dentro do mercado para sentar e observar as pessoas enquanto toma algo refrescante. A comida ocidental também está disponível, mas vale a pena se aventurar e pechinchar um almoço tradicional daqui nas muitas barracas.

 

 

Mercado Ferroviário de Maeklong

 Mercado Ferroviário de Maeklong

Situado ao oeste de Bangkok, a cerca de 73 quilómetros de distância, em Samut Songkhram, o Mercado Ferroviário de Maeklong é um dos mais incomuns na Tailândia. À primeira vista parece-se com qualquer outro mercado daqui, com vendedores oferecendo legumes frescos, frutas coloridas e outros gêneros alimentícios, em pequenas lojas que revestem uma via estreita.

No entanto, nem tudo é exatamente como parece no Mercado Ferroviário de Maeklong. Em intervalos regulares durante todo o dia, um alto apito de comboio soará e, numa questão de minutos, os proprietários das bancas recolhem rápidamente os produtos, usando longas varas para segurar seus toldos, e finalmente abrir caminho para a passagem do comboio que atravessa o mercado!  Mal o comboio desaparece, os vendedores recolocam os seus toldos na posição original e o mercado continua como de costume. Isto ocorre diariamente no Mercado Ferroviário de Maeklong, até oito vezes por dia.

 

 

Mercado de Flores Pak Khlong Talat

Mercado de Flores Pak Khlong Talat

Em uma cidade e país conhecidos por seus coloridos mercados, nenhum é tão vívido quanto o Mercado de Flores Pak Khlong Talat, de Bangcoc. O maior mercado floral na capital tailandesa - tanto de varejo quanto atacado - fica às margens do rio, ao sul de Wat Pho.

Aberto 24 horas por dia, o mercado começa diariamente como um mercado de vegetais e frutas, antes de dar lugar às flores. Enquanto você vagueia por ele, você verá flores do mundo inteiro empilhadas em várias barracas - orquídeas delicadas, coloridos cachos de cravos, rosas perfumadas, lírios e margaridas.

 

 

Mercado Phahurat

Mercado Phahurat

O Mercado Phahurat fica na área de Little India, no distrito de Phra Nakhon de Bangcoc, que tem uma grande comunidade Sikh. Bem próximo de Chinatown, visitar o mercado e seus arredores é uma descoberta de cheiros, vistas, sons e gostos - um verdadeiro banquete para os sentidos.

O mercado é assim chamado devido à estrada principal que lhe oferece acesso, onde proprietários de tendas e lojas vendem todos os tipos de roupas, joias e alimentos indianos, em meio a um labirinto de ruelas estreitas. Estas vias lotadas são preenchidas principalmente com tecidos, bem como roupas prontas. A área também se estende ao longo de Chakrawat Road e de Sampeng Lane, onde os restaurantes vizinhos oferecem uma variedade de culinária indiana. O Mercado Phahurat é um lugar popular e muitas vezes lotado, onde os visitantes podem passear e absorver a atmosfera, parando para pechinchar por finas sedas ou para beliscar um delioso petisco indiano nos quiosques.

 

Mercado Khlong Toei (Sukhumvit)

Mercado Khlong Toey

 

Sampang Lane (Chinatown)

Sampang Lane

 

 

Mercado nocturno de Patpong (Silom)

Patpong

 

Mercado de Pratunam (Pratunam)

Pratunam Market

 

Mercado Talat Klongsuan Roi Pee (Lat Krabang)

Mercado Lalai Sap (Silom)

Mercado Thanon Khao San (Khao San)

 

 

Os Mercados  Flutuantes de Bangkok:

 

Excurses e Ingressos

 

Mercados Flutuantes

Existem várias opções de mercados flutuantes para visitar em Banguecoque, mais ou menos distante da cidade, dos mais turísticos aos mais genuínos, a escolha é grande por isso não regresse de Banguecoque sem visitar um mercado flutuante.

 

 

Mercado flutuante Damnoen Saduak

Mercado flutuante Damnoen Saduak

O mercado flutuante em Ratchaburi é um dos maiores da Tailândia. Os vendedores chegam cedo em seus barcos carregados de frutas tropicais, flores e outros produtos frescos, criando um cenário exuberante e vividamente colorido, já imortalizados por fotógrafos do mundo todo.

Recomendamos fazer a sua visita no início da manhã e, em seguida, seguir para o resort cultural Rose Garden ou para o Nakhon Pathom.

 

 

Mercado Flutuante Tha Kha

Mercado Flutuante Tha Kha

O Mercado Flutuante Tha Kha oferece um ambiente tranquilo distante do tumulto de Bangcoc e das multidões de turistas atraídos pelos maiores mercados flutuantes que ficam mais perto da capital. O mercado acontece a cada final de semana em um ambiente interiorano mais tranquilo em meio aos canais e plantações de frutas da província de Samut Songkhram.

Entre as paisagenss rurais e as tradições locais, os visitantes de Tha Kha irão encontrar os locais ao longo das vias navegáveis vendendo seus produtos em barcos de madeira cheios de flores perfumadas, frutas e legumes frescos, especiarias coloridas e peixe seco. Apesar de ficar a apenas 10 km do maior e mais famoso Mercado Flutuante Amphawa, este aqui é totalmente relaxante, onde você pode obter uma ideia de como é a vida por aqui e passear ao longo dos canais alinhados com cana de açúcar acompanhado de um guia local.

