Sobre a Austrália

Estado de Queensland

Aqui encontra algumas informações uteis sobre a Austrália


Quando e como ir

 

Qualquer altura do ano é boa para visitar a Austrália mas dependendo daquilo que pretende fazer durante as suas férias nas Austrália a altura ideal para a sua viagem poderá variar.

 

 

 

Tenha em conta o facto das estações do ano na Austrália serem em períodos diferentes daqueles que estamos habituados.

 

 

O verão têm inicio em Dezembro, o Outono em Março, o Inverno em Junho e a Primavera em

 

Setembro. As variações sazonais não são de extremos, sendo raro as temperaturas descerem abaixo dos 0 graus no continente.

 

 

O Norte da Austrália situa-se na região das monções, onde só existem duas estações ao longo de todo o ano: quente e húmida, e quente e seca.

 

 

Nos estados do sul, apesar da enorme procura durante os meses de Verão, a altura mais indicada para os visitar será a Primavera ou o Outono, quando as condições atmosféricas são mais amenas.

 

 

A primavera é também a estação ideal para quem pretende visitar as zonas rurais do interior.

 

 

 

Natureza

 

 

A flora caracteriza-se pelo reduzido número de formas e pela alta percentagem de espécies

 

exclusivas de cada área.

 

Na área da Cordilheira Australiana predominam os bosques de eucaliptos, acácias, cedros ou pinheiros, enquanto nas terras baixas predominam a savana de pradarias e a vegetação própria da estepe. Nas regiões mais áridas e nos desertos prevalece uma flora espinhosa, conhecida como o “scrub”.

 

 

No que diz respeito à fauna, proporcionada pelo próprio isolamento do país, caracteriza-se pela presença dos marsupiais (animais com uma bolsa para as suas crias), entre os quais se destacam os cangurus, wallabies ou koalas, e ainda espécies como o ornitorrinco, própria e exclusivo do pais, o equidna e o tamanduá espinhoso. Ainda relativamente á fauna, no campo marítimo sobressaem as baleias, golfinhos, pinguins, lobos marinhos, focas de diversas espécies e topos aquáticos.

 

 

Designação oficial do país: Comunidade da Austrália

Capital: Camberra

Localização: Na Oceânia, banhado pelo oceano Índico a sul e a oeste, pelo mar de Timor,

mar de Arafura e Estreito de Torres a norte, e pelo mar de Coral e mar da Tasmânia a leste

Forma de Governo: Monarquia Constitucional

Superfície: 7.682.300 Km2

População: 18,6 milhões de habitantes

Línguas: A língua oficial é o Inglês, mas o aborígene é falado em certas partes do país

Religião: Cristã (75%); Muçulmana (1%); Budista (1%)

Grupos étnicos: Descendentes de europeus (94%); Asiáticos (9%); Aborígenes (1,5%)

PIB: US $ 555 mil milhões

PIB per capita: US $ 29,652

Crescimento anual: 4,5%

Inflação: 4,5%

Principais sectores de actividade: Extracção de Minérios, Petróleo e Carvão; Agricultura

Principais parceiros comerciais: Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, União Europeia

Informações úteis

Documentação: Passaporte (com validade mínima de 6 meses) e visto obtido facilmente antes da partida, junto de uma agência de viagens

Idioma: A língua oficial é o Inglês, mas o aborígene é falado em certas partes do país 

 

O Clima na Austrália

A maior parte do país beneficia de clima temperado. As estações estão genericamente invertidas em relação ao Hemisfério Norte: Verão de Dezembro a Fevereiro, Outono de Março a Maio, Inverno de Junho a Agosto, e Primavera de Setembro a Novembro. Na capital, Camberra, as temperaturas vão de 0 a 11º no Inverno e de 13 a 28º no Verão.

Ao norte da Austrália predomina o clima tropical; ao sul o mediterrâneo; e, ao centro o clima árido e semiárido, surgindo a oeste extensos desertos. As temperaturas são estáveis e não há grandes variações de temperatura entre o verão e o inverno, o que significa uma média de 30ºC durante o verão e 10ºC no inverno. Apenas em alguns pontos ao sul, há registro de neve durante o inverno. No deserto, as temperaturas passam facilmente dos 50ºC durante o dia e caem para aproximadamente 0ºC durante a noite.

