Férias em Vila Real de Santo António

Vila Real de Santo António

Um dos mais antigos resorts turísticos do Algarve situa-se neste município do Sotavento algarvio, cuja sede, Vila Real de Santo António, na margem do rio Guadiana, é famosa pela sua construção de estilo pombalino.

Vila Real de Santo António

O Município de Vila Real de Santo António estende-se ao longo de uma área de 61,25 km² e tem uma população de 11.900 habitantes divididos em 3 freguesias. É um dos poucos municípios de Portugal com território descontínuo, dividindo-se numa porção ocidental, onde se situa a freguesia de Vila Nova de Cacela, e numa porção oriental, onde se situa a cidade e Monte Gordo.

 

A parte oriental é limitada a norte e oeste pelo município de Castro Marim, a leste pelo Rio Guadiana, que define a fronteira com Espanha, município de Ayamonte, e a sul tem litoral no oceano Atlântico; a parte ocidental é limitada a norte e leste por Castro Marim, a oeste por Tavira e a sul tem litoral no oceano Atlântico.

 

Vila Real de Santo António nasceu por razões estratégicas e foi uma das cidades de mais rápida construção. Da decisão de sua criação (Carta Régia assinada a 30.12.1773), à sua construção das principais estruturas decorreram 3 anos.

A cidade nasceu numa aldeia piscatória denominada Santo António da Arenilha, sendo o responsável pela criação da cidade o ministro do rei D. José I, Sebastião José de Carvalho e Melo, mais conhecido como Marquês de Pombal.

A 17 de Março de 1774 foi lançada a primeira pedra e no dia 6 de Agosto do mesmo ano já estavam terminadas as Casas da Câmara e da Alfândega, os quartéis e começava-se a construção da igreja. Os edifícios foram construídos da mesma forma que os da Baixa lisboeta, à base de peças pré-fabricadas que depois eram aplicadas no local, tornando a construção mais uniforme e rápida. As obras ficaram concluídas a 13 de maio de 1776. Vila Real de Santo António desenvolvia-se numa malha urbana ortogonal, centrada na Praça Marquês de Pombal. Uma grande marginal percorria as várias centenas de metros que separavam o aglomerado urbano do rio Guadiana.

Vila Real de Santo António conheceu um período bastante próspero entre o final do século XIX, e início do séc XX, muito devido à pesca (principalmente sardinha e atum).

Para além de importante centro pesqueiro e conserveiro, Vila Real de Santo António era também um importante porto para os barcos que transportavam minério desde as minas de São Domingos. A importância da cidade traduziu-se também na tecnologia; foi a primeira cidade algarvia a ter iluminação a gás, em 1886.

Atualmente, tal como as restantes áreas do litoral algarvio, a cidade e o município de Vila Real de Santo António vivem principalmente do turismo. Os extensos areais abrigam ótimas praias que na época balnear se enchem de turistas nacionais e estrangeiros.

 

 

Geografia

Vila Real de Santo António fica no extremo sudeste do Algarve. O seu território é dominado pelo rio Guadiana, a leste, o Oceano Atlântico, a sul, e a serra algarvia (na freguesia de Vila Nova de Cacela) e o sapal de Castro Marim (Vila Real e Monte Gordo), a norte.

O município de Vila Real de Santo António está dividido em três freguesias que são Vila Nova de Cacela, Monte Gordo e Vila Real de Santo António

 

 

Economia

Um dos destinos de verão mais famosos e procurados da Europa, o Algarve vive essencialmente do turismo e, mesmo as atividades económicas não diretamente ligadas a este sector, dependem fortemente do turismo.

O Algarve conta com um setor terciário bastante desenvolvido, com as principais fontes de rendimento a serem a Hotelaria, a restauração e o comércio. Vila Real de Santo António não é exceção à regra e o município abriga o destino pioneiro no turismo do Algarve. Foi durante os anos 60, numa altura em que o turismo era praticamente inexistente no Algarve, que começou a grande procura pelas praias da zona, principalmente as de Monte Gordo, destino que, inclusive, era o preferido da Corte portuguesa. Essa procura fomentou um desenvolvimento de estruturas de apoio tais como hotéis e restaurantes.

 

 

Onde ficar no Município de em Vila Real de Santo António:

Monte Gordo, Manta Rota e Vila Real de Santo António são os destinos de férias mais populares do Município. Vila Nova de Cacela e Cacela Velha são também destinos de férias bastante interessantes.

 

Monte Gordo / Férias em Monte Gordo

Monte Gordo

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Monte Gordo

banner 320x50 pt

 

 

Manta Rota / Férias em Manta Rota

Manta Rota

Pequena localidade da freguesia de Vila Nova de Cacela, Manta Rota é famosa pela sua incrível praia, que constitui uma das principais estâncias balneares do Algarve.