 

 

Mercado Flutuante Amphawa

Mercado Flutuante Amphawa 

Embora não seja tão grande quanto o mercado flutuante de Damnoen Saduak, o Mercado Flutuante Amphawa é uma experiência muito mais autêntica, e é mais popular com os moradores tailandeses do que com turistas estrangeiros.

O mercado está situado em um canal movimentado, cujas margens estão alinhadas com lojas de madeira teca que se abrem para a água. Começando na parte da tarde, o Mercado Flutuante Amphawa é um lugar popular, não só para fazer compras, mas para comer muito, com assentos na margem proporcionando o ambiente ideal para um almoço relaxante. Pratos como carne de porco seca, camarão, marisco e caranguejo são todos preparados a bordo dos barcos antes de serem servidos aos clientes nas margens elevadas em ambos os lados do rio.

 

 

Mercado Flutuante Taling Chan

Mercado Flutuante Taling Chan

 

 

 

Entretenimento e Compras em Bangkok:

 

Excurses e Ingressos

Nana Plaza (Sukhumvit)

Nana Plaza

 

 

Centro Comercial EmQuartier(Sukhumvit)

EmQuartier

 

 

Terminal 21 (Sukhumvit)

Terminal 21

 

 

Amarin Plaza

Amarin Plaza

 

 

Central Plaza Ladprao

Central Plaza Ladprao

 

 

Soi Cowboy (Sukhumvit)

Soi Cowboy

 

Mahanakhon SKY WALK

Mahanakhon SKY WALK

 

 

Grand China Princess revolving rooftop bar (Chinatown)

Grand China Rooftop

 

 

Cabaré de Ladyboys no Playhouse Theatre (Siam)

Playhouse Magical Cabaret

 

Cabaré Calypso

Cabaré Calypso

 

 

Kidzania em Siam Paragon (Siam)

Centro Comercial Siam Paragon

 

 

MBK Center (Siam)

MBK

 

 

Central World Plaza

Central World Plaza

 

 

Red Sky Rooftop (Siam)

RedSky Rooftop

 

 

Siam Discovery Center (Siam)

Siam Discovery

 

Baiyoke Sky Hotel (Pratunam)

Bayoke

 

 

Observatório Baiyoke Tower II (Pratunam)

Bayoke

 

 

Elephant Tower

Elephant Tower

 

 

 

 

Locais de interesse em Banguecoque:

Centro de convenções: Queen Sirikit National Convention Centre

Estações de comboios: BTS-Asok, BTS-Sala Daeng, BTS-Saphan Taksin, BTS-National Stadium, Hualumphong Train Station, BTS-Siam, BTS-Ari, BTS-Chit Lom, BTS-Ploen Chit, BTS-Ekkamai, BTS-Sanam Pao, BTS-Ratchathewi, BTS-Nana, BTS-Mo Chit, BTS-Victory Monument, Estação BTS - Phaya Thai, BTS-Sapan Khwai

Estações de metro: MRT-Khlong Toei, MRT-Sukhumvit, MRT- Queen Sirikit National Convention Centre, MRT- Silom, MRT-Hua Lamphong, MRT-Sam Yan

Instituições: Snake Farm-Queen Saovabha Memorial Institute

Locais de interesse: Grand Palace, Wat Arun, Bangkok City Pillar, Temple of the Emerald Buddha, Chatuchak Weekend Markets, Wat Pho

Museus: Bangkok Art & Culture Centre, Jim Thompson's House (Museum)

Áreas Comerciais: Centro Comercial MBK, Central Embassy, Siam Discovery, Gaysorn Plaza, Amarin Plaza, Rainhill, Central Plaza Ladprao, Wholesale Market (Pratunam), Centro Comercial Siam Paragon, Central World Plaza, Sampeng Market

Áreas populares: Seafood Market, Temple of the Golden Mount, Soi Cowboy, Khao San (rua), Arab Street, Patpong

 

Onde Ficar em Bangkok:

 

Hotéis em Bangkok:

 

Com uma área total de 1.568 km² e uma população acima dos 8 milhões de habitantes, a cidade de Bangkok concentra grande parte de oferta hoteleira da Tailândia, sendo o destino com maior número de unidades hoteleiras da Tailândia. Com as principais cadeias hoteleiras bem representadas, Bangkok conta com perto de 6.000 unidades hoteleiras nos seus limites.

Com enorme quantidade e diversidade, não será difícil encontrar alojamento que vá de encontro aos seus requisitos e orçamentos.

 

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Bangkok

banner 320x50 pt

 

 

 

Outros artigos sobre Bangkok:

 

Férias de sonho em Bangkok

Os templos de Bangkok

Top 10 das várias coisas para fazer em Bangkok

Férias em Bangkok

 

Os seus planos podem afetados pelo Coronavírus (COVID-19). Por favor, verifique as restrições de viagem antes de viajar ou reservar um alojamento. As viagens podem ser permitidas apenas em certas ocasiões e as viagens de turismo, em particular, podem ser proibidas.
Toggle Bar