Temperatura Média em ºC

Sydney

Jan Fev. Mar Abr. Mai Jun. Jul. Ago. Set. Out Nov. Dez

  22   22  21    18 15     13   11   12    15    17   20    21

 

 

Cairns

Jan Fev. Mar Abr. Mai Jun. Jul. Ago. Set. Out Nov. Dez

 31   31   30  29    27   26    25   26    28   29   30   31

Roupa: Recomenda-se roupa leve e fresca, e um agasalho para as noites frescas

Hora Local (na costa leste):

 

+ 9 Horas (Abril a Outubro)

+11 Horas (Novembro a Março)

 

 

Regime de entrada e estada na Austrália

Os cidadãos portugueses devem ser portadores de passaporte com um prazo de validade de pelo menos 6 meses à data de entrada no país.

 Vistos

Os vistos são exigidos para todas as deslocações à Austrália. Para deslocações inferiores a 90 dias, em turismo, os portugueses devem ter um passaporte válido e obter uma ETA (Electronic Travel Authorisation), junto dos agentes de viagens locais ou escritórios de reservas de companhias de aviação, a qual substitui um visto e permite uma estada até 90 dias.

Para informação sobre quaisquer outro tipos de vistos, deverá ser consultado o portal do

Ministério da Administração Interna em www.homeaffairs.gov.au.

Sobre outros tipos de visto, deverá ser obtida informação junto da Embaixada da Austrália em Lisboa: http://www.portugal.embassy.gov.au/".

Poderá ainda ser consultada a página internet do Ministério da Imigração e Cidadania da Austrália (DIAC): www.immi.gov.au

Formulários sobre todos os tipos de vistos podem ser consultados no portal do Departamento  de Imigração e Cidadania em www.immi.gov.au.

 

Tempo de viagem: Não existem voos directos de Portugal. O tempo previsto para o voo

Lisboa – Sydney é cerca de 24 horas com escala numa capital europeia e em Singapura ou

Bangkok

Saúde: Não são necessárias vacinas

Corrente eléctrica: A corrente eléctrica é de 240 ou 110V, 50Hz pelo que é necessário transformador e as tomadas são do tipo australiano (V invertido), fazendo com seja necessário um adaptador

Moeda: Dólar Australiano 1 € = aprox. 1.66 AUD

Podem trocar-se euros em bancos, hotéis e agentes de câmbio autorizados. A utilização de cartões de crédito está generaliza bem como a existência de ATM’s.

Compras: Os trabalhos realizados pelos aborígenes (talhas em rocha, pinturas), peças de joalharia realizadas com as famosas pedras preciosas do “Outback”, como a opala, a safira, o topázio, a ágata e os famosos diamantes australianos Arglye possuem uma beleza que as torna únicas. A não esquecer uma garrafa do curioso e exótico rum Bundaberg, de gosto adocicado…

 

 

 

 

 

banner 320x50 pt

 

 

 

A Austrália é um país localizado entre os Oceanos Índico e Pacífico, composto pelos 5 Estados federados de Nova Gales do Sul (New South Wales), Victoria, Austrália Ocidental (Western Australia), Queensland, e Tasmânia e 2 territórios, Território da Capital Australiana (Australian Capital Territory) e Território Setentrional (Northern Territory).

Trata-se de um país desenvolvido com uma democracia estável. A capital é Camberra e as maiores cidades são Sidney, Melbourne e Brisbane. As infraestruturas e comodidades turísticas são abundantes, embora variem muito ente as regiões.

 

Língua

A língua oficial é o inglês.

 

 

Moeda local / sistema bancário

 A moeda local é o dólar australiano, que se divide em 100 centavos (cents), havendo moedas de 5, 10, 20 e 50 centavos e de 1 e 2 dólares. As notas que existem são de 5, 10, 20, 50 e dólares.

 As instituições bancárias encontram-se abertas das 9h30 às 16h00, de 2ª a 5ª feira, e até às 17h00 às sextas-feiras. Os principais cartões de crédito são aceites., como Visa e Mastercard, sendo possível utilizar as caixas ATM 24h em qualquer banco. Os cheques de viagem são aceites em bancos e nos maiores hotéis. Os cartões de crédito são aceites, embora o seu uso seja restrito em pequenas cidades e meios rurais.

 

 

Condições de segurança na Austrália

Excelentes.

 A Austrália é um país vasto, pelo que se aconselha a que as viagens sejam cuidadosamente planeadas, sobretudo no caso de incluírem percursos ou estadias em locais remotos ou rurais. Muitas regiões do interior da Austrália são distantes e pouco habitadas, oferecendo aí poucos serviços essenciais tais como alojamento, restaurantes, comunicações telefónicas ou abastecimento de combustíveis. No caso de visitas a locais remotos no "outback" australiano, é aconselhável deixar indicações sobre os pormenores do percurso e a data de regresso previstas. Em trajectos particularmente longos os viajantes são aconselhados a terem adequado abastecimento de água e de combustível, pois as distâncias entre postos de abastecimento podem em zonas rurais remotas ser de largas centenas de quilómetros. Em muitas praias australianas podem existir riscos tais como tubarões e medusas (toda a faixa costeira) bem como crocodilos (''Northern Territory"), pelo que deve ser respeitada escrupulosamente a sinalização local e evitar as praias desérticas.