A grande extensão de praia, aliada a um clima mediterrânico caracterizado por temperaturas agradáveis todo o ano e a águas calmas e tépidas durante o período balnear são fatores determinantes para atraírem milhares de turistas nacionais e estrangeiros todos os anos. Há ainda a destacar a excelente estrutura de apoio em torno da praia, com imenso estacionamento, duches na praia e acesso relativamente fácil.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Manta Rota

banner 320x50 pt

 

 

 

 

Vila Real de Santo António / Férias em Vila Real de Santo António

Vila Real de Santo António

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Vila Real de Santo António

banner 320x50 pt

 

 

Vila Nova de Cacela / Férias em Vila Nova de Cacela

Quinta da Ria

Freguesia algarvia do concelho de Vila Real de Santo António, Vila Nova de Cacela ocupa uma área de 44,46 quilómetros quadrados e tem uma população de 3.902 habitantes.

Esta localidade passa despercebida devido à sua localização, mais para o interior e, em muito, devido ao brilho das vizinhas Cacela Velha e Manta Rota.

Vila Nova de Cacela começou a desenvolver-se no início do século XX numa área rural de quintas, devido à construção da estação ferroviária de Cacela e à antiga EN125.

É junto da Estrada Nacional 125 que surgiram os primeiros edifícios da nova vila, que com o seu crescimento absorveu alguns sítios tradicionais, como Buraco, Bornacha, Monte Grande, Poço Velho, Venda Nova, Coutada e Carvoeira. Na mesma época surge também alguma indústria ligada à agricultura, tais como uma moagem e lagares de azeite.

Em redor da povoação principal os sítios da freguesia são: Pocinho, Portela, Cevadeiras, Quinta Manuel Alves, Lota, Praia do Alto, Igreja, Fábrica, Terra Branca, Nora, Ribeiro do Junco, Areias, Marcela, Beco, Corujeira, Fonte Santa, Caliço, Quatro Estradas, Alfarrobeira, Poço das Cotovias, Arrife, Torre dos Frades, Rodeio, Cruz de Morto, Monte da Pita, Corte António Martins, Ribeira da Gafa, Pomar, Monte Novo e Pedra Alva.

Vila Nova de Cacela foi elevada a vila em 1927, data em que a sede da freguesia de Cacela foi igualmente transferida do sítio da Igreja (Cacela Velha) para o aglomerado resultante da junção das manchas urbanas dos sítios da Coutada, da Bornacha e do Buraco.

Está territorialmente separada do resto do município pelas freguesias de Altura e Castro Marim, no concelho de Castro Marim, constituindo assim um exclave do município de Vila Real de Santo António.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Vila Nova de Cacela

banner 320x50 pt

 

 

Cacela Velha / Férias em Cacela Velha

Cacela Velha

Localidade bastante pitoresca do Município de Vila Real de Santo António, Cacela Velha foi ponto de passagem de navegadores gregos e fenícios, e terá sido Cunistorgis, a antiga capital dos Cúneos. Os romanos ampliaram-na e os árabes deram-lhe o prestígio.

Local de paragem obrigatória em qualquer viagem ao Sotavento algarvio, Cacela Velha tem como ex-libris a fortaleza do século XVII, um edifício de duplo beiral do século XVI, algumas moradias de arquitetura tradicional algarvia do século XVIII, a igreja de origem medieval, as ruínas islâmicas, os fornos romanos e os vestígios da antiga muralha medieval.

A melhor seleção de Hotéis com desconto e promoções de Férias em Cacela Velha

banner 320x50 pt

 

 

O que fazer em Vila Real de Santo António / o Que visitar em Vila Real de Santo António:

 

 

Manta Rota

Manta Rota

 

 

Ria Formosa

Ria Formosa

 

 

Núcleo histórico de Cacela Velha

Cacela Velha

 

 

Castelo de Cacela

Castelo de Cacela

 

 

Fortaleza de Cacela

Fortaleza de Cacela

 

 

Igreja Matriz de Cacela-Velha ou Igreja de Nossa Senhora da Assunção

Igreja Matriz de Cacela Velha

 

 

Praia da Lota

Vila Real de Santo António - Praia da Lota

 

 

Praia da Manta Rota

Manta Rota

 

 

Praia de Cacela Velha ou Praia da Fábrica

Praia de Cacela Velha

 

 

Centro histórico pombalino de Vila Real de Santo António

Centro Pombalino VRSA

Forno romano da Quinta do Muro

Ribeira de Cacela

Santa Rita

Hotel Guadiana (Edifício de Interesse Municipal)

Barrocal algarvio

Monumentos da Quinta da Nora e Herdade da Marcela