Alijó

AlijóSede de um concelho que se estende desde a margem direita do rio Douro até aos limites do concelho de Murça, Alijó é banhado por mais três rios: Tinhela, Tua e Pinhão. Tem uma área aproximada de 300 km2, por onde se estendem 49 povoações, 14 freguesias e 10.492 habitantes.

Alijó

A vila de Alijó, situada a cerca de 45 quilómetros de Vila Real, capital do distrito, localiza-se numa vasta área de cultura castreja. Sofreu, como tantas outras localidades do atual concelho, as vicissitudes resultantes da romanização e da ocupação mourisca.

Alijó

Conta com um imperdível conjunto de arquitetura religiosa onde se destaca, as capelas do Senhor do Andor ou dos Passos, a capela de Nossa Senhora dos Prazeres, no monte da Cunha, e a de Santo António, no monte do Vilarelho.

A arquitetura civil, com exceção do pelourinho, está praticamente circunscrita à existência do edifício da Câmara Municipal - Paços do Concelho - parte do qual construído no século XVIII e outra parte no século XIX. O brasão que coroa este edifício encontra-se picado, feito levado a cabo pelos soldados franceses na Guerra Peninsular e no qual, em vez das armas do concelho, mandaram pintar as águias napoleónicas, então ainda triunfantes.

Próximo do monumental Plátano oriental, considerado Monumento Nacional, mandado plantar pelo visconde da Ribeira de Alijó, em 1856, fica a antiga Casa dos Távoras. Porém, o mais importante solar que existiu nesta vila, foi sem dúvida, o Solar dos Viscondes de Alijó, no qual se encontra instalado grande parte do comércio local.

Alijó

São as suas gentes, na sua maioria, rurais que contribuem para o desenvolvimento e riqueza do concelho, aplicando-se na dureza do trabalho do campo; a Norte, a zona de planalto granítico e a Sul o terreno xistoso, inclinado para o Douro, onde predomina a cultura da vinha e onde se produz o Vinho do Porto.

Terra rica em manifestações etnográficas, a sua gastronomia possui é requintada, onde reinam o cabrito assado, o cozido à portuguesa, as tripas à transmontana, as carnes fumadas, a célebre bola de carne, e os milhos (da zona da montanha).

É de salientar também o famoso pão de Favaios muito apreciado e procurado por toda a região. Na doçaria, o destaque vai para as célebres cavacas e amêndoas cobertas de Santa Eugénia, quinzinhos, pudim de amêndoa, pão-de-ló de água, bolo borrachão e muitos outros de reminiscência conventual.

No campo do turismo, Alijó tem imensas propostas a oferecer aos visitantes, como o turismo fluvial no rio Douro, o turismo ecológico na foz do Tua, local privilegiado para a pesca desportiva, e uma riqueza imensa de miradouros e paisagens. Tendo Alijó tradições antiquíssimas no que respeita às feiras, festas e romarias, são estas também uma importante atração turística.

 

banner 320x50 pt

plain BLUE   bed 2   Rental Cars   Seguro de Viagem

Voos Baratos

 

Reserva de Hotel

 

Aluguer de Carro

 

Seguro de Viagem

 
Promoções
 
 
 
 

money-icon

Como poupar nas férias
 
  Iberica360
Voos Baratos
Busca de Voos
flightradar
 
  Paper-Money-icon
Conversor de Moeda