Em termos gerais, a maioria dos estrangeiros que visitam a Austrália não encontra quaisquer problemas. A Austrália é caracterizada por taxas de criminalidade pouco elevadas, sendo raros os crimes violentos. Contudo, a pequena delinquência é um risco nas grandes cidades, recomendando-se medidas precaução genéricas, especialmente à noite. Especial cuidado deverá ser facultado aos objectos pessoais, bagagem, mochilas, e documentos de viagem devendo ser tomadas precauções com operações bancárias em caixas automáticas ATM. Os serviços de emergência podem ser solicitados telefonicamente marcando "000".

O risco global de terrorismo afecta também a Austrália, mostrando o Governo australiano regularmente preocupação com a possibilidade de ataques terroristas e apelando ao público para denunciar comportamentos estranhos às autoridades competentes.

 

 

 

Transportes na Austrália

Transporte aéreo

Aeroportos principais: Sidney, Melbourne, Brisbane, Perth, Hobart, Adelaide, Darwin e Cairns, sendo os dois primeiros os que oferecem leque mais abrangente de voos internacionais.

A rede de transportes aéreos é boa, em conformidade com os níveis de segurança da aviação internacional.

 

 

Transporte rodoviário

 Boa rede de estradas nacionais e secundárias. Os transportes públicos são bons

Segurança rodoviária

Deve ter-se em consideração que se conduz pelo lado esquerdo da faixa de rodagem e que os veículos têm volante no lado direito. Pode-se guiar com carta de condução internacional. Deve-se ter cuidado ao conduzir em meios rurais, especialmente no Northern Territory, devido a presença de animais não acompanhados, ausência de limites de velocidade e “road-trains”.

 

 

Transporte ferroviário

A rede de transportes ferroviários é boa, embora não existam comboios muito rápidos nem grande densidade de linhas férreas que atravessem todo a extensão território cobrir todo o território.

 

 

Transporte marítimo

A rede de transportes marítimos é boa.

 

 

Cuidados de saúde na Austrália

Os viajantes que se desloquem a zonas tais como o norte de Queensland e o Território Setentrional (Northern Territory) bem como o norte da Austrália Ocidental devem ter presente o eventual risco de doenças transmissíveis por mosquitos tais como dengue e "Ross River fever".

 Verifica-se igualmente a existência de uma doença que pode ser fatal, a "Murray Valley Encephalitis (MVE)", no Território Setentrional e no norte da Austrália Ocidental, com casos ocasionais em Queensland, centro Austrália e nas regiões centrais da Austrália ocidental. As autoridades australianas tomaram medidas de precaução no que refere à prevenção e tratamento de eventuais casos ou a gripe aviaria, não constituindo a Austrália uma zona de risco particular nesta matéria.

 Deve salientar-se a eficiência e qualidade do sistema de saúde australiano, o qual é caracterizado contudo pelos custos muito elevados de todo o tipo de cuidados ou tratamentos médicos, designadamente em caso de hospitalização e intervenções cirúrgicas, não existindo acordo entre Portugal e a Austrália para o efeito e não podendo os viajantes portugueses beneficiar, nessa perspectiva, do apoio do programa Australian Medicare.

Recomenda-se, assim, o recurso a seguros de viagem designadamente no que se refere a cobertura de eventuais despesas de saúde (cuidados médicos e internamento hospitalar), acidentes pessoais e furto ou perda de bagagens e documentos.

Endereços dos principais Hospitais e Clínicas

 - Royal Adelaide Hospital (Adelaide): North Terrace, Adelaide SA 5000 - Tel. (0061) 882224000 - http://www.rah.sa.gov.au/homepage.php;

-Wesley Hospital Brisbane (Brisbane): 451 Coronation Drive, Auchenflower Brisbane, QLD 4066 - Tel. (0061) 732327000 -

http://www.uchealth.com.au/wesley/;

- The Canberra Hospital (Camberra): Yamba Drive, Garran, ACT 2606 - Tel. +61 2 62442222 - http://health.act.gov.au/health-services/canberra-hospital/;

- Royal Darwin Hospital (Darwin): Rocklands Drive, Casuarina NT 0810 - Tel. (0061) 889228888 -

http://www.health.nt.gov.au/Hospitals/Royal_Darwin_Hospital/index.aspx;

