Presépio Gigante de Vila Real de Santo António

Presepio Vila Real de Santo António

O maior presépio do país regressa a Vila Real de Santo António e, em 2019 volta a bater mais um recorde, ao atingir a fasquia das 5500 figuras.

Para dar vida a este presépio, que já caminha para a 17ª edição, foram necessários mais de 40 dias e 2500 horas de trabalho, embora os preparativos já tenham começado há vários meses.

Impressionantes são também as quantidades de materiais utilizados na sua construção, que incorpora mais de 20 toneladas de areia, 4 toneladas de pó de pedra, 3000 quilos de cortiça e centenas de adereços.

Todos estes esforços permitiram que o Presépio Gigante pudesse continuar a crescer e chegar, este ano, à meta dos 230 metros quadrados, ocupando toda a área expositiva do Centro Cultural António Aleixo.

No campo das novidades, a estrutura volta a apresentar algumas peças evocativas de elementos da região, nomeadamente as antigas cabanas da praia de Monte Gordo, as tradicionais noras da região do Algarve, assim como outros monumentos locais.

O destaque vai também para as mais de 80 peças animadas e motorizadas, para os quatro lagos e para a complexa base de suporte onde estão instalados os vários quilómetros de cabos que permitem dar vida a esta obra de arte e garantem, por exemplo, a circulação da água, a iluminação das casas e os efeitos cénicos.

Estas são, aliás, algumas das razões do sucesso do Presépio Gigante de VRSA que, somadas à sua dimensão - e à reconstituição de muitos episódios cristãos e pagãos associados à quadra natalícia -, o distinguem de todos os outros existentes no país.

No ano passado, foram registados mais de 35 mil visitantes, mas o número deverá voltar a ser ultrapassado em 2019.