- Calvary Hospital (Hobart): 49 Augusta Road, Lenah Valley, Tasmania 7008 - Tel. (0061) 362785224 -http://www.calvaryhospital.org/site/pp.asp?c=ktJUJ9MPIsE&b=3226167;

- Royal Melbourne Hospital (Melbourne): Grattan Sreet, Parkville 3052 Victoria - Tel. (0061) 393427000 -

http://www.mh.org.au/royal_melbourne_hospital/homepage/w1/i2/;

- Sydney Hospital (Sydney): 8 Macquarie Street, Sydney NSW - Tel. (0061) 293827111 - http://www.sesiahs.health.nsw.gov.au/sydhosp/;

- Sir Charles Gairdner Hospital (Perth): Hospital Avenue, Nedlands 6009 WA - Tel. (0061) 893463333 - http://www.scgh.health.wa.gov.au/

 

 

 

Telecomunicações na Austrália

O funcionamento da rede de telecomunicações é bom nas principais cidades. Deve ter em consideração que muitas regiões no interior da Austrália são remotas, têm pouca população e poucos serviços à disposição, pelo que, nessas áreas, o acesso às telecomunicações é limitado, bem como a cobertura redes móvel.

Os telemóveis portugueses funcionam na Austrália, desde que estejam ligados ao sistema “roaming”, sendo, no entanto aconselhável contactar antes da partida a respectiva operadora nacional. Para obter informações sobre a possível utilização de telemóveis portugueses poderá procurar nos sítios http://www.telecom.pt ou  http://www.telstra.com.au. As principais empresas de telecomunicações são a Telstra, Optus, Vodafone e Virgin.

 

 

 

Informações úteis

Embaixada de Portugal em Camberra

-Endereço:Suites 8 & 9, Stephen House, 32 Thesiger Court, 2600 Deakin, ACT Camberra, Austrália;

- Telefones: (0061) 262604970 / 262605664 / 262812473;

- Faxe: (0061) 262814387;

- Endereço de correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

- Horário de atendimento ao público: dias úteis, das 09h00 às 13:00h e das 14h00 às 17h00.

 

 

Consulado Geral de Portugal em Sydney

- Endereço: Level 15, 55 Clarence Street, NSW 2000 Sydney, Austrália;

- Telefone: (0061) 292622199;

- Fax: (0061) 29262 5991;

- Endereço de correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Postos honorários de Portugal na Austrália:

http://www.secomunidades.pt/web/camberra/PostosHonorarios;

http://www.secomunidades.pt/web/sidney/PostosHonorarios

Australian Tourist Commission – http://www.australia.com

 

Embaixada da Austrália em Lisboa

- Endereço: Av. da Liberdade, nº 200, 2º piso, 1250 - 147 Lisboa

- Tel. 21 3101500 - Fax: 21 3101555 - Correio electrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

– página web: www.portugal.embassy.gov.au

Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal: http://www.min-nestrangeiros.pt/mne/missoes/

 

 

 Nº telefone emergência (policia, bombeiros, emergência médica): 000

 

 

Restrições aduaneiras

Os viajantes devem ter conta que a Austrália mantém um regime fitossanitário assaz estrito, sendo proibidas a entrada de quaisquer produtos origem agrícola ou animal no país. Os turistas que tenham intenção de viajar à Austrália deverão ainda abster-se de tentar introduzir no país quaisquer produtos agrícolas.

Nas viagens internas, quer por via aérea ou terrestre, com frequência os viajantes irão deparar-se com o aviso dos riscos para transporte de fruta, vegetais e plantas de outros Estados. Tal deve-se a pestes e doenças que são prevalentes em certos locais e que as autoridades sanitárias buscam controlar a propagação, pelo que existem postos de quarentena onde os inspectores têm faculdade de inspeccionar as bagagens e haveres pessoais dos passageiros, confiscado fruta fresca e vegetais. A melhor opção é adquirir aqueles produtos na primeira povoação após a passagem das fronteiras estaduais.

 

Antes de marcar qualquer viagem de férias não deixe de conferir as informações e alertas mais recentes sobre cada país / destino, no Portal das comunidades portuguesas.
COVID-19 - Viagens ao estrangeiro e deslocações e a Portugal

Mantenha-se a par das últimas noticias aqui!

Mais Informao

 

Antes da partida:

1. Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a conclusão da viagem e outros não aceitam passaportes temporários, se possível deixe a familiares fotocópia do passaporte e do contacto do hotel onde ficará instalado. Verifique também se os seus cartões de crédito/débito são aceites no país de destino;

2. Adquira atempadamente o bilhete e garanta as condições e os meios necessários para a viagem. Assegure-se de que dispõe dos meios suficientes para a sua permanência no país e para regressar, no caso de o seu bilhete de regresso perder a validade;

3. Verifique, junto do seu agente de viagens ou nas Embaixadas e Consulados, se necessita de um visto para entrar no país de destino. Em caso afirmativo, não parta sem obter o visto;

4. Informe-se sobre quaisquer acordos de assistência médica que possam existir com os países do seu destino;

5. Obtenha o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença - CESD, caso se desloque para um país da União Europeia. Informe-se nos serviços ou no site da Segurança Social ou do seu subsistema de saúde;

6. Informe-se, com antecedência, quanto à necessidade de cuidados de saúde especiais (vacinas ou precauções especiais). Aconselha-se a realização de uma Consulta do Viajante (atentos a que alguns países exigem a apresentação do certificado internacional de vacinação contra a febre amarela).

Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja. Esta consulta é extremamente importante para todos os viajantes, em particular para grávidas, crianças, idosos e indivíduos com doenças crónicas.

Esta consulta inclui vacinação ou toma preventiva de medicação contra múltiplas doenças de risco baixo ou inexistente em Portugal, informação sobre higiene individual e cuidados a ter com a água e os alimentos que se ingerem, aconselhamento e prescrição da farmácia do viajante que pode ou deve levar consigo e informação sobre assistência médica e riscos nos destinos para que viaje.

A consulta do viajante deve ser marcada um a dois meses antes da realização da viagem. O paciente deve levar consigo o seu documento de identificação (com número de utente de serviço de saúde), o boletim individual de saúde/vacinas e o certificado internacional de vacinação (caso já tenha).

As consultas do viajante e os centros de vacinação internacional encontram-se disponíveis em todo o país. Pode localizar o mais próximo da sua área de residência no site do Serviço Nacional de Saúde.

Em complemento à informação aqui disponibilizada, recomenda-se a consulta dos portais da União Europeia (UE), com recomendações para quem se prepara para viajar no Espaço Europeu, e da Direção-Geral da Saúde.

7. Faça um seguro de viagem que inclua, preferencialmente, assistência médica, roubo, furto e despesas de repatriação. Verifique as condições contratuais e os dados mais importantes: idade e limites territoriais, notificação de queixas e prazos de validade;

8. Informe algum familiar ou amigo da data de partida e da previsível hora de chegada. Indique o país ou países de destino, moradas e números de telefone de contacto.

9. Se vai viajar para países com condições de segurança precárias, procure obter o máximo de informação possível antes da sua partida e informe a(s) Embaixada(s) e/ou o(s) Consulado(s) de Portugal do país ou países que pretende visitar, da data de inicio da viagem, dos locais onde irá permanecer e dos respectivos contactos telefónicos;

10. Registe-se na aplicação móvel gratuita “Registo Viajante”, disponível para dispositivos Android e IOS, permitindo ser imediatamente localizado e contactado em caso de emergência, como catástrofes naturais, acidentes ou atentados. Pode igualmente registar-se no Formulário Registo Viajante.

 

 

No destino:

1. A fim de evitar o extravio da documentação, é aconselhável o depósito dos originais e dos bilhetes de viagem nos cofres do hotel. É suficiente, na maior parte dos países, a exibição de fotocópia dos documentos, autenticada com selo a óleo do hotel;

2. Qualquer que seja o país de destino, deverá evitar a exibição de joias e objetos de valor. Os pequenos furtos são uma constante e toda a precaução é recomendável;

3. Evite frequentar ruas mal iluminadas de noite e não resista a uma tentativa de roubo violento;

4. Não transporte malas ou embrulhos que não lhe pertençam e mantenha sempre sob vigilância a sua bagagem;

5. Não conduza veículos de outras pessoas através de fronteiras;

6. Recuse e evite qualquer tipo de contacto, manipulação ou consumo de drogas. Poderá enfrentar, consoante a lei de cada país, multas pesadas, longas penas de prisão em condições difíceis, ou mesmo a pena de morte;

7. Nos países muçulmanos e orientais, o viajante irá deparar-se com culturas muito diferentes da ocidental, devendo observar as regulamentações locais relativas ao vestuário e formas de comportamento. O consumo de drogas e de bebidas alcoólicas é geralmente punido com pesadas penas de prisão.

8. Tenha também sempre presente que as suas atitudes poderão beneficiar ou prejudicar a imagem de Portugal.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionando apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Mais Informao